Eu estou vivendo a pior fase da minha vida

Eu queria nunca ter entrado nesse túnel sem fim que eu estou vivendo está sendo a pior fase da minha vida sem duvida alguma, eu estava namorando há 2 anos o homem da minha vida, e eu terminei com ele por ciumes, fiquei muito abalada, acabei no desespero tenho relações com o cara que mal conhecia com 2 semanas depois de conhecer ele, acabei engravidando, casamos e fui morar na minha sogra, lá ninguém gosta de mim. A ex Noiva dele é amiga da família esta lá todos os dias. Ele só vive na mãe dele, come lá e me deixa com fome, grita, já me bateu, nunca me deu nada, a minha vida é chorar, mais se eu voltar para casa dos meus pais meu pai não aceita o que eu faço?

Ler
Pareço que estagnei na vida

7 Comentários

  1. Eu voltaria para a casa dos meus pais e de cabeça erguida! Pois só a família que nos apoia (na maioria das vezes). Eu pelo menos tenho uma família super acolhedora. Deixa ele para lá e vai viver sua vida!

  2. Eu voltaria para casa! os teus pais amam-te, não te querem mal só querem o teu bem, volta para casa precisas do apoio deles é essencial ter as pessoas que nos amam conosco acredita .

  3. Olá,
    No teu caso acho que deverias falar com os teus pais, sei que não te queres rebaixar, mas viver com ele nessa situação vai acabar por te tirar a auto-estima.
    Fala com eles, numa conversa aberta e franca e pergunta-lhes o que fariam no teu lugar. Eles podem não reagir muito bem mas irão acabar por entender.

  4. Posso entender a opressão em que vive, querida. Mas nada é eterno e tudo vai ser modificado um dia.
    Por ora paciência com as suas emoções durante essa fase ruim. A criança precisa de uma mãe estável e que em secreto planeje algo desde já.
    Ela crescerá rapidamente, de modo a deixá-la com algum tempo livre em breve. Então será a sua hora. Parta para a sua independência: arrume uma colocação de trabalho, economize cada centavo e saia daí assim que puder.
    E por ora, procure alguma profissionalização. Que tal um curso à distância, por exemplo? Ou mesmo de aperfeiçoamento na área que eventualmente já possui agora?
    Parta para a ação, querida. Você consegue!

  5. Se eu fosse você ía morar com os teus pais, nenhuma mulher merece esse sofrimento que você está passando, não deixe que o seu marido te humilhe mais. Boa sorte!

  6. Deixe a criança com sua sogra ou seus pais e vá procurar um emprego. ÀS vezes é você que não estimula seu marido a ser um bom companheiro. Volte a estudar, seja gentil e alegre; sempre acontece coisas boas na nossa vida. Seu filho é uma delas e vale a pena lutar para e por ele. Não fique lambendo suas feridas, ignore-as e siga em frente. Fale pouco, murmure menos ainda e aja mais.

  7. Oi,

    Segue seu coração, opinar sem estar na situação é fácil e pode ser muito errado, mas pedir perdão a família, se tem amor tem perdão, e recomeçar, ninguém é obrigado a viver em um local que só te faz chorar.

    Boa Sorte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar