Meu marido resolveu voltar para casa da mãe dele

desabafos de problemas no casamento

Sou casada, tenho 1 bebê e morávamos com a minha mãe até comprarmos nossa casa. Por um desentendimento bobo meu marido resolveu voltar para casa da mãe dele e não quis mais morar lá. Depois de algum tempo resolvi vir ficar com ele, mas aqui está sem condições pois está mexendo com reforma. então tem entulho, prego, bagunça para todo lugar e eu tenho que correr atrás dela o dia todo. não tem TV para distraí-la nem nada do tipo. Minha sogra fica feliz de me ajudar, mas não da para ficar aqui nessa situação, gente. Estou pensando em voltar para casa da minha mãe, vir somente aos finais de semana e só voltar após acabar as obras (porém não tem previsão) ou enquanto arrumo emprego e alugamos uma casa decente. Minha pergunta é, o que vocês fariam no meu lugar? Me sinto perdida.
Não preciso de julgamentos e críticas, pois já estou sofrendo o suficiente. Agradeço a quem puder me dar uma luz ou ajuda.

4 COMENTÁRIOS

  1. O casamento de vocês já se iniciou no formato errado, pois ainda na fase de noivado deveriam ter administrado seus recursos para a compra de um imóvel, pois se depender de aluguel, ficará bem mais difícil disponibilizar economias para futuramente comprar uma residência própria, mas existe algo bem pior que foi a escolha que você fizeram de morar com parentes, pois se a adaptação de um casamento já não é fácil entre um casal, imagine colocando outras no mesmo espaço, invadindo a sua privacidade e dando palpites nas suas vidas, sem contar que ainda para complicar colocou uma criança, nessa falta de planejamento estrutural. Penso que vcs deveriam acelerar o passo para dar uma entrada nesse imóvel e o que vai requerer a sua ajuda voltando para o mercado de trabalho, pois a criança já tem 1 ano e poderá ficar com a sua mãe ou em uma creche. Você sabia que existem casas pré-fabricadas, que você pode comprar uma bem legalzinha por R$60. 000, se conseguir comprar um terreno, poderão pensar nessa possibilidade e com o tempo vocês melhoram o estilo de moradia, vendem esse imóvel e compram algo melhor. A minha tia que tem bastante grana, tem uma casa de campo pré-fabricada, pois não quis gastar muito. Qualquer coisa até uma kitnet é melhor do que arrebentar com o seu casamento, dividindo moradia com famíliares de um ou outro lado.

  2. O seu marido está sendo muito infantil, portanto não se culpe.
    Veja, ele te largou com a criança e se mudou para a casa da mãe dele. Você seguiu ele, e depois ele se acomodou vendo o seu desconforto todo o dia, e não toma uma atitude de homem de família?
    Um homem de família tem a obrigação de providenciar um teto confortável pra a familia, não se esconder no fiofó da senhora sua mãe te deixando estressada desse jeito, mulher!
    Se você tá vendo que mesmo depois de muita conversa sobre o assunto, o jogo não vira, então minha fia, se toca e encara a realidade. Mude-se para a sua casa própria, mesmo que esteja 80% construída. Não tema, ele se for mesmo seu homem, vai te seguir. Nada te obriga a comer esse brigadeiro de cocô.

  3. Um dos maiores erros que um casal pode fazer é decidir ir morar com parentes. Por muito boas pessoas que sejam esses familiares, não é saudável para o próprio casal , viver e conviver diariamente, com familiares. Este tipo de convivência diária irá acusar algum desgaste, passado algum tempo, podendo intoxicar o próprio relacionamento do casal. Dito isto ,relativamente ao facto do seu marido ter ido morar com a mãe sendo casado e com um filho pequeno, por causa de um motivo fútil, o comportamento dele revela o quão infantil e imaturo o seu esposo é, parece não estar minimamente preparado pra assumir as responsabilidades de um casamento e consequentemente da paternidade. Se eu fosse você eu iria morar em casa da sua mãe e tentava arranjar um emprego quanto antes. Enquanto você não tiver uma casa para morarem os três , se eu fosse você, eu só iria para casa da sogra de visita. O seu esposo não se pode comportar como um menino mimado e caprichoso que à menor contrariedade corre para as saias da mãe. Imponha limites nesse relacionamento e não aceite ser uma boneca que ele manobra como quiser.

  4. Na próxima vez (não vai ter próxima vez, mas eduque sua filha para que ela não seja outra fracassada igual a você e ao seu marido) feche as pernas e foque no mais elementar: o estudo, o qual te garantirá uma ascensão social e, consequentemente, uma vida melhor. Repito novamente: EDUQUE SUA FILHA, NÃO DEIXA QUE ELA SEJA MAIS UMA FRACASSADA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here