Problemas no Namoro

Meu Namorado é ciumento e controlador

Estou namorando tem um mês, é pouco tempo mas gosto muito dele, o problema é que ele é muito ciumento tem ciúmes dos meus melhores amigos JP e JU ambos são gays e a JU é prima dele.
A gente se conheceu em uma festinha na casa da JU, eu estava bebendo e ele também bebeu, quer me proibir de beber, quer que eu mude totalmente.
Ele não gosta de sair só quer ficar em casa e eu já gosto de sair, a mãe dele não o deixar sair para canto nenhum, tipo alguns fins de semana eu vou para casa da minha mãe ele não pode ir porque a mãe dele não deixa ele dormir lá, aniversário do meu afilhado mês que vem ele não vai porque a mãe dele não o deixou ir aff vou ter que sair sozinha porque a mamãe dele não o deixa sair, e quando saímos para algum lugar (raro as vezes que saímos) Pizzaria, shopping, a mãe dele liga toda hora tem que chegar na hora que ela marcou.
Essa semana ele brigou com a JU por minha causa, ela me convidou para ir numa festinha na casa dela, eu fui a primeira a ser convidada, ela tinha acabado de decidir a festa, contei para ele que ela me chamou, e ele ligou para ela para tirar satisfação porque ela me convidou primeiro e não a ele, para ela parar de me chamar para sair porque agora eu estou namorando não posso ficar saindo.
Os dois brigaram feio, a JU já tinha me falado que não estava aguentando mais ele me prender só eu mudar porque todo domingo fico na casa dele, quando vou para minha mãe ele inventa alguma coisa para eu voltar e passar o domingo com ele em casa, ela desabafou, hoje ela não quer falar mais com ele, e ele me disse para escolher entre ele ou ela, não quero perder nenhum dos dois porque são coisas totalmente diferente ela é minha melhor amiga e ele é meu namorado amo os dois muito mesmo, mas ele esta me sufocando, odeio me sentir presa e é isso que estou sentindo.
Não sei o que fazer, me ajudem?

Etiquetas
controlador,namorado ciumento

6 Comentários

  1. Oras bem vou te contar como essa historia termina>> Esse namoro nao vai durar nem 2 meses pode apostar,primeiro pq vc estao se conhecendo,1 mes nao é nada em uma relaçao,segundo q ele ja deu indicios de que nao seria um bom partido pra vc e terceiro pq vc esta enganando a si mesma ,se durar + q 2 meses isso ae q vc chama d relacionamento,por favor me avisa,pq acho q n vou acreditar…

  2. Uhum, entendi. JU, para cutucar o seu namorado, não vê ocasião e vai logo à carga! Passa por cima do seu namorado a respeito de uma festa na casa dele fazendo convites sem autorização, reclama quando tem chamada a atenção e ainda fala mal por trás, é? E justo para você, a namorada de quem JU ofendeu??
    JU é pedante e prepotente. A arrogância de JU não permitiu reconhecer o erro de ter incorrido em invasões.
    Agora, JU quer ver o seu namorado engolindo a reprimenda dada. E tenta vingar-se por meio de atiçar fogo em você contra o rapaz.
    O temperamento do seu namorado deve ser aceito é por você para que o relacionamento prossiga. Se ele é ciumento, possessivo, gordo, baixo, vesgo, aleijado, isso é problema seu e não de JU. Não é JU quem namora com ele e portanto JU e respectivas opiniões não servem para nada aqui, pois quem manda é o seu coração. Mas atenção. Desde que que você não admita que ninguém o contamine com veneninhos traiçoeiros.

  3. Você não pára quieta e gosta aí de umas brejas, festas, coisas assim. O rapaz é caseiro e acata à mãe dele, porque ele é mais ajuizado e sabe que a mãe deseja o bem dele, dando portanto a ela o devido respeito por ouvi-la.
    Vocês não combinam, essa é a verdade.
    Não percam mais tempo. Encare logo que a sua praia é a estridência, a boca com bafo de álcool e as bagunças das festas, mais as fofocas aí das suas “amiguinhas”.
    Não se pode ter tudo na vida. Se você acha que o seu namorado vive de modo errado não se dando às desobediências em relação à mãe dele e que ele é um xarope porque espera que você não beba, ora, é simples. Parta para o que você quer pra sua vida e pague o preço, inicialmente deixando do rapaz.
    E não se preocupe. A Ju vai te fazer companhia!

  4. “Boca-de-litro”, “boca-na-lata”, “pé-de-robô”, “barriga d’água”, “perna-seca”, “bafo-de-onça”, “pau d’água”, “vomitão”, “mão-de-copo”, “cueca-mijada”, “porta-de-buteco”, “escorre-bába”, “macho-de-bar”, “pinguça”, “miolo-mole”, “pé-trançando”, “zóio-vesgo”, “fala-mole”, “pé-no-barro”, “boca-torta”. São alguns dos apelidos dados a mulheres e homens que apreciam as bebedeiras. E é exatamente como fica quem bebe.
    Eu hem… Deixa pra quem gosta.

  5. O seu namorado não é ciumento e possessivo. Ele é zeloso de você na medida do normal e do esperado, e está muito certo de desejar participar da sua vida mais inteiradamente. Também está muito certo ele em esperar que você pare com baladinhas, com as saidinhas com as amigas, com as mil festinhas, e sobretudo com as atenções às fofocas de “amigas” que se recusam a entender o lugar que deveriam ocupar, a saber, um bem menos intrometido. E ele está para lá de certo por esperar que você não consuma álcool. Não há coisa mais deprimente, triste e feia, do que uma mulher rindo e falando alto e desequilibrando-se nos passos por conta de embriaguez ainda que leve.
    E mais. Baladinha é pra pegação e paquerinha, e pra gente sem compromisso de namoro. E saidinhas para farrear com as “amigas” no álcool, idem.
    Festinhas em casas de amigos, parentes, conhecidos, etc., ou na sua casa, ou na de quem quer que seja, devem necessariamente comportar a presença do seu namorado. Uma garota compromissada não deveria “festejar” por aí bem soltinha na ausência do namorado e sem que ele soubesse e acompanhasse. E é claro que ele se sentiria ofendido e desrespeitado se isso ocorresse.
    Bebidas sempre podem ser consumidas com elegância e com moderação, para evitar vexames e comportamentos escandalosos, às vezes ridículos e constrangedores para todos. E se o caso de experimentar um pouco de álcool, que seja levemente e na presença (e ao lado) do namorado, pois mulher que namora e sai bebendo sozinha ou em bando com amigas, etc., sempre deixa uma impressão de pouco caso para com o namorado e de ser “solta” demais.
    No caso de o seu namorado se desentender com alguém, jamais o desautorize. Pode até mesmo conversar com ele a sós sobre o assunto depois, mas não pode jamais deixá-lo em segundo plano em relação a quem quer que seja, especialmente adversários, pois isso enfraquece a moral dele diante de todos.
    Você pedia sugestões do que fazer. Aqui ficam as minhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar