Problemas de Infidelidade

Não consigo parar de trair o meu marido

sou casada há 4 anos, casei por impulso na época descobri que estava gravida e então resolvemos casar, mas estava com ele apenas 6 meses então era muito recente, já trai ele varias vezes e não paro de pensar na próxima vez, sinto muita atração por outros homens Não sei o que faço já tentei de tudo para parar com essas atrações por outros caras mas não consigo.

Etiquetas
trair trair marido

17 Comentários

  1. Se a atração é puramente de cunho sexual, veja com um psicologo/psiquiatra alguma medicação que reduza a sua líbido. Se a atração é puramente emocional (carência), então converse de forma franca com o seu marido para resolver a causa….

  2. Já experimentou ter vergonha na cara e se separar dele? Não tem historinha de não consigo parar de trair tem é falta de compaixão, fidelidade e honra pessoas como você me causam nojo.

  3. No seu caso acredito que a primeira coisa que vc tem que fazer é se separar e buscar o estilo de vida que vc gosta, podendo transar com quem quiser ou até mesmo viver disso, uma vez que vc tem a necessidade de diversificação masculina, uma libido alta, isenção de sentimento de culpa pelas traições, portanto vc ainda poderá pensar em faturar uma boa grana para se manter com os novos homens com que se relacionar e curtir as suas aventuras. Ficar casada é a sua pior decisão. pois não terá espaços para poder ser quem vc é e fazer o que gosta.

  4. Sei, querida, pelo que você passa. Também passo por isso. Trair é uma delícia. A sensação do escondido, do proibido… Por outro lado é um vício horrível que destrói nossas vidas e famílias.

  5. Se não está realizada com seu casamento, separa. Solteira você poderá fazer o que bem entender sem peso na consciência.

  6. O dia que ele descobrir você para, ser aceitar ser corno não sera mais traição e se ele separar também não sera, pois não haverá mais casamento.

  7. O swing é o seu melhor caminho. Convença ele. Comece mostrando filmes pornôs com troca de casais e vá introduzindo o assunto lentamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar