Vale a pena casar hoje em dia?

Suponhamos que você não seja aquela pessoa com o “coração ansioso”, que fica idealizando relacionamento sério. Ou seja, você sabe vive bem sem essa ideia de casar. Nesse contexto, você arriscaria casar? Vocês que já se casaram, acham que perderam mais do que ganharam? Querendo ou não, vivendo sozinho você tem menos estresse, não precisa lidar com convivência, não enfrentar problemas típicos do matrimônio, etc.
Sinto que casamento é só dor de cabeça, vejo poucos casais darem certo, e os que dão geralmente estão engolindo sapo e ficam no dilema de separar e ser feliz, porém traumatizar os filhos, e continuar e ser infeliz pelos filhos (obs: sou mulher, e quando vejo mulheres fazendo isso me dá arrepios só de pensar no arrependimento que elas devem sentir). O que motiva tanto as pessoas a quererem casar? Não ficarem sozinhos, não serem julgados, idealizarem demais?

0 0 votar
Avaliar Desabafo
8 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Isabela
12 days ago

Amor, ninguém casa para sofrer, ser traído ou se separar, quando uma das coisas acontecem é porque no caminho o cônjuge ou a própria pessoa muda, mas no geral, para se casar a gente encontra uma pessoa que te faz ter vontade de partilhar a vida, conheço vários casais que dão certo, infelizmente você não deve estar cercada de bons exemplos, e também não deve ter encontrado alguém que te faça querer casar, já conheci gente que pensava igual a você e quando encontrou a pessoa certa mudou o pensamento,

Naná
12 days ago

É relativo, eu acho que depende muito de vc, acho legal mulheres independentes, empoderadas, decididas, mas admiro também às que se desdobram para ser tudo isso e ainda ter uma família. Eu sou casada, não é um mar de rosas, mas eu sou muito feliz, foi a melhor coisa que fiz, tive meus filhos, conquistei meus bens, juntos, somamos força e estamos vencendo!
Nada na vida é unânime, mesmo você levando essa vida de solteira convicta, pode ser que uma hora você sinta falta da calmaria, do aconchego, de alguém para dormir de conchinha, ou não! Mas você também pode optar por casar e ver que de fato, não era aquilo que queria,O importante é não se frustar com sua escolha, tem escolhas que não dão para voltar atrás, pode ser que uma hora seja tarde.

Observador
11 days ago

Tudo na vida depende da perspectiva de cada um. Tenho 54 anos, solteiro e independente. Cheguei a namorar um cara, atualmente, com 36 anos. Para mim não me importaria de ter relacionamento com ele, mas por ele ser bi, penso que resolveu novamente por namorar mulher para ter alguém cuidando da casa, uma dona de casa daquelas tradicionais: lavar e passar roupa e cozinhar!

Sincero d
11 days ago

Francamente, já fui casado e noivo, perda de tempo, atraso de vida. Mas existem casos e casos, basta avaliar o melhor para você. Brigaa e desentendimentos fazem parte do cotidiano, o problema ao ,eu ver é cair na rotina.
Mas tem gente que gosta, faz parte da vida. Porém, depois de muito me estressar, gastar dinheiro e me aporrinhar, decidi virar MGTOW, melhor coisa da minha vida, tenho sexo quando quero, sem pressa e sem agradar ninguem.
Enfim, respondendo sua pergunta, não aconselho ninguém a casar.

Lucâo
10 days ago

Todo MGTOW chora no banheiro quando adoece e precisa de alguma mulher de confiança junto dele para cuidar e fazer companhia. Casamento com mulher honesta vale a pena sim.

RAP
7 days ago

Seguinte sou casado a 10 anos de um relacionamento de 16 e te falo se eu me separar não tenho pretensão alguma de casar novamente, não sei se é porque minha esposa é fria igual um gelo mas os casais que conheço estão todos do mesmo jeito ou seja estão levando a vida. Já pensei e penso muito em separação porque ela não vai mudar e infelizmente penso que 90% das mulheres estão assim nervosas, autoritárias e infiéis. Te aconselho viva a vida o máximo e se possível não case.

Kagura
6 days ago

Se encontrar alguém com propósitos semelhantes aos seus, talvez. Mas tenha em mente que isso é muito difícil. Jamais aconselharia uma mulher a casar sem ter no mínimo um ano de relacionamento e convivência frequente. Antes de casar, morar um tempo juntos para testar. Tem muito homem folgado, porco e violento por aí. Tem que dar tempo ao tempo para ver como ele é quando abre as asinhas. A maioria não quer uma esposa, mas sim uma segunda mãe, uma funcionária do lar, uma garantia de sexo 24/7 ou pior, serem bancados. Estudem, sejam independentes, tenham uma profissão. Mantenha uma condição que você pode escolher ficar com a pessoa por querer e não por necessidade. Quanto a filhos, Não vale a pena jamais. Geralmente tem-se o hábito horrível de deixar as mães sem nenhuma rede de apoio. Zero apoio dentro de casa para cuidar dos filhos, sobretudo após a separação. Os caras pagam uma merreca (isso quando pagam) e deixam os filhos de lado, resultando em crianças carentes, sem disciplina e mães extremamente sobrecarregadas. Muitos hipócritas falam em valorizar a família, mas não veem que por trás disso tem uma mãe que mal tem tempo para lavar o cabelo, fazer uma refeição decente e ai delas se reclamarem. É cada relato que você fica horrorizada. Enfim, vale mais a pena conquistar suas coisas primeiro e só depois, se quiser, casar. E antes dos 30, 35, nem pensar.

Lady Ag
18 hours ago

Casei com a pessoa certa, alguém que admiro para caramba, 14 anos juntos e me considero uma pessoa feliz. Nosso segredo, objetivos em comum e não temos filhos – sou childfree (considero a decisão mais sábia que tomei na vida). Conseguimos ter uma vida equilibrada e com liberdade! Para nós funcionou! Ninguém é perfeito, temos nossas diferenças, mas nossa disposição em fazer dar certo todos os dias é maior do que tudo! Não me casaria novamente, pois julgo que jamais encontraria alguém com as qualidades do meu esposo. Casar, somente com alguém que tenha extrema admiração e propósitos de vida parecidos! Senão não rola! Felicidades!

Botão Voltar ao topo