COMPARTILHAR
problemas familiares

Tenho um grande problema que me anda a sufocar. Namoro há quase 7 meses, tenho uma relação feliz com o meu namorado, apesar de termos algumas discussões, mas é normal. O grande problema é que engravidei há um mês e tenho 16 anos, e agora que descobri, estou em pânico total!
Tenho medo da reação da minha mãe, que sempre me avisou para ter cuidado, e do meu pai, que até chorou quando descobriu que eu não era virgem.
Tenho pais um pouco conservadores, e não sei como reagirão à noticia.
Mas o verdadeiro problema é saber como vou contar-lhes que depois dos avisos todos engravidei com 16 anos

61 COMENTÁRIOS

  1. eu tenho 14 anos e estou grávida do meu PROPIO pai! Vou contar a minha vida: tudo começou quando eu tinha 9 anos e foi no são joão todo mundo tava na rua festejando e aí eu entrei em casa sozinha e fui no banheiro sabe meu pai era alcolatra e aí ele entrou no banheiro e fechou a porta aí eu falei: pai não tá vendo que eu to aki? E ela trancou porta e mandou eu levntar e eu com medo levantei e então ele bem rápido me empurrou na parede e colocou o braço no meu pescosso e como elee eraa mas forte que eu não consegui escapar então ele me abusou sem dó e ainda teve coragem de dar banho em mim e eu muito fraca desmaei e quando acordei já era dia e estava no meu quarto e entaõ pensei que era um pesadelo ñé e mas ao anoitecer foi o medmo pesdelo todo dia ele me abusava só quando ea trabalhar qqque não ele era caminhoneiro e as vezes passava uns dias fora de casa e esses eram meus dís de paz eu sempre fui magra e tive o corpo bonito e até já fui modelo fotográfica meu pai sempre foi um canalha e traia minha mãe com putas até Pq eu via só eu que persebia minha mãe sempre foi muito enocente e nunca percebeu e as vezes quando ele bebia batia na minha mãe, minha mãe não denuciava porque ela tinha medo dele e ela só se casou com minha mãe porque ela tava grávida de mim ele não casou por amor e então ele morreeu esse ano (2011) por beber muito e depois de 6 semanas daa morte deele descubri que tava grávida contei pra minha mmãe ela se surpriendeu mas não duvidou de mim Porque sabia bem quem era meu pai mams o problema é que hoje ela tipo que me cupã por ele me estrupar sei lá mas nunca namorei e nem fiqueo sempre fui muito tímida e nunca tive amigos msm e quando penso em sexo só me vem nojo e quando penso em amor só amor da minha MA~e mesmo e as vezes penso ém aborta mas não tenho corajem Porque aborta é feito matar e tenho que viver assim to com 3 meses e fasso 4 dia 7 de novembro desse ano (2011) mas tenho que viver com esse peso na minhs costa obrigada pra quem leu e vc conte a sua família eles vão le entender seja forte feito eu estou sendo.

    • Um minuto aí. Você tem catorze anos, era vítima de abusos sexuais por parte do seu pai e nunca contou à sua mãe? Porque, se ela é boa pessoa como você relata, e a compreenderia talvez?
      Portanto o que esperava? Mesmo sabendo que sua mãe tinha ‘problemas demais’, aguardava envelhecer aí se submetendo a ser forçada pelo seu próprio pai sem fazer nada de mais eficiente a respeito?? O que mais esperava? Que tudo se resolvesse como por mágica? Que o seu pai fosse embora de casa um dia, ou que morresse, ou que nunca mais fizesse isso como por milagre? Que algum anjo-vingador meio surgido de uma outra dimensão viesse em seu socorro?? Que algum vizinho se intrometesse nisso?? Que a sua mãe afinal percebesse e tomase providências?? E você, não ‘percebia’??
      E se sobrertudo você sabia que o seu pai frequentava prostitutas, como foi permitir que ele tivesse com você (e com a sua mãe) e nunca se defendeu disso de modo eficiente?
      Querida, com todo respeito, mas por mais temor que tivesse, ou por mais que sofresse, por mais ‘envergonhada’ e abatida com tudo (e devia com razão sentir muitas emoções negativas e paralizantes), você não é uma pessoa isolada do mundo e devia possuir alguma informação, correto?
      Nunca tentou realizar uma busca mesmo pela internet, que você inclusive acessa agora, com a finalidade de obter socorro ou infomes?
      Perdoe, embora a compreenda, você foi talvez omissa. E bastante desleal para consigo mesma, e portanto algo ‘conivente’ com as atitudes doentias do seu pai que, afinal, você mesma reputa aqui como agressivas já que assim as descreve.
      E o eram, de fato, extremamente agressivos os comportamentos dele, criminosos até.
      Não a acuso de provocá-lo, etc., tampouco de ser ‘culpada’. Mas pense na sua Responsabilidade diante de tudo o que enfrentou sem ao menos talvez tentar socorrer-se, exceto tentando sozinha pular essas amargas armadilhas dentro da sua própria casa.
      O que desejo é que pense bastante detidamente a respeito para que no futuro não se permita mais a ser vitima de atrocidades como essa ou semelhantes. Esse o meu intuito de aqui postar essa opinião.
      Digo mais, talvez a sua mãe suspeitasse disso e calou-se (eu disse ‘talvez’, não acuso ninguém portanto). Mas se ela o fez, é também co-responsável pelas atrocidades cometidas pelo seu pai.
      Penso que devem ambas, você e a sua mãe, procurar ajuda terapeutica profissional. Um médico de confiança pode ajudar no encaminhamento de ambas para restabelecer forças psíquicas e emocionais, e buscar um viver aliviado e digno doravante.

  2. Puxa… Que isso? 16 anos? Nossa, cadê o cuidado, veja só, gravida de 16 anos? Sabe que sua vida vai mudar drasticamente agora…
    E o melhor a ser feito é dizer pros seus pais, espero que crie uma ótima resistência, pois a reação deles concerteza não vai ser agradavel.
    Acho melhor você falar com a sua mãe primeiro, ela provavelmente vai te entender melhor, e te preparar pra contar ao seu pai. Lembre-se, aborto é um ato desumano e proibido, destruir uma vida inocente é a pior coisa do mundo, sua mente nunca te deixaria viver com isso.
    Converse com seus pais, e o seu namorado, tem que estar presente sempre, pois agora, é que você vai ver se ele é um homem de verdade, ou só a pior escolha da tua vida. . .

    Boa Sorte

  3. tambem tenho 16 anos e estou gravida e acho que seus pais tem direito de saber vai se dificil no começo mais passa, agora é só ter responsabilidade voce e seu namorado para cuidar de uma criança não é brincadeira … e jogue fora palavras de pessoas que julgam sua idade o importante é saber o que vc e seu namorado irão fazer… Filho é uma benção de Deus , cuide muito bem dele
    Boa sorte …..

  4. oie li o seu caso Any.. muito triste mais acho que um poco arriscado ter essa criança afinal o pai dela e o seu pai.. sera que nao tem risco da criança nascer com inumeros problemas?! pense nisso e boa sorte m tudo. Que Deus abençoi a sua vida e seus caminhos.. fique bem anjo..

  5. Olha tbm tenho 16 anos e estou gravida de 1 mes e quinze diias é Maravilhoso ter um filho se sua mãee sabi quee vc tem namorado fica beem mas facil pra contar mas conte logo pois sua barriguinhaa vai começar a crescer mas conte de uma forma sem medo depois quando ela aceite ;* pergunte um concelho pra ela de como falar pra seeu pai pois elaa sabi mas lidar coom eli PARABEENS QQ SEEU FILHO(A) NASCE REPLETO DE SAUDE bjos

    • Espertinha, não Samara?… Ensinando aí a sua amiguinha a desenvolver jeitinhos para arranjar onde e às custas de quem acolher o resultado da irresponsabilidade…
      Porque não ensina a ela um jeitinho de chamar o pai da criança à responsabilidade? E porque sempre dar o jeitinho esperto de chamar um inocente a assumir um ato alheio??
      Porque é mais fácil, não? Porque sente que deve ‘proteger’ o autor da façanha, correto? Porque você também se esconde da sua responsabilidade, não é?
      Mas quanta desonestidade!

  6. minhas lindas , eu tenho 14 anoos e estouu graviida dee 5 mesees , e penseei que a minha maae iaa levar a mal iaa colocar eu fora de casa poiis sempree me falou nisso mas na horaa elas nao fazem aquilo porque dentro do coraaçao tao o AMOR MAIOR DE MAE hoje sei que perdii toda a minha adolencensiaa perdi as festas perdii tudoo mais isso agora nao importaa o que importaa é que agora eu carrego um pedaaço de miim e isso me faz SENTIR ORGUULHO ! pois Deus sabee das coisas!

    • É, Deus sabe das coisas. Sabe que se não fosse a pobre da sua mãe carregar o fardo, estariam você e essa criança em vias de passar fome.
      Ao invés de se sentir tão deslumbrada com isso, veja então se não arranja outro fardo para a sra sua mãe.
      E pelo seu relato aí, não se fala do pai dessa criança. Onde anda o autor da façanha? Correndo da responsabilidade? Numa vidinha normal de balada com os amigos?
      Sim, claro. Sua mãe está a serviço da omissão dele, com a sua ajuda; mas você?… Ah, você está toda feliz e deslumbrada!…
      Claro, eu também ficaria bem feliz se pudesse encostar-me à sombra para que alguém cuidasse de mim e, mais, também da geração seguinte no meu lugar!

  7. No seu caso…conte pra sua mae primeiro e juntas contem pro seu pai DEPOIS que sua mae digerir o acontecido. Nao tem outro jeito. Seu filho foi feito por sua atitude de se relacionar com seu namorado sem se prevenir primeiro. Cuide de bebe com carinho.Vai ter que trabalhar e estudar pra poder melhorar a vida e dar uma vida digna pra esse bebe. As outras meninas acima fizeram certo.

    Agora,a outra menina de 14 anos..o caso e multiplamente mais complicado. Nossa….que barra…..ela sim se viu numa situacao totalmente errada…ainda bem que o maldito do pai morreu. Conte com a ajuda da sua mae que foi muito sofredora…e espero que ela num arranje outro marido problema.

    • Acho tudo muito estranho o que ocorreu com essa garota. Cada fam´lia tem suas particularidades, é verdade. Mas eu pergunto: porque essa jovem não contou à mãe isso tudo? E porque, se contou, não foram às Autoridades?
      E agora essa lamúria toda: vítimas as duas…
      Sim, de fato. Vítimas talvez da falta de atitude, que gerou mais uma vitima aliás! A criança gerada.

  8. Olá, eu tenho 17 anos e tenho quase certeza de que estou gravida.
    Tenho medo, pois meu pai é muito violento, ele é alcoloatra, e vive me agredindo sem motivo, ele já tentou me matar varias vezes.
    Tenho muito medo de contar e ele fazer algo ruim comigo.
    Peço ajuda e que voces orem por mim.
    Entrego tudo nas mãos de Deus.

    • Onde está o pai dessa criança?? Ele nada diz, sabendo da situação com o seu pai?…
      E você, além de entregar nas mãos de Deus, fará o quê a respeito? Vai apenas esperar uma reação do seu pai?? Não vai exigir nada do pai da criança?! E em paralelo não pode por exemplo procurar um advogado, a Assistente Social, etc?

    • É fácil. Vá ao médico. Ele tira a sua dúvida.
      Mas se escapou dessa vez, continue fazendo a mesma coisa com vários estranhos sempre! Você sabe, mistura genética é melhoria de raças…
      E mais uma vantagem, logo-logo quem sabe você povoa a China mais duas vezes. Ou ainda entra para o Livro dos Records como A Mãe Solteira Que Tem O Maior Numero de Filhos Que Não Sabem Quem É O Pai.

      • Não, nem tanto sabedoria, isso é apenas bondade sua. Seria de fato mais uma coisa de lógica, etc., e o desejo que as garotas adquiram mais juízo.
        Mas agradeço! rs

  9. oi tenho 16 anos e a um mes descobri que estou gravida nossa na hora foi um choque ,Mas sssim que soube contei para o meu namorado que ele ia ser PAPAI .
    elle ficou meio desconfotravel na hora ,mas agora todos os dias qnd ele chega do serviço ja vem logo beijando a minha barriga . todo BOBO .no começo pensei muitas besteiras mas agora sei que é uma bençao estou muito anciosa para ver o rostinho dele (a) fooi dificil para falar pra minha mãe ,acabou ela contando pro meu pai . mas
    estou muito feliz por saber que vou ser MAMAE * !!!
    boa sorte para vcs que se encontram na mesma situação que eu . BEIJO

    • Mas que relato emocionante… Confesso que me vieram lágrimas…
      Tão lindo!…
      Tão lindo se sentir bem às custas dos pais, que agora inclusive se encarregam da sua responsabilidade quanto à geração futura…
      Ah, pequena-deusa, você tem muito o que aprender além de deslumbres, relatos emocionantes, novelas da vida real, dramas e finais felizes…

      • Para que fazer um “site” sobre este assunto, que sim, é muito delicado, se não for para ajudar? Pois estou lendo estes relatos destas meninas que estão passando por isso e só vejo respostas totalmente inadequadas para este assunto, vindo de uma pessoa anonima e que pra mim sem conhecimento de nada também. Pois vejo uma pessoa que aponta só para os outros. Tenho 16 anos, não estou gravida, tenho um namorado de 21 e não queremos ter filhos agora, namoramos a 3 anos, só que não estou fora do risco de engravidar, tomo anticoncepcional corretamente todos os dias, mas como todos sabem, camisinha pode rasgar e anticoncepcional não é 100% garantido que evite uma gravidez. Com certeza meu querido ou querida talvez, seus pais ou avos tiveram filhos com esta idade, se você não teve, não tem também o direito de ser tão insencivel com quem esta passando por isso. Vi comentaria de correção ao português, mas não vi ajudando essas moças em nada ! Seja mais cauteloso com suas falas, e menos escroto, ou escrota seja como for, ou simplesmente as ignore, garanto que ajudara mais elas do suas respostas que não ajudam em nada.. Fora que não sabe da vida dessas moças, das alegrias e das tristezas que estão sentido, não sabe se realmente vão ficar nas custas dos pais ou se vão se virar. Pois tenho 16 anos, trabalho e graças a Deus não dependo dos meus pais, moro com minha mae mas dentro de casa eu ajudo, e só não saio porque não tenho a autorização dela, pq gracas a Deus tenho como me virar por mais difícil que seja… Responsabilidade não se cria com o tempo, se cria com o esforço e a vontade de alcançar.

  10. Meu nome é Thais.tenho 18 anos.
    Namoro á 3 meses .amo meu namorado ele tem
    25anos .
    Mas agora acho que estou grávida.
    Tenho medo dá vida a dois.
    Da vida de casada.
    Será que alguém que passou por isso
    pode me ajudar.???
    Obrigada.

  11. boa tarde tenho 17 anos e acho que estou gravida . mas a gestao e que o cara nao e meu namorado .. mas ja se comprometeu a assumir essa criança .. estou dessesperada . moro com o meu pai e ele e muito atigo nesses assuntos .. estou com muito medo alguem pode me ajudar por favor.. ja estou pensando seriamente em tirar essa criança ..

    • Ô gabi?! Pensa num assassinato, então? Acha mesmo que assassinar uma pessoa é resolver algo??
      Você já tem idade para assumir essa gravidez inteiramente, não acha? E penso que o pai da criança também; e se não, que ele cresça rapidinho que é o que se pede dele agora, certo?
      E se o pai resolveu assumir, o que teme? Vá criar a criança com ele, assumindo você também essa responsabilidade.
      E que tal definir desde já o que seja ‘assumir’ por parte do pai da criança? Não seria providenciar um teto para vocês e para a criança?
      Assumir é assumir mesmo! Não é Registrar e bebê e sair para as baladas com os amigos, não.
      E acho que isso já resolveria em boa parte quanto ao temperamento do seu pai.

    • É, sim. Se não é Emancipada, não pode tomar decisões dessa natureza e importancia sem o conhecimento e a aprovação dos seus responsáveis legais. E dos males o menor, esperamos que não tenha ido à farmácia sem consultar o médico para comprar e usar o que lhe deu na telha.
      O que faria então para regularizar isso? Primeiramente, se o caso, ir ao ginecologista, certo?

    • Com 15 anos, já praticante de sexo, mas não conhece os sintomas de uma gravidez??
      Ora, não se metesse a fazer o que completamente não conhece e não estaria em duvidas agora, certo?
      Vá ao médico, criatura! Será que precisa te falar isso também??

  12. tenho 16 anos e estou gravida de 2 mesês.meu namorado consumia drogas mas eu nãão sabia ,ele devia a traficante daqui do meu bairro foi assasinado .logo depois que ele morreu eu descobrir que estava gravida dele ,conversei com meus pais contei pra eles que estava gravida e eles mim apoiaram e estão ao meu lado.mas nas primeiras semanas de gravidez minha colega mim deu um comprimido para eu tomar eu já sabia que poderia esta gravida quando tomei o comprimido mas mesmo assim tomei,mas o comprimido não fez efeito algum , e agora ja estou com 2 mesês eu sinto muitaas dores na barriga e tenho medo que tenha complicações na gravidez ..

  13. olá tenho 16 e estou gravida de 3 mesês .no primeiro mês que comecei a desconfiar que estava gravida ,eu tomei remedios para aborto mas parei de tomar eles quando percebi que eles não estavam fazendo efeito .agora ja estou com 3 mesês e não estou tomando mas os remedios parei de tomar quando fiz 2 mesês .não consegui aborta mas sinto dores fortes na barriga um dia cheguei até desmaia de tanta dor que sentir na barriga ainda não fui ao medico tenho medo de levar uma bronca por ter tentado aborta e tomar remdios sem recomendação medica.já conversei com minha familia eles estaão do meu lado .mas mesmo assim to com muito medo que o bebê nasça com problemas de saúde ou com deficiencias .acho que nunca vou mim perdoa por ter tentado o ABORTO. algué já passou por isso por favor mim ajudem ..

  14. tenho 15 anos e estou gravida de 4 mesês ,estou muito feliz meu namorado também ,minha familia esta sempre ao meu lado.mas semana passado tropecei e cai da escada da minha casa bati com a barriga no chão e desses dias pra cá eu estou sentindo muita dor na minha barriga,fui ao medico eles falaram que esta tudo bem .mas mesmo depois que passei no medico sinto muita dor na barriga .to com muito medo que isso comprometa meu bebê .

  15. bom tenho 16 anos e meu namo 24 , eu tenho SOP mais fiz tratamente transei e mes em camisinha e sem tomar anti e ele gozava dentro so que minha menstruacao veio dia 11/07/12 e hj ja é dia 24/08/12 e ainda não desceu pra mim , to com dores no abdomem e me sinto molhada o dia todo e sai um liquido branco transparente sem cheiro meus seios nao estao doloridos e nao tenho enjou nem dor de cabeça so dores nas costas , abdomem e uma leve cólica no ultero sera que posso ta gravida ?

  16. Olá, chamo-me Rita, tenho 16 anos e estou grávida do meu namorado Guilherme, estamos juntos há 3 anos, e quisemos ter relações mas a proteção rompeu-se :s
    Estou muito nervosa, pois não sei como irei dar a notícia aos meus pais, siplesmente estou em transe, não sei o que fazer :x
    Será que me podia ajudar por favor…tipo alguma opinião sobre como vou dizer. Como será mais fácil, por sms ou cara-a-cara?

  17. Simples. Para dar a noticia aos seus pais, primeiro tenha fatos concretos. Diga que houve um inesperado, mas que tem a solução: que está grávida, que você e o pai vão assumir o bebê, e que eles, os seus pais, não terão encargo algum com isso já que não estavam lá na hora do sexo incentivando você e seu namorado; e que já que não incentivaram e também que não partilharam da satisfação sexual de vocês, não têm e não tiveram ou não terão nada com isso; e que por isso você e seu namorado é que vão receber e acomodar no mundo a criança gerada, dando teto, educando, criando, vacinando, alimentando, etc, o que é aliás é obrigação dos pais respectivos, lembrado sempre que abandono físico e emocional de menor é crime.

  18. Você diz que namora há sete meses e é feliz com o seu namorado; que os seus pais sabem que mantém relações sexuais; e que sabe que está grávida, mas que teme contar a eles.
    Simples. Não conte! Chame o seu namorado às falas, faça ele arranjar rapidamente teto adequado para vocês dois e para o bebê e pronto. Casem-se o mais rapidamente.
    Vão então criar o bebê às suas próprias expensas, como fazem os casais responsáveis e maduros.
    Não seria melhor do que aborrecer aos seus pais, que sequer estavam lá na hora em que fizeram sexo você e o seu namorado? Então porque a preocupação de contar aos seus pais o resultado?
    Respondo. Porque você não quer exatamente ‘contar’ que está grávida aos seus pais, mas quer é a ajuda deles mediante essa notícia, minha cara, que lhe caiu feito uma bomba sobre a cabeça! E sabe porque está tão abalada? Porque deve estar sozinha nessa situação, correto? Porque parece que para isso não pode de fato muito contar com o seu fértil namorado…
    Seja honesta nas suas intenções, minha querida, pois o que precisa obter, na verdade, é que os seus pais façam o papel que o seu namorado não deve ter meios de fazer. Pois ele pelo visto alcança somente até a ereção. E daí em diante você se arranja para ajudá-lo, amiguinha, metendo os seus pais para jogar nesse campo.

  19. Simples. Se você acha que deve comunicar ao seu pai o seu temor de estar grávida, primeiramente e por obvio deve compreender que ninguém aqui tem a possibilidade ou o dever de ‘encarar’ o seu pai por você.
    Depois, pode proceder do seguinte modo: aproxime-se dele, abra a sua boca (isso ‘favorece’ o início do processo de Falar) e relate a ele o que precisa usando como ferramente a Palavra, dispensável mencionar que num tom adequadamente audível e por meio de um vernáculo compreensível para ambos, pois ele pode desejar responder algo.

    Ah sim, por oportuno, quando tiver algum tempo ocioso, procure pelos seus livros de Lingua Portuguesa, Gramática, etc., e estude-os com afinco. É que você escreve muito, mas muito mal, querida.

    • Simples assim: ” – Mamãe, morro de medo de contar. Mas dei uma boa cabeçada na vida, pois fiz sexo sem as devidas cautelas e estou grávida. O pai da criança já sabe e quer muito ter esse filho. Quanto a mim, sei que terei que mudar minha vida, deverei abandonar a escola e aprender a trocar fraldas logo mais; engordarei uns 20 kg por conta da gestação e o meu bebê, ante a minha idade, poderá nascer abaixo do peso. Ainda, tenho plena ciência que passarei diversas noites sem muito dormir, pois bebês choram. Mas estou feliz, meu namorado tem casa própria.”

  20. Tenho 17 anos, com apenas 13 anos tive que retirar um ovário e o outro não funcionaria corretamente, resumindo seria complicado poder engravidar. Hoje aos 17 anos estou gravida, usei camisinha mas ela rompeu, usei pilula do dia seguinte mas ela falhou, e agora estou completamente perdida. Eu tomei todas as medidas para não engravidar e mesmo assim aconteceu. Namoro há 1 ano, meu namorado é mais velho quer ser pai porém eu não quero ser mãe. Cogitei aborto meu namorado tem dinheiro para poder pagar, só que ele quer ser tanto pai que esta ignorando a minha vontade de não ser mãe. Então resolvi recorrer a minha mãe, e ela disse que sente vergonha de mim por estar gravida nem me dando a chance de falar da minha vontade de abortar. Então eu estou “sozinha”, vou ser obrigada a ter um filho que eu nunca planejei. Estou realmente mal e infeliz!

  21. Tenho 16 anos e minha menstruação está a 2 meses atrasada , minha ultima relação foi dia 30 de dezembro…
    estou com muito medo de contar para os meus pais…
    e eu não posso sair de casa, então não tenho como ir em postinho pra fazer exame e nem ir na farmácia, pq todo meu dinheiro é confiscado…
    não sei oq fazer, quando meu pai descobriu q eu não era virgem ele me disse q se eu aparecesse gravida em casa ele me colocaria pra fora , e nn deixaria nenhum familiar me dar abrigo!

DEIXE UMA RESPOSTA