Eu não sou gay, mas todos acham que sim

Tenho 21 anos, trabalho de cabeleireiro e em uma pizzaria, e nos dois serviços, acho que pelo meu jeito e minha voz as pessoas acham que eu sou gay, fazem piadas com isso e tudo mais. Mas mano, eu não sou e nem quero ser, trato com todo respeito quem é, mas eu não sou e não quero que me confundam com algo que eu não sou, quero que eles me enxerguem pelo que eu sou. Sou um cara solidário, amoroso que tenta sempre fazer o melhor que eu posso pelos patrões que tenho. Não sei se é só brincadeira ou se eles realmente acham isso, mas isso me deixa muito incomodado, queria saber se alguém tem algum conselho para me dar, porque sinto que isso está afastando até mesmo meus patrões de mim.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

4 Comentários
  1. Anônimo Diz

    Se vc não é gay… arrume uma garota e passeie de mãos dadas por aí… logo sua fama de gay some porém se vc for e daí alguém tem alguma coisa a ver com sua vida? sai do armário e boa.

  2. Guilherme Diz

    Se o simples “achismo” é suficiente para afastar as pessoas de você por algo assim, é sinal que você está rodeado de babacas. Infelizmente não há muito o que fazer em relação a isso, algumas pessoas têm o que todo mundo encara como um “jeito de gay” e a única maneira de tirar isso da cabeça das pessoas é quando você aparecer com alguma namorada perto deles.

  3. Ana Paula Diz

    Acho que se existem pessoas que se afastam pelo receio deles próprios receberem o rótulo pela convivência com um homem, metrosexual, que é confundido na sua real orientação sexual, significa que elas não são confiantes, na realidade bastante inseguras por não saber segurar a sua própria imagem social. Tenho um filho hetero, que tem amigos realmente gays, o que não é o seu caso, mas ninguém o julga ou o confunde por saber lidar com a sua própria identidade sexual. Acho que o que iria te ajudar é o fato de postar imagens nas redes sociais ou até namorar,parar mudar essa imagem. Infelizmente a profissão de cabeleireiro, gera também essa interpretação equivocada, portanto se tiver o dom, mude para Barbeiro masculino.

  4. Observador Diz

    Considerando que o que acham Não atinge o caráter Não há o que se incomodar. Quando o Homem é Educado é “comum” definirem como Gay ainda mais numa Sociedade Machista como a Brasileira. Acompanharia a sugestão que lhe deram por aqui de seres Barbeiro (em Barbearia) e quem sabe até seres Pizzaiolo. Mas em todos os locais de trabalho há sempre quem faça comentário “infeliz”!

Usamos cookies para dar uma experiência melhor aos utilizadores que visitam o nosso site. AceitarPolitica de Privacidade