Meu namorado é obeso

Meu namorado é gordinho, isso nunca foi um problema nem me importo com que minha família e amigos dizem, mas desde que a gente começou a morar juntos tudo tem ficado difícil.
Eu quero sair ele nem tem disposição e fica de drama para eu não ir (para uma simples caminhada) não me ajudar nas tarefas e quase nunca está disposto a transar, faz 3 meses que a gente está morando juntos e estou me sentindo a mãe de uma criança deficiente só nesses meses que a gente está juntos ele passou de 120 a 156 kg, não quer comer as comidas saudáveis que eu preparo vive de ifood, se ele fosse um gordinho saudável mas não ele está cheio de problemas de saúde e não quer melhora, não sei o que eu faço cada dia que passa me sinto acorrentada, eu não o conheci assim, conheci ele já gordinho na academia tentando emagrecer não sei porque ele ficou assim 😔

Ler
Meu namorado não acredita e nem confia em mim
Etiquetas
obesidade

7 Comentários

  1. ele relaxou, ele estava se cuidando porque queria namorar (minha opinião) como agora ele está “casado” se sente confortável a voltar para vida fácil de só comer, porque vida saudável não é fácil para quem está acostumado a gordices, muitas vezes, comer coisas “gostosas” é uma forma de terapia para desafogar as frustrações da vida e acaba virando um vício, deu algo errado por menor que seja, a pessoa se auto premia com uma gordice e assim vai engordando. Para o fato dele não ajudar em nada eu creio que já era algo comum na casa dele, vai ter que brigar um pouco se falando não está resolvendo

  2. Provavelmente ele estava na academia emagrecendo para pegar mulher,quando achou uma se acomodou. Sinceramente não tem que possa fazer, a vontade de emagrecer tem que vim dele e não de você. Coloca um medo nele dizendo se ele não emagrecer ele vai morrer por causa do peso ou do corona vírus que ataca pessoas com saúde frágil. E manda ele toma vergonha, está vendo que não bom ser gordo.

  3. A compulsão por comida é uma compensação: sugiro ires conversando com ele e buscando saber qual dilema de fato ele tenha, interiorizado. Como envolve questões hormonais mesmo os endocrinologistas teimam em dizer reduzir comida. Ouvi isso na última quarta e disse ao médico leve em consideração a minha acentuada escoliose que joga o abdomem para frente. Incentive ele a caminhar contigo mas faça aquela insistência caracteristica das mulheres que o marido sabe que não adianta dizer não e na rua pegue firme na mão dele para ele entender o seu interesse de vê-lo bem.

  4. Acho que ele se acomodou na própria situação de obesidade, ainda mais por ele ter observado em vc, o quanto é tolerante e que se desdobra em tentar ajudá-lo, fazendo uma alimentação saudável, mas ele infelizmente ignora os seus esforços e continua no seu processo auto destrutivo. Vc está lidando com uma situação que não depende de vc, mas que está afetando a sua vida, pois boa parte da sua rotina, se resume em administrar os problemas gerados pela compulsão alimentar do seu marido. Vc tem uma vida sexual bastante restrita, quase não tem lazer, pela falta de saúde e atitudes do seu parceiro, imagino ainda como o seu orçamento doméstico deve ser apertado, pois alimentar um obeso compulsivo, haja dinheiro e o que não lhes permite juntar para outras necessidades. Quem tem uma alimentação natural, gasta muito menos do que as que dependem de alimentos industrializados e os alimentos de preferência dos gordinhos, geralmente são os mais onerosos. Eu no seu lugar começaria a me desligar dele, comece a fazer academia, dedique o seu tempo para vc, saia com suas amigas, pois ele precisa entender que se não fizer algo por ele mesmo, irá te perder. Na altura do campeonato, o melhor mesmo a fazer é buscar um companheiro, com melhor saúde, pois com esse não irá demorar muito tempo para ficar viúva.

  5. Coloca para fora de casa, simples. Emagrecer e ser responsável pela própria saúde é um dever único e exclusivo dele. Ou você toma uma atitude e sai fora dessa, ou daqui a pouco ao invés de se sentir mãe de uma criança deficiente, você vai se sentir mãe de um bebê de 6 meses. Daqui a pouco ele estará tão obeso que não conseguirá fazer coisas básicas como se limpar e se alimentar sozinho. Tem certeza de que é isso mesmo que você quer para sua vida? Porque se até sua caminhada ele atrapalha, uma hora ou outra você fica do mesmo tamanho. O problema não é só ser gordo e acomodado, o problema é ser um encostado folgado que vive para encher o rabo de comida sem mover uma palha dentro de casa. E tudo isso sem um mísero orgasmo para te compensar do imenso sacrifício que é viver com uma criatura dessa. Aproveite que está no namoro e sem filhos e corra para as montanhas. Não é sua obrigação ser mãe, babá, faxineira, cozinheira e nutricionista dele.

  6. Pensa nisso: NAMORO FOI FEITO PARA ACABAR,. reflita se ‘e isso que você quer para toda a sua vida até que “a morte nos separe”,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar