COMPARTILHAR
desabafo de problemas amorosos e de coração

Minha história é um pouco longa, mas foi incrível quando eu perdi a minha virgindade com o meu vizinho. Eu comecei a ficar com meu vizinho, nossa diferença de idade é de 2 anos, acontece que no começo eu estava nem ai para ele, eu gostava de estar com ele mas era só pegação. Eu era virgem eu já havia brincado com outro cara, eu queria perder com alguém que gostasse de mim, não precisava ser namorado. Eu fiquei com ele 1 ano, nesse 1 ano comecei a brincar com ele nos 6 meses, no começo eu fiquei mal sabe eu tinha medo do que ele ia pensar de mim, a gente não tinha nada, só o fato de eu estar pensando assim já provava que eu estava gostando dele. A gente passou a se ver com frequência, brincar que eu digo com ele não teve oral nada disso era só passada de mal, dedinho e muito beijo na boca. Eu gostava da forma que ele me olhava e me admirava sempre ele era carinhoso e me fazia sentir linda. A gente não namorava, mas ele me respeitava, não ficava com menina na minha frente, toda a festa a gente estava junto, se ele ficasse era de outro bairro e bla bla bla, eu também fazia o mesmo. Chegou o reveion, passei com ele, saímos e fomos para um lugar atrás da minha casa, começamos a nos beijar eu estava de saia, e bêbada rsrsrs comecei a tenta-lo eu não estava nem me reconhecendo aquele dia, o arrastei para atrás da árvore, meu deus ele me ergueu e me pressionou na árvore meu deus juro eu queria ele muito mesmo, ele pediu, vira de costa, eu sorri e disse, não, voltamos a nos pegar de novo, ae novamente ele disse vira Juh, e foi me virando eu não ia virar, mas cedi, meu deus como foi bom, foi pouco porque ele estava sem camisinha, depois ele me queria levar para sua casa mas disse que não, tonta eu queria ter ido hahahaha foi muito bom, nunca senti isso por ninguém, mas a gente se separou, por tantos motivos, ele se cansou de que ele apenas vinha atrás de mim, ele apenas me procurava eu nunca fui atrás dele, por mais que eu quisesse, por mais que doía a saudade eu não ia, eu não sabia se ele me queria realmente. Mas também teve outros porém. Faz 3 meses que acabou, eu saiu muito, beijo outros, mas parece que nada cura esse vazio, a saudade continua aqui. Eu não sou romântica, nunca fui, e isso acabou nos afastando, meu orgulho é grande para ir atrás dele, mas no fundo sei que ele também sente minha falta, afinal nossa historia foi muito mais isso, foi 1 ano, 1 ano que me fez me apaixonar de verdade. Eu não sei o que fazer! Queria muito esquece-lo e conseguir ser sua amiga como ele mesmo propôs ele não me queria longe, mas se eu o vejo, eu não me sinto segura, tudo se multiplica e a saudade aumenta. Me desculpa meu gato, por não ter sido capaz de pedir para você não ir embora. Mas já que se foi, então que vá de uma vez e me deixe tentar te esquecer!

20 COMENTÁRIOS

  1. Minha querida , uma coisa que aprendi ao longo da vida foi que por vezes por muito que nos custe temos que admitir que sentimos saudades.. por mais que nos custe temos que tentar porque através disso está a tua felicidade !! e isso ninguém te a tira.. senão fores tu a fazer pela vida ninguém faz por ti.. concelho vai lá falar com o tal rapaz.. senão pode ser tarde demais e ai depois já o podes ter perdido e ficas na ignorância se afinal lhe conseguias admitir que sentias saudades por ele.. beijinhos e não te vou desejar sorte porque tu não precisas disso ;)

  2. Olha, vendo esse teu desabafo percebo que o sexo está, na verdade, em segundo plano. Você desabafou sobre a sua virgindade mas você não tem nenhum problema com isso: vocês transaram e foi bom. Você gostou e ele também.
    O fato de vocês só terem ficado não quer dizer nada, porque você mesma disse que estavam ficando há um tempão quando aconteceu. Tem muita gente que gosta de transar no primeiro encontro, então não se sinta culpada por isso.
    Vamos ao que realmente interessa: Homem realmente gosta de mulher que não dá muita bola, mas você tem que entender que ele também tem sentimentos. Pense se fosse ao contrário: se só você fosse atrás dele? Talvez por esse motivo que a sua relação não tenha vingado: só ele estava se empenhando.
    Pare de bancar a princesa de cristal e assuma seus sentimentos. Se ele corre atrás de você, é lógico que gosta, senão não corria. Porque homem quando não quer, minha filha, ele some! Nem dá as caras mais!
    Pare de ser orgulhosa e se joga sem medo! Se der certo, ótimo. Se não der certo, pelo menos você tentou!
    Seja feliz!
    E não fique de joguinhos porque isso nao é bom: seja mais sincera possível. Seja você mesma!
    Espero ter ajudado! :)

    • Ser o mais sincera ‘possível’?? Mas o que é isso??… Então ser sincero já não é ser sincero senão na medida do ‘possível’, ou seja, ‘sem muitos esforços’ e mantendo algumas coisas ‘em oculto’ por ‘impossibilidade’ ou trapeceando na verdade completa??!
      Aff. Essa foi f… mesmo.

  3. Com todo respeito, mas devo dizer que você foi bastante leviana. Primeiro, deixou que o alcool movesse o seu comportamento e acha que isso é o bastante para que fique tudo justificado. O alcool até ‘explica’ o que houve, mas não a isenta.
    Não, não é assim que se faz. Perdoe, mas ‘arrastar’ um homem para um local escuro, alcoolizada, não pode suscitar respeito algum por parte dele e de quem quer que seja.
    Lamentavelmente se permitiu a essa atitude sofrivelmente grotesca.
    Responsabiliza-se por isso e perceba que o rapaz bem provavelmente jamais a verá senão como uma jovem permissiva e que se deixa mover para qualquer lado, no caso o pior de todos os possíveis, mediante o alcool ou as circunstancias. Ele com muita razão deve pensar que se enquanto você era virgem agiu desse modo vulgar, quanto mais agora que deixou de ser.

  4. nossa com todo respeito tu é muito burra, gente homem que goste que de valor esta uma coisa rara, principalmente para mulheres assim! Vey, vai atras dele pedi desculpas diz que estava confusa conta de seus sentimentos e sejam felizes ! SOU LITERALMENTE A FAVOR DO AMOR DA PAIXÃO DO DESEJO SEJA LA A FORMA QUE FOR vá atraas menina

  5. Vai me perdoar, mas você se comportou com uma v*dia. Aliás uma v*dia sem classe, se me permite. Porque vamos ser sinceros, até mesmo para v*diar precisa saber ser racè, concorda?
    Minha filha, acho que não erro ao dizer que qualquer p*tinha de bordel saberia se comportar com mais elegância.

  6. ”no começo eu fiquei mal sabe eu tinha medo do que ele ia pensar de mim, a gente não tinha nada, só o fato de eu estar pensando assim já provava que eu estava gostando dele.”
    Parei aí. Se o sei conceito de ‘gostar’ é esse, e valha-me Deus!, você está fadada aos desenganos afetivos eternamente…

  7. Faz muito tempo que essa historia esta no site. Mas eu vim comentar mesmo assim. Se voce achou qur tudo bem perder a virgindade desse jeito, isso eh so seu problema. Voce provavelmente se apaixonou porque foi seu primeiro cara. Se voce gosta mesmo dele, nao tem essa de orgulho. Espero que tenha o procurado Mas tenho que concordar que a sua ideia de “gostar” foi meio esquisita. Se isso eh gostar amei muitas vezes, porque ja fiz muito mais por quem gostei quando estava apaixonada.

  8. Que historia excitante, em amiga e o seu orgulho que esta mantendo esse amor ou paixão que acabou e passou …
    acho que ele n gosta tanto assim , as vezes confundimos muito e nos apegamos as nossas ilusões .
    da uma de louca vai atrás dele e manda ver atrás da arvore , usa preservativo . viva e que seja eterno enquanto dure …

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here