Minha esposa deixa tudo comigo

Boa noite, me casei a 3 anos, quando a conheci, ela foi sincera e disse que não era boa dona de casa, mas eu por ter morado sozinho, sabia fazer as coisas e pensei, pra, podemos nos ajudar sem problema, mas hoje vejo o erro que foi não falar mais sobre isso, pois agora mesmo, tivemos uma briga, ela começou a trabalhar hoje em um escritório, eu trabalho home office, deixei a janta pronta, marmita dela feita, filho banhado, a única função dela, seria fazer ele dormir, ficou com ele no quarto com ar condicionado ligado, enquanto eu lavava toda a louça, quando terminei, ela saiu do quarto e quis me entregar o menino, dizendo que já era 22:30 e precisava tomar banho para ir dormir, fiquei nervoso na hora, perguntei a ela porque eu deveria fazer ele dormir se essa era a função dela hoje, já que fiz literalmente tudo em casa, fazendo como sempre, começou a gritar dizendo que não quer que eu faça mais nada para ela, pois fico jogando na cara e etc, sinceramente, está difícil, você faz tudo, quando se nega a fazer UMA coisa, e tratado assim.

9 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ela
11 months ago

Só resta conversar com ela e dizer que quer dividir as tarefas, se ela não se esforçar para mudar isso termina ou faz terapia de casal. Casamento com filho fica mais difícil mesmo.

Luaan
11 months ago

Cara, você vacilou feio em engravidar essa mulher.

Vou prever seu futuro: tu vai se separar dessa folgada e ela vai arrancar metade do seu patrimônio e 1/3 da sua renda com divórcio e pensão

Observador
11 months ago

Pelo “pit” dela, parece que o primeiro dia de trabalho, superou o primeiro dia de casada!! Bem vindo a “Dupla Jornada” :)

ana
11 months ago

Educa-se o relacionamento logo no início, definindo a forma como cada qual irá contribuir com seus esforços pessoais para a realização das funções dentro do lar. Se ela trabalha home office, os recursos que ela ganha deveria se somar aos seus rendimentos, para que consigam terceirizar algumas funções, por ex contratando uma faxineira, contratando uma pessoa para fornecer marmitas para a sua esposa já que não quer se envolver com cozinha. Vc como sabe cozinhar, poderia apenas abrir uma exceção para a criança, para selecionar melhor os ingredientes que ela consome, já que ela está em fase de crescimento e requer uma alimentação bem mais elaborada com alimentos saudáveis e até orgânicos de preferência. Não entendo porque você faz marmita para a sua mulher. Ela não trabalha? Se não quer fazer ou não sabe fazer que pague. Se um casal fica nesse braço de ferro empurrando obrigações um para o outro, o caminho será sempre a discussão e quando se perde o respeito em uma relação, o resultado é sempre desgaste. Simplifique a vida de vocês, melhore a comunicação definindo o que cada um deverá fazer para o que demanda nas rotinas do lar. Quem faz as compras? Quem leva a criança para escola? Quais dias cada qual irá colocar a criança para dormir? Quem faz o café da manhã? Quantas horas cada qual trabalha, considerando o tempo de deslocamento, etc, Organização e distribuição de tarefas elimina cargas de discussões.

Isa
11 months ago

Mulher folgada… sai fora! Tem muitas que trabalham fora e ainda dão conta da casa

Sara
11 months ago

Conversa com ela, ela pode estar muito cansada. Pode envolver outros problemas.

Jean
11 months ago

Eu vivo mais ou menos isso. Ela disse no começo que não cozinhava é que não gostava de cozinhar e eu falei que detestava lavar louça. Eu cozinho até hoje porém ela não tem escolha, tem que comer o que eu fizer e ainda lavar a louça.

Essa vida...
11 months ago

Meu caso é parecido com o seu. Eu e meu esposo, ambos trabalhamos, só que em turnos diferentes, e sempre sou eu quem arruma a casa, dá comida para os cachorros, faço, comida, etc. É insustentável ver que a outra pessoa nem se esforça. Já deixei a casa um lixo diversas vezes, e nada dele se prontificar, brigamos várias vezes por isso e ainda não achei uma solução.
Acredito que no seu caso, se tiverem condições, contratem uma diarista para ir alguns dias na semana, separa um cronograma diário e apresenta para ela. Educar um adulto a ter consciência e bons modos é difícil e cansativo. Mas mostre que você não está insatisfeito com a situação. Caso não resolva, terapia de casal é uma boa solução. Pois, as vezes, a “bronca” de terceiros é melhor aceita que a pessoa que está ao lado.

Isa
8 months ago

Vcs precisam ter um acordo pré-definido. Tá, ela até pode não ser boa dona de casa, mas mesmo assim vai precisar fazer algumas coisas. Um dia vc, um dia ela, e assim vai, se ajudando, isso é ser um casal, isso é parceria. Caso não aconteça, deixe de fazer tambémm, ela vai se incomodar muito mais e capaz até de fazer