Será que eu devo largar tudo por esse amor?

Sou casada há 12 anos, tenho um filho de sete, mas não amo mais o meu marido, há dois meses encontrei um cara por quem me apaixonei perdidamente mas ainda não o conheço pessoalmente
sinto por ele um grande amor, mas ele e de um cidade muito longe da minha e não sei se devo largar tudo por este amor ou não.
Sei tudo dele, endereço, tudo, sei que ele não me engana. Para viver esse amor eu teria que deixar tudo, casa, família, amigos, e talvez até o meu filho pois não acho justo sacrificar meu filho levando ele comigo, já que não sei como será a vida lá. Então esse e o meu dilema, ou eu saio daqui para tentar ser feliz, ou eu fico aqui e serei frustrada pelo resto da minha vida por não ter vivido esse amor.
Mesmo sabendo que isso pode não dar certo, eu tenho os pés no chão, sei que e arriscado, sei que é perigoso, que é um passo muito importante, mas não estou conseguindo mais pensar em nada a não ser em me encontrar com ele.
Será que vale há pena eu deixar de ir ao encontro do meu amor para ficar aqui?
É minha vida, eu é quem tenho que buscar a minha felicidade.Mas sei que se fizer isso eu vou ser muito criticada, vou ser julgada,e agora?

2 Comentários

  1. Se você pensa inclusive que seu filho poderia não estar seguro se estivesse indo com você, como pode pensar que estará bem indo ao encontro desse desconhecido?
    O que não for bom para seu filho, tem grandes chances de ser bem ruim para você também.
    Não é uma questão de crítica moral, mas de ser crítica com você mesma em relação a decisões sem dados confiáveis:
    1. está escolhendo com sabedoria e pautada em sua real segurança?
    2. indo, estará de fato em segurança?
    3. se tudo for um engano, como obteria socorro?
    4. teria como voltar para casa e para seu esposo se algo desse muito errado?
    Pense nisso.
    Não se pode decidir nada em questões de mudanças tão radicais senão embasado em dados absolutamente seguros.

  2. Como é que você espera que alguém na internet a possa aconselhar sobre um problema dessa complexidade? Você deve seguir o seu coração e a sua cerebro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar