Tenho 25 anos e nunca namorei

Tenho 25 anos e nunca namorei, nem fiquei com ninguém. Apareceram algumas oportunidades, mas afastei todas, continuo fazendo a mesma coisa, afastando os poucos que se aproximam. Só que essa nunca foi a minha intenção, sempre fui muito seletiva. Ficava procurando empecilhos e defeitos nas pessoas para criar barreiras. Hoje me sinto muito só, tenho poucos amigos, não gosto de baladas, meus finais de semana são basicamente movidos a livros e filmes. Atualmente, faço terapia, me sinto muito diferente das outras pessoas e isso me incomoda muito.

Ler
Tenho 19 anos e me sinto sozinho por nunca ter namorado
Etiquetas
carente nunca fiquei nunca namorei

27 Comentários

  1. Tem muita gente boa neste mundo.e você é nuito novinha ainda.fique tranquila.a busca da felicidade é igual carro velho. é cheio de riscos..liste o que você esta realmente querendo evitar em se reservar tanto assim. assim fica mais decidir o que você não quer para sua vida.

  2. Eu tenho 20 e nunca namorei, e a primeira vez que fiquei tinha 19, estava bebada e fiquei com um amigo do amigo da minha amiga, apenas saia para se divertir, você não vai achar niguem se ficar em casa, e lembre ficar e namorar são coisas diferente, relaxe e faça uma coisa de cada vez.

  3. primeiro tire da cabeça que você é diferente, pois ninguém é melhor que ninguém! Muitas pessoas são parecidas com você preferem filmes, tem poucos amigos. Inclusive eu. Invista na sua aparência, cuide-se, fique bonita e quando as oportunidades vierem não as dispense, pois você não sabe se dará errado se não tentar.

  4. Ora és uma rapariga certo. Não te sintas mal .Não te sintas diferente eu sou como tu 25 anos e nunca namorei sim sou um rapaz também tive essa oportunidade que a vida da..mas no meu caso foi só desilusão. ser 2 opção. Sim também deixei de sair os meus fins de semana também são assim mas. Não te sintas diferente porque não es a única deste mundo. Ha quem diga que um dia vai aparecer uma pessoa que vai te fazer mudar..Se eu acredito nisso. não sei estou 25 anos a espera.
    So tenhos que seguir em frente.Porque esse dia vai chegar para ti como para mim e por outras pessoas que tem o mesmo caso do que nos

  5. Achava que eu era a única 2 ; ). parece que existem algumas de nós..rsrs

  6. Meu caso é praticamente idêntico ao seu. Tenho 25 anos, nunca namorei, nunca fiquei, por consequência nunca beijei também. Já tive oportunidades (poucas), e me esquivei de todas. Praticamente não tenho amigos, e se for considerar amigos como aquelas pessoas que te apoiam em momentos difíceis e se preocupa com você, então não tenho nenhum amigo mesmo. Nunca fui numa balada, nem tenho interesse em ir. E não somente meus finais de semana, como também todos os outros meus dias se resumem em ficar o dia inteiro em casa ouvindo música, assistindo filmes e séries, lendo algum livro ou outro, assistindo vídeos no youtube, e também muitas vezes deitado na cama dormindo ou fantasiando uma vida alternativa.

    Me ajuda saber que existem pessoas que passam pelo mesmo problema que o meu, me faz sentir menos sozinho. Espero que o fato de compartilharmos a mesma dor também te ajude a se sentir menos sozinha.

    Tudo de bom! =)

  7. eu jábeijei e transei mas poucas vezes e não exatamente da forma que gostaria.

  8. Bem, sou homem, tenho 27 anos e também nunca namorei.Senti paixão por uma mulher noiva hás uns 8 anos trás e nunca fiz uma investida, pois respeito compromissos e odeio e repudio traições, portanto, sofri sem nunca ter tentado algo e não me arrependo. Quannto ás demais garotas que foram surgindo ao longo desses anos, nunca senti atração por quaiquer uma delas, ainda mais que me dedicava aos estudos de forma rígida, não deixando espaço para minha vida afetiva com mulheres, afastando ou abortando qualquer tipo de investida que uma garota pudesse me dar, na intenção de conquistar algo comigo.
    Muito mais por escolha própria, até porque mulheres jáse aproximaram de mim e eu nunca quis nada, acabei por me manter solteiro até o momento,porém ultimamente tenho sentido falta de uma mulher legal ou mesmo uma garota bacana.
    Vejo que seu caso é igual ao meu, porque a gente não namorou por escolha, não por dificuldade em conseguir alguém, então, se quisermos mudar,temos de compreender que as pessoas não são perfeitas e que temos de aceitar as pessoas como são.
    Acredito que você deve se questionar sobre seus propósitos, e sobre o que você espera, para assim se abrir a uma relação com um alguém.No meu caso, estou analisando minha situação. Sucesso a você e saiba que,desde que se dêem condições e o momento certo para isso, um companheiro poderá surgir na sua vida. Beijão!

  9. Meu objetivo comentando aqui é trazer esperança para vocês, comecei a namorar aos 26 anos, nunca havia tido nenhum tipo de relacionamento com ninguém, também me achava e estranha e me isolava, não ia para festas ou baladas, somente em casa ou programas familiares. O segredo é acreditar que Deus tem um propósito para cada um de nós, e por mais que pareça estar atrasado, Ele não falha, coloque em oração, diante de Deus a tua vontade, e Ele satisfará os desejos do seu coração, eu esperei com fé. Deus me enviou um namorado lindo e abençoado, nos divertimos e planejamos nossa vida juntos, tem hora que nem acredito, que me vê um ano atrás e hoje testemunha o milagre em minha vida. O segredo é colocar nas mão de Deus :)

  10. mais uma para o time.. tenho 25 e nunca namorei.
    sinto que ninguém se interessa por mim..
    algo está errado.

  11. Chega ser um alívio saber que não sou a única nessa situação, tenho 25 anos e também nunca namorei, sempre afasto as pessoas e nunca saio de casa, tenho poucos “amigos”, chega ser triste olhar para trás e pensar que errei em algum momento ou que me perdi na vida sei lá, já tentei mudar meu jeito mas sem chances, eu sou assim e ninguém aceita isso, sempre acho que vou chegar aos 50 anos e estar do mesmo jeito e sozinha.

  12. Me identifiquei muito com Nocte, tanto pela questão de nunca ter namorado (tenho 20 anos) como também por ser ateísta. Acho que vou morrer sozinha, e fico só esperando o dia em que minhas tias e avós vão desisitir de perguntar dos namorados.

  13. Eu tenho 25 e também nunca namorei. Alguns caras já me convidaram para sair, mas na hora eu gelei, fiquei muito nervosa e recusei.
    Todo mundo me pergunta se sou lésbica, fico muito revoltada com isso.
    Queria muito ter alguém, mas nunca consegui.

  14. Pois bem des de criança eu sempre fui criativo e quieto sempre me destaquei no colégio tendo vários amigo o problema começou na minha adolescência dos 13 em diante fui sendo tachado como indesejável feio ridículo minha cor minha condição social eo meu corpo físico ajudaram a contribuir com isso. até que apareceram garotas para o meu lado muitas até gostosas mas eu só tinha 13 anos sonhava em ter só um amor “eu era muito besta se fosse hoje eu comeria todas” em fim acabei caindo em depressão parei de frequenta a igreja meus amigos se afastarao de mim porque eu poderia mancha o grupo deles. Optei por leva uma vida solitária a depressao ea solidao ficavam dentro de mim escondida sem ninguém perceber nem minha família notou isso em mim .
    Com 15 anos comecei a curti rock grunge punk rock noitadas de bebidas andar com a galera conheci varias garotas fiz varias amizades mas mesmo assim me faltava algo . Aos meus 19 anos eu já estava de saco cheio com tudo me envolvi com garotas de programas e travesti e muita maconha na mente fiquei agressivo a chega ao ponto de quebra o braço de um play rapaz que estava me zoando “roubei também o célula dele ” tratei mal varias garotas . Fiz muita coisa errada hoje aos 25 anos já não penso mas no único amor ou seja a garota hoje ela esta uma mulher
    Fiquei viciado em sexo e drogas

  15. Tenho 25 anos e também nunca namorei ou fiquei com alguém; não foi por falta de oportunidade, mas sempre me preocupei com os estudos, na adolescência tinha a pressão dos meus pais e, no fundo, acho que, infelizmente, eu sou diferente da maioria das pessoas, porque não consigo me imaginar ficando com alguém se não rolar algum sentimento. Como agora não sou uma menina e as pessoas na minha idade já possuem muito mais experiência que eu, sinto que esse meu “problema” só tende a aumentar, porque sinto vergonha por não ter beijado alguém. Já pensei até em ir numa boate e beijar a primeira boca que vir, mas além do receio de fazer tudo errado e ser mais ridícula ainda, acho que isso não combina comigo. Ninguém sabe disso, acredito que todos os mais próximos acreditam que eu já fiquei com várias pessoas; mesmo porque, realmente, é bizarro uma mulher de 25 anos (e que não é um monstro aterrorizante) nunca ter beijado na boca numa época em que meninas de 15 anos fazem coisa muito pior. Já me conformei em passar a vida sozinha. não sei se o que falaram acima é verdade, mas, supondo que seja, que bom que não sou a única! É bom compartilhar minhas experiências mais sombrias. Kkk

  16. Eu também me sinto assim. Mas o meu caso é por eu gostar de mulher. Nunca quis beijar ou ficar com homens por não me sentir a vontade, e óbviamente não fiquei com mulher por me esconder. Vou fazer 25 também e mesmo hoje eu não consigo dar um passo a frente por vergonha e todo mundo acha que já fiquei com várias pessoas. Hoje já me assumi para minha família e é comum garotas ficarem com garotas, mas eu sinto vergonha de expor esse fato. Não me acho bonita, mas também não sou feia. Eu realmente fico triste em ver como deixei minha vida passar. Sei que a vida não se resume a beijar bocas, ou ter alguém. Mas não deixei de fazer somente isso e sim milhares de outras coisas. Não sei se um dia as coisas vão mudar, espero que sim porque seria legal ter alguém que entendesse e gostasse da minha pessoa do jeito que eu sou com todos esses fardos. Também.nao tenho amigos, não de verdade porque eles não me conhecem como eu realmente sou. Sinto que não tenho ninguém para confiar.

  17. Eu também, tenho 25 anos e tive uma oportunidade na vida com 15 anos,eu acho, porque nem me perguntaram diretamente, foi uma colega de turma que conversando comigo normalmente perguntou se eu ficaria com o outro menino lá da sala, na hora eu disse não, mas do jeito que ela perguntou parecia uma pergunta normal, eela não era minha amiga só colega de turma mesmo e todo mundo me zoava, mas eu achava esse menino lindo,e eu nem sei se ele pediu para perguntar mesmo só penso que sim porque estava pensando se tive alguma oportunidade dessa na vida e me veio esse dia. se ele tivesse vindo conversar comigo talvez fosse diferente, eu também era muito nova nem 15 anos tinha feito ainda. Até me olham mas nunca falam nada, eu que tenho que correr atrás, e descubro que nem querem nada. Eu acho que não sou ninguém ruim de personalidade, mas está difícil. Então não sei o que é, se pareço muito metida sei lá.

  18. Hoje sou eu que estou passando por isso. Já tenho 26 e também nunca namorei. Já fiquei mas foi com um vizinho que queria algo mais mas eu só queria quebrar o encanto do primeiro beijo e isso foi ano passado.
    Sempre tive dificuldade de expressar meus sentimentos,minhas intuições; Minha irmã mais velha e até minha mãe diz que eu tenho que olhar mais as pessoas a minha volta mas sempre tive um bloqueio e não consigo ver se alguém se interessa por mim,evito olhar. Me dá vergonha!
    Minha timidez me afeta até para procurar emprego. Tenho vergonha,tenho medo do “não”, de quebrar a cara.
    Nem sei se uma coisa tem a ver com a outra ou uma leva a outra;Só sei que tenho dificuldade e não consigo evoluir em nenhuma das duas e me sinto triste e péssima vendo colegas minhas que se formaram comigo no ensino médio hoje já se formando na faculdade,namorando,viajando casando. enquanto nesses 6 anos da minha formatura;Minha vida não evoluiu em nada.

  19. Que bom saber que não sou a única. Me sinto muito mal por ter 25 anos e nunca ter namorado ou ficado com alguém. O pior é que minha mãe me preciona para arrumar alguém.

  20. Já aconteceu outras vezes, e agora nessa madrugada não foi diferente. Não consigo dormir me questionando o porquê de com 25 anos não ter namorado, muito menos beijado, além de contar nos dedos os amigos da vida. Estou muito mal e com um turbilhão de pensamentos destrutivos, mas fui pesquisar e achei vocês, que pela minha surpresa têm situações semelhantes à minha. Já tenho enumeradas as explicações do meu isolamento: nunca interagi muito com pessoas durante infância e adolescência (me tornou tímido e antissocial); superproteção materna (ao me tornar “intocável”, sofro por não querer me decepcionar); desinteresse em assuntos que não gosto (me falta ser mais flexível para me adaptar a novos ambientes e pessoas diferentes).
    Esses bloqueios me fizeram ser um zé-ninguém, que não faz nada da vida e vive pensando num universo paralelo dos sonhos, mas não mexe um músculo para mudar isso pelo medo da rejeição e do fracasso (o que me torna ainda mais fracassado).
    Estou cada vez mais estressado e sem enxergar nenhuma luz no fim do túnel.
    No que se refere à minha relação com Deus, esfriou bastante o que já era gelado. Eu nem tento rezar mais por eu considerar hipócrita da minha parte pedir qualquer coisa à Ele se eu não mexo um dedo para fazer por onde, então eu nem ligo mais. Sei que agindo assim eu estou Lhe dando mais desgosto do que pela tentativa de não O decepcionar.
    Estou perdido.

  21. Eu sou a Pensadora reflexiva que comentou na postagem em junho. Não lembro mais a minha senha e tive que entrar com outro nome agora. Eu te entendo em parte, porque como vários aqui, é realmente estranho ter 25 anos e não ter sequer ficado com alguém; e, isso repercute em todo o nosso meio social e rol de amizades. Eu, por exemplo, não sou antissocial, consigo interagir com as pessoas numa boa, até mesmo pela minha formação profissional (Direito); mas, é difícil manter amizade com alguém, porque sempre tem os assuntos amorosos, sobre namorados, etc. Simplesmente não consigo confiar em alguém para falar que até hoje nem beijei na boca, porque isso é ridículo! Entao, sigo colocando minhas “amizades” numa certa distância e mentindo para elas e para mim que já tive uns “ficantes” por aí. As pessoas são críticas demais e isso dificulta contar qualquer coisa. Enfim. Parafraseando tudo isso, só queria dizer que quase todos que comentam aqui não se encaixam na sociedade, então, de certo modo, é fácil se sentir fracassado, porque o ser humano é um ser social, precisamos ter amizades, amores, interagir com os outros.isso faz parte da nossa formação interpessoal e intrapessoal; e, com a ausência de “experiências amorosas” aos 25 anos é difícil se sentir aceito pela sociedade.

  22. Tenho 26 anos e nunca beijei ninguém e, logicamente, também nunca tive um namorado. Não foi por falta de oportunidade, mas o problema é que na minha pré-adolescência e adolescência, meus pais me pressionavam muito para não namorar, não ficar, etc.. o estudo sempre estava em primeiro lugar. Na verdade, eu sempre fui uma menina muito certinha e acredito que eu já me pressionava o suficiente, de modo que a pressão dos meus pais era um peso extra na minha vida. Assim, na época propícia para descobertas amorosas, eu não fiz nenhuma. Para os meus pais, eu só poderia namorar quando estivesse na faculdade. Contudo, mal sabia eles que, já aos 14, 15 e 16 anos eu tinha vergonha de saber e, principalmente, falar, que eu não tinha beijado alguém. Desse modo, quando ingressei na faculdade, obviamente, não fiquei com ninguém, porque eu não queria que as pessoas soubessem da minha inexperiência. Hoje, três anos após formada, ainda sofro por isso. Me sinto uma estranha nesse planeta. Pensem comigo: se aos 15 anos eu já tinha vergonha de nunca ter beijado, imagina hoje, aos 26? Cada dia que passa me sinto mais presa nesse ciclo. Infelizmente, a razão me diz que morrerei assim. Contudo, seria ótimo encontrar um homem que me passasse a segurança que preciso para me abrir, sem os receios de ser vista como uma boba ingênua.

  23. Em 2020 eu li seu comentário e chorei, Marlon me identifiquei com suas palavras, descrevem minha situação perfeitamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar