Me separei e fico com outro homem mas meu marido quer voltar

problemas de infidelidade e traição em relações

Sou a casada há muitos anos (namoro e casamento quase 20 anos), passamos muitas coisas boas, mas de uns tempos para cá tudo desandou a falta de carinho, falta de atenção e coisas ditas em momentos de bebedeira que vieram a ser recorrentes. Sei que um erro não justifica o outro, mas acabei me envolvendo com outro homem que nessa época estava se separando da esposa e logo depois eu acabei me separando do meu marido também. Porém agora eu estou muito em dividida se me esforço para retomar o meu casamento (porque meu marido jura que sabe onde errou e quer muito me provar que tudo vai ser diferente) ou se fico com o homem pelo qual me apaixonei e faz de tudo por mim (tudo mesmo, me trata como uma rainha)

7 COMENTÁRIOS

    • Completamente de acordo com a Ana. O seu marido já teve a oportunidade dele, se não soube aproveitar, azar o dele. Eu pessoalmente, sou muito cética relativamente ao facto de mulher/namorada voltar para ex. Eu não acreditaria nas promessas dele. As pessoas, dificilmente se regeneram. Fique com quem a ama e a trata bem.

  1. Eu, no seu lugar, de fato não acreditaria nas promessas do ex marido. Ele até sabe onde errou, etc., mas… não, ele não pode provar que conseguisse não fazer as exatas mesmas coisas ‘erradas’ como antes. E para apostas na vida, amiga, bem… seria preciso que estivesse ciente e preparada para ‘perder’. Desejo ainda comentar a respeito do alcool e das brigas. Suponho que ele, o ex, andava enchendo a lata e você, contrariada, não podia se calar. Se era isso, alcoolismo é doença sem cura, mas que tem tratamento. O mais eficiente está no Alcoolicos Anonimos. Se o ex está frequentando o AA, e se as brigas versavam apenas em torno do alcool, bem, há uma chance. Se porém ele parou de beber por conta, esqueça, pois ele será o chamado ‘alcoolico seco’, a saber, não precisa entornar para se comportar como se alcoolizado estivesse. Então, se de fato optar por voltar a ele, e se for esse o caso, o alcool, deverá você frequentar o grupo de auto-ajuda de al-anon (na internet você localiza ou junto ao site do AA pelo tel da linha de ajuda). Esse grupo é específico para parentes e pessoas próximas de alcoolistas, e que desejam ajudar o ente querido e ajudar-se ao mesmo tempo para que exista convivencia.
    Desejo sorte e espero ter ajudado.

  2. Depende se você for religiosa, então separação não existe, e voltar seria o certo pela religião.
    Se não acredita em DEUS, então você pode escolher, ai a escolha depende do que você quer, você tem que colocar 2 pesos e 2 medidas, qualquer relacionamento entra na rotina, Quando vai se morar junto que você conhece realmente a pessoa depois de 2 anos juntos, amante funciona bem exatamente por não morar junto, e sempre que vão se ver é marcado, tem horário, tudo mais simples. Ao meu ponto de vista você ficou 20 anos juntos o que é uma vida, muita gente não chega a 2 anos juntos, então este seu ex marido na realidade é um bom marido no final das contas, o peso esta a favor dele pelo tempo juntos, acredite em 2 anos você vai querer voltar para seu ex marido. E amante é um risco, uma porque o cara traia , e você também, a chance de dar certo é de 5%, 1 em cada 10 romances deste tipo dura no máximo 2-5anos, entra na rotina e babau como já são propensos a trair, mesmo que um não queira trair o outro pode trair, e por isto não compensa iniciar relação com amante, se separar, procure outro homem e esqueça o amante.

  3. Essa é a decisão mais difícil da minha vida, horas penso que devo voltar e salvar meu casamento, horas penso que devo seguir em frente que tantas chances foram dadas

  4. Você está sendo iludida tanto num caso como no outro.
    Pode até ser verdade que as pessoas não mudam totalmente e que seu “ex” está fazendo promessas que não pode cumprir só para não te perder.
    Mas as mulheres deveriam saber que os homens jogam todas as cartas para conquistar, vendem uma ilusão que depois não conseguirão manter. Isso vale tanto para seu ex quanto seu atual.
    Você está iludida achando que o seu atual te trata como uma rainha. Ele te trata assim porque sabe que ainda não te conquistou completamente. Pois quando o homem consuma sua conquista e se sente seguro, relaxa e já não te dá tanto “valor”. Em outras palavras, ele vira um marido.
    É frivolidade feminina entrar nesse jogo de “quem dá mais”. Depois a conta vem, pois se a vida é um jogo, fique certa de que os dois estão blefando.
    O que você tem que fazer é olhar o que o homem é como pessoa, os valores dele, o caráter, o respeito e a lealdade, pois quando vier a rotina e o desgaste, são esses valores que farão a diferença.
    A relação com o atual é nova, não teve desgaste. Mas quando ele virar outro “marido”, será que ele vai estar disposto a reconhecer erros e tentar mudar por você, como seu marido está fazendo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here