Quero sentir prazer ao ser penetrada

Tenho 27 anos e namoro meu namorado a 7 meses. Antes dele eu era virgem. Moro sozinha desde os 22, pois, apesar da boa relação com minha mãe, optei por sair do interior para estudar, trabalhar e poder ajudá-la, e também a meu pai, que mora sozinho e que irá precisar de mim. Então agora tenho um companheiro. Ele me cativou com seu jeito meigo, humilde, carinhoso e atencioso. Em pouco tempo de namoro, ele acabou ficando de vez em meu apartamento, estamos morando juntos há quase 6 meses. eu não queria e cheguei a conversar várias vezes, mas ele acabava colocando as coisas em termos dramáticos demais e eu não tinha como manda-lo embora. e fui me acostumando com a presença dele, pois é muito fácil conviver com ele. É um homem muito prestativo e carinhoso. Então aceitei ele em minha vida. Assumi o namoro nas redes sociais mas não contei a minha família que, na verdade, estamos morando juntos! Agora o tempo está esgotando. Ele quer contar e minha mãe precisa saber pois desde que estamos juntos invento desculpas para ela não me visitar. E o motivo é que ainda tenho dúvidas se devo levar essa relação em frente. Ele é 6 anos mais velho e tem um filho com sua ex esposa. Um casamento de 10 anos, está separado há dois. Já sofri por problemas em razão desse passado mas estou superando essa dificuldade. Nesse sentido, creio que podemos ser felizes apesar do passado dele. Conheço a família e amigos dele e sei o quanto ele é querido por todos, por ser uma pessoa boa. Minha dúvida hoje é em função de dois problemas: apesar de ser trabalhador e possuir nível superior, ele se acomodou na vida e ganha muito pouco (um terço do meu salário). Ele estava morando com sua mãe e mal consegue se sustentar. Comigo ele tem gastado todo o salário em casa e com a pensão do filho, mas é insuficiente e isso tem dificultado minha situação financeira. tal situação tem feito mal a minha alto estima e todos no meu trabalho falam mal de mim. Quanto a isso ele está prestes a montar um pequeno negócio, disse que pretende poder sustentar a casa e dar o que mereço. Mas eu posso melhorar minha situação financeira mudando de cargo e ele dificilmente poderia dividir custos meio a meio comigo. Isso me entristece, e corro o risco de precisar ajudá-lo ainda mais no futuro. Não sinto segurança e as vezes é como um filho. O segundo problema é nossa vida sexual. Ele se esforça e tal, mas acho ele muito limitado e inseguro, as vezes comenta que seu amigo é pequeno. Ele é meu primeiro então fui pesquisar e acho que ele é mesmo pouco dotado. De 10 a 12cm. Não acho que isso deva ser determinante. Eu não tenho seios grandes e isso não parece ser um problema. pois os homens olham para mim, por meu corpo, sorriso, cabelo e um bumbum bem razoável. Então porque eu deveria julga-lo por seu órgão? Ele tem outras qualidades e me deixa excitada por me sentir amada em seus braços. E qual o problema? Não gozo o suficiente, quando gozo. E quase nunca consegui prazer com a penetração. Sempre me toco e quando não o faço não sinto prazer. E mesmo assim me sinto insatisfeita. Consigo me tocar sozinha e sentir quase a mesma coisa. Mas quero sentir prazer com ele e ao ser penetrada, pois sem sentir prazer me sinto desmotivada em tranzar. Nossa frequência era todo dia, mas agora não sinto mais vontade pois, apesar do desejo, sei que não sentirei prazer. conversei várias vezes mas agora parei. Ao que parece ele realmente não consegue. Então estou deixando como está e parar de o pressionar, pois ele tem tanto medo de me perder que andou se desdobrando tanto para me satisfazer que acabou broxando várias vezes. Então estou pensando mais na saúde emocional dele e o deixando relaxar. E me conformado ao menos aparentemente com o amor que a gente faz. Decidi e conversei com ele para ir ao urologista conversar sobre as “falhas” e sobre a ejaculação que ora é precoce, ora retardada. Mas sempre colocando as coisas em termos leves. Se vou a ginecologista porque ele não pode ir ao urologista? E assim ele está se sentindo bem feliz e se satisfaz no sexo. Mas e quanto a mim? Será que o tamanho importa tanto assim? Será que nunca vou me sentir satisfeita? Ele faz oral em mim mas isso me dá mais vontade de ser penetrada e quando ele o faz não me dar prazer. Aconteceu apenas umas 3 vezes de eu me sentir realizada. em meses a fio de relação. Gente, eu amo ele. É um bom companheiro, já me esforcei achando que a culpa era minha mas sei que não é. Nem se trata de culpa. Ah, preciso mencionar que sua ex o traiu. Tenho medo de casar de vez e futuramente me sentir muito infeliz. Já quis o trair só para ver como é com outro homem, mas não tenho coragem. Gente, estou sofrendo muito e preciso decidir minha situação de vez. O que faço? Não quero perde-lo mas também não quero transar apenas para satisfaze-lo. Me ajudem. Devo por muita expectativa nessa consulta com o urologista? Trazer brinquedos para a relação poderá ser suficiente para me dar prazer? Lembrando que ele tem medo de que eu compre um vibrador. Pessoal, o que eu faço, me ajudem com a experiência de vocês! Obrigada!

4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Sinceramente
4 years ago

Minha cara com o perdão da palavra, mas como você descreve esse cara é um “bosta”, o cidadão vivi escorado em você financeiramente, tem um pênis do tamanho do meu dedo indicador, não faz você gozar gostoso e ainda faz tortura psicológica para você não deixa lo?
Está mais claro que a luz do dia, saí fora dessa relação rápido, agora e não deixe esse pau mole te convencer do contrário, ame você acima de qualquer carinha que aparecer na sua vida.
Sai dessa
Bote para correr
Você não é obrigada
Vá ser feliz!

Indecisão
4 years ago

Manda esse homem ir embora da sua casa, sem dó e nem piedade. Você não gosta dele, essa relação não vale apena. O sexo é importante, mas ele não fala mais alto que o amor. Esses questionamentos sobre tamanho do pênis dele, sua vontade de sair com os outros homens, já denota que você não está mais afim. Seja uma mulher forte! Esse cara praticamente forçou ir morar na sua casa. Você tem que se impor.

Critiane
3 years ago

Esse homem está te manipulando, mas para isso deixar de acontecer, você terá que sair da posição de vitima e se livrar dos medos, inseguranças que tem de ficar sozinha, de enfrentar o luto do fim do relacionamento etc. Você precisa colocar sua vontade e necessidades em primeiro lugar e só assim será feliz de verdade.

Eueuzinho
4 months ago

Vc é uma piranha interesseira,.! Não case com ninguém mesmo n! Faça este favor para sociedade!