Quando o amor no casamento acaba

Sou casado a 25 anos e pelo menos a dez sinto que não tenho mais o mesmo sentimento de antes e isto me deixa deprimido.
Me sinto culpado pois todos que nos conhecem acham ela uma mulher incrível.
Mas fiquei por muito tempo aceitando sempre ficar na sombra da personalidade forte dela.
Me isolei dos meus amigos e os amigos dela passaram a ser os meus amigos, me distanciei de alguns primos e primas por ela não gostar da presença deles.
Comecei a deixar de ser eu mesmo e nos passeios de família sempre acabava indo onde ela gosta de ir e quando eu ia aos locais que gosto poucas vezes ela me acompanhava.
Quantas vezes participei de competições esportivas e ela nunca me acompanhava.
No sexo as coisas pareciam ser por obrigação.
Cheguei pensar talvez ela tivesse outro alguém, já que percebia que mantinha a depilação em dia mas em casa a coisa dificilmente rolava.
Acabei conhecendo outras mulheres e cheguei a me apaixonar por umas delas e quando criei coragem e pedi para separar ela resolveu cuidar de uma doença cronica que tinha a anos e não cuidava.
Realmente ela piorou de saúde pois sempre abandonava o tratamento. ficou internada e quase faleceu.
Hoje ela se dedica mais a relação mas sinto ser tarde demais, não sinto mais a mesma empolgação de antes e sinto que mesmo tendo se afastado a outra pessoa ainda nutre sentimento forte por mim.

4.5 2 votos
Avaliar Desabafo
12 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
William
4 months ago

Você só é responsável por você mesmo.

Separe e vá viver sua vida.

Luann
4 months ago

– Sabe qual é a maior queixa das pessoas que estão à beira da morte? “eu deveria ter aproveitado a vida mais e não ter perdido tempo com coisas que não me faziam feliz”.
– Será que é preciso você ter uma doença terminal para correr atrás da sua felicidade terminando com sua esposa?
– Você foi um bom homem por 25 anos, não é porque você irá sair do relacionamento agora que será um vilão
– Você TEM DIREITO de estabelecer suas prioridades. Você TEM DIREITO de dizer “não” sem que se sinta culpado. Você TEM DIREITO de ser respeitado por outras pessoas.

Isabela
4 months ago

Casamento é feito de fases, esse negócio de sentir a mesma coisa de sempre é coisa de novela, é claro que com o tempo esfria um pouco você vai enjoar do corpo dela uma hora, afinal são 25 anos, claro que se acabar de vez o sentimento é bom rever, mas você como homem está querendo também no fundo curtir pegação tanto que já está traindo sua esposa com outras mulheres,

Léia
4 months ago

Sou desvalorizada por completa, vou contar os absurdos que eu vivo Denteo desse relacionamento

Juju
4 months ago

O seu primeiro erro foi deixar de existir, muita gente faz isso para agradar a pessoa que ama e por está tão feliz não vê que está fica do sem amigos, sem família e sem suporte.

Com passar dos anos você percebe que está ficando só e ela não a companheira para toda hora. Ela oferece minimo suporte e não é sua “melhor” amiga. E ela está tão acostumado de ser o suporte do chão dela que claro que não quer deixar você escapar.

Assim passa os anos e com tempo você nem se reconhece mais como pessoa e está infeliz pois ninguém é feliz sendo capacho do outro. E nenhum relacionamento é feliz onde os casais não são verdadeiros amigos que respeitam a individualidade, necessidade e oferece suporte um para o outro.

Mas uma coisa nesse relacionamento te ensinou, você é capaz de viver só.

ana julia
4 months ago

A realidade é que você se sujeitou a ser a sombra da sua esposa, perdeu a sua própria expressão dentro desse relacionamento, ao se dobrar as vontades e necessidades da rainha de Perpinópolis. Vou ser obrigada a dizer novamente uma frase clichê: Relacionamento são TROCAS. O que você fez com a sua vida, abriu mão das suas amizades, dos locais que gostava de frequentar para viver dentro das regras sociais e de lazer da sua esposa. Não sei o que ocorreu com vc, se era receio de enfrentá-la, para evitar discussões e acabava sempre cedendo, se reprimindo para fazê-la feliz, mas da parte dela pelo visto não existia a mínima predisposição de fazê-lo se sentir a vontade dentro da relação e realizado com suas escolhas, sabendo ceder para também fazer parte da sua vida. Essa relação era só baseada em direitos, ou seja, os dela, mas não em obrigações, que no caso seria saber fazê-la entender que tem que haver correspondência em pequenos gestos de atenção em relação ao parceiro. Agora que ela está doente, você serve para outra finalidade, que é o de ampará-la, ou seja, tudo continua girando em torno dela. Acho que já chegou o momento de dar um basta e seguir a sua vida como solteiro, sem criar compromissos com esse casinho que você teve extra conjugal. Conheça melhor a próxima parceira que irá colocar na sua vida, pois na fase de namoro é tudo mil maravilhas, mas só o tempo irá se formar a transparência de quem ela é realmente.

Observador
4 months ago

25 anos de casado, supondo que você deva ser cinquentão, costumo dizer que essa fase é para nós homens: segunda adolescência. E coincidiu com esse momento a reflexão que você deixou de viver a sua individualidade: amigos e esportes, por causa do casamento e não és o único marido nessa situação. Parece que ela teve “desleixo” com a saúde, sabendo que essa DR um dia viria. Não é porque ela tenha deixado de, efetivamente viver, que irás estar com ela agora por piedade, até porque o maior erro das pessoas – muitas vezes – é definir como “fraqueza” se “entregar plenamente” na cama!

Mais
4 months ago

Aiii que babaca. Não mantemos depilação em dia por causa de macho tá? Isso se chama higiene

KAH
4 months ago

Vivo algo parecido.. é muito dificil, depois de tanto tempo(no meu caso só 15 anos) romper uma relação que um dia existiu tanto amor,. não tenho como te dar um conselho porque estaria sendo hipócrita, se nem eu tenho coragem de colocar um ponto final. Boa sorte!

andre
3 months ago

Sinseramente acho que vc esta fazendo uma tempestade num copo de agua.
pelo que me parece sua esposa não difere de outras boas mulheres que tem por ai.
Eu entendo que as outras mulheres parecam mais atraente que ela para vc. e as vezes eu que sou bem casado, acho uma mulher que aparenta ser mais interessante que ela.
mas foi com ela que eu cheguei aonde estou com dois filhos e uma família completa.
mude essa sua cabecinha fraca e ache algo para gostar nela novamente e pare com essa ladainha de quem anda deprimido por falta de atencao.
Parece um menininho chamando atencao para si, se porte e coloque-se no seu lugar 25 anos de casado a mulher ainda te ama, só vai trocar por problema, pode ter certeza.
Homem bravo porque a esposa não dava atencao, isso é coisa da sua mulher falar. não vc.
seja forte e honre seu casamento e esqueca esse afair que você tem, pq ela só vai querer você por você ja estar estabilizado financeiramente, ou você acha que a nova vai gostar de você ja velho igual sua esposa gosta.(ingenuidade sua)

Ana
3 months ago

Nossaaa, 25 anos é uma vida longa, não deixe que as banalidades acabem. Sua esposa não te deu atenção devida, mas você fez pior, foi procurar mulheres na rua, ao invés de cuidar de sua família, de conversar e tentar mudar o dia dia. Tenha maturidade e seja honesto com você e principalmente com ela. Tente salvar seu casamento, se realmente achar que vale a pena.
E ainda tem o lado financeiro, uma separação iria atrapalhar a vida de todos da família,

Alexia
3 months ago

Se você não sente o mesmo separa e vai viver sua vida,melhor do que ficar casado por dó cometendo traições .
Mas você ter se anulado e feito as vontades dela foi culpa sua mesmo, vc poderia ter batido o pé e falado que não ía deixar de fazer suas coisas e ver seus amigos.As vezes ela ter perdido o tesão em você pode até ser por você ser submisso demais,agora esse negócio de depilação em dia pode ser porque ela não gosta de pelo mesmo.
O passado não tem como mudar mas tenta aproveitar agora com essa moça pela qual de apaixonou, continua cuidando dela como amigo porque ela está doente e até mesmo pode continuar vivendo na mesma casa mas abre o jogo com ela que não sente mais o mesmo e mesmo não separados no papel você quer cortar a relação de marido e mulher e ficar só na amizade.