Como lidar com enteado adulto mal educado?

Gente, estou casada há apenas 6 meses com um homem maravilhoso, somos apaixonados e nos damos muito bem quando estamos só nós dois na casa.
O problema é que ele tem um filho com 23 anos que não trabalha, diz para o pai que estuda para concurso mas fica a maior parte do dia jogando na internet.
A mãe foi embora quando ele tinha 17 anos, e desde então passou a manipular o pai para conseguir tudo que quer.
Se fazendo de vítima devido o abandono materno.
Ele não faz nada na casa, come e abandona as louças na mesa, do lado do sofá, no quarto, aonde der vontade.
Quando o pai manda lavar é super ignorante com ele.
Chego em casa do trabalho antes do meu marido, e dá vontade de chorar de raiva, porque deixo a casa limpa e encontro imunda.
As almofadas do sofá todas no chão. Comida pelo chão.
Mas já sei que faz de propósito, pois escutei uma conversa no telefone em que ele dizia para alguém que iria infernizar até eu ir embora.
Meu marido diz que não sabe mais o que fazer para ele respeitá-lo como pai, e não tem coragem de mandar o filho embora de casa porque ele não tem com quem morar.
Estou chegando no meu limite. Amo meu marido, mas fico brigando com ele por causa das coisas que o filho apronta.
E fico com o coração partido pensando na possibilidade de nos separarmos por causa disso.
Alguém aqui já passou por alguma situação parecida? Como lidou ?

Etiquetas
enteado

21 Comentários

  1. Talvez o seu marido devesse ser mais rígido com ele, seu enteado está acostumado a ter tudo que quer, e a ser mimado pelo pai.
    Então o certo seria colocar um ponto final nisso, mande seu esposo ter uma conversa séria com ele, e se ele não cumprir, tenta cortar algumas regalias que ele tem.
    Só não deixe ele mandar em vocês, e destruir o relacionamento de vocês, ainda mais, que ele já é de maior e deveria está se virando e não morando com vocês.

  2. Imagino que sua felicidade deve estar acima de tudo. Mesmo que você ame seu marido, sua felicidade tem que estar por cima disso. Se você está se sentindo infeliz e passando raiva, só tem duas opções a se fazer: a primeira é aceitar e aguentar para não perder seu marido, (pois o moleque não vai mudar tão cedo), a segunda é bater com os pés no chão e falar para os dois (pai e filho), um ultimato, para que eles te respeitam. Veja: se o pai do moleque está permitindo isso, é porque não está agindo da forma correta com o filho, não está sendo firme. Então pense se vale a pena passar essa raiva toda.

  3. É difícil! Provavelmente o pai vai ficar do lado do filho! você deveria dar um susto nele!ir embora para ver a reação do seu marido! se ele te ama vai atrás e vai dar um jeito no filho!se não der certo vai procurar ser feliz com outro! Acho que a sua saúde mental e emocional é mais importante do que algum homem!

  4. O que acho é que quando uma situação está fugindo do controle, precisa balancear os pós e contras, esse moleque já era para estar trabalhando e cuidando da vida, se fosse uma criança da até para corrigir, mas com adulto se age de forma diferente. Fale com seu marido seriamente, faz seu marido colocar ele para trabalhar, porque se não vai ser um homem que vai viver encostado. Uma atitude mais rígida é tbm até para o bem do moleque, porque enquanto tiver alguém passando a mão na cabeça, ele vai se encostar mesmo. Precisa dar um chega para lá nele, dá um susto para ele aprender a andar com as próprias pernas. Eu terminei um relacionamento com o pai do meu bebé por cauda de uma criança, filho dele com outra. Eu não conseguia lidar com certas coisas e abri mão, hoje sofro por causa disso. Se eu tivesse tido mais um pouco de paciência e tivesse tomado as coisas com mais rédea curta, teria sido diferente. Então minha amiga, tenha uma conversa com seu marido e diz para ele que essa situação está insustentável, que se ele não tomar atitude com o filho, você vai desistir de td.

  5. “A mãe foi embora quando ele tinha 17 anos”: faça quase o mesmo e mude-se para outro local, que pode até ser uma república, e deixe seu marido e o mano se entenderem. Mas faça isso deixando que bem claro que não é uma separação, é apenas um casamento onde cada um tem seu próprio endereço.

  6. exatamente como você disse, se o garoto faz isso para te irritar e vê que esta conseguindo, obviamente ele vai continuar a pirraça, então, recomendo que apenas ignore tudo o que ele faz ou diz com o objetivo de te ofender e irritar que com o tempo ele verá que não esta fazendo efeito as brincadeiras dele e pode acabar parando com isso.
    se isso não for útil, tente se dar bem com o moleque, vão a passeios em família, se ele não quiser sair, faça algo dentro de casa, mas que esteja a participação de todos que poderá ajudar bastante.
    espero ter ajudado.

  7. E você já se colocou no lugar dele? Imagina o quanto isso está sendo diferente para ele tbm, o quanto e difícil conviver com alguém diferente, eu sei como e isso, tentar se aproximar dele, conversar com ele e saber porque ele age dessa forma, Diálogo sempre e a melhor forma de solucionar algo.

  8. Eu mulher, com 20 anos já tinha um emprego de atendente num quiosque beira mar, fui morar com uma amiga perto do trabalho, assim aprendi a valorizar as coisas. Ele já tem 23 anos já era para estar trabalhando e fazendo cursinho fora de casa ou estudando em bibliotecas, sozinho ou com amigos. Assim não tinha tempo para bagunçar a casa toda e nunca arrumar, antes de vocês chegarem do trabalho. Para ele querer ir trabalhar, o pai precisa mostrar vantagens nisso.tipo receber um salário e fazer o que quiser com este, se sentir útil, crescer aprender a se manter e a pagar as próprias coisas, arrumar uma namorada e ter como pagar os bilhetes para ir ao cinema.etc
    Quando ele tiver preocupações no emprego, em pagar contas, e o próprio curso, automaticamente não terá mais espaço na mente para te infernizar a vida!
    Já dizia o ditado: Mente vazia oficina do Mal. Por falta do que fazer ele age mau com você.
    Ele não é mais um bebê, já passou da hora de sair de casa!

  9. Passo pela mesma situação. Minha mulher tem dois garotos, um de 17 e outro de 12. O de 17 e exatamente assim. Minha vida se tornou um inferno. Semana passada tentei terminar aí elas chorou muito e tal e me pediu uma nova chance. Já estamos juntos há 2 anos e só piora. Uma das piores decisões, senão a pior, que já tomei na a minha vida.

  10. É melhor conversar e deixar a Ingenuidade de lado: Nunca parou para perguntar ao jovem como viviam os pais? A mãe do jovem teve uma história longa com o pai dele e Não me parece um detalhe insignificante! Póde também o coroa ter buscado uma Baba para os dois: é raro um homem abraçar a responsabilidade de administrar uma casa, ainda mais com filho junto!

  11. Queria saber uma fórmula para te ajudar mas nem para um relacionamento de oito meses com uma pessoa que amei muito tive jeito de salvar por conta de filho. No meu caso as crianças eram pequenas e tinha ex mulher fazendo chantagem financeira e infernizando!
    Não teve remédio para o meu caso, caí fora antes mesmo de casar mesmo amando muito a pessoa, essa carga é bem pesadona não dei conta não, espero que você consiga.

  12. Primeiro que você jáfoi errada em se enolver com uma pessoa com filhos. Você sendo solteira e sem filhos, se envolver com alguém que tem, é complicado e o resultado é esse mesmo. Eu quase entrei numa furada dessas, sorte que saí a tempo para ninca mais me envolver com isso.
    Lembre-se que você não é mãe biologica dele, sim, você deve assumir isso porque você está dentro. Mas cabe ao pai ser mais energico e deixar de ser mole e dar uma bela duma cintada nesse moleque folgado!

  13. Boa noite, olha já passei por uma situação assim amiga, no meu caso eu cuidei do meu enteado desde de que ele tinha 2 anos de idade, mas quando ele se tornou maior de idade começou fazer as mesmas coisas que esse seu enteado está fazendo, no meu caso eu cheguei na minha esposa e falei, que não dava mais, e dei que não estava aguentando mais, e disse a ela, ou eu ou ele, ela optou por mim mesmo que isso doeu muito nela, e já faz 2 anos que isso aconteceu, mas depois disso, nosso casamento melhorou, 100%, não deixe esse antenado fazer o inferno com vc, peça para se homem tomar uma decisão ou vou vai sair de casa ,

  14. Acho que se você gosta dele e ele de você, então vocês terão que contornar a situação ou o enteado irá conseguir o quer: a separação.
    Acho que a primeira coisa que você deve fazer, é não ser a primeira a chegar em casa. Deixei o marido/pai chegar primeiro e se deparar com a bagunça. E depois, aconselhe o pai a procurar uma terapia para o filho (nem que seja terapia familiar). Uma mãe abandonar o filho é muito grave,, e certamente ele sofre muito com isso.precisa entender e talvez acredite que você teve culpa nisso.

  15. parece muito minha situação eu estou apenas vivendo minha vida faço
    Minha parte e o resto que se exploda ti muito bem com meu marido não vou estraga meu casamento por causa de um marmanjo folgado

  16. Amada, em primeiro ele não é mais criança, em segundo é ele quem precisa de vocês e não vocês dele, se o pai é mole e não tem autoridade, pede a ele para decidir entre você e o filho, porque essa relação não vai perdurar diante disso, e isso também você já devia ter visto antes de se casar, agora é mais difícil, mas algo tem de ser feito, pois para uma boa relação é preciso que tudo vá bem, o que não é o seu caso!

  17. Estou em uma situação parecida com sua, mas meu entiado tem 13 anos e muita coisa acontece, a diferença que ergue tem mãe.
    Tbm amo meu esposo, mas acima de tudo eu me amo e já deixei claro que se ano não vou aceitar tudo que aceitei no ano passado. Creio que você deve observar o que vale mais, continuar sofrendo ou mudar (conversar com seu esposo ou radicalizar).

  18. Esse filho do seu marido é um vagabundo que não ké nada da vida, vocês tem que mandar ele para o olho da rua um marmanjo que não faz nada e ainda fca lhes oportunando não aceite isso de jeito nenhum ninguém é obrigado a aceitar folga de enteado.

  19. Ahh e não tenha dó, o filho tem que aceitar as ordens do pai dele sim, já é maior e foi muito bem cuidado como você disse, então o pai tem que dar um ULTIMATO, ou vira adulto de vez, ou caça uma ocupação e cai fora, já consegue uma ocupação no mercado e vai viver a vida dele feliz lá fora! Puxa, eu odeio vagabundos, ajudei minha irmã mais velha porque minha mãe trabalhava fora desde meus 9 anos na casa, louças, quintal.. etc, ia no mercado, padaria.. desde os doze vendia doces na rua e registrei minha carteira com 14, na época podia, respeitava minha irmã, minha mãe.. e aí dos irmãos que assim não fizessem, tinha um PAI com maiúsculo, que ensinávamos pelo amor, mas se fosse preciso ensinava pela dor também e dobrado, felizmente nenhum precisou da dor, porque sabíamos que nosso pai só tinha uma palavra, ninguém pagava para ver, porque o pulso era forte e, todos nós o amamos sem exceção nosso pai pelo que nos passou de ensinamentos e nossa querida mãezinha que sempre o ajudou trabalhando fora e depois e em casa assim como vc, você é uma exceção, uma batalhadora que deve ser amparada, exija o seu merecimento ok

  20. cala essa boca vadia imunda, deixa o cara jogar lol em paz e vai cuidar da sua vida.

  21. se o seu marido está tendo dificuldade em lidar com um homem de 23 anos que age como um adolescente, era hora de procurar algum aconselhamento, ajuda profissional. O rapaz é bem espertinho, ninguém garante que ele não tenha contato com a mãe e usa o fato dela morar longe para se vitimizar com o pai. Como o seu marido é um pai babão, o filho é mimado. E o rapaz já está velho para passar o dia jogando na internet, ele foi abandonado com 17 anos, as vezes, nem a mãe aguentou o comportou do rapaz e o deixou com o pai, vai saber né! Pelo jeito o rapaz não é flor que se cheire msm. Um cara nessa idade não querer namorar e nem ter um futuro é porque tem problemas psicologicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar