Tenho um seio maior que o outro

A maioria das mulheres tem um peito um pouco maior que o outro e é normal, nem se nota muito.
Mas o meu caso é diferente, tenho um seio maior que o outro e a diferença não é pequena, é como se só um seio tivesse se desenvolvido e o outro continuasse como se eu fosse um garoto.
Morro de vergonha de ficar pelada na frente de amigas e nem deixo meus relacionamentos avançarem mais por medo que eles não me aceitem por causa dos meus seios.
Já tenho 18 anos, por vezes penso em cirurgia plástica no peito para ficar com os dois seios do mesmo tamanho mas é muito caro!

86 Comentários

  • Shopia 21 de novembro de 2011

    olha coloca silicone nesse seu peito que é o menor tah bjsss
    boa sorte

  • s 6 de setembro de 2012

    Querida, é bastante compresnsível que não se sinta bem por conta de um seio não ter se desenvolvido. Não é incomumm aliás, mas pode gerar desconfortos emocionais, etc.
    Se não posui meios, os serviços públicos de saúde costumam atender a casos assim, e é claro de forma gratuíta. Também as faculdades de medicina podem atendê-la de modo gratuíto, pois via de regra mantém em seus departamentos respectivos, assim também para o departamento de cirurgia plástica, equipes dispostas a atender a população.
    A colocação de uma prótese mamária para o seio que não se desenvolveu completamente pode resolver o problema com bastante sucesso.
    Que tal procurar ajuda profissional imediatamente? Você pode, querida, sei que consegue. Faça isso por si mesma, saia da ‘casquinha’ protetora que criou, querida. Pois ela pode até mesmo ‘protegê-la’, mas não a liberta.

  • Hinamori 31 de outubro de 2012

    Oie so queria te dizer que entendo o que vc passa…
    Tenho o mesmo problema que vc…diz o medico q isso é por causa de desequilibrio hormonal que eu tive, mas tratei muito tarde…
    tenho tambem uma diferença bem grande, um deles cabe numa das maãos ja o outro preciso das duas maos pra segura-lo eu sinceramente acho horrivel meus seios, pois o que cresceu muito se encheu de varizes e ja esta caido embora eu tenha 20 anos, mas como o outra rapaz ali em cima falou, que ele n se importaria… Meu namorado por exemplo nunca se importou ele ate brinca dizendo que tem variedade para ele escolher… entao isso é algo com que n se possa conviver embora realmente seja desagradavel. E se por acaso vc emcontar um rapaz que se importe com isso manda ele a PQP .
    :D

  • Bianca 21 de novembro de 2012

    Oi querida. tbm tem um seio bem maior que o outro, ja namoro a 2 anos e meu namorado me aceita do meu jeito. as vezes claro, eu sinto vergonha. E tbm tenho vergonha de usar biquini. Pq as pessoas olham de um modo diferente e começam a falar, isso me constrange. Quando vou a praia que tenho que uso biquini fico colocando o braço em cimma pra ninguem ver.

  • Camila 28 de novembro de 2012

    Isso é super normal,vi em uma reportagem que 90% das mulheres tem o seio maior que o outro.

  • Luana 26 de dezembro de 2012

    Eu tenho o mesmo problema, e já fui ao médico, ele disse que só poderia resolver com cirurgia.
    Alguma outra pessoa que tenha o mesmo problema, encontrou outra solução?
    Eu não aguento mais, sinto vergonha de tudo por causa disso.

    • Joyce Nay 24 de janeiro de 2017

      Eu tbm tenho o msmo problema, fiz exames de mama e o médico me falou que isso é algo normal e comum, pois é algo hereditário, onde suas antepassadas tinham e talvez gerações beem mais adiantes sua tenha tbm, algumas mulheres tem a sorte de desenvolver com alguns anos outras ja não tem essa sorte, porém a solução mesmo é por uma prótese mamária no ceio menor. Ja tive relacionamentos normais, e sempre fui aceita como eu sou e hj sou mãe, e nada me atrapalhou, nem na hora de amamentar isso me atrapalha. Porém os médicos indicam que a cirurgia seja feita em clínicas particulares, pois do jeito q está as filas públicas vc vai esperar uma eternidade, se caso queira resolver logo isso!

    • Vaah 26 de janeiro de 2018

      Tenho o mesmo problema, fui em vários médicos já, até em uma médica própria para seios e ela tentou me encaixar pra fazer a cirurgia pelo SUS, chegando no dia da consulta pra cirurgia a médica falou que não poderia fazer pq o SUS não cobre… Estou a espera de outro hospital agora tomara que dê certo.. E tomara que você consiga fazer a cirurgia tbm flor Bjos

    • Miga 16 de março de 2018

      Se aceitar é a melhor forma , isso não é anormal até pq muitas meninas tem essa diferença a mais , eu também tenho , embora tenho só 15 anos , eu tento me amar a cada dia q passa . C ame do jeitinho q vc é , ignora o mal olhado das pessoas , nos precisamos quebrar esse tabu. Bjs linda

    • Karolina 7 de agosto de 2018

      Tbm sofro disso e vim pesquisar sobre isso antes de ir no ginecologista se chama desequilibrio hormonal msm?

  • lucas 31 de dezembro de 2012

    Que bobagem, minha namorada tambem tem um menor que o outro, e nem porisso eu vo deixar de namorar com ela, varias mulheres tem isso, e o que importa é meu amor por ela, nao uma coisa boba dessas.

  • A 11 de janeiro de 2013

    nossa eu tbm tenho este mesmo problema e olha como é as coisas , achei q era unica e que nunca teria ninguém assim .. tbm não gosto, e passo pela mesma coisa que todas vocês e como fui no medico quando era muito pequena achava até que era algo mais grave pois me disseram q com o tempo voltaria ao normal e não voltou.
    tbm sinto mt vergonha e queria que fosse mais fácil resolver isso , beijosssssssss

  • Maria 14 de janeiro de 2013

    PESSOAL! Existe um síndrome chamada “Síndrome de Poland” que pode se enquadrar nesse caso.

  • gilene 14 de janeiro de 2013

    Para as que se sentem de fato retraídas com o fato tão corriqueiro de ter um seio maior que o outro, a solução é quase sempre cirurgica se assim o médico indicar.
    Não há meio-termo nessa questão caso a mulher não aceite o fato.

  • Thais 4 de fevereiro de 2013

    Eu também tenho um seio maior que outro, embora ter 14 anos sofro muito por isso, morro de vergonha de ir a praia e não vou msm, me sinto muito mal por isso e muito triste. Eu fico muito triste pois eu acho horrível… Eu só uso roupas largas mesmo sendo magra, o que faz parecer que sou gorda e me deixa pior ainda. Minha mãe tinha isso mas o dela voltou ao normal, mas acho que ela mente para não me sentir tão mal. Mas mesmo assim não adianta… Odeio isso :(

    • Geovana 9 de outubro de 2017

      Eu tenho 13 anos e comecei a notar isso, tive uma aula com o PIBD sobre sexualidade e as meninas falavam que era super normal isso, mad eu não sei se vai voltar ao normal, porque a diferença é enorme…

  • L 18 de fevereiro de 2013

    Eu tenho 15 anos e tenho o mesmo problema. Faz uns 3 anos que um dos meus seios parou de crescer. Antes quase nao dava pra perceber mas agora esta dando pra notar. Me sinto muito mal e tenho medo que o meu seio nao se desenvolva igual ao outro. A minha mae disse que cresceria com o tempo e que isso era normal mas como a Thais eu tambem acho que ela diz isso pra nao me assustar. Eu achava que só eu era assim mas agora vi que nao sou a unica. Mas isso nao melhora a situaçao. Ja pensei em fazer um implante quando for mais velha mas e ate lá? Vou me esconder? Nao queria ter que fazer isso. Espero realmente que minha mae esteja certa.
    PS: me senti um pouco melhor com os homens dizendo que nao se importam com isso. Pena que nem todos pensem assim. Mas somos lindas do jeito que somos e vamos superar isso. ^^
    Beijos

  • Maria 23 de fevereiro de 2013

    Eu sei como é viver com um seio maior que o outro mas é normal quase todas as mulheres têm um seio maior que o outro.

  • Deborah 3 de abril de 2013

    Isso é verdade meus são um pouco desiguais, um está no tamanho e outro quase pequeno, não é uma diferença enorme, mas eu ligo, sim, embora meu namorado não ligue. Faça amiga a operação, eu quero fazer, mas dizem que no meu caso não é preciso, mas se fosse maior a diferença eu faria sem dúvidas!

  • Isa 4 de maio de 2013

    Também tenho essa diferença, como se um peito não tivesse desenvolvido. Eu não acho normal. As pessoas dizem que é muito normal, mas eu olho p os outros e nao vejo ninguem com essa difenreça. Todo dia eu me incomodo com isso.
    Queria saber como vocês se vestem. Voces tentam disfarçar essa diferença de alguma forma?
    Uma medica disse que quando tivesse filho, poderia desenvolver. E até lá o que eu faço?
    A vergonha é tão grande que nem namorado se arruma. Eu acho que todo mundo tá olhando e reparando nisso.

    • gabriela 29 de julho de 2015

      oi sou gabriela tenho 18 anos,eu tambem tenho um seio maior que o outro moro de vergonha,ja me zoaram muito por calsa disso.
      eu coloco bojo e uso so camisas mas soltas nao uso apertadas.

  • Debora 4 de agosto de 2015

    Tenho um seio maior que o outro e isso me tira do sério. Quando solteira e ia ter relações sexuais costumava não tirar a blusa ou fazer no escuro e nunca permitir um homem tocar nos meus seios. A DIFERENÇA É GRANDE DMS. Só que graças a Deus conheci um homem fanático que me aceita como eu sou :) o nome disso é AMOR *-* ele não se importa é estamos juntos a dois anos e acho lindo o desejo que ele sente por mim , mesmo eu não sendo tão perfeita.

    • Amanda 19 de agosto de 2015

      Oi Débora, também tenho o mesmo problema, tenho um namorado e já tivemos várias relações sexuais, até acho que ele já percebeu por que tem uma grande diferença ate na forma, mas nunca comentou, queria achar uma forma de conversar com ele, como você conversou com seu namorado ?

    • tatahh 24 de outubro de 2016

      mdssss… eu tbm tenho um pequeno problema com esse negocio super chato de tamanho do peito, sabe tenho amigas com super peitos, mais isso n me causa tanto constrangimento e mais a diferencia entre os dois sabe, tenho um namorado ja tivemos relações sexuais mais nunca contei nd sobre isso para ele acho tbm que ele ja percebeu a diferencia mais nunca me falo nd sobre…
      quero contar para ele a diferencia só n sei como faço issoo me ajudem

  • Any 17 de agosto de 2015

    Oi, também tenho o mesmo “problema” que todas aqui tem, botei “problema” entre aspas até porque não é tão sério quanto parece ser, tenho 16 anos e já tenho esse defeito nos seios desde dos meus 11 anos, por um lado já posso ter me acostumado com o seios que tenho mas nunca me acostumei, tem dias que chego a me sentir insegura como mulher. Estou em um relacionamento, meu namorado não sabe que tenho o seio maior que o outro, mas vai chegar um dia em que ele saberá, no caso, esse dia já está chegando, espero que ele entenda seriamente isso, amo muito ele é quero que ele tenha a mente aberta para entender. Já li todos os comentários e resolvi comentar também, na verdade é mais um desabafo, fiquei feliz em saber que não sou a única que passa pela mesma situação ?, e também muito feliz em saber que existe homens que provavelmente não se importe com isso, até porque o quando alguém ama de verdade ama os teus piores defeitos.

  • D 19 de agosto de 2015

    Olá, o meu seio esquerdo também é maior que o meu seio direito. Nota-se bem a diferença embora os meus seios serem pequenos.
    Quero avançar na relação com o meu namorado. Pelo que vejo, ele é louco por mim, nunca sai do meu lado por nada e é carinhoso, um verdadeiro príncipe encantado.
    Como posso ver aqui, muitas de vocês já contaram aos namorados do “problema”, por isso gostava de saber o que disseram e o que eles disseram.
    Gostava também de saber se não tiveram medo de eles contarem aos amigos e rirem-se. Porque é o que eu vivo imaginado.
    Beijos :*

    • Valentina 6 de setembro de 2016

      Eu, assim como muitas aqui, entendemos o que você enfrenta. A maior dificuldade é aceitar a si mesma dessa forma ou, se preferir, partir para uma intervenção cirúrgica. Mas voltando à sua dúvida: eu namoro a 2 anos e admito que até os 5 meses não queria ter relações sexuais devido à diferença de tamanho dos meus seios, o medo do que ele iria pensar. Chegou um dia em que ele me confrontou, questionando os motivos de eu não querer mostrar meu corpo. Fui sincera e disse a ele sobre o “problema”, pedindo que ele compreendesse meus medos. Ele apenas me disse que o que isso não importa quando o sentimento é forte.
      E quanto ao seu receio de que ele comente com os amigos, é só pedir para que ele não o faça. Se o cara gostar de ti ele vai respeitar seu desconforto, até pq não é algo que fica se falando pra todo mundo, é uma intimidade.
      Como já disse: fica mais fácil depois que você se resolve consigo mesma primeiro, te dá mais confiança.
      Só mais uma coisinha. Antes que penses que não foi difícil, foi, e muito. Mas com o tempo você percebe que há coisas muito mais importantes que isso exigindo sua atenção.
      Espero ter ajudado :)

  • Ines 20 de agosto de 2015

    Ola a todas… tenho apenas 15 anos mas a minha mama esquerda está bem mais desenvolvida do que a direita.. o problema é que os mamilos são completamente diferentes também.. assusta-me e aterroriza-me o facto de algum namorado meu “apalpar” e sentir que tenho esta diferença.. dessa forma nunca tive nenhum e sempre recusei estar com um rapaz nem que seja nuns beijinhos porque a mão deles pode ir mais longe. Gostava de as ter normais e poder usufruir da adolescência como queria. Pensei que tinha sindrome de poland, mas fui ao medico fiz uma mamografia e ela me disse que era normal, mas que se não crescesse tiravamos massa da maior para a mais pequena, nunca uma prótese pois isso e mais complicado. Gostava de saber se havia algum exercício para aumentar mamas ou fazer com que elas se desenvolvessem, pois até perto das minhas amigas me sinto mal

  • Lica 26 de agosto de 2015

    Oie
    Eu tbm tenho o seios um maior q o outro. O meu esquerdo é grande e o direito é pequeno. Tenho 30 anos e na vdd vivo ignorando esse defeito. No meu caso sempre tive namoradas, então elas meio q acaba entendo. Só que está passando os dias estou ficando mais velha e o sonho da cirurgia vem aumentando. Porque hoje estou solteira e super constrangida de me relacionar, explicar pra pessoa sobre esse defeito que me causa pânico. Uso roupas mais leves, não sei o que é usar uma blusa valorizando os seios. Beijos meninas!!!

  • Eduarda 28 de agosto de 2015

    Eu tenho 15 anos e também tenho um seio maior que o outro e não é só o tamanho também tem as diferenças de tamanho das areolas e o seio maior é caído, me sinto muito mal com isso… Já fui em vários médicos, mastologista, fiz mamografia e tudo mais e os médicos dizem que é normal mas na minha opinião eu não vejo nada de normal nisso, até porque a diferença é bem grande… Eu procuro usar roupas larguinhas e um bojo.
    Eu tenho escoliose (é um problema na coluna) e acho que isso tem algo haver.

    • C 22 de outubro de 2015

      Também tenho quinze anos embora daqui menos de um mês faço dezesseis, tenho o mesmo problema ,não é só o tamanho do seios e sim as aréolas como você mesmo disse o seio maior é caido, eu me sinto péssima. Só não tenho o problema na coluna. Eu já sou uma pessoa muito tímida, e com relação a isso,tipo,nossa,fico muito constrangida acho super feio. Penso em fazer a cirurgia, mas só vai o tamanho dos seiose não o tamanho da aréola, vai melhorar um pouco, mas não completamente. E isso vai demorar para ocorrer…

    • Beta 13 de junho de 2016

      Eu tbm tenho escoliose, e meu seio esquerdo é bem maior que o direito, uma diferente bem visível, como se o seio esquerdo usasse de uma a duas numerações de sutiã a mais que o direito. Para comprar sutiã é um pesadelo p/mim, pois o lado direito sempre fica enorme. E qnd coloco uma blusa um pouco mais justa da p/ver na hr, pois msm usando sutiã de bojo o lado direito fica sempre menor, pois nao tem o que preencher totalmente dentro. Meu sonho é poder ter dinheiro p/fazer uma cirurgia, nao me interesso em ter os seios grandes e sim os dois do msm tamanho igual a todas…

  • Janaina 1 de setembro de 2015

    Olá meninas, tenho o lado direito do seio maior que o esquerdo, quando eu era menor minha mãe me levou em vários médicos, e todos eles pediram para esperar até os 18 para desenvolver, bom eu já tenho 20 anos e está do mesmo jeito, não cresceu, tinha muito medo de me relacionar, meus namoros não passavam de 1 mês pois tinha medo de ir mais alem, até que encontrei uma pessoa que me aceitou como eu sou, tinha muito medo dele descobri, deixava ele tocar apenas o lado “direito” que é o maior, e quando ele ia no esquerdo eu brincava dizendo que era um dele e um meu, bom um dia ele me perguntou o que tinha de errado, e foi tentando adivinhar, quando ele perguntou se era um maior que o outro, eu comecei a chorar, ele me abraçou e disse que tudo bem, a partir deste dia ele vem me aceitando como eu sou, temos 2 anos e 8 meses juntos, eu ainda sinto muita vergonha de ficar nua na frente dele, mais ele não liga nenhum pouco pra isso, ainda me sinto insegura, por que com tantas meninas perfeitas ele ainda quer ficar comigo? Bom ele diz que não considera um defeito, que sou linda, e isso me deixa completamente apaixonada por ele, mais de qualquer forma pretendo acabar com essa tortura e fazer cirurgia plastica.

    Mais só queria dizer meninas, que todas podemos encontrar aquela pessoa que nos faz sentir especial independente de nossos defeitos.
    Obrigada, Bjs :)

  • Fanny 7 de setembro de 2015

    Olá.
    Minha mama esquerda é bem mais desenvolvida que a direita.
    Isso me mata de vergonha desde que começou a diferença.
    Sempre observava os seios de amigas ora ver se algum era assim também, e não, somente eu tinha isso. E ora completar minha melhor amiga tinha/tem seios perfeitos.
    Sempre pensei “nunca vou poder me relacionar com ngm, vou virar chacota se alguém descobrir, não vou poder casar e muito menos ter fikhos,…ou seja…não bou viver”.
    Certa vez minha mãe me levou ao médico e o mesmo disse que eh normal, celulas mamárias e nada de anormal, e que quando eu amamentasse igualaria, olhei pra ele e disse “como amamentar? Tem um processo antes da amamentacao,.”.
    E fui tentando disfarçar toda minha vida. Sempre q namorava jamais em hipótese alguma deixava esquentar pra não ter a questão de seios no meio da situação.
    Um dia me encontrei com um rapaz, e a gnt começou se envolver sentimentalmente, depois de um tempo, pronto, lá se foi minha virgindade, me entreguei a ele.
    Por tempos depois a gente mantendo relação eu ainda não tinha ficado completamente nua pra ele, sempre de sutiã, só deixava ele ver um seio. E ele sempre respeitando, as vezes perguntava o pq e eu respindia q eu não gostava.
    Até que um dia contei pra ele (de já sabia ” desconfiava”) e tomei coragem e fui tomar banho com ele, morta de vergonha e MSM assim não deixei meus seios expostos totalmente. Depois disso perdi um pouco a vergonha, ele disse que não se importa.
    Casamos depois de 2 anos de namoro.
    Engravidei e sou mãe de um lindo menino.
    Aah, e mesmo depois de amamentar não igualou, so ey sei o que passei pra amanetar em oublico, kkk. Deu vontade de voltar ao mesmo médico e mostrar a ele.
    Mais até hoje sinto insegurança as vezes, as vezes me envergonho do meu próprio esposo, e deixo de comprar lindas roupas pelo simples fato de não poder não usar meu fiel companheiro sutiã.
    ;-)

  • myrelle 13 de outubro de 2015

    tenho uma filha de 8 meses dou mama no meu seio direito porque o esquerdo e piqueno de mas e mesmo assim do mama nele a vezes quando e vou casar o que eu faço

  • Anna Cecilia 2 de junho de 2016

    Meninas, eu tambem tenho o seio esquerdo maior que o outro, bemmm maior… isso me magoa muito porque todas as meninas que conheço tem seios normais. eu tento ignorar todod os diaass, mas tem dias que eu desabo e nao consigo me olhar. eu sinto que é uma grande diferença, eu vejo, mas minha mae diiz que nao é e que isso é normal, mas nao é normal pra mim, namoro a 3 anos, ja tive uma conversa com meu namorado mas naada que me “comprometesse” tipo: nao amoor é so um detalhe mas o medico diz que é normal… aiii isso acaba comigo porque eu sei que isso nao volta ao normal assim, ja fui em todos os tipos de medicos eles dizem que é normal e que se eu fizer uma cirurgia um diia pode nao ajustar a mama para identicas como eu queria que fosse!! hoje tento viver da melhor forma mas nunca me esqueço, as vezes tapo meus olhos pra nao me olhar, um dia meu namorado reparou mesmo, e me disse que nao se importava que ele me amava com essas “qualidades” por isso o amo mais aiinda!! mas creio que vou fazer uma cirurgia!!

  • Roberto 16 de junho de 2016

    Bom dia, meu nome é Roberto, a minha namorada tem um seio maior que o outro, ela sofreu o mesmo que todas vocês, a vergonha, o receio, a auto crítica, e tbm já foi motivo de chacota. Bom, eu a namoro, faz 1 ano e meio, e ela também sempre se mostrou resistente a ficar nua na minha frente. O que eu quero dizer a vocês, é que ter uma mama maior que a outra, é sim uma qualidade, não há motivos para se envergonhar em disso, todos nós temos coisas que nos torna únicos, sempre haverá pessoas que vão dar um valor tão grande para a estética, que acha que a obrigação de ter uma simetria física é essencial para ser considerado belo. Bom tenho amigos que são casados com mulheres que perderam toda a mama, devido ao câncer, tenho amigos que se casaram com cadeirante, e quer saber o mais incrível de tudo… essas mulheres também quiseram se casar com esses amigos, apesar de todos defeitos que eles têm. Todo mundo é perfeito da sua maneira, o maior problema, é vices mesmas achar que isso é algum tipo de inferioridade, como se o seio fosse padrão de medida. Domingo agora, dia 19/06 será o meu noivado, e eu nunca estive tão feliz em toda minha vida. O que quero dizer é que um homem não tem que aceitar voces com esses defeito, pelo fato de que NÃO HÁ DEFEITO, e se vcs não conseguem ver isso, talvez o problema esteja em vcs mesmas, mas com certeza não é o seio, e sim na mente. Me desculpem se eu fui um tanto duro e ríspido em minhas palavras mas, nenhum homem, ou mulher que descuta esse assunto, merece crédito, pois já é uma pessoa preconceituosa, e o fato de ter uma página na internet sobre isso, mostra o que eu estou dizendo. Sempre poderá encontrar alguém que a ame infinitamente. Que assim como eu acha que esse assunto nem merece ser discutido, pois a final, não há assunto para se discutir!

    • Jhessyka 12 de agosto de 2016

      Muito bom o seu argumento,mais por mais que lemos e nos sentimos melhor apos ler,la na frente sempre vamos parar e pensar,eu nao quero continuar assim com um seios dessa forma,e acabamos que nos prendendo novamente ao defeito que para nos e enorme e constrangedor.

  • Tatiana 19 de junho de 2016

    Eu também tenho um seio maior que o outro , meu seio esquerdo é maior que o direito , tem uma diferença bem grande , comecei a perceber quando eu tinha 12 anos , fui em médicos e disseram que iria crescer mas não se desenvolveu mais , tenho 16 anos e com 17 vou por silicone , namorei um ano e com dois meses contei a ele , fiz um texto por que não consigo falar do assunto e começo a chorar , ele me tratou melhor que eu podia imaginar , o que ele mais amava em mim era meu seio , e acabou me amando mais ainda , não estamos mais juntos por conta da vida , mas ele diz até hoje que eu sou perfeita e que tenho que me valorizar. Agradeço muito por ter encontrado ele , ele melhorou muito a minha autoestima e me sinto melhor … Ah eu uso roupas que valorizam o seio , uso biquini na praia e ninguém percebe , é só usar uma meia no seio menor e apertar a alcinha do seio menor pra deixar ele igual o outro , quando eu conto pras minhas amigas elas falam que sou louca por que não dá pra perceber ! Espero ter ajudado vocês !

  • Eun 28 de junho de 2016

    Olá! Sou Lilly e tenho 26 anos. Tenho o mesmo problema que voces, meu seio esquerdo é bem menor que o direito. E sempre me senti mal por isso, nunca namorei com vergonha e medo de ser rejeitada se a relação fosse mais além. Claro, que nao percebem essa diferença, porque eu uso bojo e blusas que não sejam decotadas ou justas demais. Lendo os comentarios, e sabendo que existem pessoas que tambem passam pelo mesmo problema, que se encontram felizes por ter alguem que a aceitem como é, nao importando com seu corpo, me sinto melhor e com esperança de encontrar alguem assim. Eu vou procurar me aceitar como sou, porque agora eu sei que nao é somente eu assim. Afinal, somos todas lindas da maneira que DEUS nos fez. certo? Mas quero um dia poder fazer uma cirurgia e melhorar minha auto-estima mesmo assim. Obrigada pelos lindos depoimentos, isso nos ajuda muito.

    • Jhessyka 12 de agosto de 2016

      Verdade eun,eu tambem estou na mesma situacao,mais tive muitos relacionamentos e dos relacionamentos em que tive,todos eles,com execao a um,eu contei o meu problema e eles super aceitaram e nao acharam problema algum,entao concerteza voce vai encontrar alguem especial sim,so basta voce nao deixar que os seios te impeca de relacionar com talvez seu futuro namorado.

    • Tha 10 de dezembro de 2016

      Oi, tenho 28 e o mesmo problema (meu caso é síndrome de poland mesmo, diagnosticada aos 18 anos, aos 20 operei pelos sus, coloquei prótese apenas no seio menor, porém tenho problema na axila, no ombro tb, por causa da síndrome um é mais abaixo que o outro e em cima é fundo e tem um osso, e mesmo dps da cirurgia o seio normal continua maior q o seio q foi operado, além disso o seio com a prótese fica mais duro e firme, não aconselho por só em um, mas na época o consenso dos médicos foi esse, apesar do mais velho da equipe discordar de por somente em um), eu imaginava operar depois os dois (colocaria uma prótese maior e outra menor para igualar a diferença, mas ainda não fiz, e não sei se farei, o pós cirúrgico foi meio sofrido, a sensação nos 2 primeiros anos do peito operado é muito estranha, e a cicatriz demorou para amenizar(tb não me passaram nada para eu usar na cicatriz).

      Não voltei lá dps de 1 ano como era preciso, não estava feliz, não quis voltar. Antes eu sentia dores as vezes, mas passou há algum tempo. Tem 8 anos de cirurgia e eu ainda não vou a praia, não uso roupas que gostaria de usar e não namoro, tentei namorar 2 vezes com caras que não gostava e não levei por muito tempo. Cheguei a questionar se estava assim por isso ou se poderia ser lésbica, e ainda não sei. Tentei psicologa em faculdade e não desenvolveu muito a terapia, desisti.

    • Tha 10 de dezembro de 2016

      Hoje eu continuo evitando, só que não quero morrer virgem e me vejo em vários dilemas, um deles é contar ao cara meu problema, outro é explicar que tenho um seio duro e outro mole e ainda que sou virgem nessa idade. Os anos passam, e quando a gente nada faz e não tem coragem suficiente as coisas não mudam.

      Cheguei conhecer caras bem legais no tinder, mas não contei isso, um deles estou conversando todos os dias, mas ainda não o encontrei, ele parece gostar de mim (por incrível que parece os caras se encantam por mim quando conversam comigo, e uma moça tb do tinder se encantou, mas meu temor é encontrar a pessoa pessoalmente e ter que contar tudo.

      Vc ainda é 2 anos mais nova que eu, não espere chegar na minha idade, não espere passar da minha idade, faça algo, tente ir além do que eu tentei.

    • Tha 10 de dezembro de 2016

      Oi, tenho 28 e o mesmo problema (meu caso é síndrome de poland mesmo, diagnosticada aos 18 anos, aos 20 operei pelos sus, coloquei prótese apenas no seio menor, porém tenho problema na axila, no ombro tb, por causa da síndrome um é mais abaixo que o outro e em cima é fundo e tem um osso, e mesmo dps da cirurgia o seio normal continua maior q o seio q foi operado, além disso o seio com a prótese fica mais duro e firme, não aconselho por só em um, mas na época o consenso dos médicos foi esse, apesar do mais velho da equipe discordar de por somente em um), eu imaginava operar depois os dois (colocaria uma prótese maior e outra menor para igualar a diferença, mas ainda não fiz, e não sei se farei, o pós cirúrgico foi meio sofrido, a sensação nos 2 primeiros anos do peito operado é muito estranha, e a cicatriz demorou para amenizar(tb não me passaram nada para eu usar na cicatriz).

      Não voltei lá dps de 1 ano como era preciso, não estava feliz, não quis voltar. Antes eu sentia dores as vezes, mas passou há algum tempo. Tem 8 anos de cirurgia e eu ainda não vou a praia, não uso roupas que gostaria de usar e não namoro, tentei namorar 2 vezes com caras que não gostava e não levei por muito tempo. Cheguei a questionar se estava assim por isso ou se poderia ser lésbica, e ainda não sei. Tentei psicologa em faculdade e não desenvolveu muito a terapia, desisti.

    • Tha 10 de dezembro de 2016

      Hoje eu continuo evitando, só que não quero morrer virgem e me vejo em vários dilemas, um deles é contar ao cara meu problema, outro é explicar que tenho um seio duro e outro mole e ainda que sou virgem nessa idade. Os anos passam, e quando a gente nada faz e não tem coragem suficiente as coisas não mudam.

      Cheguei conhecer caras bem legais no tinder, mas não contei isso, um deles estou conversando todos os dias, mas ainda não o encontrei, ele parece gostar de mim (por incrível que parece os caras se encantam por mim quando conversam comigo, e uma moça tb do tinder se encantou, mas meu temor é encontrar a pessoa pessoalmente e ter que contar tudo.

      Vc ainda é 2 anos mais nova que eu, não espere chegar na minha idade, não espere passar da minha idade, faça algo, tente ir além do que eu tentei.

  • Paula Machado 5 de julho de 2016

    Nao me sinto maos só. Eu fique tao paranoica com meu problema nos seios….q comprei uma.erva natural q chama pueraria mirifica….e adivinha soh…ela soh aumentou o peito q ja era maior hahahahha ironias do destino. Enfim….vi num comentario uma menina q falou q o medico disse q da pra passar de um peito pro outro em cirurgia…sera q eh verdade?

    Tenho 26 anos e semre compensei os homens a minha “falta de beleza mamaria” com favores sexuais…hj nao sinto q isso eh certo e isso sempre foi motivo pra muito.choro pra mim. Mas ver a quantidade de meninas q se abriram aqui me faz pe sar q nao eh tao anormal assim.

  • Victória 9 de julho de 2016

    Olá , eu tenho treze anos apenas , vou fazer catorze no mês de agosto , eu tenho o seio direito muito menor que o esquerdo , eu tenho vergonha de simplesmente olhar me ao espelho quando acabo de tomar banho , sabendo que vão haver pessoas que vão gozar comigo , talvez perca namorados ou nem os tenha por causa disso , cada vez me valorizo menos , tenho medo de ser rejeitada por alguém que seja , eu ainda não fui ao médico mas a minha mãe está a tratar de marcar para o genealogista , tenho medo que possa ser algo grave ….

    • Jhessyka 12 de agosto de 2016

      Nao e grave nao victoria,maioria dos medicos vao dizer a mesma coisa pra voce,do que disseram pra nois,que isso ~e normal,que vai voltar ao normal,bom mais se vai voltar ao normal sozinho eu nao sei,pois desdos meus 13 anos de idade ouvi isso,e hoje tenho 23 anos,e agora estou notando meus seios menor se desenvolver,mais espero muito ter meus seios normais

  • Bibi 13 de julho de 2016

    Olá, tenho o mesmo problema… Tenho o seio direito muito maior que o esquerdo. Às vezes tenho vergonha, meu namorado importo do meu seio :( como faço nada?!!!

  • Dani 15 de julho de 2016

    Ola meninas eu tinha o seio direito maior que o esquerdo, a diferença era muito grande. Passei por varios medicos e como e uma dienca genetica consegui fazer a cururgia plástica se pagar nada pelo convenio, temos o direito a essa cururvia pois nao e estetica e sim correção de nascimento. Uso a protese na mama que nao se desenvolveu e vivo uma vida super normal, uso biquíni, blusas coladas, ninguem percebe que uso protese, somente se eu comentar e mesmo assim as pessoas para quem comentei se admiram pois nunca perceberam nada. Corram atras e vejam com o seu medico.

  • Ana 10 de agosto de 2016

    tenho 15 anos e tenho esse mesmo problema,e como se apenas uma das minhas mamas tivessem crescido,é horrível,me sinto muito mal em usar bikini e em usar blusas apertadas,já fui em um médico e ele disse que é normal e depois vai voltar ao normal,tomara né

  • Keu 4 de setembro de 2016

    Kekeu Tenho 30 anos e meu seio direito é muito maior que o esquerdo,isso me faz sentir muita vergonha e meu desejo é fazer uma cirurgia de correção,mas infelizmente não tenho condições financeiras pra resolver esse problema que me atrapalha até viver como qualquer pessoa normal. Devido a isso sou muito retraída ,e pra mim é péssimo não poder usar as roupas que acho bonitas e vivo me escondendo com roupas largas e tô cansada de tá numa luta constante pra encontrar um sutiã que me ajude a disfarçar melhor.vivo direto com essa preocupação não suporto mais… preciso fazer logo essa cirurgia.

  • EKAM 15 de setembro de 2016

    Tenho 28 anos, não desenvolvi o seio esquedo, no final do ano passado decidi procura um cirurgião plástico e ele disse que eu tenho a síndrome de Poland, ele me explicou que pelo o fato que a síndrome é total eu tinha que fazer três procedimentos cirúrgicos reconstrutora que é de expanssão externa e lipoestruturação… Realmente é uma cirrugia muito cara!Pensei em desistir de tudo… Até em tão poucas pessoas sabiam da minha deformidade e daí então uma minha advogada ficou sabendo e ela veio falar comigo, ela me disse pelo fato da cirurgia ser muito cara eu tinha como entra com uma ação contra o município, mas como ela não tinha entrado com esse tipo de ação, fomos na promotoria falamos com a promotora de Justiça e ela disse que tinha como entrar com uma ação contra o município e contra o estado, mas que era necessário um laudo médico e os orçamentos dos procedimentos cirugicos… Retornei ao medico e ele me deu um laudo médico e o orçamentoseu de todos os procedimentos cirugicos que deu um valor total de 43.500 (quarenta e três mil e quinhentos reais ). Dia 6 de maio deste ano ela deu entrada na ação civil pública com pedido de tutela de urgência para que o estado arque com as despesas da cirurgias e o município arque com o pós operatório e despesas de remédio e qualquer coisa que se faça necessário… Então dia 10 de maio saiu a Decisão, a Juíza aceitou o pedido formulado pela promotora de justiça e determinou que o banco do Brasil bloqueia_ se a conta de 43.500 na conta do estado e 2.000 na conta do município… Hoje quatro meses depois estou esperando um despacho da Juíza para que seja lavrado o alvará judicial nos valores bloqueados para fazer os procedimentos tão esperado! Ainda esse mês o médico faz o primeiro procedimento e os outros dois ele vai fazer no intervalo de 30 dias cada, e com a bênção de Deus em dezembro elê vai ter realizado o meu maior e melhor sonho !

  • G 15 de outubro de 2016

    Nossa eu olhando os comentarios de vc’s me sentir mais acolhida? pensei q era so eu q tinha isso …. Tenho 18 anos um seio meu e Maio do q o outro e eu Morro de vergonha eu ñ fico nua na frente de ninguém so da cintura pra baixo eu amo Praia mais ñ vou pois ñ tem como eu tenho desfaça eu escondo compro coisas de enchimento mais mesmo assim isso me deixa triste choro todo dia ñ sei oq fz ninguém saber sobre isso ?

  • Larissa 25 de outubro de 2016

    Olá Meninas, tenho 17 anos e também sofro com isso, o meu direito é bem maior que o esquerdo, desde pequena quando comecei a se desenvolver, notei que ele era menor, as vezes me pego pensando nisso e fico triste, achava que só eu tinha esse problema, mas hoje estou vendo que não sou a única, foi muito bom encontrar esse site e ver que não sou a única, assim como algumas de vocês, as vezes me olho no espelho e só me da vontade de chorar :'( é horrível, também deixo de comprar muitas roupas por causa disso, mas enquanto não temos condições, temos que se acostumar, mas também penso, temos que agradecer a Deus pela nossa saúde e que isso é só uma coisa na nossa beleza, que não vai nos deixar a sermos que somos realmente :D Vamos ficar mais felizes com o corpo que nós temos!

  • Priscilla Aguiar 3 de novembro de 2016

    Oii gente, tenho 18 anos e meu seio esquerdo é muito maior que o direito, sempre foi assim.. Desde quando estavam se formando, e pensei que eu fosse a única a passar por isso. Já chorei bastante, com muito medo de ser coisa grave. Amanhã vou ao médico me consultar a respeito disso, E tenho certeza que vou ter que passar por uma cirurgia.
    Fiquei muito aliviada com os comentários, e ficaria muito feliz em conversar com meninas que passam pelo mesmo problema do que eu!
    Meu namorado sabe do meu problema, e me aceita do jeito que eu sou, e fico muito contente!!!

  • jhdf 16 de novembro de 2016

    tenho um seio menor e isso me encomoda mais se eu pensar nisso nunca vou viver ou ao menos vou me relacionar com alguém. mais foi por deus que estou assim então não poço fazer nada não vou modificar meu corpo por isso se a pessoa gostar de mim ela vai me aceitar como eu sou não como ela gostaria que eu fosse!

  • laura 24 de novembro de 2016

    Olá eu tbm tenho um bem maior que o outro,falo pra vcs que é muito triste,nos sentimos incomodadas como se todos soubessem da nossa diferença mamaria.o que mais me doi nisso tudo é para comprar camisetas,pois nao uso regata nem tomara que caia sempre uso blusas de manguinha ,para que as pessoas nao vejam tanto,coloco 2 bojos no meu seio esquerdo que é o menor e tenho que escolher muito bem os sutiãs que tenho que comprar,agora descobri um biquíni que tem uma renda na frente entao ali eu coloco um bojo e fica tudo “normal”ninguém nota nada .sempre tive problemas tbm para me relacionar,ñ que eles tenham preconceito mas eu que nao me aceito desa forma !evito fazer varias posições para nao deixar meus seios em muita evidencia ,praticamente nao deixo tocar neles ou algo do tipo .o que me dói mais nisso tudo é a forma que muitos dos médicos tratam isso como um problema totalmente normal sendo que ñ é .já fui em mais de 4 e todos me falam para que eu espere ter meu primeiro filho para operar pois caso contrario a diferença pode voltar e eu só terei gastado dinheiro.mas me fala como eu irei engravidar com os seios dessa forma para ficar ainda pior no período da gravidez…nunca né fico super feliz que encontrei vcs e vi que ñ sou a única um abraço bjs

  • laura 24 de novembro de 2016

    Olá eu tbm tenho um bem maior que o outro,falo pra vcs que é muito triste,nos sentimos incomodadas como se todos soubessem da nossa diferença mamaria.o que mais me doi nisso tudo é para comprar camisetas,pois nao uso regata nem tomara que caia sempre uso blusas de manguinha ,para que as pessoas nao vejam tanto,coloco 2 bojos no meu seio esquerdo que é o menor e tenho que escolher muito bem os sutiãs que tenho que comprar,agora descobri um biquíni que tem uma renda na frente entao ali eu coloco um bojo e fica tudo “normal”ninguém nota nada .sempre tive problemas tbm para me relacionar,ñ que eles tenham preconceito mas eu que nao me aceito dessa forma !evito fazer varias posições para nao deixar meus seios em muita evidencia ,praticamente nao deixo tocar neles ou algo do tipo .o que me dói mais nisso tudo é a forma que muito dos médicos tratam isso como um problema totalmente normal sendo que ñ é .já fui em mais de 4 e todos me falam para que eu espere ter meu primeiro filho para operar pois caso contrario a diferença pode voltar e eu só terei gastado dinheiro.mas me fala como eu irei engravidar com os seios dessa forma para ficar ainda pior no período da gravidez…nunca né fico super feliz que encontrei vcs e vi que ñ sou a única um abraço bjs

  • mariana 24 de novembro de 2016

    Também passo pelo mesmo problema que vcs, o meu seio direito é maior que o esquerdo e me incomodo mt com isso, fico com uma baixo auto-estima horrível. Usando roupas a diferença não é mt visível pra quem vê, é mais pra mim mesmo. Mas qnd uso biquini ja nao tenho como disfarçar, vivo tentando encontrar biquinis que escondam mas é mt difícil.Tenho 15 anos, pretendo fazer a cirurgia ano que vem, estarei com quase 17.

  • Bels Diggory 5 de dezembro de 2016

    Moça, eu sei que você postou isso tem tipo assim, quase 5 anos, mas achei um lugarzinho pra desabafar. Eu tenho isso. Certo, tenho só 13 e sei que ele pode desenvolver e ficar bem parecido com o outro, porém a minha prima que já tem 20 e poucos anos sofreu isso também. O dela não desenvolveu o suficiente nem para disfarçar. Isso me causa um medo tão grande, que juro, chego a chorar horrores!

    Isso me causa um desconforto extremo. Sempre tive vergonha das minha amigas mas elas nunca pareceram se importar com isso (até porque elas são lindas de corpo, por que se importariam se não é com elas?)

    Eu custo olhar no espelho e não chorar por isso. É horrível sentir isso. Minha tia-madrinha disse que vai me levar em um médico especialista nesse caso. O mesmo que examinou minha prima. Mas ele já me adiantou que ele não pode fazer nada além de só examinar porque eu ainda estou em fase de desenvolvimento e cada caso é um caso.

    Mas gente, tentem entender: Eu tenho quase 14 anos, e vocês sabem muito bem as coisas que acontecem nessa faixa de idade. Eu morro de medo desse dia por isso.

    É só um desabafo.

  • Bels Diggory 5 de dezembro de 2016

    Fui ler os comentários e me senti mais acolhida, mas de certa forma mais triste ainda. Vocês todas passaram por isso, sabem o horror que isso é, ainda mais na adolescência!

    No meu caso eu poderei fazer a cirurgia em dois, três anos, no máximo, pois comecei a desenvolver aos nove, não terei muita mudança daqui pra frente.

    De qualquer jeito, meninas, vocês são lindas! ♥

  • Beatriz 23 de janeiro de 2017

    Eu também passei por isso….
    Desde que tinha 13 anos passava no médico para estar acompanhando esse “desenvolvimento”, mas infelizmente ele não se concluiu! Fiz meus 18 anos e fui atrás para colocar a prótese, tentei pelo convenio porém iria demora muito para liberar a perícia! Então fiz particular, hoje a minha auto estima esta outra, mudei completamente, foi o melhor investimento!
    A sensação de você poder usar QUALQUER sutiã, e não apenas um igual atigamente, é a melhor do mundo! Por isso, quem tiver oportunidade faça e seja feliz!!!

  • Thaylan 28 de fevereiro de 2017

    Ola meu nome é thaylan e eu tbm tenho esse msm poblema um lado maior que o outro
    Porem tbm sinto vergonha em mostrar os seios para alguem. min sinto que diferente das minhas amigas
    E como estou ainda na minha adolescência vou esperar a ate meus 18 anos e ver se so foi desenvolvido do meu corpo ainda, caso nao farei uma cirurgia e colocarei cilicone para deixá los do msm tamanho …

  • Carina 11 de março de 2017

    Amamentei em duas gestações as duas no período de dois anos e meio mais o mesmo cada. Quando parei um seio ficou bem maior e fracido e outro normal. Cossa muito e soa muito tbm e a minha auto estima já não tenho mais e muito visível fico constrangida em fica nua ou com alguma roupas.fiquei na fila do SUS mais quando enfim fui avaliada não me encaixaram por te casos com “maior prioridade” em fim sofro com isso….e penso que o SUS e pra todos.??

  • Júlia 11 de maio de 2017

    Olha eu tenho o mesmo problema, eu tenho 20 anos hoje, aos 18 eu morria por dentro e me sentia inútil e etc por não conseguir ter uma coisa são simples e “normal” mas cansei de ficar assim, ainda é algo que me incomoda bastante não fico pelada na frente de ninguém exceto meu namorado, e ainda sim com tal esforço, eu comecei a trabalhar e estou juntando dinheiro para fazer a cirurgia, mesmo sendo algo que te incomode, não prive sua vida por tal problema, algum dia vc vai parar e olhar para traz e pensar o mesmo que eu penso sobre poder ter feito inúmeras coisas e deixado esse problema te atingir, e vc não é menos mulher por isso, e nunca vai ser, espero ter ajudado ><

  • Rosana 18 de junho de 2017

    E assim mesmo o meu e tres vezes maior q o outro

  • Lais S. 29 de julho de 2017

    Eu passo pelo mesmo problema tenho 20 anos e já passei por diversos especialistas, fui diagnosticada com síndrome de polland, a cirurgia ficou em 13 mil, muito caro então ainda continuo aqui com os meus seios, o lado esquerdo menor e o direito bem maior, minha auto-estima é muito baixa, nunca namorei e acho que por falta de confiança e vergonha extrema, acho que vai ser muito difícil desenvolver um relacionamento.
    Sinceramente acho muito inspirador quem consegue lidar com isso e levar uma vida normal, as vezes é muito difícil, principalmente na questão do se sentir bonita e usar a roupa que quiser, eu espero que eu consiga trabalhar esse lado mais confiante em mim mesma e acreditar que existam pessoas que me respeitem e me aceitem do jeito que eu sou. É aquilo a esperança é a última que morre, e a minha contínua viva.

  • Amanda 2 de agosto de 2017

    Bom tive meu filho e tive muito leite até da mastite no peito direito tive que drena. O meu peito praticamente ficou sem leite e estou amamentando com o esquerdo que por sinal tem muito leite ainda! To com peito esquerdo muito maior q o direito to com medo de nunca mais voltar to desesperada.

  • Paula 8 de agosto de 2017

    Larga mão de ser boba… e eu que tenho 1!!!
    Perdi para o câncer e não sei se quero colocar não..

    No final das contas quem tem que se amar sou eu mesma e te aconselho a fazer o mesmo.

  • Camila araujo 26 de agosto de 2017

    Meu nome é Camila tenho 16anos tbm sofro com esse problema, tenho vergonha de mostar meu seio a alguém, tenho vergonha de ir para a piscina ou a praia, pelo fato do seio de minhas amigas serem iguais e o meu ser maior q o outro. Sofro muito com isso.

  • Brendha 8 de setembro de 2017

    Querida ,eu tbm tenho um bem menor que o outro e pra piorar são pequenos de mais e não me sinto bem .

  • Jéssica 12 de setembro de 2017

    Oi meninas, eu também tenho um seio maior que o outro, porém eu acho que isso é questão de tempo. Alguns meses atrás o meu seio esquerdo ficou maior que o direito, eu achei bem estranho mas depois de alguns meses voltou ao normal. Só que agora inverteu kkk o seio direito está maior :( a diferença é grande. Mas eu continuo achando que é alguma faze, sei lá.. eu pesquisei na internet algumas formas de ajudar o peito a desenvolver e encontrei uns videos que a mulher explica uma massagem que ajuda no crescimento. Comecei a fazer tem 4 dias espero que surjam bons resultados!! Bjs

  • Milena 29 de setembro de 2017

    Eu tmb tenho esse problema eu tenho 14 anos e o meu seio er maior do q o outro é eu tenho medo q ao passa do tempo esse seio n fique normal.

  • Mizael 12 de novembro de 2017

    Tenho apenas um testículo também tenho mais de 30 anos e até hoje não casei e não namoro por causa disso.Nunca revelei isso para mulher nenhuma a pesar de também elas não perceberem na hora do sexo,so faço sexo com prostitutas.Sera que as mulheres e ou namoradas me aceitariam mesmo assim também sinto vergonha com isso me sinto muito mal já pensei várias vezes em me matar.

  • Paulino Constantino 26 de dezembro de 2017

    Comentário: O melhor é usar cilicone para igualar.

  • Pires 7 de janeiro de 2018

    Tenho seios pequenos e para piorar um é maior que o outro,pois quando estavam se desenvolvendo levei um tapa, o qual foi prejudicado. Fico com muita vergonha. Já pensei em prótese, porém tenho medo de fazer.

  • Tata 13 de fevereiro de 2018

    Eu tenho esse mesmo problema, morro de vergonha. Final desse ano faço 18 anos e vou optar por cirurgia plástica.

  • Evila 22 de fevereiro de 2018

    Tenho o mesmo problema que vc! No nosso caso a cirurgia é de graça. Todos nós temos defeitos! Eu não me preocupo com esse problema. Em breve vou fazer minha cirurgia!

  • Sthefanie 11 de maio de 2018

    Tenho 19 e o mesmo problema e ainda bem que achei esse post porque não sabia que isso poderia ser coberto pelo sus eu vou criar coragem pra ir atrás e marcar uma consulta. Eu também nunca namorei e morro de vergonha, aqueles biquines ciganinha são otimos pra disfarçar a diferença.
    Os meus além de diferentes nos tamanhos também são super flácidos e o seio maior tem uma aureola bem grande sendo bem diferente da aureola do seio menor

  • V 15 de maio de 2018

    Tbm tenho um seio maior q o outro, e isso me incomoda muito, e eu só tenho 13 anos, dizem q isso vai melhorando com o passar do tempo, tomara q melhore msm, pois não aguento mais ser assim, já até chorei por isso, alto estima? N sei nem oq é isso mais.

  • Gabriela 4 de julho de 2018

    Como isso é chato… Para ter noção meu seio do lado esquerdo é P e do lado direito é GG. Como isso é horrível. A única solução é colocar silicone para deixar os dois no mesmo tamanho. Como se isso fosse de fácil acesso para todos né? A alto estima vai lá pra baixa toda vez que vejo. Me sinto horrível. Ainda mais que sou casada com uma mulher, os seios dela são lindos e perfeitos, ela não liga para esse constrangimento, muito pelo contrário me apoia muito.. Mas gente é muito deselegante não tem como chamar isso de normal… é ruim demais colocar uma blusa, e parecer que só tem uma mama. :((((

  • Amanda 5 de julho de 2018

    Olaa meninas, tenho 15 anos e pensava que só eu tinha esse “problema”, comecei a perceber isso quando tinha 12 anos, meus seios não são tão grandes mas também não são pequenos, o peito esquerdo eu encho mão, já o direito não, a diferença é grande minhas amigas já perceberam, me sinto mal em usar biquíni me dá muita insegurança como se todos estivessem olhando para min.
    Minha mãe fala que vai crescer ou então fala que quando eu crescer eu coloco silicone, não tenho tanta vergonha em falar sobre a diferença mas me encomoda é muito
    Esses tempos eu falei pra minha tia materna e ela falou que tem o mesmo problema e mostrou pra min, é igual o meu a diferença é grande, mas ela antes tinha o esquerdo bem maior que o direito e depois que teve filho, o direito ficou bem maior que o esquerdo. Então meu problema é hereditário, eu sou muito encomoda com meu corpo, a cada dia eu me decepciono com algo e tenho muito medo do meu peito esquerdo ficar grandão e o direito não desenvolver, já percebi que o esquerdo começou a crescer de novo já o direito parou.??

  • Biancamourabianca 23 de julho de 2018

    Eu também tenho esse problema tenho 13 anos e meu peito é muito mais muito maior do que o outro, o outro é muito menor e é muito ruim e me sinto péssima quando eu uso uma blusa mais justa dá pra perceber que eu tenho um peito muito menor e não consigo entender e tenho muita vergonha de falar pra minha mãe que eu não me sinto confortável com isso eu tento usar blusas muito largas pra ninguém notar as diferenças mais são muito difíceis quando eu coloco o sutiã um lado eu me sinto muito apertada e a outra fica mais muito folgada e todos os dias eu me pergunto porq sou assim eu choro muito por causa disso se vcs saber o porq me liguem

  • Emília Freitas 7 de dezembro de 2018

    Tenho o mesmo problema sofro demais tenão muitá verganha dos meus seios queria tanto achar uma solução não posso usar biquíni nunca fui a uma praia pra ficar a vontade uso sempre roupas escuras e largas todos tentam me convencer que isso é normal mas me olhou no espelho e vejo algo horrível queria tanto ter seios iguais não ter vergonha de andar na rua sem ter que desfacar nada ……

  • Alcântara 4 de fevereiro de 2019

    Eu tenho 18 anos, e á uma discrepância enorme entre meus seios. E como se não bastasse o seio maior tem muita estria, e isso me deixa muito envergonhada. quando estou de sutiã dá pra disfarçar, mas quando tiro, nossa dá uma tristeza.

Comentários fechados, clica AQUI para procurar mais desabafos para comentar!.