Odeio minha profissão

Sou farmacêutica formada a quase 3 anos e desde o início do curso odiava trabalhar em drogaria/dispensação de medicamentos. Sempre pensei que se me esforçasse mais conseguiria ir para outra área da farmácia – um hospital, uma indústria ou quem sabe uma distribuidora de medicamentos- e desde então, mando currículos para todos os cantos, faço pós-graduação e nada de uma oportunidade melhor.
Nao aguento mais trabalhar em comércio. Horários ruins, ser tapa-furo de atendentes(pq sempre alguém fica doente ou pede demissão), clientes insuportáveis, ouvir desaforo de chefe, cobrança por vendas e estudar 5 anos dificílimo de Farmácia para colocar recarga de celular é o fim da picada. Frustração de mais da conta.
Pra ajudar moro com meus pais que vivem me jogando tudo na cara e estou construindo uma casa com meu noivo que está em uma situação financeira mais difícil que a minha. Sinceramente, nem sei de onde tirar forças mais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

5 Comentários
  1. Kagura Diz

    O bom desse curso é que não faltam farmácias pra trabalhar, que inclusive contratam até sem experiência. O ruim é isso, essa rotina infeliz que é trabalhar em comércio. Por isso continue estudando, porque hoje em dia esse diploma muita gente tem. Invista na área de assuntos regulatórios, pagam muitíssimo bem mas a formação é constante, tem que se atualizar sempre.

  2. Tina Diz

    As empresas farmacêuticas de ressonância no mercado, abrem as oportunidades de carreira para os estagiários selecionados, que melhor se destacaram durante o seu período de contrato. Geralmente, são jovens, formados em faculdades de ponta, quase sempre exigem o inglês fluente ou no mínimo avançado, são selecionados em diversas etapas seletivas, inclusive dinâmicas em grupo, concorrendo com elevado nº de candidatos, enfim, algumas empresas querem modelar o seu profissional desde a semente, ou seja, desde a sua iniciação com o estágio. Pode reparar nessas redes sociais profissionais, onde os principais executivos são formados e a sua extensa bagagem de especializações, para entender que o processo seletivo infelizmente, sempre favorece aqueles que tiveram os melhores recursos para investir na educação ou pelo nepotismo, indicações. Outra situação é que quando vc se inicia por longo tempo em um respectivo segmento de mercado e a sua bagagem de experiência é mais voltada para o mesmo, conseguir transitar é para outras oportunidades é bem difícil. Vejo isso pelo meu filho, que tem 2 anos de experiência em adm comercial, mas é formado em marketing e adm, mas as empresas que o chama para seleção, são apenas para a função que ele já tem vivência e NÃO dão chances nem como um cargo de iniciação, em outra área.

  3. Geraldo Diz

    Já cogitou trabalhar em farmácias de manipulação: homeopáticas ou alopáticas (que são de médio ou grande porte e possuem laboratório)? Todo inicio é arduo. Sou formado em Administração e comecei como Aux. De Escritório e depois fui Encadernador em Gráfica!Claro antes de fazer a faculdade, mas que a fiz trabalhando!

  4. Ynerilda Diz

    Quando eu tinha 6 anos flagrei minha mãe fazendo um boquete num amigo da família. Ainda me lembro bem da cena como se fosse ontem. Naquela tarde não tinha ido à escola porque estava com febre. Minha mãe tinha me dado um remédio e adormeci e quando acordei andei pela casa e os vi. Eles não me viram e voltei para cama e adormeci de novo. Achei que aquilo era normal e não dei muita importância, alguma coisa de adulto que as crianças não deveriam comentar. Quando se é criança a gente acha que o que os adultos fazem é sempre certo. Só que aquilo nunca me saiu da cabeça e nos anos seguintes, sempre que eu chegava da escola eu encontrava os dois em casa. Achava esquisito, mas nunca comentei nada. Minha mãe quase sempre de roupão por cima da pele sem nada por baixo. Acho que ela pensava que eu não percebia, mas eu percebia tudo inclusive quando disfarçadamente se beijavam quando ele ia embora ou quando se tocavam inapropriadamente. Quando eu tinha 10 anos nos mudamos para outra cidade e nunca mais vi o tal amigo.

    1. Observador Diz

      Na boa, no Google podes encontrar sites para postar contos eróticos!!!

Usamos cookies para dar uma experiência melhor aos utilizadores que visitam o nosso site. AceitarPolitica de Privacidade