Não estou feliz com minha vida familiar depois do bebe nascer

Sou um homem de 29 anos, conheci minha então hoje esposa a 6 anos atrás.
A gente namorou até maio do ano passado, quando ela ficou grávida, nós já havíamos combinado que não iríamos ter filhos, mas de modo algum pensamos em aborto ou entregar nosso filho para a adoção quando ela descobriu a gravidez, afinal amo meu filho acima de tudo, então nós oficializamos uma união estável em novembro do ano passado.
Em fevereiro desse ano o bebe nasceu, e como disse eu amo muito meu filho e minha companheira, mas eu não estou gostando da vida de morar juntos e constituir família, essa rotina de marido, esposa e filhos está me sufocando, porém ao mesmo tempo eu odeio sentir isso, eu queria gostar da vida de marido, esposa e filhos, porém confesso que não estou feliz com essa rotina e ao mesmo tempo infeliz por não se sentir feliz.
Toda vez que eu pego meu filho no colo, eu tenho vontade de chorar, pois me sinto um lixo de não gostar do meu novo estilo de vida.
Quando nós namorávamos, era eu em minha casa e ela na dela, a gente só ficava nos finais de semana, e eu tinha uma vida com mais liberdade.
Porém como eu disse eu amo minha companheira e amo meu filho como nunca pensei amar alguém como eu amo ele.
Eu pensei em pedir para minha namorada para a gente voltar a cada um morar na sua casa e criar nosso filho assim, porém meu pai disse que mulher nenhuma aceitaria isso de boa.

Ler
Não mereço ser tratada assim

22 Comentários

  1. Então a questão é essa, você queria ter uma mulher mas não perder a sua liberdade de solteiro, sei como é isso! Eu acho que você tem que ser sincero com sua esposa, porque creio eu, ela deve achar que tudo que ela faça para ti agradar está indo por água abaixo, ou seja, não está ti fazendo Feliz, você nunca se preparou para essa vida e nunca quiz! Ou você pede para Deus ti mudar se você ainda quizer ter um relacionamento, ou você sai de cena, e deixa ela encontrar uma pessoa que realmente queira constituir uma família, só espero que se você optar pela 2 opção não se arrependa depois, pois o depois pode ser tarde,

  2. Na minha opinião você é imaturo suficiente. Está se vendo em m nova rotina de vida de responsabilidades das quais você nunca quis. Ok, errar eu humano, Porém já parou para pensar na sua esposa? Que para ela também não deva ser fácil? E outra, o que tanto tira sua liberdade? Já listou o que tanto tira a sua liberdade, já colocou isso para sua esposa? Já tentou resolver de outras maneiras, como diálogo, Mas ir embora de casa porque está se sentindo sufocado? Amigão, honre sua família, seu filho, Depois de você tentar de tudo para ser feliz, aí sim você pode pensar em separação!

  3. Seu pai esta certo, mulher nenhuma aceitaria isso.
    Se você está infeliz, o certo é um bom diálogo com sua esposa e talvez a separação.
    Assim, ela fia livre para arrumar alguém que a faça feliz e que fique feliz ao lado dela e do seu filho.
    Pensei nisso com calma, pois há coisas que não tem volta mais.

  4. Realmente nenhuma mulher aceitaria isso de boa. Até porque se cada um for para sua casa a responsabilidade de criar cuidar do filho vai ser só dela. E você só vai ver ele final de semana. E durante a semana você faz o que ? O que você faz para se sentir tão livre assim ? Sai com amigos vai para o barzinho? Isso realmente é felicidade ? Já que você ama tanto seu filho mais que tudo na vida, como faria vendo ele só aos finais de semana? Como imagina que ele vai crescer na sua ausência? Sao questões para se pensar. Afinal você não fez ele sozinho. Tem.coisas na vida que não podemos voltar atrás filho é uma delas então acho que deve encarar esse desafio que a vida te proporcionou. No fundo você ama os 2 faça florescer esse sentimento você sabe que não vai se arrepender. No fundo você quer gostar dessa vida mas é complicado porque toda mudança repentina é difícil d e adaptar. Só seja feliz e faça eles feliz tambémm. Quando seu filho crescer ele vai ver o pai maravilhoso que tem bjs

  5. Esse assunto é um tanto complicado, Você não está a nem um ano com essa mudança repentina, então eu imagino que realmente seja difícil. Primeiro, faça uma autoreflexão. Veja o que realmente importa para você ( eu espero que sua família esteja na lista de coisas mais imoportantes). Se seu filho e sua esposa estiverem nessa lista, tente se adaptar. Sabe, você agora é um pai de família, ganhou mais responsabilidades e precisa saber das consequências de largar tudo. Eu por exemplo, não tive um pai muito presente minha infância inteira, o que obviamente deixou sequelas, então por favor, não abandone seu filho, não importa a sua decisão. Mas enfim, você precisa pensar no que exatamente não está feliz. Em um casamento, nunca é só um mar de rosas. Tudo precisa ser discutido entre o casal. Diga para a sua esposa o que está te encomodando e comecem a propor uma maneira de resolver, de modo em que vocês continuem juntos. O que está sendo bom? O que está sendo ruim? Tenham uma conversa sincera sobre o assunto, talvez até ela esteja encomodada com algo e você não sabe. Conversar é um dos alicerces para um bom casamento, não guarde tudo para si mesmo. A partir do momento que entraram em um relacionamento, seus problemas não são só seus, são dos dois. Encontrem uma maneira boa para a convivência entre os três que seja boa para todos, não somente para você.

  6. Acho que você deveria pensar bastante e tomar uma decisão, se você escolher ficar, tem que aprender gostar desse novo estilo de vida (que é normal você não ter se adaptado ainda, afinal, era exatamente isso que você não queria), e a vida a dois tem muitas coisas boas, que você ainda vai descobrir: por outro lado, se você escolher pedir para voltarem a ser só namorados, terá que arcar com as consequências, duvido muito sua esposa aceitar, e não duvido também que se aparecer alguém que cuide bem dela, a ame e proteja, ela deixe você, porque é isso que nós mulheres queremos, alguém que cuide de nós e nos proteja, e outra, você vai ter que aguentar a ideia de alguém que não seja você, “criando” seu filho (digo caso ela encontre outro alguém, o que é muito provável). Olha, pense bem, aí fora está difícil encontrar uma mulher boa, que ame e cuide, não desperdice essa oportunidade, porém, faça o que seu coração quer, afinal, ninguém é obrigado a está em uma relação sem querer, mas saiba que tudo que qualquer opção que você escolher, terá consequência, e você não vai poder fazer nada, pois a escolha será totalmente sua. Quer uma dica? Converse com sua esposa, diálogo é TUDO em uma relação. Abraços

  7. Cara, você precisa virar homem, você diz amar sua esposa e seu filho, essa é a mentira que você usa para esconder a verdade de que você se arrependeu de ter tido seu filho, pois teve de assumir sua mulher por causa da gravidez dela, você se sentia livre e confortável vivendo cada um na sua casa, você deveria ter ficado sozinho, pois não tem responsabilidade e maturidade para tal compromisso, mas deveria ter pensado nisso antes, agora quer deixar a esposa cuidar do filho e você na casa do seu pai? quer fugir do seu compromisso? Da pena da sua esposa e filho, amadureça e faca papel de homem!!

  8. Deveria ter usado preservativo, ela anticoncepcional ou pilula do dia seguinte, agora é arcar com as consequências e num futuro próximo, se você não fizer terapia de casal e aceitar que agora é marido e pai de família, o divórcio vai ser inevitável. Conversa com sua esposa sobre suas dúvidas e tome uma atitude de homem, ficar em cima do muro é coisa de moleque

  9. Passa uma semana fora para ver o que você sente,?
    Tanta gente em depressão, se suicidando, se metendo no vício das drogas por solidão e vc aí com um bebê e esposa, reclamando da vida.
    Difícil entender, viu!?
    Queria mais liberdade para sair com outras sem compromisso? Saiba que assim você gastaria mais dinheiro, se arriscaria pegar DSTs, engravidar uma maluca e ainda ficaria dividido. Mesmo assim, teria de assumir as consequências,tratamentos, pagar pensão para filhos e esposa.
    Toda escolha tem consequências boas e más. Você teve boas consequências e está aí reclamando.
    Já pensou na oportunidade que você tem em mãos de aproveitar que tem uma família criar patrimônio, matrimônio, amadurecer e se torna um homem de respeito?

  10. Ser um pai de família não é para qualquer um. Tem “homem” que não sabe ser! Você é um deles.

  11. Qual a diferença entre estar namorado e estar casado com relação a liberdade?

    Da mesma forma que você deveria respeitar sua mulher antes, deve respeitar agora, sendo honesto, sem trair a confiança.

    O que você sente é criado pela sua cabeça, após 6 anos de namoro, você não se deu conta de uma vida a dois é assim?

    Você se sente prezo por que quer, se sente um lixo por que quer!

    A partir do momento em que você se libertar desse sentimento vai viver melhor. A partir do momento em que você se der conta de é responsável pelo que sente, você vai se sentir melhor.

  12. Cara você está querendo levar uma vida de adolescente a verdade é essa, não tem nada haver com falta de liberdade, você está com medo de não dar conta e julga isso como perder a liberdade, se você for para sua casa ela terá que cuidar sozinha do filho e você será apenas um coadjuvante e no final vai querer que seu filho te ame e veja você como um bom exemplo, se você não a amasse eu até falaria para vc realmente se separar mas não é essa questão, sua questão é “liberdade” bota na sua cabeça que casamento não é prisão, casamento funciona com diálogo, a liberdade é o que para vc ir beber no barzinho quando sentir vontade ótimo diga isso a sua mulher, a ajudando e fazendo seu papel nada te impede de ir a um bar beber, quer um exemplo meu pai criou 3 filhas e até hoje vai para o bar beber, sai com os amigos e mantendo seu papel de pai e marido.

  13. Eu iria além das palavras do teu pai. Muitos homens pensam que todas as mulheres aceitam ficar com um homem por anos só para satisfazê-lo na cama, quando quer ser “aliviado” na libido. A gravidez foi uma sacudida que ela fez contigo, mas caberia teres dito à ela que assumirias à criança mas sem oficializar União. Agora pelo que teu pai disse ele não deve ser de aceitar de volta filho “saudosista” da vida de solteiro e presenciar neto sendo criado com pai ausente, que geralmente nas poucas visitas que fizer à mãe da criança pode vir a engravidá-la de novo. Quem é vivido sabe desse estilo de vida dos amantes da solteirice!

  14. Cuidado, tenho 25 anos de casada e sempre acreditei que meu marido era feliz. Casamos e jamais duvidei que ele nos amava, que também era casado por amor. Só descobri tudo quando apareceram as traições. Homem que não é feliz trai.
    Cuidado com sua vida e a vida de sua família, seu filho é feliz quando os pais são felizes e não adianta ficar juntos em desarmonia!
    Pensa melhor para não magoar sua esposa, mulher nenhuma merece sofrer. Não mata o amor que ainda exista entre vocês!
    Boa sorte!!

  15. Cara, entendo bem isso. Mas agora não adianta, sua namorada deveria ter usado anticoncepcionais. O fato que sua vida vai mudar para sempre. Ou você se acostuma e tenta se adaptar ao seu novo padrão de vida ou vai se tornar em breve um divorciado. Seu pai tem muita razão no que falou, qual mulher vai querer se sujeitar a isso.
    Mas dê tempo ao tempo, as coisas se ajustam, converse com um psicólogo, toda mudança brusca de vida nos deixa atordoados.

  16. É você já ouviu aquele ditado que para ganhar uma coisa você precisa perder outra? É a lei do equilíbrio. Se vocês já tinham planos de não ter filhos e isso inevitavelmente aconteceu eu não consigo entender porque só agora na hora que você teve filho isso se tornou um peso na sua vida. Imagino que isso já tinha acontecendo antes do seu filho nascer. O processo lento da perda da liberdade. E agora a perda da liberdade total. Infelizmente meu caro você não sabe o que quer. Quer ficar mais tempo fora de casa? Arranje um curso, faça uma faculdade. Mas vou te dizer uma coisa. Se você estiver inclinado a não ter responsabilidade logo logo você vai trair sua esposa e se arrependerá pelo resto da vida. Não existe pior dor do que a dor do remorso!

  17. Bem vindo ao clube,.
    Com o tempo, o amadurecimento fará você aceitar e se dedicar a essa nova fase de sua vida.
    Porém, altos e baixos, sempre estarão numa linha tênue.

  18. Porra, que amor é esse? que esta a 6 anos cm a pessoa,e não pensava em construir uma familia, morar juntos,??nunca tinha te passado pela cabeça? Seria um namoro eterno sem compromisso cm nada?!
    Acho que vc não amadureceu. quer viver livre sem impedimentos, e um casamento te traz esse medo,e realmente, te prende a um monte de obrigações.. achei errado ficar cm uma pessoa durante tanto tempo,e nunca ter pensado se qria formar uma família cm ela.
    Agora se vira! So você pra decidir o que qr da vida.

  19. Se escolheu ter o filho agora vai ter que aturar. Além de usar preservativo, se era tão importante assim para você não ter filho, por que não fez vasectomia? A partir do momento que você se arrisca tendo relação sem proteção, independente de ser com a namorada, independente de ela fazer uso de contraceptivo, a partir de desse momento você assumiu o risco de ser pai e agora vai ter que encarar. Acho extremamente covarde você querer ter tido filho e agora querer jogar ele e a esposa para escanteio. Você vai bancar o pai do ano nos finais de semana e durante a semana quem vai comer o pão que o diabo amassou para cuidar de criança sozinha vai ser ela. Deixa de ser moleque covarde e vire homem, assuma suas responsabilidades. Aceite que a vida que você tinha antes acabou e nunca mais vai voltar. Trabalhe para cuidar dos dois e faça uma vasectomia antes que mais uma criança indesejada e não planejada seja concebida.

  20. Os comentários desse “Sincero d+” são ridículos, muito machista!

    “sua namorada deveria ter usado anticoncepcionais’.

    Pq ela deveria usar anticoncepcional?
    Pq vocês homens não usam camisinha no pintinho de vocês tambémm?
    É difícil colocar?

    Cara ridículo falando asneiras como se a culpa agora disse da mulher.

    Agora respondendo ao cara que desabafou. Tá com saudades da vida de solteiro neh amor? Quer fugir das responsabilidades neh!
    Então, vou te dizer uma coisa. Depois que voltar com sua vidinha de solteiro e ver sua mulher sendo feliz com outro e seu filhinho chamando outro homem de pai, não vale chorar viu!
    Quer tentar resolver a situação, converse com su esposa. Ela que mira com você e afinal de contas, também não acho justo você empurrarem relacionamento com a barriga e fazendo ela perder tempo achando que tudo está bem.

  21. Angel, aqui é um forúm aberto e cada um coloca seu ponto de vista, se eu sou “machista” você deve ser uma “feminazi”estupida. No forum eu respeito os comentários mesmo não concordando. Dica para você: VAI SE TRATAR, está precisando.
    Então coloque-se no seu lugar com essa sua cabeça de ervilha e fique na sua.
    Enquanto ao meu comentário reafirmo, ela poderia ter usado anticoncepcional SIM, seja dill ou similares, pois duvido que durante seis anos de relacionamento que tanto ela quanto ele iriam continuar a usar camisinha depois de tanto se conhecerem na cama.
    Infelizmente, não existe anticonceptional masculino, então mediante ao um relacionamento longo e prazeroso, cabe a mulher tomar remedio, como a maioria faz para não engravidar.

    Sincero d+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar