Não estou suportando minha esposa

Tenho 17 anos de casado e não estou suportando mais minha esposa.
Acredito que ela tenha problemas psicológicos pois seu pai tinha e ela está cada dia mais parecida com ele.
O problema maior é que ela mente para o médico e para a família dela, todos pensam que ela é um anjo, mas em casa a coisa muda de figura. Minhas duas filhas já estão bem abaladas, as brigas são cada dia mais frequentes, não estou mais aguentando ficar calado frente as provocações dela.
Sou católico e não concordo com o divórcio, mas o que fazer? Não tem ninguém para me ajudar, quem vê de fora acredita nela, só quem conhece bem sabe do que ela é capaz. A mãe e a irmã dela a defendem o tempo todo.
Minha situação está ficando insuportável.

Ler
Marido diz que só está comigo pela nossa filha

18 Comentários

  1. É complicado essa situação a não ser que você grave todas as vezes que o mesmo acontecer. Você tem que ter provas para mostrar que você está certo. Enquanto você não mostrar provas concretas ninguém irá acreditar em você

  2. Olá, acho que vivo uma situação parecida com a sua, acredito também que a minha esposa tenha problemas leves metais. E também sou cristão, tenho filhos com ela, então não creio que vá vale apena separar pois filhos não podem pagar pelas nossas escolhas erradas do passado.
    O que eu particularmente te aconselho é evitar ao máximo brigas pois isso também não fará nada bem para seus filhos, e na hora de escolher, eles vão escolher ela em qual lado ficar, é a natureza. Mesmo que tais situações lhe deixe irado, não estique o conflito, deixa isso para lá. Quando parei de conflitar ela, melhorou nosso casamento. O resto do peso de uma escolha errada, eu vou levando mais prefiro assim, pelo amor que tenho aos meus filhos.
    Boa sorte!

  3. Nunca vou entender essa “obrigação” de ficar junto por causa de religião.. se você está infeliz se já tentou consertar as coisas e ainda assim não resolve.. não consigo pensar em um deus que quer o filho infeliz só para ter que ser mandamentos..

    Dialogo é tudo.. se não está resolvendo, preze por sua paz.. seus filhos um dia entenderão.. eu entendi!

  4. Meu amigo vivi o mesmo que você ,vc só tem uma solução meter o pé,igual eu fiz,mesmo depois de separado ela vai te pertubar,vc vai ter que ter saco para aguentar!

  5. Estamos passando por um momento singular mundialmente.Nossas dores existenciais emergem para atacar ou se defender,se tornar apático,ou esperar muito de algo,e cobrar do outro.Precisamos ter ciência, que a outra pessoa sofre dores parecidas,e muitas vezes maiores que a nossa.Estou finalizando um curso de análise corporal/comportamental, a neurociência e a epigenética têem comprovado estudos psicológicos.Ela pode estar sentindo muita falta do pai,e o meio que achou para se ligar a ele foi através da mesma doença. A criança interior dela precisa de cuidados,pra que ela possa se tornar uma adulta saudável,independente dos pais.

  6. Ponha câmera oculta daquelas disfarçadas de caneta, botão de camisa e mostra a verdadeira personalidade dela Pras pessoas que ela mente. E depois para ela. Grave os momentos dela com as pessoas das quais ela mente e depois só contigo. Evite confronto, não vale a pena o desgaste para vc e seus filhos. Confe

  7. Se separe, você não concorda com o divórcio e vai ficar vivendo um inferno o resto da vida só com medo do que padre, pastor vai dizer? Querido, ele não vive com a sua esposa, quem vive é você, seus filhos não vão deixar de ser seus filhos, terá uma guarda compartilhada, será até melhor para eles pois não presenciarão mais essas brigas, ninguém casa para se separar, só que as pessoas mudam e em alguns casos é o melhor a se fazer

  8. No seu caso aconselho o mesmo que os demais “filmar” e em oportunidade mostrar para que acreditem. Sobre o divórcio te aconselho pensar melhor. Se for para você se separar e você ficar com as suas filhas,.otimo. Mas pensa se elas ficarem com a mãe o inferno e o trauma que essas meninas vai ter para vida. E outra,.elas não vao te perdoar. Abandona-las neste momento crítico seria o fim da picada. Elas precisam de você!! Evite as brigas. Sua esposa deve estar cansada com o casamento também e talvez até use a desculpa da doença do pai para extravasar e piorar a situação. Mais uma vez eu repito se for se separar leve suas filhas com você,.nao as deixe com a mãe delas sozinha em casa!

  9. Olha, também sou católica, mas eu me amo e prezo pelo meu bem estar, Deus é amor, mas é justiça também.
    Pra que estar com uma pessoa mentalmente perturbada, te infernizando e infernizando as tuas filhas?
    Manda ela para um hospício e vai viver em paz!

  10. Tente conversar com ela e fazer entender que as atitudes dela não são normais e que precisa de um psiquiatra,pois esses transtornos dela vai acabar desgastando a sua saúde mental tambémm .. eu também sofro com isso tenho depressão e tag e eu mesma procurei um médico mais aqui e ao contrário o meu marido não acredita em mim.
    Enfim se não tiver jeito se afastar será a melhor opção quem sabe com isso ela pense mais reflita que está perdendo família e ora procurar um médico abraço e boa sorte

  11. Tente de todas as formas possíveis acertar seu relacionamento, ore e peça para Deus intervir.. se mesmo assim nada mudar, não viva o inferno aqui porque será infeliz, e quando chegar a velhice você se arrependerá de não ter mudado de vida e ter vivido feliz!
    Lembre-se que um dia os filhos crescem e vão embora viver a vida deles.
    Seja feliz!

  12. Meu amigo sei o que você tá passando eu passo pelo mesmo problema só não separei ainda pela minha filha que é muito.agarrada em mim e vai sofrer longe de me .masa minha mulher faz a mesma coisa que a sua faz so.pode ser doida .to pensado em separa .

  13. Não creio que Deus se sinta satisfeito com a infelicidade de seus filhos, grave as atitudes dela e mostre para a família e siga seu caminho. Você merece ser feliz. Boa sorte.

  14. Nitido caso de psicopatia: chega nas pessoas despertando afeto e depois as inferniza. A família dela busca não contrariar: famoso pacto da mediocridade porque sabem que podem ser as próximas vitimas: Liberte-se ou adoecerás por excesso de adrenalina (famoso na tomada)! A pessoa não relaxa sempre alerta. Tive um chefe assim: depois de dois meses com ele e mesmo depois um ano longe eu não sabia o que era ter paz!

  15. Sou evangélica e também não faço apologia ao divórcio, mas que ele é a porta de emergência em muitos casos isso é inegável. Não deixe a religião decidir sua vida.

  16. Nada se justifica conviver em um relacionamento tóxico e que te faça adoecer, a menos que você consiga uma ajuda de um psicólogo para saber como se blindar emocionalmente das cargas que recebe diariamente. Seja razoável e indulgente consigo próprio, pois não é fácil conviver com uma pessoa mentalmente doente, que desestabiliza todo o ambiente de convivência, que afeta as relações familiares e que acaba por monopolizar as suas atenções, não lhe dando a oportunidade de relaxar e sentir paz no seu coração, uma vez que você passa a sua vida apenas administrando problemas. Quanto aos familiares da sua esposa, é uma questão um pouco mais simples de se resolver, pois se essas pessoas são sugestionáveis e não lhe dão credibilidade, sobre alguns pontos que você julga estar com a razão, nesse caso o melhor a fazer é sair dos holofotes, deixar que o tempo as faça descobrir as verdades e evitar ao máximo o contacto com elas. Tem que saber se desvencilhar de tudo o que não te trás benefício. Convivência só se deve manter, onde você se sente bem vindo e seja respeitado, o que pelo visto não lhe ocorre. Se você não quer se separar, nesse caso, você terá que encontrar para a sua esposa ajuda psiquiátrica e psicológica, não te liberando também de uma terapia de casais. É essa solução ou sair fora desse casamento, que a meu ver dá menos trabalho e com o tempo as suas próprias filhas, cairão na real de que foi a melhor decisão.

  17. Termina com essa mulher, por favor. Procura alguém que te faça Feliz. Deus quer ver as pessoas felizes, fds se você se casou no catolico ou não. Acredito que Deus quer ver sua felicidade não você amarrado a isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar