Morar com a sogra, é um problema

Moro com a sogra e o padrasto do meu esposo, ele e muito dependente deles, a sogra gosta de dar opinião no que devo fazer em casa nunca me dar chance de preparar a comida para meu marido, quer entrar em todo assunto tudo dela e meu marido como se ela só tivece o filho e não tivece Marido também, e moro bem longe da minha família está começando a ficar insuportável.

6 comentários em “Morar com a sogra, é um problema

  • Vicka 27 de janeiro de 2019

    Culpa do seu marido, o querida vc não entendeu que seu marido não cresceu continua sendo o filhinho de babãe, pula fora dessa dinâmica familiar, arruma uma casa pra vc e o marido, só assim vai poder viver um casamento de verdade.

    Resposta
  • Gabriel 27 de janeiro de 2019

    Me diz uma coisa, como você vai se envolver com um cara que não saiu da casa da Mamãezinha dele…!!!, isso não é homem… é moleque ainda… e quanto a você, que ta fazendo?!, não estudou.. não trabalhou… então vai ter que engolir quetinha mesmo… ou se virar pra não depender desta situação… bem vindo ao mundo real… uma dica! pula fora logo antes que vire pior e vai tentar crescer na vida pra não depender de ninguem e arrumar um homem de verdade … valeu falow… boa sorte…

    Resposta
  • Olga 28 de janeiro de 2019

    Desculpe-me mas você e o seu marido erraram ao se sujeitar se juntar em um relacionamento sem planejamento. Neste mesmo site dezenas de pessoas já fizeram os seus relatos, dessa mesma situação e praticamente todos estavam com o seu casamento praticamente destruído ao terem concordado com a mesma ideia que a sua, ou seja, de morar na casa da família. Você está ocupando o espaço da sua sogra, invadindo a sua privacidade, portanto você não tem como colocar as suas regras nessa casa, pois vocês estão vivendo de favor e da generosidade dela. Quer reconstruir seu casamento, vá urgente procurar o seu cantinho para viver, auxilie o seu marido financeiramente para construir esse espaço, pois os tempos atuais homens e mulheres vão à luta atrás dos recursos para viabilizar a sua autonomia. Se não fizer dessa maneira, é só uma questão de tempo para esse casamento ir para o espaço. Muito cuidado para não ter filhos, para não complicar ainda mais a situação. Filho só se deve ter depois de haver uma definição do espaço onde o casal irá morar, sem a interferência de terceiros.

    Resposta
  • Joice 28 de janeiro de 2019

    Eu só retifico a sua colocação dizendo, que ambos foram irresponsáveis e não só o seu marido, pois jamais deveriam ter concordado em fazer planos da sua união, contando com os espaços de moradia da família. Se não tinham recursos para alugar ou comprar um imóvel financiado, deveriam continuar a namorar, permanecendo cada um na sua própria casa, até que com os recursos de trabalho de ambos, viabilizassem a moradia. Hoje em dia não é tão caro um aluguel, especialmente se mora em cidade pequena. Tenho um irmão que mora em São Jose do Rio Preto, que paga uma boa casinha r$400. Vamos analisar o pior salário de mercado, que é por exemplo o de um estagiário trabalhando meio período, se o mesmo ganhar muito mal vai receber uns r$ 1000, se somar com a renda da esposa, dá e sobra para o casal viver juntos. Uma faxineira ganha r$ 120, se trabalhar apenas duas vezes por semana, terá no final do mês R$960 por mês e ainda terá quatro dias da semana, para se dedicar com alguma outra profissão que queira. Com uma renda de r$1960, dá para o casal começar a vida no seu cantinho e se esforçar um pouquinho mais esses valores poderão ser bem maiores para melhorar o seu padrão de vida.

    Resposta
  • Angelica 29 de janeiro de 2019

    Nenhum casamento é casamento tendo algum dos pais sempre perto, quem dirá na mesma casa…
    Você não devia ter aceitado se casar nessa situação.
    Como aceitou, agora precisa agir para deixar claro que se arrependeu e a situação precisa mudar.
    A própria Palavra diz: DEIXARÁ PAI E MÃE E SE UNIRÁ À SUA MULHER…
    Se não deixar, não está casando, nem fazendo a vontade de Deus.
    Vocês estão errados.
    E se continuar nessa, Se prepare para só piorar… vão começar as tacadas na cara, invasão cada vez mais frequente e por aí vai.
    Se posicione, tome atitude, seja com ele, seja sem ele.

    Resposta
  • Maya 30 de janeiro de 2019

    Sai fora, isso não muda, piora

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *