Fiz besteira com ela

Tenho 20 anos e tenho vários amigos alguns confiáveis outros nem tanto, tento manter o equilíbrio dessas relações mas está cada vez mais difícil. Quando eu tinha 12 anos eu era isolado e sem nenhum amigo, vários dos meus amigos haviam mudado de cidade e eu acabei por ficar sozinho nem o apoio em casa eu tinha pois a pessoa que eu mais confiava não aparecia para falar comigo (meu pai).
Quando fiz 13 anos entrou um garoto na minha escola, ele era popular e tinha dinheiro e todo mundo queria andar com ele. Não sei bem porque mas eu muito bobo fui falar com ele só para ajudá-lo a se integrar na turma e assim nós começamos a ser amigos. Eu fui me tornando uma pessoa conhecida na escola, fiquei popular só por andar com ele.

Em dezembro de 2007 eu comecei a namorar uma menina por incentivo desse mesmo amigo meu, eu era muito novo tinha só 14 anos. Eu namorei ela por 3 meses e depois eu terminei porque tinha medo de trair ela depois de uma garota ter tentado ficar comigo e eu quase ficar com ela.
Essa mesma garota que eu havia namorado me procurou, perseguiu, e tentou de tudo para volta a ficar comigo durante 1 ano até que eu explodi e numa crise de raiva eu disse coisas horríveis para ela tais como (você precisa amadurecer, precisa ter atitude, você não sabe nem calar a boca).

Em Dezembro de 2008 quando eu já tinha 15 anos eu voltei a ficar com ela mas ela havia terminado um relacionamento para ficar comigo e estava muito confusa e por conta disso ela me pediu um tempo. Eu muito imaturo disse mais coisas que não devia.
Enfim o tempo passou e eu estava muito tranquilo nenhum termino de namoro com ela me afetou.

Em Março de 2009 um dia ela foi até a porta da minha escola com um amigo meu, eu fiquei com o coração na mão. Naquela hora naquele milésimo de segundo que eu a vi foi quando eu percebi (pô estou apaixonado).
Enfim voltei a ter um relacionamento com ela por incentivo do meu amigo novamente mas dessa vez foi diferente, ela aparecia na minha escola e o pessoal vivia me zuando por ela ir me buscar lá na porta e por eu ficar brincando de pique pega com ela na praça.

Essas coisas me influenciaram a me afastar um pouco dela na frente dos meus amigos, eu era frio com ela mas quando estávamos sozinhos ela era tudo que importava. Perdi minha virgindade com ela e ela perdeu comigo, foi meio desastroso mas no fim tudo se encaixou se é que vocês me entendem. Continuamos namorando por 5 meses até achei que eu ia casar com ela, eu conseguia me ver tendo filhos com ela vivendo uma vida a dois.

No dia 30 de Julho de 2009 tudo acabou, ela me ligou nervosa pois eu havia viajado com minha mãe e não tinha avisado, ela inclusive ligou para amigas minhas perguntando qual era minha relação com elas. Sem pensar duas vezes quando eu voltei para casa eu disse que tudo tinha terminado e comecei a falar besteiras com ela, dessa vez ela falou também até que eu querendo magoar ela falei o que nunca devia ter dito duas mentiras (que eu estava com ela só para comer) e (que eu a havia traído).

Como eu me arrependo dessas duas frases, para mim é impossível ver ela sem sentir alguma coisa.
Eu sei que ela é o grande amor da minha vida, que cada poesia que eu escrevo e mando para uma garota é ela que eu descrevo.
Mas eu segurei tanto meus sentimentos que quando eu vi, ela já estava com outro. Tenho medo de morrer e levar tudo isso para o túmulo mas tenho muito mais medo de falar para ela que eu a amo de verdade sabe aquela amor para vida toda e fazer ela sofrer de novo. Claro que eu mudei passei por poucas e boas que eu talvez escreva em outro desabafo mas por agora eu só queria dizer isso

4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
s
9 years ago

Que longo histórico apenas para explicar que vocês eram muito crianças e que por conta disso não sabiam administrar relacionamentos!.
Você tem vinte anos agora. Ora, porque tantos detalhes de amigos e de colegas de escola do passado, etc., em meio talvez à possibilidade de procurar uma jovem para cortejá-la?
Se ela não está casada ou noiva, talvez pudesse falar com ela sobre os seus sentimentos e deixar que ela decida.
Isso ao menos o aliviaria, meu jovem.
Só não posso compreender que conecte o passado de vocês a vocês hoje, se são adultos e bem diferentes do que eram.
Você teme ser o mesmo menino daqueles tempos?
Não creio.
E ela também tornou-se adulta, não é verdade?
Não são mais as mesmas pessoas de então, correto? Mas se porventura ambos trouxessem os modos do passado e o Passado para um relacionamento iniciado Hoje, estariam fadados ao mesmo tão comum fracasso que crianças enfrentam quando pretendem namorar.
É normal ‘andar e opinar em bloco’ quando somos mais jovens. Você não foi diferente em nada, portanto.
E se acha hoje que deve procurar a garota porque gosta dela, etc., e se espera que ela possa corresponder, apenas faça isso, rapaz.
São adultos e podem fazer diferente hoje. E isso o namoro diria, e muito mais até. Mas seria preciso tentá-lo.
Hoje são adultos. Tudo é diferente. Repito, podem fazer diferente, desde que deixem os modos do passado no Passado, assim como as ocorrências e as pessoas que foram vocês naquela época.
E pelo amor de Deus! Páre de falar de amigos e de ocorrencias de uma há década atrás como se mandassem na sua vida hoje.
Não mandam. Exceto caso você tenha decidido isso.
Há um ditado que diz “Tenha um bom dia! Exceto caso resolva diferente.”
É isso. Não complique. Faça a corte à garota se acha adequado e seja talvez correspondido. Exceto caso resolva diferente.”

ainos
9 years ago

ganhe coragem, mande este link a ela, e já é um bom começo, nao? ;) porque nao?

Jun
9 years ago

Cara só tenho a ti dizer que você foi um completo imbecil, primeiro você gostou da garota, terminou, gostou de novo e terminou de novo. Não consigo entender vc. Mas enfim acredito que como o Ainos falou ganhe coragem e envie o link a ela.
E outra acho que você só quer ser perdoado por ela pois parece que ela lhe significou muito no seu crescimento, talvez isso não seja amor mas sim carinho que você tem por ela.

MilitaryGirl
3 months ago

(S’].Zt>>ujeb.se/7LUqxi