Ele jogou fora nosso amor de 5 anos

Namorei o mesmo garoto desde os meus 15 anos, foi meu primeiro namorado e único até hoje. Logo quando começamos já tivemos barreiras a enfrentar, depois de aproximadamente 1 mês de namoro.. ele foi morar em outra cidade, bem distante da minha. Eu era uma garotinha inocente e sofri muito com tudo. Passamos então a namorar a distância, belo dia descobri através do orkut que ele estava com outra lá, me traindo, e eu aqui esperando por ele. Foi quando terminamos pela 1ª vez, ele me ligava todos os dias, dizia que sentia minha falta e que me amava, disse a ele que não queria mais se fosse a distância.. foi então que depois de exatas 2 semanas ele voltou para a nossa cidade e voltamos a namorar. Namoramos por 1 ano e meio e eu terminei com ele, achava que estava perdendo minha liberdade, tinha começado a faculdade e achava que não conseguiria conciliar o namoro e os estudos, até porque ele também sempre foi muito ciumento. Ficamos 7 meses separados, ele namorou uma outra garota, mas nunca parou de correr atrás de mim. Me ligava, mandava msg, e não deixava com que eu o esquecesse. Foi então que voltamos a namorar novamente, e ficamos até ele terminar comigo agora.. Vínhamos brigando bastante, eu ainda sou virgem.. já tentámos várias vezes, ele dizia que nunca ia me deixar não por causa de sexo, porque ele via o quanto eu sofria por não conseguir perder a minha virgindade. Não sei o que me dava na hora, sempre sentia muito medo, e dor, e não conseguia finalizar.. mas fazíamos outras coisas, só não transávamos de verdade. Eu depois que descobri a traição dele daquela vez, me tornei mais fria, e as vezes tratava ele mal. Porém só o tratava mal quando ele me stressava com ciúmes, ou com perguntas idiotas, quando queria saber demais. Enfim, ele terminou comigo dizendo que estava cansado de mim, que eu sempre o tratava mal, que não aguentava mais ser tratado daquele jeito. Eu sei que tenho culpa em boa parte, mas não me conformo com o fato dele querer dizer que é tudo culpa minha, ainda o amo demais.. já corri várias vezes atrás dele, desde que a gente terminou. Estou muito mal, não consigo esquece-lo por 1 minuto, não tenho mais amigos, pois abri mão de tudo para estar ao lado dele. Será que ainda temos volta?

7 Comentários

  • Lucas 6 de outubro de 2013

    Nao você abri a mão de tudo por ele .Mais ele abri mão de tudo pro você

    Resposta
  • mayra 7 de outubro de 2013

    Se há volta ou não, somente o tempo dirá. Porém, se ele desejar isso, saberá o que fazer. Então não o canse. Homens não gostam de garotas correndo atrás deles morrendo de paixão. E note que ele mesmo disse que estava cansado de você.
    Portanto, não é hora de aborrece-lo mais.
    Se tiver de agir e estiver segura de que é a melhor coisa a fazer, vá até ele pessoalmente ao invés de mandar mensagens, etc. Se ele permitir, então sim deverá falar a ele serenamente a respeito das suas intenções e do seu afeto. Mas sem choradeiras por favor. E sem os desgastantes “mea-culpa” tão costumeiros nessas ocasiões.
    E até que tenha uma posição definida dele, nada de beijinhos ou outras coisas. Isso não levaria a nada e ele a acharia leviana por ter com um rapaz com quem já não fosse compromissada.
    Não pense em “culpas”, mas em Responsabilidades. Não se culpe e nem a ele e nem à vida, etc.., mas procure colocar em foco as “suas” responsabilidades primeiramente.

    Resposta
  • aff... 8 de outubro de 2013

    O que quer, afinal? “Ter Razão” ou “Ser Feliz”?
    Insiste em que ele admita que parte da “culpa” por todas as coisas no namoro sejam dele? Ora, ele poderia fazer isso, sendo sincero ou não, mas… acha que isso de fato consertaria o relacionamento, ou apenas a contentaria, pois a deixaria talvez mais feliz pelo ego satisfeito?
    E depois, o que importa agora o que ele pensa ou deixa de pensar, equivocadamente ou não?
    Ainda que ele assumisse parte da “culpa”, parte dela ainda deveria ser sua. Portanto, o relacionamento estaria estragado do mesmo modo, porque sempre um teria do que acusar ao outro, já que você fala em culpas. E culpas demandaram antes acusações e depois julgamentos, e essas coisas jamais se extinguem onde quer que se instalem.
    Deixe-o seguir no caminho que escolheu, pensando o que quiser. Siga o seu e pare de remoer as coisas que agora já são do Passado.

    Resposta
  • nãao 9 de outubro de 2013

    Em nenhum momento quiz que ele assumisse parte da culpa, o que queria era que ele entendesse que também estava cansada de muitas coisas.. e já havia falado para ele várias vezes, e nem por isso joguei fora tudo que a gente passou.
    Fui tentar falar com ele pessoalmente, esperei ele sair do trabalho e havia outra garota esperando por ele no local.. que disse ser somente amiga ! Ele me tratou mal, disse que não queria falar comigo.. que eu não entendia que ele não queria mais. Fui embora, arrasada.. no mesmo dia ele começou a me ligar várias vezes, não atendi, ligou até no celular da minha mãe eu pedi p/ que ela não atendesse tb, ele mandou uma mensagem no meu celular pedindo desculpas por ter me tratado tão mal, que não queria ter feito aquilo, que sentia muito. No outro dia ele me ligou de novo, atendi ficamos 15 min conversando e dessa vez ele me tratou bem, não usava mais o tom de voz das vezes que eu liguei pra ele, falei pra ele que estava magoada pois achava que ele estivesse sofrendo pelo termino, ou que quisesse mesmo só um tempo pra pensar .. mas já estava com outra em menos de uma semana. Depois que falei com ele voltei a ficar mal de novo, não consigo comer direito, nem estudar.. isso tá acabando comigo, já emagreci 2 kg. A ultima vez que nos falamos chorei e disse que ia tentar me afastar mesmo pq ia ser o melhor pra mim, ele disse que ainda me amava muito, mas q agora queria um tempo de paz, q tava muito preocupado comigo, e que queria que eu me cuidasse, disse que vai me ligar para conversarmos pessoalmente. Não consigo entende-lo.

    Resposta
  • Cacau 10 de outubro de 2013

    Olha, não sou a favor de traições. Trair uma namorada mostra que o cara não tá nem aí pra ela. Na minha opinião, você deveria ter cortado relações com ele no momento em que descobriu a traição dele. Mas enfim. Já que agora estão separados, aproveite pra curtir a sua vida. Não fique indo atrás dele. Não fique vendo o facebook/orkut ou o que for dele. Jogue fora fotos, presentes ou quaisquer outras coisas que te façam lembrar dele. Pode ter sido bom enquanto durou, mas esse cara te traiu e agora terminou o namoro com você, o que mostra que ele não gosta tanto assim de você. Procure suas antigas amigas e diga que quer revê-las, que quer sair. Mantenha sua mente ocupada com outras coisas. Faça uma academia ou um exercício físico, estude ou trabalhe (se já trabalhar), saia com seus familiares, viaje (se der), faça novas amizades. Se seu ex tentar contato com você novamente, ignore-o. Não atende suas ligações, não responda suas mensagens, até que esteja totalmente desapegada dele. Você NUNCA vai conseguir esquecê-lo se continuar mantendo contato com ele, por isso precisa, nesse momento, de total distância dele.
    Um dia vai passar, pode ter certeza. Um dia, você se apaixonará por outro homem e esse carinha não vai mais ter valor algum pra você. Ame quem te ama. E esse carinha com certeza não te ama.

    Resposta
  • liane 11 de outubro de 2013

    Ora, se está cansada dele e ele de você, o relacionamento em si é desagradável para ambos. Então o afastamento é a melhor coisa.
    Mas ao que parece, conforme desde sempre, ele sapeia por aí e acaba pedindo para voltar. E isso pode acontecer novamente.
    Ou não.
    De todo modo penso que não deve parar a sua vida por conta de esperar algo que, em se retomando, promete ser estressante como sempre tem sido; e em não se retomando, ao final somente a faria ter pedido tempo.
    Por agora esqueça-o. Não o mantenha na sua mente como opção, pois assim aproveitará o seu tempo com coisas que efetivamente possa fazer germinar. E se amanhã ele a procurar, estará nas suas mãos aceitar ou não, conforme a sua disposição no momento. Porque afinal de contas quem terminou foi ele, devendo portanto assumir todos os riscos, concorda?
    Ora, mantenha-se segura. Passe ao largo e mude a sua mente a respeito dele e desse relacionamento. Apenas siga leve e confiante, vivendo o seu Presente que é aqui e agora. Coisa aliás preciosa demais para ser posta de lado e mal-tratada, não é mesmo?
    Não faria isso a uma amiga estimada, faria? Você a deixaria estagnada e sofrendo por conta de um relacionamento rompido? Não, sei que não faria isso. Então como faria isso a si mesma? Se você é justa, não pode ser parcial e deixar de ser generosa também consigo mesma, sob pena de incorrer em mentira e em contradição.

    Resposta
  • Obrigada 11 de outubro de 2013

    Queria agradecer, aos conselhos que recebi aqui. . foi bom ter visões diferentes do caso. Estou tentando seguir em frente, confesso que agora no começo está sendo um pouco dificil, mas aos poucos estou percebendo que isso logo vai passar. Enfim, a vida é curta pra ser disperdiçada com coisas que talvez nem valham a pena.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *