Problemas LGBT

Sou trans e não tenho coragem de me assumir

Sou homem, 38 anos, casado pai de um filho de 9 anos.
Me sinto no corpo errado mas não tenho coragem de me assumir.
Queria poder dizer para o mundo que sou mulher, queria poder me vestir como mulher, andar na rua como mulher e ser vista como uma.
Hoje me escondo atrás do pai de família, do empresário, me visto de mulher as vezes, as escondidas em viagens que faço.
Mas minha vontade é de me sentir sempre assim.

2 Comentários

  1. O chamado trans é memória fetal: quando aflora à mente o desejo que tua mãe teve por ter filha. O que defines falta de coragem em assumir é na prática o duelo de tua personalidade com a memória fetal: seja você e não o que querem/quiseram que você seja/fosse! Se fosse desejo teu um “phoda-se” já teria vindo há tempo. Tive colega de 8 anos que se maquiava e vestia-se de mulher e andava sempre “pilhado” para revidar criticos!

  2. Irmao, ninguém paga suas contas, vc é independente. A vida é curta para vc não ser feliz. Seja feliz. Quem quiser te aceitar, ótimo. Quem não quiser, paciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar