Quero largar, minha namorada está grávida

Queria alguma opinião, experiência compartilhada, etc.

Bom, hoje minha namorada está grávida, mas algumas semanas antes disso acontecer, quase largamos algumas vezes, devido a várias brigas.
Chegou a gravidez, mas parece que está tudo piorando. Já falei “não quero mais, vou embora”, mas ela sempre vem atrás, pede desculpas mesmo nunca acreditando que errou em nada, e acabo me reconciliando não sei o motivo exato ainda, se é dó, se é medo de acabar me arrependendo, se é porque quero estar presente no crescimento do menino que está por vir, etc.

Antes havia amor de minha parte, as brigas, por parte dela, eram mais agressivas, e por haver “amor”, eu suportava mais.

Hoje não são tão agressivas, mas mesmo assim é algo extremamente incômodo e desnecessário, e o pior, mais frequente.

Não sei o que fazer. Sai de um longo relacionamento, curti muito pouco meu tempo de solteiro. Me arrependo tanto por ter terminado o relacionamento anterior (tenho certeza que minha ex também), como me arrependo de ter saído de minha fase de solteiro tão rapidamente e me envolvido de novo, só que agora com o agravante da gravidez.

Ler
meu namorado não quer me ver sempre

Eu estou tentando muito que dê certo, mas se fico um pouco mais calado perto dela, pois não há assunto nenhum no momento, já começa outra briga, pois ela acha que não gosto mais dela, que estou obrigado, etc. .. sabe, pode até ser que eu esteja lutando mais do que deveria para permanecer no relacionamento, mas no momento que essas brigas tão idiotas começam, eu não dei motivo algum para tudo isso ser dito.

Em raras ocasiões, por ser muito maior que ela, eu engoli a seco socos que ela me deu no peito, velho, isso não doeu nada fisicamente, mas o problema é a agressão em si, é a total demonstração de falta de controle e desrespeito, só que nesses episódios eu falei novamente “ACABOU”, mas aí ela vem e acaba me dobrando.

Tem horas que tenho raiva de mim mesmo pela falta de coragem em sair de um relacionamento, acho que eu deveria pensar muito mais no meu bem estar (é olhando para trás que você vê como era feliz), mas acabo pensando na dor que eu posso vir a causar com a separação, ainda mais nesse momento de gravidez.

Ler
Mentiras sem fim

Não sei o que fazer. Já conversamos muito sobre mudar, melhorar, mas as semanas mostram que nada adianta.

Etiquetas
namorada gravida

19 Comentários

  1. Olha eu sei exatamente o que você sente.
    O melhor a se fazer é apoiar ela nessa gravidez e se decidir se é ela que você quer mesmo. É normal essa confusao de sentimentos em meio a tantas brigas. Não descarte que ela esta gerando uma vida e os hormonios dela estão cada vez piores e confusos por isso tende entender ela. E se nada melhorar, siga sua vida mas não abandone o seu filho com ela, a criança não tem culpa de nada.
    Boa sorte e espero que tome a melhor decisao para voce. So não se sufoque com esses problemas e essa falta de harmonia entre voces.

  2. Amigo faz isso não. Pensa no seu filho. Vcs são a família dele. Eu sou casada há 7 anos e tenho 2 filhos, penso em me separar todos os dias mas quando vejo eles não consigo. Tente tente tente. Perceba que ela está grávida então está mais chatinha/sensível. Seja bom para ela, ame ela nesse momento. Dps que seu filhinho nascer, ainda assim você achar que não consegue, fazer o que né, vida que segue. De muito carinho para ela pois ela carrega seu bem mais precioso.

  3. O que eu acho que vocês foram imprudentes ao não prevenirem essa gravidez, pois você já estava reparando que entre vocês já estava rolando muitas incompatibilidades e mesmo assim vocês foram imprudentes ao não se prevenirem de uma eventual gravidez e agora você está se dando conta do enorme erro que você fez, sentindo-se intimamente com um sentimento de culpa por ter que empurrar com a barriga uma situação, apenas por causa da criança. Acho que você poderia esperar o nascimento da criança para evitar stress, pois o período de gestação não é o momento para vocês discutirem relação. Se você deseja mesmo o afastamento, faça isso ocorrer aos poucos, de forma que ela perceba que o seu apoio sempre haverá p/ a criança,. Você vai ter que administrar a sua ansiedade e ir de forma gradual, transformando aos poucos essa relação de namoro em amizade. Se vocês não moram juntos, continue preservando os seus espaços, não vá morar com ela nessa indecisão, mas esteja por perto quando ela precisar de ajuda. É uma situação delicada, mas não se deve ficar com uma pessoa apenas por pena. Crianças se adaptam a crescer vendo os pais separados, mas e importante sempre a sua presença na vida delas nos momentos mais importantes.

  4. Acho que essa situação não é saudável nem para ti nem para ela. Acho que neste momento, devias dar-lhe o apoio que ela precisar e deixar essa separação para quando o filho nascer, pois ela não pode ter emoções demasiado fortes caso contrário pode pôr em risco a gravidez. Para serem bons pais não precisam necessariamente estar juntos, claro que o ideal é a união mas quando isso não é possível vale mais a separação porque quando se está com alguém sem a amar e se já têm tantas brigas, a criança ia crescer num ambiente mau. E o mais importante nunca usar o filho como um objecto para afectarem um ao outro, como a maioria dos pais hoje em dia fazem. O ideal é chegarem a uma harmonia, pelo menos a concordância e o respeito tem de haver, para que a criança cresça num ambiente saudável. Não tens que abdicar da tua felicidade, se já não a amas tens o direito de encontrar outra pessoa. É a minha opinião que vale o que vale. Espero que corra tudo bem,.

  5. Gravidez não é motivo para segurar ninguém. Se tu não quer mais ela, se não se dão mais bem amorosamente como antes, saia fora, mas dê total assistência sempre porque ela não fez filho sozinho!

  6. Pega esse tempo que ela está gravida para ver se é isso mesmo que você quer, se não for sai fora, só não deixa de ser pai do seu filho, dê as coisas para ele, vá visita-lo. Pai você vai ser para sempre, mas ela não é sua parente de sangue

  7. Olá Rosana, interessante sua experiência. Hoje eu discordo que você tenha errado, acho que não errou, pois viver com uma pessoa que quer ter uma vida de solteiro, não é correto para mim, e se na época não era para você, então não errou. Quem aceita algo assim, não se importa, não vejo problemas. Creio que isso não tenha influenciado negativamente no modo de ser de sua filha. Vejo excelentes pais que criam 2 filhos de forma praticamente igual, mas só o tempo mostrará qual será a personalidade dessa criança. Bom, entendi o seu comentário e agradeço, vou pensar bastante nisso.

  8. Dois imaturos, você nem sabe se esta arrependido por ter terminado o relacionamento anterior ou por não ter curtido a vida de solteiro, isso que deu a entender, porem parabens por não ter revidado os socos e agressões. Sabe converse com ela olho no olho bem serio, diga a verdade que ela está sendo descontrolada e que as beigas são totalmentes desnecessarias, e se não gosta dela mas não tenha medo de dizer. Mostre o seu lado da moeda o que sente e tal isso muda tudo porque mulher tem dessas de chamar a atenção de se descontrolar para ser ouvida e notada jáfiz essas palhaçadas tmbm sei como é. Porém não desfaça do sentimento dela mas mostre que ela pode está exagerando que você quer mudança mas que ela não esta ajudando.. Boa sorte.!

  9. sua namorada parece ser bipolar, pesquise mais sobre essa doença. Se for isso, um tratamento URGENTE!

  10. Cara estou numa situação bem parecida com a sua e vai ver que na mesma data e época também dos acontecimentos..no meu caso a garota está gravida de gêmeos, porém entramos em atritos direto e sempre brigamos e ficamos um bom tempo sem se falar. Mas uma coisa que uma pessoa daqui postou é verdade, pode ser que seja uma fase e que depois quando o filho tiver nascido o comportamento dela mude, no entanto acompanhe sempre a evolução da gestação e sempre que puder ofereça ajuda a sua namorada. É isso o que vou fazer também, pelo menos até o tempo dos bebes nascerem e mais alguns meses poderá avaliar melhor o seu relacionamento amoroso. Ah e outra coisa se possivel converse e peça ajuda da sua e da família dela para lidar com essa situação, abraço e boa sorte meu caro!

  11. Estou passando pela mesma coisa,Minha ex está grávida de 5 meses do meu primeiro filho, infelizmente o relacionamento foi complicado demais, antes da gravidez a gente terminou e voltou várias vezes, eu não tive atitude de cortar o mau pela raiz antes, pois ela é uma pessoa bipolar e vinha me ofendendo muito e me humilhando com palavras absurdas, já chegou a me agredir algumas vezes, até arrancar cabelo já aconteceu, eu insisti para caramba, e quando realmente vi que era para desistir ela já estava grávida, hoje estou separado dela, e fico muito triste por não pode conviver com meu filho e acompanhar os primeiros meses dele.
    A última briga ela me humilhou muito e disse que preferia ter esse filho com outra pessoa ao invés de mim, e isso me matou!
    Será que fiz certo em terminar o relacionamento nesse momento de gestação?

  12. Comigo aconteceu diferente, o meu namorado é que quer terminar comigo caso eu esteja grávida e o mais interessante é que antes das suspeitas da gravidez ele era o maior love love Eu achava que ele me amava mas agora vejo que nem de longe ele sente amor por mim, com certeza ele só esta me usando. Ele virou para mim e disse: _ Se você estiver grávida eu não quero mais nada com você.
    Quando ele falou isso eu me fechei para o lado dele. O que vocês acham? Alguém já passou por isso?

  13. Amigo, pense bem! Meu ex me deixou quando eu estava grávida, eu sofri tanto mas tanto, nem posso explicar, depois ele se arrependeu mas ai jáera tarde demais, a parte mais delicada eu não pude contar com ele. Meu filho hoje tem quase 16 anos e é a minha maior bênção de Deus! Eu estou companhando todo o crescimento dele, jáo pai toda vez que bebe chora, lamenta pelo que perdeu! Pense bem! Abraços

  14. Ei tudo estava presisando de orientaocao. então eu e minha namorada descobriu qui ela estava gravida e ai ela deu uma afasatda eu aquilo para mim foi um baco eu acabei ficando ancioso de mais e eu acanei pegrando nela de mais eu ligava chorava todos os dias a tarde e falava cempre as mesma coisas   tipo qui corbrei atencao e carinho e ficava perguntando o porque ela não dava ela cempre falava qui não era porque ela dava conta ai eu não intendia eu chorava implorava as coisas para ela meu piscologico estava um caos danado   nao sabia o qui fazia e nem falava cempre correndo atrás dela sem ter nada errado entre nos acabei fazendo com qui nos ficasse terminado por uma cemana ela pedia para mim muda voltar a ser quem eu era antes   mais eu não dava conta eu não dou conta de ser mesmo ela dis qui me ama e tudo pediu para não cobra atencao dela no estado qui ela esta   mais voltamos ela está agindo de modo diferente fria   mesmo tando gravida está dificio estou duvidando dos centimento dela acho qui eu não sou mais nada para ela e fico penssando porque ela voltou comigo será qui e por causa da gravidez ou porque tem medo de qui eu volte a fazer as mesma coisas sei la eu não sei o qui fasso 

  15. Estou passando a mesma coisa com minha esposa, porém estou ao lado dela em todos os momentos mas eu percebi que não vamos dar certo mais. Ela é muito ciumenta brigamos demais ela literalmente está insuportável mais sei que não é culpa dela é sim dos milhões de hormônios que circulam por minuto em seu corpo. O mais engraçado é que antes da gravidez ela era amorosa carinhosa comigo, depois da gravidez começou as malditas brigas e desentendimentos coisas que estão me afastando dela aos poucos, eu literalmente não estou mais a conhecendo o pior de tudo é que não sei mais o que fazer. Só sei pensar em meu filho e mais nada peço Socorro.

  16. Olá meu nome é lucas tenho 19 anos e jásou pai de uma linda menininha! Sei que muitos vão me criticarem pelo oque
    Eu vou falar mais eu preciso muito de ajuda não sei mais o que fazer! Minha namorada ficou grávida de novo agora, só que eu descobri muitas coisas dela! Fiquei sabendo que ela mandou nudes para um suposto amigo meu disso eu tenho prova e essa semana descobri outras coisas dela e agora não sei o que devo fazer pois minha filha é muito apegada comigo e tenho dó dela por isso ainda estou aguentando isso sinto muita vergonha de falar isso mais precisava falar! Amo muito minha filha a mãe dela somente gosta dela pois ela as vezes bate muito nela eu tenho muito medo de separar e ela levar minha filha e judiar muito dela! Pfvr se alguém puder me dar um conselho .

  17. E se o bebê nascer com algum problema e morrer com apenas horas de vida? A culpa vai ser sua ou dela? As pessoas vão critica-la por ela não ter sido mãe de verdade, vão dizer que ela foi merecedora dessa situação e isso vai fazer com que ela entra numa depressão ou até tirar a própria vida! Mas você não quer que isso aconteça, quer? Então fique do lado dela e dê toda a assistência para ela e para o bebê que vai nascer.

  18. Eu também estou passando os uns dos piores momentos da minha vida até hoje, por conta de um relacionamento que eu estou forçado a ficar, devido que minha namorada engravidou justamente quando eu queria terminar com ela.
    Não sei que fazer casa dia que se passa eu mais mim desgosto dela ,temos brigas várias conversas ,mas quando se trata deu deixar ela ,simplismente ela logo se cabisbaixa, já falou até em se matar ,sei que eu estou sendo duro com ela Mas eu não mando nos meus sentimentos ,quero terminar com ela ,ela está grávida eu posso ficar fornecendo o que ela precisar favorecendo à grávideis dela ,só não quero mais ela.
    Mim dêem uma ajuda aí ,idéias opiniões o que devo fazer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar