Nunca esqueci meu grande amor.

Tenho 33 anos, sou casada e tenho um filho de um ano. Porém, nunca esqueci meu grande amor, tive outros relacionamentos duradouros e nunca o esqueci. No ano que me casei tive a oportunidade de reencontra lo e percebi que ele também nunca me esqueceu. E q se eu largasse tudo teria a chance de viver meu grande amor com ele. Mas pensei com a razão é segui com meu casamento. Ele tb está com uma pessoa e tem um filho de 3 anos mas temos uma ligação muito forte um com outro, inexplicável. Nos amamos. Ele está disposto a assumir nosso relacionamento, mas eu mais uma vez tenho medo de desestruturar minha família e me arrepender depois. Não traí meu esposo e não quero fazer isso mas o amo muito e ele tb sente o mesmo . Não sei o que fazer. Continuar um casamento estruturado com uma pessoa q me faz bem porém sem amor. Ou largar tudo para viver o grande amor da minha vida!

0 0 votar
Avaliar Desabafo
6 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Rafaella
4 years ago

Você já sabe a resposta, segue seu coração

UmaPessoa
4 years ago

Vá viver o seu amor.
Quanto ao seu casamento, toda escolha tem uma consequência, e será impossível não haver uma desestruturação familiar.
Porém, seja sincera. Abra o jogo com o seu marido, e certifique-se de que ambos tenham encerrado seus relacionamentos.
A dor da verdade é menor que a da traição.

mirna
4 years ago

Você já sabe a resposta. Siga a Razão para não desmanchar duas família com crianças envolvidas. Ajoelhou, tem que rezar – diz o ditado. Não amava o seu esposo, não tivesse se casado. Tem coragem agora e reconhece isso, desmanche esse casamento e vá cuidar da sua vida; mas jamais, jamais pensando em ‘tomar’ o homem alheio.

Seven
4 years ago

Seu marido pelo menos sabe que você se casou por interesse, amando outra pessoa? Ou você deixou ele iludido/manipulado dizendo que o amava? E ainda fala que não traiu, eu acho mais honesta a mulher que trai, uma vez, por sexo, e não se envolve do que quem faz do próprio casamento uma mentira, uma armação.

Maria
4 years ago

Oi, essa mensagem serviu de minha, e os conselhos também, obrigaga.

Edilene
2 years ago

Fiquei curiosa. Qual o desfecho dessa história?

Botão Voltar ao topo