quem deveria ter prioridades, eu ou a familia dele?

Sou casada a 3 anos, vivo na cidade do meu esposo, muito perto de sua família (que eu gosto)…
Acontece que quero mudar pois ele não resolve a vida dele se não for baseado em sua família tenho terreno mais e em outra cidade onde tem mais trabalho onde o custo de vida e menor.
So que ele não quer, por causa da família.
Ja estou cansada, sei que se continuar aqui minha vida não vai melhorar, ele não vai crescer e sempre vou viver em função dos outros.
Ele diz que e porque a vida dele sempre foi isso e a minha sempre foi morar em lugares diferentes e não ter vinculo de amizade.
Entendo o que ele diz mais, penso que quando a gente se casa é para fazer uma família e para lutra pelos nossos objectivos.
Aa ate escutei coisas do tipo, se tiver que escolher entre você e minha família escolho ela…
É triste mais eu amo ele e sei que se me afastar da família ele vai me dar o devido valor, porque, quando viajamos a passeio percebo o quanto ele fica mais presente a mim.
E paro e me pergunto se estou sendo egoísta?

2 comentários em “quem deveria ter prioridades, eu ou a familia dele?

  • Marcelo 10 de fevereiro de 2016

    Em outras palavras, voce esta sonhando com suco de laranja mas na realidade voce tem um limao.
    Ele nunca vai virar laranja, esquece esta ideia. Venda este terreno , esqueça esta cidade e vai morar perto da familia dele, e deixe ele curtir o maximo a familia que ele ama, aceite a realidade e jogue fora este sonho, que nao leva a nada. O amor e conforto no coracao que ele sente perto da familia nao tem preco, e nada substitui e nem vai substituir.

    Resposta
  • Kris.angel 10 de fevereiro de 2016

    A família dele nunca deixará de ser família dele, agora tu viveres num sitio onde não te identificas e onde queres mais para a tua vida, mas amas a pessoa com quem estás e que não quer mudar… é complicado… Para não perderes as duas coisas, tenta olhar em volta e veres qual a melhor solução, continuares onde estás mas fazeres algo de novo por ti, em que te sintas bem, e continuares com a tua relação… Não concordo com o MARCELO, quando diz para jogares fora esse sonho, nunca devemos deixar de sonhar, e se forem sonhos realizáveis fazer para que eles se realizem, poderás sim vender o terreno e com esse dinheiro teres um negócio teu na localidade onde moras com o teu marido, ou investires no teu futuro, pegas em algo que te faça crescer e não depender de ninguém e ficarás onde ele se sente bem perto da família dele, e que por sinal até gostas dela. Por isso, é olhares bem em volta olhares para dentro de ti e pegares um pouco de dois mundos e os tentares juntar, para que possas viver feliz e bem contigo mesma e com todos a tua volta. Mas sem precipitações…tudo muito bem pensando para um dia mais tarde não ficares sem nada nem te arrependeres.

    bj

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *