Uma amiga vem atormentando nosso casamento

desabafos de problemas no casamento

Estou com meu esposo à 16 anos, tenho 1 filha de 10 e um filho de 8 anos. Agora estou grávida de 7 meses. Uma gravidez inesperada, mas que me trouxe bastante felicidade, porém, trouxe também muita tristeza. Meu relacionamento já não vem bem a algum tempo. Tem uma “amiga” dele no meio disso tudo. E quando descobri que estava grávida, ouvi do homem que amo, que é um paizão que não sentia nada por esse bebê, que eu tinha engravidado para prende-lo. Isso me surpreendeu muito, porque 16 anos juntos, 2 filhos e você ouvir isso não é fácil. Ele é uma cara massa. Pai melhor não há. Mas hoje, na hora mais difícil de nossas vidas estou só. Ele dedica sua atenção, amizade, carinho e muito mais para essa tal amiga e o mesmo não acontece comigo. Já pedi, já implorei, já pedi para ela se afastar, já pedi a Deus, já nem sei mais o que Fazer. Ele sempre me diz que é apenas amizade e que me ama, mas amor por amor não está sendo suficiente. Não recebo carinho, não sei o que ele quer, não conversa mais comigo, não sei quais seus problemas e quais suas felicidades, mas com ela é diferente. Tudo que acontece ela é a primeira a saber. As coisas que dizem respeito a minha família ela sabe mais que eu. Estou confusa, me sentido abandonada e sozinha. Não tenho com quem conversar e quando tento falar com ele, ele consegue dissuadir a conversa e acabo sendo culpada. Será que realmente ele. ainda me ama ou está com pena de mim? Não sei, mas dói muito.

17 COMENTÁRIOS

  1. caramba que situaÇÃo hein! olha difÍcil te aconselhar… mas uma coisa É certa quem ama nÃo trata o outro assim como o seu marido a estÁ tratando! ainda mais nas suas condiÇÕes! meu deus como ele tem coragem de fazer isso? bom ao que me parece ele pode ter um caso com essa tal amiga porque nÃo tem lÓgica esse tratamento diferenciado!
    bom vocÊ disse que jÁ tentou e pediu que ele mudasse… oriento a fazer um proposito com deus de 7 dias de jejum e oraÇÃo, tira algum alimento que vocÊ goste muito, jÁ que estÁ grÁvida e nÃo pode ficar sem comer. durante esse perÍodo apresente a deus essa situaÇÃo e peÇa uma resposta, que deus restaure esse casamento. peÇa com fÉ e fale a deus: senhor se dentro desse prazo nÃo houver restauraÇÃo do meu casamento, vou me divorciar. se vocÊ nÃo tiver suporte financeiro peÇa ajuda da sua mÃe no caso de vocÊ se separar. olha eu acredito no casamento e sei que deus ama tambÉm a uniÃo matrimonial, mas tambÉm sei que deus É justo e nÃo estÁ de acordo com o desprezo do seu marido. espero realmente que vocÊs permaneÇam juntos e que essa endemoniada
    dessa mulher se afaste para sempre.

    • A mulher pode ser uma endemoniada, mas o marido dela é um tremendo canalha e mau caráter, por nao só estar traindo a esposa, como também por estar desprezando nao só a ela como a esse bebê que ela está esperando. Eu no lugar dela nao tentava restaurar casamento nenhum, metia o pe nesse galhorda e saía dessa história com o mínimo de dignidade.

  2. Eu tenho uma teoria e nada me faz mudar de ideia sempre constato aqui nesse site, homem não pode ter amiguinha, um momento ou outro da amizade alguém vai confundir as coisas, eu imagino o que vc ta passando passei por isso, uma amiguinha acabou com meu casamento claro a culpa foi total do meu ex, mas se ela tivesse se afastado assim como pedido eu teria lutado pelo meu casamento. Meu conselho é não fique parada vendo seu casamento sendo destruído, dê um enquadrada no seu marido, seja enérgica nessa conversa, em relação a amiguinha ela tem um marido, tem um pai ou uma mãe, pois bem eu conversaria com algum deles, se ela vai se comportar como uma criança então tem que ser tratada como uma.

    • Acho engraçada essa história de lutar pelo casamento quando um dos cônjuges está nitidamente querendo ir embora. Lutar por alguém que não quer estar ao nosso lado, não é luta, é humilhação. Falar com “a amiguinha” ou com os parentes também só fará com que ela se humilhe mais, afinal não é com a “a amiguinha” que ela tem um compromisso. E pode ter certeza que se essa “amiguinha” se afastar dele, logo logo ele estará com outra “amiguinha”, pois o problema está na falta de amor dele pela esposa e não na “amiguinha”.

    • E isso mesmo acho q se ele não sente mais amor pela esposa, não adianta forçar o casamento a dar certo, pq essa amiguinha pode ir embora, mas ele vai conhecer outras, e vai ser a mesma coisa tudo de novo.

  3. Se o controle da gravidez estava sob sua responsabilidade e você não adotou medidas de segurança, já sabendo que o seu casamento estava desmoronando, o seu marido não deixa de ter uma certa razão, ao afirmar que você forçou a barra para segura-lo. Você talvez não tenha reparado ou não quis acreditar nos sinais de que ele já não mais estava conectado nesse casamento e provavelmente só não tomou uma atitude de separação, por causa dos filhos. Um bom indicativo, foi justamente a presença dessa amiga, que não respeita os seus espaços conjugais, tem informações privilegiadas do desgaste do seu casamento, informações de foro íntimo que o seu marido insiste em dividir com ela, o que é totalmente inconveniente. Você percebe que nem os seus pedidos de afastamento da sua vida conjugal ela atendeu? Existe más intenções por parte dela, isso se ela já não for amante do seu parceiro. O que ele está sentindo é raiva da situação em que se encontra, pois deve estar sofrendo pressão para que ele se separe de vc. Penso que assim que nascer seu filho, procure ter a sua autonomia financeira, descolando algum trabalho após os meses essenciais da amamentação e já se prepare emocionalmente e financeiramente, para ser novamente uma mulher solteira. O seu marido não merece confiança, algo muito sério está ocorrendo e você não está se ligando.

  4. Complicada a sua situação, sei lá, filho é um negócio sério, se ele já não estava feliz com o casamento de vcs, talvez ele tenha dito que não tinha sentimentos por impulso ou raiva e não signifique nada, espera o bb nascer para ver se realmente ele irá ignorar, vc que é mãe sabe que cada gravidez é diferente uma da outra, até pelo momento em que o casal está passando, pelo jeito, o seu marido já está meio cheio do casamento, daí vc fala que está grávida, tipo o cara ficou chateado, tenha paciência, até pq as vezes ele está muito feliz sendo pai de dois filhos, os filhos já estão grandes e agora que ele estava curtindo apareceu uma nova gravidez, começar tudo de novo, não é fácil. Só te dou outro conselho, se esse homem não te ama mais caia fora e pronto. Se quer lutar pelo seu casamento, ore e jejue, peça a Deus para afastar essa moça do meio de vcs e, principalmente, peça direção a Deus sobre as suas decisões e atitudes. Mas se fosse eu, já caia fora, pq ele deu espaço para outra entrar é pq ele já não tem mais aquele sentimento todo por vc. Boa sorte!

  5. Se liga: o cara só não se separou porque não tem coragem. Seu casamento já era; o que sobrou são filhos e patrimônio. Se toca. A “amiga” é a mulher. Peça separação.

    • Cai fora corno frustrado e viado. Seus comentários são acéfalos e totalmente lixos. Morfeu é um demente que pensa saber de relacionamentos quando ele mesmo espantou a mulher com quem manteve relacionamento pois nenhuma aguenta esse babaca.

  6. Seja racional nos seus próximos passos, não haja pela emoção. Avalie antes de tomar uma iniciativa, para saber o que vc terá direito em uma eventual separação e peça para um advogado te dar uma orientação até qual valor conseguirá alcançar de pensão para as crianças, se tem direito a participar de alguma partilha de um imóvel adquirido pós-casamento ou união estável. Não torre o dinheiro dele, reformando imóvel, pois você nem sabe se o mesmo será colocado à venda, para divisão do valor, caso você tenha direito. No meu caso acabei me lascando, tendo que voltar para casa do meu pai com o meu filho, pois era bem de solteiro do meu ex marido, mas essa também é uma decisão do Juiz.

  7. Face a situação que você relata , penso que só há uma coisa que deve ser feita. Procure um advogado quanto antes, peça aconselhamento legal, informe-se dos seus direitos, incluindo pensão para você e os seus filhos, questione sobre os bens próprios ou comuns do casal.Se ele foi capaz de implodir com o seu casamento por causa da paixonite com essa amiga, imploda com a carteira dele- Peça o divórcio e faça a partilhas. Não se humilhe mais e resgate a sua dignidade . Se você se divorciar e consequentemente proceder às partilhas, no caso de haver bens, quero ver se ele vai ter tanta disponibilidade para continuar a seduzir a amiguinha. No caso de não haver bens, e na hipótese de você não trabalhar ele é obrigado a pagar pensão para si e para os seus filhos caso não o faça o salário é penhorado pela entidade patronal.

    • Vc está induzindo ela ao ódio. Não é por aí. O amor acaba mesmo e ela mesma pode ter provocado isso. Separa. Mas sem essa idéia demoníaca de se vingar. Sejam amigos. Seus filhos não merecem pais separados em guerra.

    • #Morfeu. Não estou a induzir ao ódio nem à vingança . O casamento é um compromisso que tem que ser respeitado. Se o esposo da autora, não tem coragem para pôr um ponto final no casamento e comporta-se como um verdadeiro canalha que não respeita a esposa e os filhos, mantendo um relacionamento colorido com essa amiguinha (tudo indicia que existe sim relacionamento até pelo grau de cumplicidade que tem com a amiguinha), a autora deve sim salvaguardar o seu patrimônio e o dos filhos. No caso de não haver bens, ele tem que pagar as respectivas pensões com o respectivo salário. Caso contrário, esse salário ou bens, caso existam, são canalizados para almoços e jantares e prendinhas da ou das amiguinhas. A autora não tem que ficar impávida e serena ,nesse casamento falido, a assistir à paixonite do esposo com a amiga, sendo humilhada permanentemente. No mais reitero tudo o que disse anteriormente.

  8. Se o ama converse com ele e peça pra ele se afastar, não aceite isso, não é bom nem se vc tbm tivesse esse tio de amiguinho. Peloq ue vc fala é uma amizade colorida, veja, pelo que vc fala, não conheço a situação, mas se ele fala que vc fez isso pra prender ele é por que ele acredita nisso e com toda certeza planejava ir embora, pra ele era uma sala com uma porta aberta, na hora de passar vc fechou e ele se vê preso num lugar que não quer estar. Sinceramente nunca passei por isso mas acho pior viver com alguém que não quer estar então se ele não te respeita respeite-se vc, bota um basta na situação e viva sua vida com seus filhos até aparecer alguém cuja amiga seja vc e não outra pessoa da rua. Não prenda por que é pior.

  9. Conselho:
    Compre uma roupa nova, arrume o cabelo e passe uma noite fora de casa seja com uma amiga ou até mesmo sozinha, saia sem dar explicações e chegue em casa com cara de felicidade, preste atenção na reação dele na hora e no dia seguinte!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here