Não quero que meus enteados venham morar comigo

Olá pessoal, eu estou com um problematiza eu estou casada há 4 anos e meu marido tem dois filhos um de 10 outro de 4.
São crianças e torna minha vida um caus pois meu marido não gosta que chame a atenção do mais velho que é o chodo dele.
E meu marido quer trazer os dois para morar com a gente e eu não quero.
Eu não quero nem ter filhos, gosto de criança, mas chorou eu devolvo para mãe.
E eu nunca disse isso para ninguém e para mim esta ficando mais próximo disso acontecer e eu não seio que fazer.

47 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
mirna
5 years ago

Amiga, acautele-se. Não existem ex-pais e o seu esposo pode, sim, obter a guarda das crianças e traze-las para perto dele. O que não quer dizer que devesse se responsabilizar por eles como ‘mãe’, se me entende; porém, veja que estariam sob o mesmo teto que você: escola, roupas, probleminhas de saude, alimentação, vacinas, pediatra, educação, etc. O seu marido esperaria que assumisse muitas tarefas nesse sentido e você mesma se cobraria talvez.
Converse antes com o seu esposo, diga num clima amoroso, mas centrado, que gosta de crianças, etc., mas que sequer filhos seus pretenderia ter; e que se ele de fato insiste nisso, que a avise antes porque então deverá você abrir mão do casamento e dele. E se persistir na ideia, enfim amiga, é separar-se.

any
5 years ago

Concordo com a Mirna, converse com, os filhos quem fez foi ele com outra pessoa, que a mãe, e tudo tbm tem uma questão jurídica, se a mãe vai dar a guarda. Se ele não mudar de idéia, se separe, sua vida será um inferno com eles e você vai acabar se desgastando e sofrendo e ficando infeliz.

Lia
5 years ago

Concordo com os comentários acima. Eu casei e meu marido tem 3 filhos. Um menino de 9 e duas meninas de 7 e 4. Quando fiz um ano de casada e pensava em engravidar, (tenho 31 anos) a mãe simplesmente não quis mais os filhos, e acabei aceitando os 3 morar conosco. No começo achei que daria certo, sempre gostei de crianças, sou pedagoga.. mas infelizmente meu casamento está acabando. Não suporto mais olhar na cara dos filhos dele. Abri mão do meu filho por causa deles. Enquanto a mãe fica vagabundando, eu fico aqui.. cuidado de filho que não é meu.
Não aceite.. eu agora prefiro acabar com esse casamento porque eu vou ficar velha.. perder meu tempo e não realizar o meu sonho de ter um filho.
Não aceita.. sua vida vai virar um inferno.

Carla firmino
4 years ago

Tem que aceitar os enteados poxa vida deixa morar todos juntos

Adriana
4 years ago

Olha, a vida fica muito ruim para a mulher, falo isso com conhecimento de causa, vira um inferno! Corre que ainda da tempi, enteados são fria! Tenho dois e se desse para voltar no tempo nunca teria aceitado essa situação. Marido banana ajuda a piorar.

Fabi
4 years ago

Estou em uma situação crítica! Sou casada há 10 anos,meu marido tem 3 filhos ,jogados com cada uma mulher,ele é um marido maravilhoso,mas viaja muito.Nunca criou nenhum filho,tem contato mas pouco,tem sentimento de culpa mas não é apegado e mais culpa mesmo. O filho dele de 12 anos vai ter que vir morar aqui,ele não vê a 8 anos,mora na Europa,a mãe perdeu a guarda, não tem jeito,disse que o garoto e bom. porém isso não diz muito. Para ser sincera eu não aceito,tenho trauma só de pensar,pois estamos tentando nos organizar, não tenho filho mas quero ter,e meu marido não tem noção de criação,tem culpa é um ótimo marido mas delegador, estou tentando ver pelo lado bom,compreender mas está difícil,pois mesmo sabendo dos filhos eu não aceito responsabilidades de ninguém,ajudo,mas responsabilidades não. Tenho medo de enfraquecer meu casamento ou coisa pior ,pois temos uma história linda
é nos amamos.

Gabi
4 years ago

quanto a pessoa da postagem você era amante dele? porque o caçula tem 4 anos e você tem 4 anos de casada? se foi amante vai ter que aceitar.

Raquel
4 years ago

Situação e situações,bem eu fui casada por 10 anose estou divorciada ,tivemos duas filhas lindas,sendo que atualmente reencontrei um ex namorado que tbm está separado,tem uma menina e um menino,e fizemos planos de morar juntos,eu não aceitei bem pois tudo foi muito rápido, mas começamos a nomorar e percebi que ele queria muito a minha atenção e acha ruim quando tinha que dividir ele com minhas filhas,disse que minhas filhas eram cheias de caprichos e faziam pitis e mal agradecidas,ouvi calada ,sendo que a filha dele ,liga e diz pai quero isso para ontem e ele não diz não, depois reclama que a menina não está usando o que ele comprou,ai pergunto só às minhas filhas são cheia de caprichos, sem fala na ex que e totalmente dependente dele pois não trabalha, Aí veja vcs, eu trabalho e não dependo da pensão do meus nem do dinheiro do meu atual namorado, vou sofrer por uma pessoa que não me merece,então acabei tudo e estou bem,ele que voltar ,eu não quero.Ame o próximo mas que ele seja você primeiro ,depois os outros.

Danielle
4 years ago

Tb no nessa situação. Tenho tudo crises nervosas. Meus filhos são grandes já. Não quero responsabilidade que não é minha. Já falei para meu marido o que vai fazer com as crianças nas férias. Ficou sem resposta. Pq logicamente quer colocar a responsabilidade para mim. E não é bem assim. Se eu quisesse criança teria mais um.
Já estou vendo o fim da história toda, já que ninguém é obrigado a nada nessa vida.

Rayssa
4 years ago

Eu casei sabendo que meu marido tinha um filho. Eu achei que seria fácil porque eu gosto de criança e nós nos dávamos super bem. Mas a realidade, a convivência não é simples assim. Meu marido trabalha muito é o pouco tempo que sobra ele passa mais com o filho que comigo. E isso foi começando a me incomodar. Mas acabo sofrendo sozinha, até porque quando falo como me sinto em relação ao assunto, meu marido não entende e acha que eu não gosto da criança, que sou egoísta, enfim. Só estou nesse relacionamento ainda porque amo muito meu marido, me concentro nas boas qualidades dele que são maiores que os erros, e o amor está me fazendo suportar, mas eu não sei até quando. Espero consegui lidar com isso com sabedoria sempre.
Então, para vocês que se encontram na mesma situação, tenham paciência. A criança um dia cresce e cria suas próprias asas e você terá todo tempo do mundo com seu marido. Bjs

Anônima
4 years ago

Estou passando por uma situação igual, veja bem, estou casada há dois anos tenho um filho de 1 ano, e o filho do meu marido tem 4 anos, ele é mal educado o pai é um banana e não faz nada com relação as birras da criança, sempre passando a mão na cabeça, para piorar tudo tem a mãe do menino que não cuida do pestinha e depende do dinheiro do meu marido para se sustentar além da pensão que ele dá todo mês, o que me deixa muito chateada, diante de tudo isso meu esposo quer trazer o menino para morar conosco não sei se vou aguentar mas essa presepada, já aguentei muitas coisas por causa dele e da ex que é louca.

cecilia
4 years ago

Engraçado que para cuidar a madrasta serve,agora quando chama a atenção da criança o marido não gosta.

Tenorio
4 years ago

Eu imponho. Mamãe que tiver seus filhos que balance e se vire. Eu madrasta, quero de jeito nenhum morar com enteada, cada um com suas responsabilidades. A minha sorte é que eu moro numa casa que é minha, então vai ter que respeitar a minha posição. Mas se eu deixasse, meu marido montava em cima de mim.

anonima
4 years ago

olha estou nessa situação.sou casada há 13 anos..meu marido tem um filho que hoje esta com 14…tenho uma filha de 13, 7, 6. o filho dele veio morar com a gente (desde pequeno sempre passou ferias) mas por ser filh unico da outra mulher, é mimado. e sempre deixei claro que minha casa, minhas regras, está sendo difícil a adaptação para ambos…mas confesso ue esta me deixando exausta, pois meu marido se tornou um bunda mole…sempre me ajudou na educação dos nossos filhos, chamando a atenção quando necessário.porem depois que o filho dele veio morar aqui.não abre a boca para nada…e eu saio como a bruxa.quando exijo que não mexa no celular na mesa (hora de comer) não comer no sofa com o prato em cima do estofado e os pés tb,(aff) cortei esse barato…passo e lavo as roupas dele .que no dia seguinte estão todos amassados e revirados no armario..eu falo para o meu marido e ele simplesmente fala que estou implicando.meu deus .ele sempre me ajudou cobrando organização dos nossos filhos…proibo minha filha de levar celular para escola .mas ele leva..ainda tenho que aguentar “pq ele pode e eu não”.se nãomandar tomar banho fica até 2 dias..sinceramente estou esgotada.e meu casamento esta indo para o buraco.para ter uma ideia ..ja estamos dormindo em quartos separados..o que eu faço.quero muito ter meu canto. acho que só assim terei paz.

Nanda
4 years ago

Acabei de ter uma descusao com meu marido porque falei para ele que não quero mais o filho dele que tem 17 anos na minha casa o muleque e muito mas muito preguiçoso se acordar 12:00 só faz come e dormir aff tenho duas filhas uma de 1 ano e outra de 6 que às vezes mim tiram do sério o menino não mim ajudar em nada o pai falou que o muleque não tem obrigação de mim ajudar fiquei pu** com o que ele falou aff mandei ele ir embora como filho dele.

Tatiana
4 years ago

Sou casada há alguns meses. Meu enteado,de 15 anos,mora conosco,pois a mãe faleceu há alguns anos. Não é nada fácil. No primeiro mês de casados, descobri que o menino ficava na porta do quarto ouvindo nossas relações. Me senti invadida. Nunca mais fui a mesma. Enfim. Ser madrasta não é para qualquer uma. Se puder evitar,evite! É o melhor a fazer. Eu não pude,pq a mãe já não é viva. Mas quem puder,evite!

Aline
4 years ago

Eu jamais permitiria a vinda de filhos para nossa casa, mas a casa é minha.ele não pode exigir nada, já até pediu mas eu neguei e ficou por isso mesmo. mesmo porque eu que sustento a casa tb. Aqui não tem moleza!

Cris
4 years ago

Como é difícil meninas.vendo tantos comentarios vi qta gente passa pelo mesmo que eu..Sou casada há 9 anos e moro com 2 enteadas 17 e 18 anos.a convivencia não é nada boa.Como diz nossa amiga no comentario acima a melhor coisa a se fazer é não se meter em nada em relação aos enteados, tentar não se preocupar com o que eles fazem, e cuidar de nós mesmas, sair, se divertir.deixar que tudo que for relacionado a eles os pais resolvam..acredito que assim a gente sofra menos..
Enfim só quem passa por isso, sabe o peso que é ser madrastra.
Que o Senhor ajude a cada uma de nós a saber lidar com cada situação!

Helena
4 years ago

É difícil conviver com uma pessoa estranha, sendo enteado há ainda mais uma barreira para transpor. Eu pensei que iria ser fácil, mas realmente não é.
Mas ainda tenho minhas dúvidas se o problema realmente está no meu enteado.
Vim aqui porque queria apenas desabafar, mas depois de ler tantos comentários, percebi que todas essas mulheres tem algo em comum: a falta de reconhecimento e respeito tanto do marido como do(a) enteado(a). Acho que essa parte é a que mais me frustra também.
Nossos filhos nãos nos obedecem 100%, damos broncas e vamos educando conforme as situações, mas nem por isso desejamos que nunca tenham vindo viver conosco. Porque os amamos acima de tudo!
O nosso maior desafio, não é conviver, educar, alimentar, aguentar o jeito folgado. mas a coisa mais difícil é amar essa pessoa que “invadiu” nossa privacidade. É por isso que vira um inferno.
Para aquelas que se separaram, sinto muito, não julgo ninguém, cada um sabe da sua dor.
Só posso falar por mim. Eu queria muito encontrar um jeito de aprender a amar, reinventar essa relação tão espinhosa. Acredito que o universo só nos manda desafios que somos capazes de resolver. Queria ser capaz de aceitar as falhas dele sem me aborrecer, queria poder sorrir sinceramente e desejar o bem a ele independente de seu reconhecimento. como uma professora que ama os piores alunos, é muito raro ver isso hoje em dia, mas sei que assim como eu, você já presenciou isso um dia na sua vida.

Natália
3 years ago

Sou casada há 4 anos e o garoto tem 12 anos. Ele é um bom garoto, me respeita, enfim não posso falar dele mas mesmo assim não suporto ele. Minha primeira semana de casamento foi triste pois o garoto já foi para nossa casa. Todas as semanas, sexta, sábado e domingo e quando meu esposo decide leva só na segunda. Feriados as vezes pega. Até aguento final de semana mas feriados, férias e segunda eu não suporto. Estamos a 2 semanas sem nos falar por ele ter ficado também segunda e terça nas férias. Meu esposo disse que nessa briga quem perde sou eu. Nem sei se vale a pena investir mais nisso. Meu esposo é muito bom, trabalhador demais, farto, me ajuda na casa quando preciso mas a verdade é que não sei se existe mais amor entre a gente. Por esse motivo ele já está dormindo na sala a 2 semanas por vontade própria. Se eu pudesse voltar no tempo não teria casado, teria ficado sozinha como sempre quis. Não saímos para lugar algum. Só no ano passado fomos em Angra dos Reis. Esse ano falei de irmos e ele falou que da próxima vez levaria o garoto pois ele nunca saiu com a gente. Como se saísse comigo. Não quero fazer nada com ele junto. Filho nem quero ter! Não tenho vontade. Percebo que esse problema afeta apenas as madrastas pois dificilmente os padrastros brigam por isso. Meu irmão tem enteado e se dá muito bem com ele. São amigos.

Liliany
3 years ago

Sei como e sou casada há quase três anos tenho 6 enteados o dois mais velhos vem para casa só no final do o difícil e os 4 que moram aqui perto a ex dele não está nem ai com as crianças sai para biscatia e larga elas aqui eu sirvo de baba e empregada
Nao tenho viva propria não posso sai um final de semana porque eles sempre tão aqui não saio com ele porque ele tem medo que as criancas fiquem magoadas meu marido e um banana não tem boca para fala com as criancas elas pintam e bordam até roubamas coisas da minha filha e a errada sou eu de brigar são criancas não gostam de toma banho não tem higiene fora o enxame de piolhos que a gente vê anda na cabeca. moro no quintal do pai dele e fora isso a ex dele e prima de 1 grau e sempre tem uma desculpinha para vir bisbilhota vê o tio imagina minha situacao guenta ex que faz de tudo para inferniza inclusive usa as criancas e as 4 criancas que não tem educacao nenhuma meu casamento esta indo por agua a baixo tbm

Maria Antônia
3 years ago

Bem complicado tudo isso. eu estou em uma situação parecida ou pior. estou casada tem 1 ano meio, meu marido t m 1 filho de 24 anos, já tem até neto de 3 anos, a mãe do meu enteado já é falecida. Ele não mora conosco, porém quando vem passar as férias ou dias de folgas aqui na minha casa, pois moramos na praia, ele vem e traz o neto e meu marido fica de baba da criança! Meu entendo fica dormindo, no celular e não cuida do próprio filho! Meu marido que fica de baba! Meu enteado não é capaz de lavar uma louça, não faz nada!
Eu conversei com meu marido e ele diz que fico de implicância com o filho! Que ele faz as coisas para agradar um homem de 24 anos?! Ahh por favor. eu cansei, vou terminar meu relacionamento, pois entendo mal educado já percebi através de varios relatos, que parece ser normal, agora marido bundao fica complicado! Não impõe limites, acha tudo lindo! E dane se eu!
Não quero mais saber de homens com filhos! Sei que é difícil hoje em dia, mas se acontecer de encontrar outro com filho, vai ser cada um na sua casa.

Thais
3 years ago

Meninas eu não sei mais o que fazer. A impressao que tenho é que peguei um ranço do filho do meu marido, sou casada há 3 anos e o menino tem 10 anos. Meu marido passou um tempo desempregado e não deu a pensao por alguns meses isso se acumulou e a mãe colocou na justiça, tudo foi acertado e meu marido jáesta pagando tudo direitinho, sei que não tem nada a ver mas peguei um ranço do menino desde desse tempo, por causa desse atraso ele esta pagando um absurdo de pensao e isso nos faz muita falta, claro que sei da obrigaçao e importancia da pensao e até por isso não deixo ele atrasar mais. Quanto ao menino alem de tudo isso é uma criança para frente, respondao, chorao, mimado e ainda por cima vive pertubando para morar com o pai. Agora imagina eu que tenho 29 anos não tive filhos para não ter trabalho vou aceitar uma situaçao dessa! Fora que meu marido não tem responsabilidade nem com ele mesmo, vai sobra tudo para quem? Eu jánao consigo disfarçar a minha cara e meu marido jápercebeu, até discutimos por causa disso, ele disse que eu estou tratando o filho dele com frieza ( e é verdade) mas eu disse que é impressao dele, claro, por que se eu disser a verdade acho que é capaz de nos separarmos. O que eu faço

alexandre
3 years ago

Se você passou dos 30, provavelmente vai arrumar um novo namorado de 40. com certeza terá filhos. ou então deve ser um playboy. ou gay. Além disso. se seu marido tem por volta de 40 anos, emprego fixo e todos os dentes na boca. você é feliz e não sabe. Tem muita mulher por ai bonita, gostosa, do olho azul, bem de vida e sozinha. doida para arrumar um cara com dois filhos. Por que não ajudá-lo a criar os filhos (não enfirnizá-lo já seria uma grande ajuda). e dessa maneira você teria no futuro seus enteados (que podem virar médicos, advogados, empresários.) por perto e os auxiliando.

Lu
3 years ago

Me identifiquei bastante com a história de vocês porque estou na mesma situação. Convivo com meu esposo a 6 anos e temos 2 anos de casados, ainda não temos filhos mas ele tem uma menina de 8 anos. Ele sempre fala em trazer a menina para morar com a gente mas nunca me pergunta o que acho, é como se eu fosse obrigada a aceitar porque sempre soube que ele tinha filho. Nós casamos, nunca viajamos juntos, não tive lua de mel, abri mão de tantas coisas.a mãe da menina teve filho recente e agora todo fim de semana a filha dele vem para nossa casa(não temos mais um final de semana só nosso).Me dou bem com ela, apesar de acha-la mimada, mas a questão é a seguinte: meu esposo trabalha fora e as vezes nem dorme em casa, ou seja, a responsabilidade vai ficar tudo em cima de mim se ela vir morar com a gente .as vezes me sinto culpada, fico pensando meu Deus como sou egoísta? Ela é filha dele :'( mas sinceramente, não sei se vou conseguir viver assim. Não sei o quanto amo meu esposo para aceitar isso.

Mmm
3 years ago

Divorcie-se imediatamente. Isso nunca irá passar. Essa criação e esse tipo de comportamento vai até os 40 anos. Serão dependentes, viverão com o pai, sempre cheio de vontades, implicantes, arrogantes e burros. Caia fora imediatamente. Essas pessoas – todas elas são tóxicas. Livre-se enquanto pode.

Isrraeleni
3 years ago

Misericórdia! Estou a 8 anos divorciada e a 4 anos conheci uma pessoa e decidimos morar juntos, eu jásabia que ele tinha um filho que hoje esta com 10 anos e nos ultimos 2 anos minha vida se tornou um inferno porque ele começou a pegar o garoto todo fim de semana e nas férias tambem, o muleque e mal educado, preguiçoso, sebozo, folgado etc. Tenho um rapaz de 19 e uma moça de 20 anos que moram comigo e hoje eu vejo o quanto e importante a gente educar nossos filhos para conviver em sociedade. Quando escuto a voz do muleque eu estremeço toda por dentro porque meu fim de semana se torna um inferno, o pai dele e um bunda mole que não abre a boca e empurra a educação do menino para mim, não tenho paciência para ficar repetindo coisa para um garoto que jáesta na adolescencia mas que se comporta comporta como se tivesse 5 anos. Peguei ranço do menino e agora do meu marido, chamei ele essa semana e rasguei o verbo. Não sou obrigada a educar seu filho e muito menos ficar te orientando como fazer isso, pega suas trouxas e vaza. Quem pariu Matheus que embale a rede, nunca empurrei educação dos meus para ninguém e nem sou obrigada a me stressar com muleque de ninguem. Foi a decisão mais sábia que tomei, hoje faz 3 meses que terminamos e eu estou muito bem obrigada. Minha casa minhas regras. Feliz demais hoje, sorrindo ao vento.

Tati
3 years ago

Estou em um relacionamento há 10 anos, sendo quase 5 morando juntos. Meu enteado tem 14 e sempre morou com os avós paternos e o pai, pois a mãe não está nem aí para ela. Quando eu e meu marido fomos morar juntos, ele continuou com os avós. Há dois anos, os avós morreram e ele veio morar conosco. Um completo inferno. Os avós o criaram com todas as má criações possíveis. Mimado, porco, seboso, respondão. Para ir visitar a mãe de 15 em 15 dias, eu que tive que organizar, porque senão a bonita não pegava. Conselho que eu gostaria de ter recebido: Foge que é uma cilada Bino!

Anônimo
3 years ago

Tenho 23 anos sou casada à 4, quando conheci meu marido ele me falou apenas de um filho e eu fui clara sobre não querer responsabilidade com filho de ninguém, logo ele me conta que tinha mais 2 filhos e o mais novo ainda tinha nascido. Ok!
Hoje eles brigam na justiça por revisão de pensão e eu não me meto nesses assuntos porque o filho é deles, mas ultimamente a minha sogra tenta me passar a responsabilidade deles para mim, mas eu sempre dou desculpa que não dá para fazer, não dá para ficar com eles etc.eu penso o seguinte eu não me meto na criação, não interfiro em nada que seja relacionado aos filhos dele então não tenho obrigação nenhuma com eles.
Sou nova e não tenho filho ainda, enquanto a mãe deles já tem marido e outra filha com ele e não quer cuidar deles e manda para casa para minha sogra cuidar, só que a sogra não aguenta o pipino sozinha e quer colocar para mim essa barca mais eu não aceito.

Gi
3 years ago

Nossa.Eu estou me sentindo super mal, não quero mais o meu entiado morando com agente, ele só veio porque aprontou na casa da mãe, ia reprovar na escola, não queria saber de nada, tem 13 anos preguiçoso, mente muito. Só passou de ano porque eu doei minha noites, veio faltando 3 meses para acabar o ano, e tive que para de viver praticamente para estudar junto com ele para que ele podesse passar de ano, trabalho e saio cedo e chego tarde, coloco a janta no fogo e cento com ele na mesa todos os dias para explicar que ele tem que parar de mentir, e para de de fazer coisas erradas, que isso não vai dar futuro para ele,to me desgastando pois isso é todos os dias.

Lua
3 years ago

Boa tarde conheci meu esposo desempregado e morando sozinho ele disse que tinha filhos mas cada um morava com sua mães eu tenho 3 mas grandes a menina mira comigo então fomos mora juntos ele e minha filha não deu muito certo e ela foi mora com minha mãe agora a dele aprontou com a tia e veio mora com a gente estou vivendo um pesadelo a garota e debochada e não faz gosta de fazer nada a mãe trabalhar no bordel e mora lá Ñ tem como ela mora com ela ainda tem fim de semana que ele traz os outros 3 aí i inferno está garantido só Jesus na causa estou tentando de verdade mas não sei se vou conseguir

Graciela
3 years ago

Olha o meu caso, conheci um homem 20 anos mais velho, bem bonitão. No primeiro encontro ele me contou que engravidou uma ficante e o filho tem 6 meses.
Conheci ele no trabalho, e no trabalho mesmo pessoas que conheciam ele me falaram que a mãe da criança já tinha outro filho e o menino já morava com o pai porque é meio tranqueira, biscatona, não cuida.
Ela me perseguiu muito tempo, escândalos em publico. ela achava que por minha culpa ele não voltou para ela..
Hj o menino tem 6 anos e mora com a avó, mãe dela, lembrando que a pensão cai na conta dela, e ela não repassa para mãe.
agora sempre manda o menino lá para casa para dormir, eu tenho que sair da cama para ele dormir com o pai, porque tem medo.se a vó precisa sair ela não fica com ele, a criança tem que ir para minha casa.
Estou furiosa.. socorro!

Rosemeri
3 years ago

Quando souber que tem filhos saia correndo .
Você com o tempo vai abrir mão de seus sonhos e vai estar trabalhando de empregada para seus enteados lavando, passando e limpando .
E a mãe vivendo a vida com outra pessoa como rainha .
E os filhos dela na sua casa e seu marido o pai, não aceitando nenhum comentário dos filhos .
Corra fuja merecemos ser feliz

Paula
3 years ago

Estou vendo que estamos todos no mesmo barco!
Meu enteado veio morar conosco este não é para minha surpresa meu casamento está desabando.
Não faz nada, se gabá na na casa da avó e dos tios que meu esposo faz tudo em casa quando ele esta folga, sujo, para tomar banho tem que mandar umas 20 vezes no dia, larga papel de bala por toda casa, canecas por toda casa, meu sofá está horrível de sujo, anda descanso e suja tudo. Louça nem sabe o que é. Nem as cuecas ele lava no banheiro, ai quando demoro a lavar roupas vem me questionar que esta sem cueca. Isso tudo entre outros gente, eu já conversei com ele, já ensinei, já pedi com educação, já Briguei. Mas meu esposo não gosta, diz que eu sou dura demais e por ai vai a falta de compreensão de todos ao redor. Eu saio cedissimo de casa e volto muito tarde, praticamente só para dormir e tomar banho, e ainda tenho que escutar, que quem deixa a casa bagunçada sou eu.
Estou cansada e tudo isso!

Alessandra
3 years ago

Nossa ,ao ler esses comentários…estou em uma pior situação.. Meu esposo tem um filho de 20 anos..não respeita ninguém.. Já tentou agredir padrasto,tia, avó.. Qdo crianças tentei cuidar dele três vezes e não deu certo. Me enfrentava..agora de adulto porque está dando trabalho na cidade que mora. Meu esposo quer trazer lo para minha casa…estou sendo julgada por não aceitar. Não sou obrigada a viver com ele, pois tenho medo dele…não tenho filhos..já disse que caso traga,mesmo amando meu esposo, prefiro ir embora. Não sou obrigada a aceitar aqui. Está sendo difícil meu esposo compreender que é um perigo para mim.
O que vocês fariam?

PATRICIA COLARES DA SILVA
3 years ago

Gente eu já sou ao contrário tenho uma filha de quinze anos era sempre morou com o pai .Agora da noite para o dia ela quer vim morar com migo não sei o que faço porque quando ela fica com raiva ela joga um monte de coisa na minha cara e depois pede desculpa,ela mora em Manaus eu no Acre. Já sou casada tenho um filho de quatro anos.
Mas não sei o que fazer não estou preparada para lidar com uma adolescente de 15 anos. Eu tive ela com 17 anos .Ela sempre morou com o pai foi educada por ele e família dele ela não respeita nem o pai ,fico pesando será que ela vai respeita o meu esposo, será que ela vai e respeitar estou em pânico não sei o que fazer. Sei que é minha filha mas estou com medo de ela não me repaitar.

amora
3 years ago

e quando o cara separa de você por sua filha vir morar contigo? alegando que não e obrigado a gostar dos filhos dos outros mas hoje mora com outra que tem duas crianças.o que falar nessa situação.

Ruth
3 years ago

Olha estou casada há um mês. Já estava morando com meu marido há cinco meses junto com o filho dele de seis anos. Enquanto o menino estava com a gente quem cuidava de verdade era eu, apesar de eu ter faculdade e emprego. Quando vi que não dava mais pedi para devolver o menino para mãe, percebi também o quanto o menino estava com saudades dela. A vida agora longe dele está maravilhosa, não quero morar com ele nunca mais, apesar dele ser um menino educado, respeitoso, amoroso, mesmo sabendo que a mãe não cuida direito, mas com o pai o menino não quer ficar e mesmo que quisesse não vejo meu marido cuidando dele direito, iria sobrar para mim. A responsabilidade não é minha não pari criança nenhuma e atualmente nem quero mais ter filhos. Concordo plenamente com a opinião de quem diz que se a madrasta é obrigada a viver na mesma casa o ideal é separar porque ter uma criança é ter muita responsabilidade. Tipo eu casei com meu marido não com o filho dele, apesar de saber da existência dele e até ter cuidado dele quando ele estava doente, abraçado quando estava triste, dado beijos de boa noite para dormir, ele não é meu filho e não vou criar o filho de outra mulher estando ela viva e com tempo para cuidar do próprio filho. Quanto a dinheiro de pensão concordo plenamente que pague, pegar o menino para passear e até dormir uma vez ou outra na minha casa mas passar mês de férias não. Morar muito menos.

Amanda
2 years ago

Eu acho que a mulher deve ficar de cabeça tranquila ao não aceitar as crianças,sendo que essa atitude ira acabar com o casamento se as crianças só tiverem o pai,o ditado é valido,quem pariu mateus que o balance,vc vai chorar,mas e melhor que a casa ficar um inferno com as crianças!

Marcos
2 years ago

Parabéns pelo comentário!
Perfeito!
O que estou vendo aqui, é uma baita ingratidão, associada a um radicalismo feminista, onde não cita Deus em suas decisões, tampouco usa o bom senso face o problema.

Adriana
2 years ago
Reply to  Marcos

Acredito que só quem passa por uma situação dessa sabe o peso que ela tem. Conviver com alguém que não é seu filho não é tarefa fácil.
Educar, aguentar dentro de casa, perder a liberdade na própria casa.
Hoje não faria a escolha que fiz há anos atrás. Abriria mão do relacionamento com alguém com filhos pois a carga é pesada. O relacionamento realmente vira um verdadeiro inferno.

Elisane
2 years ago
Reply to  Carla firmino

Concordo com vc, estou vendo meu casamento ir embora.

Gaby
1 year ago

Me ajudem, pois me sinto péssima

namorei um rapaz que terminou comigo e em uma semana apareceu com a atendente do banco que ele tinha conta ( ou seja, fui traída )
Não fui atrás e logo ele começou a vir
Mas nisso ela engravidou
Segui minha vida, e ele sempre correndo atrás mesmo estando com ela
Separaram há um ano e resolvi voltar com ele qse 6 anos depois
Se deixar ele quer que eu cuide do menino, põe para dormir na minha cama entre a gente
E passa o FDS aqui em minha casa,
Já estou ficando depressiva, me sentindo um monstro
Por não gostar do menino, jamais gostaria de afastá-los
Mas eu quero distância do menino porque transferi a mágoa para o menino
Me desculpem o desabafo, mas estou mal

Renata
4 months ago

Sou casada há 8 meses, e meu marido tem uma filha de 8 ano, na qual quis vir morar com a gente, porem meu marido trabalha em outra cidade ela fica comigo, com o conceito da mãe dela, só que agora a avó e o tio falou que vai denunciar meu esposo por que ela fica apenas comigo isso pode? E crime? sendo que e com permissão da mãe dela e nos damos super bem.

MilitaryGirl
3 months ago

(w,YX/pO) Olá, eu da Ucrânia, estou procurando opções de realocação, se você quiser me ajudar, aqui minhas fotos e vídeos: >>>ujeb.se/7LUqxi

Fernanda
2 months ago

Boa noite tenho mesmo pobre minha entiada tem 15 anos ela veio morar na minha casa o pai dela passa mão na cabeça dela no segundo dia ele discutiu com o pai e dai ela foi na sala e deu um tapao na costa do meu filho de 10 anos e ameaçou se ele ou a minha filha de 7 anos conta ela ia bater mais eu não asseito isto respeito ela dou conselho mais ela não ta nem ai só quer sair com as amigar não quer ir para escola e se eu falo para o pai dela ele fica bravo comigo estou de saco cheio de ver meus dois filhos sofrer ele teve a filha dele quando ele era muleque nem teve contacto com ela eu que ajudeis os dois se vê mais acho que foi pior agora ela esta morando aqui comigo e com o pai dela mais judia dos meus filhos ela fala que eles não sao nada dela o pior que a mãe dela que ensinou isto para menina
Meus filhos são pequenos e estão com muito medo dela e já liguei para meu para que ia alugar a casa que ele tem agora e só esperar o caminhão para buscar minhas coisas e dos meus filhos antes que ela fassa algo pior com eles.

SANDRA
1 month ago

Gente não é fácil,eu vivo esse dilema também,pior é que me sinto culpada por não senti isso,por que meu esposo,é uma pessoa maravilhosa,mas a filha dele mora conosco ,a mãe por ai curtindo,sem pagar um real l da filha dela,a menina é ingrata e não reconhece nada que fazemos por ela, não desgosto,só não queria ela morando comigo,gostaria de ter um dia que fosse,sozinha com meu esposo,mas infelizmente,nunca tive,não é fácil ,se soubesse que seria ,tão difícil ,jamais casaria.