Problemas Familiares

Não me dou com o filho do meu marido

Estou casada há poucos meses, e no noivado eu já sabia que meu marido tem dois filhos e que um deles mora com a minha sogra, ele tem seis anos de idade e a mãe é ausente. Quando eu namorava meu marido a criança era irrelevante, mas desde que a criança foi connosco dar entrada nos papéis do casamento, a criança vem tendo atitudes que me irritam ele é extremamente carente, quer atenção de todos os lados, é chato, inconveniente e não muito higiénico. Sinto que o que mais me irrita é que o meu marido teve esse menino com uma mulher de mundo (se é que me entendem) que nem sequer da as coisas para a criança. Além disso, a criança acha que deve morar connosco (Isso ele mesmo me disse “Eu tenho que morar aqui) sendo que eu não gosto da educação que ele tem, ele ficava falando que tem quarto em nossa casa, que a casa é dele, que ele pode comer as frutas e etc, isso me irrita porque ali não é dele, e por causa das implicâncias que ele tem comigo nem refeições ele faz em nossa casa, é excluído de muitas atividades, porque quando dou corda ele fica todo pomposo se achando o rei da cocada. Sinceramente, gostaria que ele não existisse, mas já que Deus deu a vida a ele, acho que a única coisa que devo fazer é aprender a lidar. Mas confesso que odeio quando ele está na minha casa!

Etiquetas
enteado

18 Comentários

  1. Tá louco! Como você é uma pessoa egoísta e sem coração. É evidente que ele não pode ter uma educação adequada, por ter uma mãe ausente e inadequada para essa responsabilidade, logo o pai tem que assumir e oferecer todo tipo de suporte. A propósito a casa em que o pai mora, também é o lar da criança, portanto se você estiver incomodada, que arrume as suas as suas malas e vá embora, pois filhos é para o resto da vida, enquanto que esposa ou companheira, os únicos laços que prendem é a vontade de ficarem juntos, fora o resto não tenho obrigações alguma com você

  2. Pelo relato.. vê se uma mulher imatura, infantil e egoísta. Coitado desse garoto, sem amor da mãe e para piorar tudo o pai se envolve com uma pessoa como vc!

  3. É previsivel quando a mulher ou homem querem competir com enteados: a perda é certa. Não quer cuidar do chamado “filho dos outros” adote um pet e continue solteiro (a)!

  4. Vc não é obrigada a amar a criança. Acho que seu marido a ama. Ou você se adequa a isso ou vê o casamento acabar. Eu sempre coloquei meus filhos acima de qualquer mulher. Se não tratasse eles bem podia vazar. Sai fora da relação e fica só. Enquanto não aparecer o cara ideal, sem filhos, vc pode encher a casa de gatos.

  5. Eu gosto dos filhos dele mas eles não gostam de mim agora já estao adolescentes e atrapalham qnd estou c ele. Sabe nós mulheres maduras temos que entender que um dia isso acaba os filhos vão casar e ter a vida deles. Não desistir do amor na nossa vida msm que o obstáculo seja o filho tentando atrapalhar a relação. Já passei por situações difíceis na minha vida é só respirar fundo e seguir em frente.

  6. Mais uma que casa e não gosta do filho do marido apenas por não ser dela. A criança não têm culpa de nada. O passado de seu marido ficou para trás. Você casou sabendo disso. Vai se tratar. Se fosse decente, amaria e cuidaria da criança. Não é por que não é seu que têm de odiá-lo. Seu marido e a criança merecem alguém melhor e menos egoísta do lado deles.

  7. Não irei te julgar, apenas aconselhar. Quando escolhemos amar uma pessoa, temos que aprender amar tudo que vem dela. Antes de ser seu marido ele já era pai, acho que você deve repensar um pouco suas atitudes, aconselha- lo a ser um ótimo pai, já que essa criança é ausente de mãe, deveria ser seu pensamento, imagine que ele também possa querer filhos com você, trate essa criança como você acha que seus filhos um dia deverão ser tratados, e aposto que você não irá se arrepender, faça a escolha certa e pode ter certeza que colherá bons frutos. Boa sorte

  8. Entenda uma coisa , todo pai e mãe que sejam bons pais, e dignos desse nome, colocam sempre os filhos em primeiro lugar. Os filhos não são objectos descartáveis , os filhos são para toda a vida e fazem parte integrante de nós. Eu pessoalmente valorizo muito um homem pela forma como trata os seus filhos. Um homem que trata bem os seus filhos é um homem de grande valor e que merece todo o meu respeito e admiração. A sua atitude revela uma grande imaturidade e egoísmo. Quando você conheceu o seu marido ele já era pai. Sinceramente não consigo percerceber a sua atitude. Se não estava preparada para casar com um homem com filhos não deveria ter casado.

  9. Só vi gente criticando e se dizendo horrorizada, isso é um absurdo ela desabafou um sentimento e as pessoas acusam e julgam? Quando se ama um homem ou mulher que tem filhos e vc tem dificuldade de conviver se inicia um conflito dentro de vc, e isso já é ruim o suficiente sua mente se torna um campo de batalha e vc não entende oq sente e ainda se sente envergonhada por se sentir assim e faz um desabafo como válvula de escape e todo mundo aponta o dedo e julga? Cada um sabe oq sente, se for abrir a boca pra deixar os outros mal é melhor nem falar.
    Mais amor e compreensão pessoal.
    Ninguém entende oq outra pessoa pensa ou sente só a pessoa que vive a situação. Não julguem please.

  10. O certo é seu marido te mandar embora o mais rápido possível. Vc tem indícios de que deseja fazer muito mal a essa criança.

  11. já estive num caso parecido, só que eu era a criança,criança não, era adolescente já. No começo me dava bem com minha madastra, mas aos poucos foi ficando uma relação fria, e quando nos mudamos pra casa dela só piorou. Eles decidiram me transferir para um internato durante alguns anos, mas quando eu voltei… até tentamos, mas ela era uma pessoa muito exigente comigo. A minha função lá era de empregado apenas. Eles brigavam muito e no natal eu me mudei pra minha vó.
    Se quer saber de uma coisa, você tem que ter paciência e ver a criança como filho próprio e ter uma familia com ela, senão só gera infelicidade

  12. Bom, você quando começou a namorar o cara, já sabia que vinha a criança de bagagem. E se ele tiver que morar com vocês, não vais poder impedir porque seu marido querendo ou não é pai e tem direito (mais ainda que como você falou, a mãe é ausente).
    Talvez essas atitudes decorrem de carência e ciúmes dele, já que é criado pela avó. Infelizmente lidar criança não é fácil, e quando é filho dos outros então…
    Eu no seu lugar pulava fora. Já deu pra notar a cilada. Existem muitas caras aí sem filhos e com compatibilidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar