Não era isso que eu imaginava do casamento

Tenho 26 anos, me “casei” com meu namorado há 2 anos, eu sou formada e meu trabalho sempre deu para sustentar tudo o que eu precisava e ainda tinha a ajuda dos meus pais em algumas coisas, comecei a namorar um amigo e me pareceu ser tudo perfeito, namoramos por 3 anos e nesse meio tempo ele passou por problemas na família que o fez sair de casa e ir morar com um amigo, devido a isso começamos a pensar em morar juntos, casar. meus pais apoiaram de certa forma, me deram um valor para ajudar na compra da casa, e quando vi estava incentivada a gastar o valor com momentos passageiros, depois de muita luta alugamos um espacinho e aqui estamos 2 anos depois, porém desde o início me vejo como uma pessoa sendo aproveitada, ele saiu do emprego pois tinha um projeto, eu como sempre o apoiei mesmo sabendo que ele tem o costume de abandonar todo projeto que começa, ainda apoio, e para isso eu que antes trabalhava só 3 días na semana, agora trabalho 5 e em casa não sinto vontade de fazer nada, o dinheiro que ganho serve para pagar o aluguel e as contas, tenho ajuda dos meus pais nas compras de alimentos porém é como se meu marido não amadureceu para perceber que preciso que ele coloque em prática alguma coisa que nos ajude financeiramente, não sobra dinheiro para nada eu gosto de passear mesmo que seja só andar em algum lugar, mas nem isso posso fazer, e eu erro em não saber dizer “não”, por exemplo no final de setembro ele (que do nada se mostrou muito materialista) já estava me cobrando o presente de aniversário em novembro, ele quer algo caro mas que fiz as contas e com muito esforço conseguiria dar, junto com um pequeno bolo e salgadinhos que desde o início eu já estava planejando em segredo como uma festinha surpresa para 5 convidados, ele não me ajudou a encher um balão se quer, e não agradeceu ainda ao ver meu esforço em dar um dia legal para ele, o dinheiro que eu tinha para algumas coisas certas já me fez gastar com coisas supérfluas e não parece entender, do cartão de ajuda que recebo para alimentação ele me fez gastar quase tudo em sorvete, não restando nem para comprar a comida de amanhã, comprei algo para ontem ele comeu o dele todo e o meu eu deixei um pouco para hoje porém ele comeu logo depois, me perguntou, mas sei que ele sente muita fome e não consegui dizer que não, hoje peguei parte do dinheiro que tenho contado para passagem e comprei alguma outra coisa é falei vamos comer um pouco e deixar para amanhã.. comi muito pouco e ele já havia comido mais da metade, quando guardei um pouco para amanhã e ele quis comer, deixei mas ele parece que faz entendendo que não deveria, pois insistindo para eu comer também eu disse que não que deixaria o pedaço que eu iria comer para Amanhã, mas quando vi ele comeu tudo, fico triste porque sei que ele sente muita fome, não iria guardar para mim, e sim para ele, vim deitar sem sono mas na esperança de dormir e, assim como fiz o feriado todo, acordar quase 18h assim não sentirei fome durante o dia, mas a preocupação não me deixa dormir, ele fica em casa o dia todo, não mexe uma palha para ajudar, eu fico com mil preocupações e parece que ele não entende, chego em casa só quero cama deitar ou ficar sem fazer nada os poucos momentos que tenho, eu já não o procuro para sexo e nem sinto mais vontade disso (com ninguém, eu quero mesmo é ficar sozinha porque é mais fácil) e hoje depois de tudo ele veio me procurar, nunca nego quando ele me procura, mas eu estou triste e chorando, não tive como aceitar, até tentei desabafei sobre as preocupações e ele disse “tudo vai melhorar, não podemos ficar assim tristes e preocupados, o que eu posso fazer para te melhorar?” (Tipo eu chorei mais porque é óbvio mas ele nunca toma atitude de fazer) então ele viu que fiquei chorando ainda mais e se estressou dizendo que não tem tempo comigo e quando tem eu estou assim (será que ele não vê que estou assim por causa disso tudo?) E como pode pensar em sexo em meio a tantos problemas?! Eu o amo e acho que ele me ama também mas sei que ele mudou muito e tenho medo que nunca mude para melhor e eu fique cada dia mais presa a isso, e ele se torne cada vez mais um aproveitador e eu a “escrava”.. tenho planos para melhorar de vida (entre eles um projeto parecido com o dele) meu projeto já está todo ok mas desisti porque se eu fizer antes do dele dar certo será mais um motivo para ele se acomodar, não sei se continuo acreditando que o dele vai dar certo e apoio, ou se largo tudo de mão, tenho medo disso porque eu o amo e sei que ele já perdeu tudo que tinha na vida e só restou eu, nem sei como eu sairia da vida dele para onde ele iria como e com que dinheiro ele viveria? Sabe, tantas coisas já quase deram certo para ele que as vezes não sei o que pensar, se ele desiste por comodidade ou sei lá,

7 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Andy
4 years ago

Seu marido é um encostado, que adora ser sustentado por alguém, comece a deixa lo a passar necessidade, guarda seu dinheiro, pare de usar na casa, quando você parar de dar as mordomias vamos ver se ele não mudar, sinceramente eu pularia fora desse casamento, ele é igual um tio meu a vida toda viveu nas costas da minha tia, nunca trabalho na vida, sempre arruma um projeto mas nunca ia para frente, sabe por que? Pessoas assim não sabe dar o sangue, só sabem sugar.

Raphael Steinner raphaelsteinner@yahoo.com
4 years ago

Olá,
Pelo seu relato, não tenho nenhuma dúvida de que você não ama mais esse cara, você está se esforçando para creditar nisso. e acredite piamente no que vou escrever agora, se voCê largar ele amanhã, pode acreditar que ele não vai morrer de fome ou ficar na rua, vai te infernizar por um tempo e se você se mantiver firme ou ele vais sair do comodismo ou vai arrumar outra para sustentar ele.
Esse cara é o tipo parasita, sempre vai achar um hospedeiro, acabe com isso enquanto é cedo, pelo jeito vocês não têm filhos, volte para casa dos seus pais e vá ser feliz, livre-se desse encosto.
26 anos e você está desistindo de tudo por causa de um imprestável.
Não tenho dúvidas de que você já está consciente de que é isso que tem que ser feito, vá para perto de quem te ama, esse cara não te ama, pessoas como ele não amam ninguém.

ana
4 years ago

Interessante que cada passo que você dá nesse seu relacionamento, da sua parte existe o contexto “nós” e da parte dele apenas o “eu”. Você se preocupa com os projetos dele, mesmo que não saiam do papel, você se preocupa com as lombrigas antagônicas desse morto de fome, mesmo que o cara não tenha consideração com você e deixe um pedaço do doce a sua disposição, você se preocupa com o fato dele não ter para onde ir, mas ele não está nem aí para se movimentar na vida, porque tem você e os seus pais que o mantém na sua zona de conforto, você se preocupa em presenteá-lo de forma especial e o cara fica como uma criancinha batendo palminhas esperando o seu presente escolhido, enquanto a mamãe que ele arrumou para a sua esposa enfeita a sua festinha, você adia os seus próprios projetos de vida para ver se ele se movimenta e o que acaba atrasando a vida de vocês dois, pois o seu bumbum vai ficar com o formato texturizado da sua cadeira, de tanto esperar, você chora por estar enfrentando uma sobrecarga e quase caindo em uma depressão, enquanto que o cara te manipula com a sua preguiça crônica para o trabalho, o seu pai te dei uma grana para comprar uma casa e você aceita as sugestões dele de apenas viver o presente, curtir e por fim ficar com os bolsos vazios e o seu pai sustentando um casamento, oferecendo comida. Você não se deu conta que você se casou com um homem totalmente imaturo, folgado e que só atrasa a sua vida. Aonde isso irá te levar no futuro? Quais os planos que você poderá fazer com um homem como esse? Já pensou se tiver filhos, você está preparada de segurar mais essa barra sozinha, ou você acha que ele irá mudar com essa possibilidade? Está preparada, de assumir todas as contas dessa criança, trabalhar como uma condenada, para pagar as contas, virar uma velha antes da idade, pois com tanto peso nas costas, esse cara um dia irá virar para você quando começar a recusar o sexo, dizer que arrumou outra tonta para dar a ele aquilo que você não dá mais.

ana
4 years ago

cont. Se prepare, pois pessoas que só aprenderam a receber na vida, não mudam sem que tenham que sentir na pele o peso das responsabilidades. Se você se separar, não se preocupe, com o fato do mesmo ter que se virar em morar em alguma república ou se enfiar na casa de algum amigo, pois está mais do que na hora dele se virar e sentir o peso das suas responsabilidades. Quando a barriga dele começar a roncar, você vai ver o quão rapidão ele vai começar a se movimentar. Não tenha pena dele, pois você já fez MUITO mais do que devia, pois você está relacionada com um homem egoísta, perdulário e sonhador.

Nayara
4 years ago

Você se tornou a mãe dele.
Mande esse cara voltar para família dele.
Daqui a pouco você toma chifre!
Você é muito idiota de virar escrava dele. Paga aluguel, comprar comida, da presente.
Ele não te ama ,só está com você porque precisa do seu teto e do seu dinheiro.
Mande ele pastar.

Mirian
4 years ago

Parece eu com meu marido. Mas eu desenvolvi cancer terminal e agora ele faz tudo em casa. A magoa, preocupação e raiva me fez desenvolver a doença.

no final ele cuida de mim, da comida, das vasilhas e etc .olha eu estou chata e me recuso a fazer algo. Ele nunca foi capaz de me sustentar por causa dos ataques de ansiedade dele, mas depois de que ele conseguiu sair do problema ele se acomodou e continuou agindo como se tivesse doente. Acumulando sobre mim todas as preocupações e funções. Agora a doente sou eu!

Recomendo a sentar e conversar serio com consequências. O de presente caro substitua por uma empregada você merece e seu namorado vai te deixar doente de tanta frustacoes. Esta na hora de um psicólogo familiar

Lucas
4 years ago

Seu “marido” é um folgado e não faz nada por sua culpa se eu fosse você cairia fora desse cara pessoas assim não mudam e só piora imagina você grávida desse cara você está ferrada.