Minha mãe não larga do meu pé

Tenho 19 anos, tenho um namorado que além de namorado é o meu melhor amigo. Minha relação com ele é perfeita. Falamos sobre tudo um para o outro, tudo mesmo. Não temos segredos. Estamos fazendo de tudo para construirmos um futuro juntos. Estamos planeando muito e isso é muito bom. Estou amando ser a namorada dele, mesmo. Mas, minha mãe estraga as coisas as vezes. Bem, quando fico com raiva dela acabo escrevendo em um caderno onde escrevo tudo o que penso e por vezes ela mexe nas minhas coisas e isso é um saco! Além disso ela pega o que eu escrevo e guarda e ameaça de mostrar para os pais do meu namorado e isso me deixa com muita, mas muita raiva. Outro dia mesmo ela me trancou em casa para eu não sair com o meu namorado e eu fiquei muito chateada com ela. Teve até um momento que ela queria me expulsar de casa quando voltei da casa do meu namorado e ela disse um monte para mim na frente dele. Graças a Deus que ele conversou com ela e tudo se resolveu. O problema é que estou cheia dela ficar pegando no meu pé. De ficar vendo as minhas coisas. Isso está sendo insuportável, está sendo mesmo! Desde que ela soube que está grávida começou a me tratar muito mal. Muito mesmo! Isso está um saco, sério! Ela fala e eu fico quieta. Não falo nada porque não quero magoa-la. Mas, escrevo porque escrever foi o único jeito que encontrei para tirar a raiva que fica dentro de mim. Só Deus mesmo para me fazer suportar muitas coisas que estão acontecendo. Quanto mais eu tento fazer algo por ela, mais ela fala que não faço nada ou que eu não a ajudo. Isso é uma imensa complicação. Eu amo a minha mãe, mas temo que ela estrague o meu relacionamento. Logo agora que encontrei alguém não quero perder.. É isso. O que eu faço para não perder a paciência com ela? Estou prestes a explodir e eu não quero isso. Não mesmo! Antes de tudo isso ela não era tão dura e tão cruel comigo. Ela podia pegar um pouco no meu pé. Mas, jamais dizia coisas para me deixar triste. Claro que estou amando porque vou ter um irmão. Era chato ser filha única às vezes, mas acho que ela vai me deixar de lado totalmente quando ele nascer porque aos poucos ela está me deixando, mas eu sei . A vida é assim. Estou tentando me encontrar e espero que eu consiga.

10 Comentários

  • milva 23 de dezembro de 2012

    Compreendo o que sente, querida, e as situações que tem enfrentado. Não tem sido fácil, querida, mas tudo vai passar, creia. Pois todas as coisas têm começo, meio e fim. Você é jovem, tem um excelente rapaz ao seu lado. Há de em breve estabilizar com ele um teto, e tudo se ajeitará.
    Até lá, é munir-se de paciência e de serenidade.
    Evite responder à sra. sua mãe. Há pessoas que desejam de todo modo algo para debater, e provocam. Se alguém responde, pronto, era o que desejavam. Não é por culpa, mas por temperamento. Nem todos são perfeitos, aliás ninguém o é como bem sabe.
    Tranque suas coisas numa arca ou coisa assim, e esconda-a nalgum canto menos acessível. Se sua mãe perguntar onde estão os seus escritos, diga que são coisas sem importancia, que não valem muito a pena e que os tem deixado de lado. Se ela insistir, diga que precisa dormir e que nem se recorda onde os deixou, mas que verá isso assim que possivel, etc.
    Ou então, passe a usar o seu computador. Senhe e coloque nalguma caixa do Provedor, etc.
    Isso elimina os escritos materiais definitivamente das vistas dela.
    Ela sabe que você já é uma moça, sente que está a ‘perde-la’ e os seus escritos são um modo de ‘acompanhar’ o que a filha anda pensando e fazendo. Coisas de apego de mãe, querida.
    Ela está grávida. Os hormonios estão modificados, etc., o que a faz mais sensível. Paciência redobrada, agora. E quando o bebê vier, ela estará mais ocupada e você estará mais aliviada.
    Seu namorado conhece o temperamento da sra sua mãe, pois já precisou intervir. Não tema. Se ela a ama, e de fato assim o parece, já compreendeu bem a sua posição dentro de casa e não há de penalizá-la.
    Pense no seu futuro, conserve-se a excelente moça que tem sido e apenas siga adiante. Tudo vai dar certo!

    Resposta
  • Frida 23 de dezembro de 2012

    Primeiro de tudo:paciência!!
    Sei q as vezes parece impossível aguentar, mas vc consegue!!
    Tente não entrar em conflito com sua mãe, ela parece estar passando por uma fase. Acredito q logo tudo se ajeita.
    Se ela pegar pesado e tentar ofende-la diga firme porém carinhosamente – minha mãe, eu a amo e não quero brigar com a senhora.
    O segredo é tentar desarmar a pessoa agressiva . Quanto mais vc devolve os gritos e provocações, mais ela ficara fora de si.

    Sobre os cadernos de desabafos, esconda-os. Não a deixe encontra-los!

    Quanto ao namorado, não creio q sua mãe tenha o poder de separa-los. Ele me parece muito maduro.

    Resposta
  • karine 24 de dezembro de 2012

    oi. eu se fosse voce, sairia de casa e ficaria uns tempos na casa do meu namorado, pois assim ela iria perceber o quanto voce faz falta.

    Resposta
  • milva 24 de dezembro de 2012

    Karine,
    Pretende aconselhar a menina a fazer da mãe uma refém?… Infelizmente devo dizer que haveria Leis para isso.
    Ademais, que negócio seria esse de fugir da situação, sair de casa e ir aportar na casa de estranhos, como se hotel fosse e como se alguém alí tivesse a obrigação de receber hóspedes inoportunos, ou ainda de se envolverem nesse ‘cirquinho’ a modo de dar a filha uma ‘lição’ na própria mãe??
    Você, sim, precisaria de uma lição para criar mais juízo.
    Uma filha que se comportasse assim, creia, não faria a mãe perceber o quanto ela faz falta, conforme você afirmou, mas o quanto é insolente, abusiva, mimada, agressiva e manipuladora.

    Resposta
  • Aline 20 de fevereiro de 2015

    Estou passando pela mesma situação, não tenho nada de ruim pra dizer do meu namorado ele é maravilhoso e temos uma relação muito boa mas minha mãe depois que separou do meu pai ela tem pegado muito no meu pé, tenho 22 anos mas ela não me deixa ir na casa dele sozinha, inventa pretextos e faz comentários absurdos de coisas que nem existe.Eu sou sempre muito calma mas já estou chegando no limite.

    Resposta
  • thais 23 de setembro de 2015

    Minha mãe pega muito no meu pé apesar de eu fazer tudo pra agradala tenho um namorado ele é muito gentil e evangélicos sou católica mais minha mãe não aceita ele o que eu fasso porque eu tenho 20 anos até quando isso vai continuar .

    Resposta
  • Paula 8 de maio de 2016

    Olha são os hormônios…

    Resposta
  • ~~ 23 de maio de 2016

    minha mae antigamente nao pegava muito no pe. Confesso q ate o 2 ano do ensino medio ela deixa fazer praticamente tudo q eu queria. Pra ela eu era um exemplo. quando entrei no 3 ano a coisa desandou… conheci um carinha pela net e começamos a ficar, ja nao estudava o suficente, sai mal nas provas e sempre rolava discussão com meus pais. Gnt isso foi por 3 anos minha mae pegando no meu pe. Atualmente to no 3 ano do curso de Direito, e ate hoje ela fica em cima. estou namorando sério com um rapaz da facul, e nossa relação é muita boa, apesar de ser muito recente kk. mas minha mae nao me larga por causa do otario q destriu minha vida e isso ta me afetando ate hoje

    Resposta
  • Maurity 30 de dezembro de 2016

    simples, passa num concurso público e saia de casa, funcionou comigo e vai funcionar pra vc tbm

    Resposta
  • mariana 15 de junho de 2017

    a minha mae me enchendo o saco

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *