Nunca pensei que a altura afetaria a minha autoestima

Desde cedo, não me importava com a minha aparência e autoestima. Nunca liguei para isso. Apesar de não ser bonito, sempre atrai alguns olhares femininos. Mas só foi chegar a adolescência que as coisas mudaram.

Percebi que a minha altura começou a me incomodar quando reparei que boa parte das pessoas eram maiores do que eu, incluindo mulheres, idosos e pessoas mais novas. O fato de eu não ter ligado para minha altura quando jovem, é que eu pensava que cresceria muito mais, já que praticava vários esportes e atividades físicas desde os 10 anos. A única desvantagem que tinha era a de não ter uma alimentação adequada.
Durante a adolescência, estava apaixonado por basquete e powerlifting. Sonhava em ser grande em todas as proporções.
Mesmo sabendo que não vou crescer mais, não consigo tirar essa neura da minha cabeça.

5 1 votar
Avaliar Desabafo
11 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mooca
2 months ago

Eu sou baixinho, 1,67. Quando adolescente lembro-me que uma garota me falou que eu era “fofo”, mas que a altura não me ajudava! Hoje, passados mais de 40 anos, olho para os “grandões” de meu tempo e vejo que fui muito mais bem sucedido que todos eles! Não se depressie, apenas estude, trabalhe e faça sua parte! A vida sorri para pessoas bem humoradas, serenas e que correm atrás!

andre
2 months ago

Aprenda aos poucos a não ligar e aceitar.
Eu apesar de meus 1,64 de altura, alcancei o sucesso, e também tive muitas paranoias como vc, mas o que não da para mudar a gente acaba por aceitar. Lembre-se que quase todo mundo tem uma coisa em seu corpo que odeia e acaba sendo seu karma.
Tire os pensamentosa nocivos da sua cabeca e eleve as suas qualidade. tem muitos homes baixinhos e feios que pegam muita mulher, por serem orgulhos e correrem atrás de se sucesso.
Se eu achei uma mulher que me ama, me deu dois filhos lindos e ao contrario fala que se eu fosse mais alto não se sentiria bem, você tambem vai achar facil.
Foque no seu futuro, seja autosuficiente, emocionalmente e financeiramente, que não tenho duvidas que tera o sucesso, mesmo que seja baixinho e feio.

Observador
2 months ago

Meu avô tinha estatura por volta de 1,60m e foi um advogado bem sucedido, teve duas filhas, casamento de 54 anos (faleceu antes da minha vó). Lema dele: “Seja doutor na profissão que abraçar” e, dizia especialmente aos clientes pobres. Era conhecido como advogado dos pobres. Admirava esse jeito nosso, Brasileiro, de levar sempre o sorriso, mesmo trabalhando de “sol a sol”!

Anne
2 months ago

Olá! Você já pensou em fazer terapia on-line?
Tudo o que vivemos reflete em quem vamos nos tornando. Isso que você chama de “neura”, por exemplo, certamente é reflexo de vários processos pelos quais você passou, que podem deixar marcas e traumas. A ajuda profissional pode ser um caminho para entender melhor essa questão e buscar uma vida mais satisfatória. Caso deseje marcar uma sessão, entre em contato.

Mila
2 months ago

Por ser uma questão fisica, só te resta saber conviver com isso, tenta trabalhar sua auto estima. Infelizmente na adolescencia fazemos de uma questão simples, um grande monstro de 7 cabeças, garanto que com o tempo você vai reavaliar melhor as coisas, além do que você tem potencial de se destacar em muitas areas da sua vida, o que importa é não se deixar abalar com preocupações referentes a sua altura.
Está tudo bem não estar em um “padrão”, tenha respeito com você mesmo e não caia em neuras que não irão te fazer bem, busque fazer o que te motiva, aproveite seu tempo com pessoas que gosta, isso ajuda muito a não dar lugar para pensamentos ruins.

Luann
2 months ago

Se o Neymar fosse baixinho todas as mulheres continuariam querendo sentar no colo dele. Não é sobre sua altura, é só sobre o quanto você tem na conta bancária

ana julia
2 months ago

Infelizmente não adianta você desejar ser aquilo que não é possível mudar, portanto, tem que ajustar a sua vida à essa realidade. Seja uma pessoa que valoriza a essência, não a aparência, cultive os seus valores mais profundos, a sua inteligência e as suas outras virtudes, pois tendo brilho próprio, desenvolvendo a sua capacidade de aproximar as pessoas pelos seus outros diferenciais, com certeza irá trazer para a sua vida as pessoas que são sinérgicas a vc, que possuem formação e educação semelhante. Não é a altura, que tornam uma pessoa grande, mas sim os seus valores pessoais.

Homem livre
2 months ago

Eu tinha muito isso, a ponto de me consultar com vários ortopedistas, decido a fazer aquela cirurgia de aumento dos ossos da perna (Ilizarov). Algo absolutamente arriscado. Hoje me lembro daquele absurdo e acho graça.
Mas você não disse qual é a sua altura.
Aprenda a gostar de si mesmo do jeito que você é. Faça terapia. Com o passar dos anos, você vai ver que não é isso que é importante na vida.

Carlos
2 months ago

Ser alto tem mais desvantagens do que vantagens, eu tenho 1.90 e gostaria de ser mais baixo, pouco me importa o fator de mulheres preferirem homens mais altos, estou nem aí para elas afinal, tem muita mulher baixinha por aí, cada panela tem sua tampa, sinta-se privilegiado, para você, para seu dia-a-dia é muito melhor ser mais baixo, você vai viajar, todo lugar te acomoda melhor seja avião, carro, ônibus, em casa, cama, sofá, cadeira tudo é melhor cara, para eu que sou alto é sempre um desafio, nunca encontro um lugar bom para me acomodar, fora que, qualquer coisinha já passo de 100kg, é horrível ser pesado então meu amigo, pense bem nas vantagens em ser menor.

Testado
2 months ago

Rapaz eu tenho 1.90 e tinha o mesmo complexo que você porque não tenho cabelo liso, porque não tenho queixo quadrado, porque não tenho um pênis de 20 cm, enfim, o ser humano está sempre buscando algo para sustentar suas inseguranças. A melhor forma de se libertar disso é desapegar, tudo isso é passageiro, de nada adianta estressar com isso, melhor focar naquilo que você pode fazer de bom.

Deseludindo
1 month ago

Amigo nanico, seu problema foi muita punheta e pelo jeito tens o cacete pequeno também, afinal você disse; “Sonhava em ser grande em todas as proporções”, como falou o amigo Mooca, para de frescura e busque crescer nas suas aptidões mas relevantes afinal de contas no final todos ficaremos enrugados e velhinhos, e o que sobra é o que você fez e quem é por dentro!