COMPARTILHAR
problemas de infidelidade nos casamentos, relações e namoros

Estou casada há 5 anos e tenho um filho de 2 anos. Meu marido trabalha viajando muito, por isso me sinto muito só.
Conheci outro homem, ele mora próximo a minha casa, ele tem 4 filhos, inclusive tem um de 15 anos com uma conhecida minha, pelo que sei ele é um excelente pai. ele é divorciado e é Advogado e sua família de classe média.
Nos conhecemos e com poucos dias saímos, tivemos uma tarde maravilhosa em um motel lindo, logo de cara usamos camisinha, mas quando fomos para piscina não usamos, foi aí onde vacilámos, no dia seguinte liguei para ele e pedi que ele comprasse a pílula do dia seguinte, ele disse que compraria, mas esperei a noite toda e não me retornou a ligação. fiquei chateada e decidi arriscar.
quando foi no dia esperado a minha menstruação não veio, fiquei desesperada, liguei para ele marcamos um encontro e conversamos, falei que queria fazer um aborto, pois não podia ter aquele filho fora do meu casamento.
No dia seguinte fiz uma ultra, ele foi comigo, mas não quis assistir a ultra-som, realmente foi confirmada a gravidez, nós ficámos desesperados eu pedi para ele comprar o remédio para eu abortar, mas no fundo nem ele e nem eu queríamos tomar essa atitude egoísta.
Decidi não abortar, contei para o meu marido que estou grávida e ele ficou super feliz, contou para os seus familiares e amigos, a cada dia ele fica mais feliz com a gravidez ainda mais que descobri que é uma menina…
Gente me ajudem eu não sei o que faço, se contar a verdade ele jamais me aceitaria e me perdoaria. Não quero acabar com o meu casamento, minha família nunca me aceitaria eu divorciada e com filho de outro homem.
O meu amante ficou triste em saber que nunca poderá assumir essa paternidade, perguntou se eu queria que ele participasse dos ultra-sons e eu disse que não. Ele prometeu nunca falar a ninguém para o bem da criança, pois ninguém sabe, só nós dois. combinámos que quando nascer eu deixarei ele ver. mas seguirei com a minha vida….
hoje estou com 4 meses, depois disso eu procurei ele para conversarmos, transámos duas vezes na casa dele, eu gosto dele mas sei que tenho que continuar a minha vida. com o meu marido e meu filho..

Advertisements

72 COMENTÁRIOS

  1. Desculpe minha sinceridade, mas você é uma vagabunda. Eu mataria você pois o que você fez não é uma traição é um crime. Não ama o marido que Deus lhe deu se não teria feito uma covardia dessa. Tomara que você pague muito caro por isso.

  2. porra fico com nojo este teu amante janmais ficaria com você pois sabe que se você deu pra ele vai dar para outro tambem por que você é vagabunda, não merece nem meu respeito seu marido
    coitado dele e do seu filho por ter uma mãe vagabunda isso não é amor é tara, tenha um pouco de dignidade e conta a verdade para o seu marido e diz que continua fudendo com seu amante ainda vai levar a criança para ele ver, não gosto de safada.

  3. Uma duvida ? Quando a pessoa esta gravida .e esta fazendo o pré natal eles fazem DNA ? Pra ver quem e o pai mesmo sendo que a pessoa já tenha um marido eles fazem issu ? Ou faz no dia q a criança nasce ou tbm não ..
    Só faz se o pai ou a mãe pedir ? Me ajude essa sem vaco minha amiga ta muito preocupada responde me pfvr ?????

  4. Traição NÃO TEM JUSTIFICATIVA, não é uma coisa boa e nem ética, ela quebra a confiança e descaracteriza o carater da pessoa. Eu considero namoro uma coisa sagrada,imagina o casamento! Eu tomei as dores do seu marido ,embora eu nunca tenha sido traido(e tenho certeza) eu me coloco no lugar dele, só o fato de você ter um filho de outro já deve quebrar esmiuçar o coração do seu marido (a não ser que ele não te ame),mas mesmo se ele não te ama, não tem justificativa pra trair e muito menos pra tranzar com outro e engravidar. Totalmente irresponsável essa atitude
    Pessoal,seguinte, se você não tem a cabeça madura,simplesmente fiquem sós! Vão sofrer bem menos e causar menos transtorno aos outros! Porque trair é concerteza coisa de criança de adolescente! Existem boas trabalhadoras,boas mães,boas filhas,boas donas de casa …mas …mulher ideal pra casamento, são realmente poucas.
    Lamento pelo seu marido e pelo seu filho que vai crescer nessa bagunça de laços familiares por sua causa.

  5. Ola antes de tudo, eu gostaria de com todo respeito,que você tomasse noção do tipo de pessoa que voce é em fazer isso com seu esposo,pois em nenhum momento percebi voce arrependida de ter engando ele. Você é o tipo de pessoa que eu passo na rua e viro a cara e que só não mando pro inferno porque tenho pena do diabo! Imagina, estar casada e trair o marido! que pouca vergonha

  6. Vc foi uma mulher tola, mas quem sou eu para te julgar, agora vc já pensou se essa criança vinher a cara do pai, como é que vc vai esconder a verdade. Na minha opinião vc deve sim dizer a verdade, é enfrentar as consequências.

  7. Tem uma aqui na cidade, mesmo caso, não conseguia engravidar do marido, mas do amante, na primeira, contou pro melhor amigo, que contou pra mim, que adoro lembrar da história e dar risadas, ontem vi os 04, “pai”, mãe, filho e amante, todos numa festa. O filho branquelo que dói na vista, o “pai” com mais cor, próximo a negro, mãe branca quase bronzeada, e o amante, branquelo…. nem deixa dúvida de quem é o filho…

  8. Ana, tomara que a verdade nunca venha à tona, pois será um imenso sofrimento para o seu marido e também para o seu filho do outro. O comedor está feliz da vida, comeu teve o bem bom gratuitamente, não tem a mínima responsabilidade, com a atenção, cuidados, amor ao filho, amando-o e dando a ele tudo de bom e fazendo todos os sacrifícios que sejam. E então, um dia, por aqueles acasos da vida, ele e o seu filho, irá saber de toda a verdade. O seu marido, sofrerá muito, pois vai se lembrar que esteve casado com uma mulher que o traiu e que talvez, a cada sexo que mantinha com ele, se lembrava que estava nos braços do outro. Isto é um sentimento que não tem mais tamanho. E depois, terá um conflito, mesmo que tenha raiva em saber que o filho não é dele, mas já pegou amor, todo o carinho e então, por ser um bom homem, por certo irá continuar fazendo tudo pelo filho. Mas, irá lembrar a todos os instantes que ele é filho de uma traição da pessoa que mais ele amou na vida e confiou. Então Parabéns Silvia!

  9. Quantos julgamentos né. Quantas pessoas dizendo para se fazer isso ou aquilo , tomar decisões para vida dos outros é tão fácil, quando é na vida individual de cada um os pensamentos costumam ser outros . Falar que a mulher é isso ou aquilo que está errada tudo tão hipócrita, parece que a vida humana é tão perfeita que ninguém erra somente essa mulher que está grávida errou . Quem somos nós para julgar . Bom pai é quem cria digam o que quiser mas será sempre assim . A decisão de contar é só sua ninguém aqui é capaz de decidir isso por você .Esse papo de mentira tem pernas curtas é uma outra mentira , quantos aqui não carregam consigo mentiras que serão eternas , quantos aqui mentem ou permanecem com mentiras grandes e que irão ficar assim . Quem lê essencial vários julgamentos deve achar que os humanos são todos anjos . O fato é que a maior dor é sua , somente você sabe realmente de qual fruto é essa criança . O casamento é seu o amor ou carinho que você tem pelo seu marido só você sabe , eu e mais ninguém pode aferir isso . Então se julgar que o melhor é não contar não conte, viva sua vida tente fazer seu casamento ser melhor, viva sua felicidade é bem provável que você sempre venha lembrar do fato real , mas ele será real só para você . Pense na sua saúde na do seu filho pense que você vai viver, não cometeu crime , não tirou a vida de ninguém e por mais que digam que fez mal ao seu marido o maior mal que fez foi a você mesma . As aflições são suas, mas te garanto o tempo vai diminuir suas dúvidas angústias é tristeza , ele é o melhor remédio da vida . Volto a escrever que a decisão é tua , se quer manter o casamento fique com seu segredo não é o fim do mundo e se não quiser conte a verdade é se prepare para as consequências, inclusive lembrando que homem é passional . Mas para o “bem ou para o mal “o tempo vai te curar .

  10. Sou casado e tenho dois filhos, no meio disso tenho uma amante e ela teve um filho parecido comigo, no entanto esta a viver com um homem e pensa que o filho e’ dele, a minha amante nega dw lhe contar a verdade. Quanto a parternidade da crianca, diz que hade vir em meu nome. Eu nao quero ter a segunda esposa, mas aceito assumir toda a responsabilidade dos dois e quero que ela volte para casa da mae e ela nao quer, nao estou a gostar que o meu filho seja criado por outro homem, o que faco, peco conselhos.

  11. Estou numa situação parecida com a sua , mais já no meu caso não tenho certeza de quem seja, pensei em Aborto de cara, mais porque eu iria fazer um ser inocente pagar por um erro meu! Mais vou te dar um conselho o melhor é optar sempre pela verdade assim como eu fiz, não pensei duas vezes e conversei logo com meu marido, ele ficou super chateado e muito triste mais ainda assim continuou comigo o rumo que vai ter depois do nascimento só Deus quem sabe mais por enquanto estamos seguindo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here