Desmotivado a continuar um casamento

Estou morando juntos há 2 anos com uma pessoa que mudou muito e não sei mais o que fazer.
Nos ganhávamos quase a mesma coisa quando nos juntamos, mudei minha forma de trabalhar para ter mais tempo de cuidar das coisas e tentar manter conforto para ela, nesse meio tempo ela foi promovida e eu passei a receber menos que ela, as coisas mudaram, durante 1 ano, trabalhei home office e fiz coisas de casa para que ela simplesmente chegasse e pudéssemos ficar juntos, cozinhei 340 dias de 365.
Mas isso nunca foi suficiente, as coisas sempre foram piorando, ela chegava tarde da noite e muitas vezes nem curtimos o fim do dia, teve comemorações que nem chegou em casa a tempo (jantares que fiz em datas comemorativas), mas isso tudo porque sempre quis ganhar melhor, o fato é que continuamos fazendo as coisas da casa mas ela não concordava em contribuir com algumas contas. Ex: internet.
Então arquei com mais despesas por mais tempo e ainda vivemos em minha casa, continuamos pagando as contas igualmente, porém não evoluímos e melhoramos nada durante todo esse tempo, enquanto eu pego o que resta de meu salário para melhorar a casa e nosso conforto interno, muitas vezes ela pensa apenas em comprar seus pertences, como também em discussões diz que ganha mais porque trabalha mais e nada mais justo que ela gastar com ela, porém eu virei home office, ganho relativamente bem para continuar no nosso conforto, pago as mesmas contas e me sobra nada.
Somos um casal ou não? Eu banco a casa e ela vive o que quer? Sem contar que tudo que tenho feito ultimamente é ouvir que as coisas que faço nunca são boas o suficiente, ela virou home office por conta do corona e como fica mais tempo focada no seu trabalho me coloca a responsabilidade das coisas da casa do dia a dia e me chama de vagabundo por não concordar.
Vocês conseguem enxergar algum exagero da minha parte? Devo continuar seguindo ou repensar tudo? Eu já tentei conversar por muitas vezes, mas ela fica brava, discutimos e perdemos o respeito e a razão quase que 100% das vezes. Entendam, não sou santo e não sou fácil. mas sei minhas motivações e o que faço pelo casamento.

Ler
Não sei mais o que fazer para chamar a atenção do meu marido

21 Comentários

  1. Você está casado com a pessoa errada. Recomendo se divorciar, por mais duro que seja; ou então tome uma atitude e coloque ela para trabalhar em casa. Você não é empregado dela e outra se continuar assim você vai ser infeliz por resto da sua vida. Se ela te ama pode ter certeza que ela vai mudar assim que se sentir ameaçada por você. Isso funcionou comigo e acredito que pode funcionar com você. Eu passei por coisas parecidas e disse que se ela não mudar eu iria me divórciar, graças a Deus ela entendeu e hoje sou mais feliz com ela

  2. Vc pode estar com uma narcisista. Pesquise o tema é faça as comparações.

  3. Bota uma coisa na cabeça meu amigo, mulheres não respeitam homens que ganham menos, elas querem sempre alguém melhor do que elas. Existe um ditado nos Estados Unidos chamado women dont marry down que significa ” mulheres não se casam com homens inferiores. Aos olhos dela você é um fracassado. Só passando a ganhar mais para isso mudar.

  4. Bom se você gosta muito dela e ela de você, recomendo uma boa conversa antes de qualquer decisão, caso o contrário, sai fora dessa furada. A princípio por você não mencionar filhos, acredito que não tenham então sai dessa enquanto é tempo. Tudo passa na vida e você encontrar alguém que te valorize, não se prenda a beleza, corpo e etc, porque se fazer isso, futuramente você estará totalmente infeliz .

  5. Amigo fui casado por 6 anos e meio, ela ganhava 4.500 e eu 1.800, nós dois nos incentivamos, ajudei ela a estudar e passar em concurso para conseguir estabilidade ela me ajudou e tenho meu nome em algumas listas de espera, sempre por respeito dividíamos cada centavo das contas da casa e sobre compras individuais sempre verificávamos se iria estourar ou não o orçamento e se era necessário mesmo. Nunca me senti inferior, nunca ela até em brigas citou isso, sempre era um tratamento de respeito e de igual para igual, o relacionamento desandou por motivos pessoais, nada de traição, desrespeito ou humilhações para nenhum lado, ela me valorizava pelo que eu era, ou seja, tudo depende do perfil da pessoa que tu está, se o dinheiro está subindo para a cabeça dela é um traço muito fraco de personalidade. E amigo SEMPRE que queremos algo muito seja o que for isso demanda tempo e muitas coisas são deixadas de lado, hoje pelo que tu conta a prioridade dela é dinheiro/trabalho. Eu mesmo já conheci outra mulher que também ganhava mais que eu, não estamos juntos, mas ela também sempre respeitou !
    Não se separe por afobação, tenha uma conversa franca com ela, não ataque, ela deve ter um motivo para essas atitudes, escute, analise, não brigue que não leva a nada, apenas tente ser franco peça a ela para ser e vejam o caminho que querem seguir, se ele é juntos!

  6. Então, ela é bem folgada né, não é porque vc ganha menos que você não trabalha e pelo que entendi é com o seu dinheiro que a casa e mantida então do que adianta essa mulher ganhar bem e não ajudar a pagar nenhuma conta, se ela não gosta de serviço doméstico como ganha bem daria para pagar alguma diarista para fazer, tenho uma amiga que faz isso, e fica bom para todo mundo. Acho que dentro de um casamento ninguém precisa ser escravo do lar, nem ela e nem vc, deve haver uma divisão de tarefas, cada um fazer a sua parte. Acho que você deveria conversar com ela e questionar se ela te considera menos homem porque vc não ganha o mesmo que ela, e ver o que ela te fala, dependendo da resposta talvez é bom cada um ir para um lado porque se em dois anos está dessa forma né, imagina quando tiver 20 anos de união?

  7. Simplesmente essa pessoa não te ama e não te tolera mais não importa o quanto você se esforce para agradar se ela deixou de gostar não vai adiantar de nada o melhor a fazer é separar.

  8. Tenha uma conversa franca com ela, mas no dialogo sem brigas, tem que haver uma solução, amor e respeito é tudo.

  9. A impressão que se tem é que sua mulher quer levar vida de solteira, fica fácil para ela trabalhar por horas, ter alguém para fazer os serviços domésticos para ela ainda botar defeito, Deveria era agradecer porque tem muito homem que além de não ajudar com as contas não lava um prato.

  10. Ela é folgada, e eu acho que você está com a pessoa errada, este é um relacionamento abusivo, sai fora

  11. Vocês precisam ser justos um com o outro, se não, não haverá mais relacionamento. Pq esse abuso está acabando com o relacionamento de vocês dois.
    1 – A contribuição financeira deveria ser em percentuais. Ex. 30% de cada para as contas de consumo.
    2 – Deveria sobrar uma quantia para guardarem.
    3 – Serviços da casa, como cozinhar e lavar louças, ela deveria fazer no fim de semana já que você faz a semana inteira.

  12. Ela é abusiva, egoísta e mimada.
    Você não está errado, claro que um casal, dividir as tarefas é obrigação. Assim como as contas, mas, pela lógica, se ela ganha mais, ela deveria contribuir com mais dinheiro em casa. Você deveria ter dinheiro para gastar com suas coisas, e ela com as dela, nem que fosse um pouco. Nem que ela tenha que tirar do salário dela.
    Entendo ela chegar tarde do serviço, mas, por exemplo, você deveria descansar tambémm! Você deveria conseguir gastar o dinheiro com coisas para os dois, e para a casa.
    Você entende a quantidade de coisas erradas que tem nisso?
    Não é por trabalhar mais, ou ganhar mais que ela pode te tratar do jeito que quer!
    Um deveria apoiar o outro, e os dois crescerem juntos, e terem coisas juntos.
    Ela está sendo tóxica e abusiva.
    Precisa sair disso e achar alguém que não só aprecie o que faz, mas, também te ajude e te complete.

  13. Tive dois colegas até na mesma função, mas ela tinha disso de só faltar dizer para ele implorar para ela ajudar financeiramente, além de fazê-lo pedir para ela para viajar e visitar a mãe dele. Até que ele se cansou e foi em definitivo para a cidade da mãe dele, dando o divórcio que ela pediu. Em menos de um ano, ela quase que implorou ao Superintendente para viabilizar o retorno do ex ao setor que ele trabalhava sob argumento da harmonia familiar (os dois filhos deles eram crianças). Quando ele voltou me disse parece que tem mulher que tem fetiche de amante: ela quando esposa tinha aquela de dinheiro dele e dinheiro dela, agora estava se propondo a dividir despesas!

  14. Desculpe te dizer isso, mas você é um serviçal dela! Ela apenas usa tua casa, teu trabalho e tudo mais, essa mulher é uma egoísta, parasita!
    Abra o jogo com ela, e se ela não mudar, pé na bunda e vida que segue.

  15. Meu amigo, quando desabafamos aqui, geralmente gostaríamos que Alguém nos desse a fórmula mágica para que conquistássemos a pessoa amada de volta ou dessem respostas para nossos problemas. No entanto, não há fórmula mágica!
    Agora posso te dizer que quanto mais o homem ama uma mulher, quanto mais ele faz por ela, e quando ela descobre a “fraqueza” – a paixão dele por ela, aí ela vai passar a te pisar.
    Ela só volta a te respeitar, quando você conseguir ser superior novamente, ou seja, mostrar que você é capaz de viver bem sem ela.

  16. Desencantado, isso serve para todos.
    Me sinto estou sensível meu marido não me quer. Quando mudo o pensamento e começo a me imaginar sem ele, tudo muda e parece que ele fica mais agradável, carinhoso, etc.

  17. Cara, é conversar e tentar chegar a um denominador comum. É criar coragem e falar, senão daí é ladeira abaixo. Se na conversa não der certo, bota nela. Fique atento como você relatou sobre as tardes horas da noite que ela chegava e os gastos com ela mesma. Pode ter um Ricardão na jogada.

  18. Vc fez pontuações a seu respeito interessantes, não sou santo e não sou fácil, acho que se você quer mudar, comece por você! Essas duas frases mostram bem que você tem defeitos e que não são coisas banais.
    Sobre ela, acho sim que as contas devem ser divididas proporcionalmente, se ela ganha mais, é justo que pague um pouco mais sim. Agora não vejo por que também ela ter que gastar todo o dinheiro dela com a casa, sim, mulheres tem necessidades a mais que homens, então, não implique por ela gastar com algo que a faça bem.

  19. Ela quer ter mais direitos do que obrigações. Espertinha ela, né! kkk Se a propriedade que vocês moram é o seu bem de solteiro, não seja tolo de vendê-la, pois se porventura você vier a comprar um outro imóvel, com os recursos do anterior, ela terá direito sobre metade da nova propriedade,caso venham a se separar. Deu para sacar que ela, quer um provedor parcial, ou seja, você banca as principais contas e ainda herdou a pastinha de obrigações dos serviços de casa, enquanto a sua belezinha deve estar nos happy hours, para voltar tarde. Acho que é o momento de vocês sentarem, para dividir melhor essas responsabilidades, inclusive definir quais as contas que ela terá que pagar daqui para frente. Continuar em um casamento com alguém que está querendo levar vantagens, nas costas do marido, não dá.

  20. ela tem muita sorte e não reconhece infelizmente. Meu marido não me ajuda em nada, eu ganho mais trabalho mais e ainda faço tudo sozinha dentro de casa .aah se ele cozinhasse ou fizesse algo para ajudar .

    tem quem tem e tem quem não tem, triste.

    eu acho que tente conversar se não der certo se separe, ni nguem merece isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar