Não aguento mais meu casamento

Eu sou casado ,tenho duas filhas e meu casamento está muito complicado, difícil até por onde começar, a gente nunca teve uma vida de casal ,tipo fazer coisas de casal, sair ,se divertir ,se curtir, acredito que o fato de ter filho impeça essa rotina de um casal, mas tudo ela justifica pelo fato das meninas, de não ter tempo, de não dá certo.
Minha rotina é casa / trabalho ,vivo na mesmice, já tentei conversar com ela para mudar isso, mas não adianta, já chegamos perto de separar inúmeras vezes ,mas sempre volto atrás, a gente já não dorme na mesma cama há alguns anos, por conta das menina mais velha dormir com ela.
O pior que a gente vive de lampejos de carinho ,afeto, eu sou um cara que gosto de carinho, dar e receber, a gente já dorme separado, cada um no seu lugar, sem boa noite, bom dia, sem o mínimo afeto, eu não estou mais aguentando isso, não quero viver o resto da minha vida assim, ela é muito cabeça dura, assim como também sou, mas ela é pior porque não muda situação, nem faz por onde, eu não quero mais continuar assim ,mas eu não consigo me imaginar longe das minhas filhas, eu sou muito de me importar, cuidar, proteger, está perto, é uma separação não tem como continuar tão próximo, eu ando triste, sufocado, impaciente.

13 Comentários

  1. Você saiu da sua cama para sua filha dormir com sua esposa?
    Isso decreta a falência de todo casamento. Me desculpe, mas isso tbm é culpa sua. Dormir juntos pe muito importante. Tem o sexo, o dialogo, dormir abraçado, o bom dia, o boa noite. É la que tudo se desenrola.
    Você vai chegar na sua casa hoje e vai botar sua filha no quarto dela e vai voltar para sua cama. Onde já se viu?

  2. Pula fora, mano. Filhos crescem e a vida passa. Se ela não é frígida, pode ser que tenha um caso: vizinho, colega de trabalho. Abra o olho. Ela não te ama. Não deixe de ser pai. Fique solteiro. Tem muita mulher querendo dar.

  3. Rapaz está tudo errado se o casamento não vai bem é hora de rever isso, agora sua mulher tirar você da cama e colocar sua filha, ela não sabe a desgraça que ela vai vida dessa menina, tem um caso na minha família, uma prima acabou com a vida da filha hoje a moça tem 20 anos e não consegue sair de casa e só dorme com a mãe, sem contar que minha prima é traída aos montes pelo marido. Cada membro da família tem que saber o seu papel e vocês estão jogando uma carga enorme em cima da filha de vcs, na cabeça de uma criança que dorme com a mãe é o pai e quando isso é trocado cria uma confusão na cabeça dessa criança isso trás consequências para o desenvolvimento psicoemocional e relacionamentos futuro da sua filha (uma vez ou outra tudo bem a criança ficar na cama dos pais, mas fazer isso a anos) se prepara para pagar anos de terapia para ela, se você ama sua filha por favor ajude ela a exercer o papel de filha se for o caso de sua esposa não aceitar procure uma terapeuta familiar.

  4. Vamos para o principal, para você resolver a parte que mais te prende a esse casamento falido, que é suas filhas. Você já ouviu falar de guarda compartilhada? Funciona assim, as crianças permanecem morando em apenas uma residencia, mas o seu contato com elas não irá se restringir a visitas quinzenais, mas podendo ser por diversas vezes, mesmo dentro da semana,desde que existam algumas regras definindo os dias ou combinando a troca do dia, quando para você surgir um compromisso. Não perca mais tempo nesse casamento, pois essa mulher até propósitou deixar essa filha com ela dividindo a cama, porque quer você longe, para evitar alguma intimidade. Para mim ela não gosta nem mais de sexo, virou uma frígida.

  5. Como você mesmo disse:”já chegamos perto de separar inúmeras vezes ,mas sempre volto atrás, a gente já não dorme na mesma cama há alguns anos.”. Não dorme com a mulher há anos e é você que não quis separar? Concordo co o Morfeu: a peruca de touro está rondando a sua cabeça! Cuidado!

  6. Se sua mulher não te quer procure quem queira.

    Comece procurando uma amante para, primeiro, equilibrar seu tesão e encontrar carinho. Quando essa parte já não incomodar tanto separe-se e ache uma nova mulher (é o que não falta).

    Filhas? Separação tem de monte por aí e todas sobrevivem. Sofrer faz parte da vida e elas precisam aceitar e se acostumar. E tem outra: se você continuar casado com essa vaca fria vai se tornar um cara amargurado, um verdadeiro chato de galochas, e suas filhas irão ter vergonha de você.

    Então, se é para levar um pé delas (e você levará), melhor ir se preocupar com sua vida para — depois — se preocupar com elas.

  7. Veja.. você já parou para pensar que ela pode estar sobrecarregada e por isso não se anima? Oq você faz para ajudar com as meninas quando chega em casa? Consiga alguém da família para ficar com as crianças por um fim de semana. Organize tudo! Compre uma roupa bonita para ela, planeje um passeio, um cinema, um jantar. Que mulher não iria gostar? Se vocês se gostam de verdade isso deve ser um bom pontapé inicial. Planeje para esses encontros acontecerem sempre. Se ofereça para fazer as crianças dormirem enquanto ela toma um banho demorado, depois se encontrem na cama de vocês.. é preciso ver os dois lados, é preciso dar condição para os dois chegarem a mesma sintonia. Boa sorte!

  8. Engraçado o que algumas mulheres escrevem.
    Dizem que o sujeito do desabafo deve “se impor, colocar ordem na casa”. Engraçado que quando o cara é calmo, é taxado de mole, sem voz ativa. Quando “coloca ordem na casa” é um grosso, machista.

    Acredito que antes de se impor perante a filha, o ideal é conversar com a esposa. Se ela não estiver de acordo, já era meu amigo. Por mais que um queira, de nada adianta se o outro não estiver no mesmo espírito.

  9. Vivo assim só que ė meu marido que saiu da cama e coloca nossa nenem para dormir com ele, jáfaz 2 anos isso. Quando vou conversar com ele ele só fica no telefone nem me da atencao, vivo em uma prisao

  10. Sou casada, tenho 33 anos.ele quase nunca dormiu comigo em mais de 10 anos de casados,é grosseiro,ñ me respeita,se julga melhor que todos,esnobe as vezes.Sou diferente dele,embora seja fechada com meus sentimentos,sou sensível,fiz muito por ele no começo do relacionamento.Sempre trabalhei e na primeira gestação tive que parar para não perder o bebê,ele nunca me ajudou ou incentivou a voltar, me deu força para largar a faculdade,e eu só fiquei em casa,ñ sou dona de casa perfeita,mas eu cozinho e tento manter a casa o máximo que posso,hj temos 2 filhos.Hj depois de tantas mágoas,tantos palavrões e falta de respeito, não tenho nenhuma admiração por ele, não sei se amo ainda.Eu por muitos anos não respondia de volta,mas cansei e comecei a devolver as ofensas.Ñ tenho mais nenhuma amiga,sou caseira,única coisa que faço é ir na casa do meu pai…

  11. Muita gente no mundo com probelmas iguais. Minha vida com meu marido e desse mesmo jeito. Só que a diferença é que o frigido sempre foi ele. Ele sempre teve problemas sexuais. Sempre brochou, bebe demais desde os 12 anos de idade e o sexo na vida dele sempre ficou em ultimo lugar. No começo da nossa vidas juntos era semanal no dia da folga dele. Depois nossas filhas nasceram e dormia na cama comigo. Mas logo comprei a caminha delas. E a frequencia de sexo como tempo caiu para 2 vezes no mes, jápassamos mais de ano sem sexo uma vez, hoje já estamos com 6 meses que não nos tocamos, ele diz que me ama, eu cobro sempre cobrei, mas cansei acho muito humilhante cobrar sexo do marido, agora não ligo mais só sofro. Ele nunca foi de dialogar bebe demais e troca o prazer do sexo pelo da bebida e com certeza não liga para mim, porque eu sofro e ele nem liga. Ou seja, não sei quando será o dia que eu criarei coragem para por um ponto final nessa vida de infelicidade e magoas. Acho que deve ser meu carma, que preciso passar por isso. Pois sexo não é tudo. Ele é um bom pai, e acho que preciso me sacrificar por algo que ainda não sei o que é, mas que o futuro me dirá. Em fim cada um com seus problemas nessa vida.

  12. Entendo perfeitamente sua situação. Vivo um relacionamento parecido. O casamento já acabou há anos. Tbm vivemos de lampejos. Racionalmente sei que deveria sair de casa. Mas tenho uma folha e isso me prende. Não consigo me imaginar longe dela. Por mais que eu continue tendo contato, sei que não é a mesma coisa. Sem contar que eu tenho certeza que ela vai fazer de tudo para atrapalhar esse meu contato com minha filha. Meu casamento é meu maior arrependimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar