Casamento virou uma prisão

Bem me casei muito cedo com 19 anos, ela foi a primeira mulher da minha vida e eu o primeiro homem. Vivemos 10 anos bem mas depois que nasceu minha primeira filha ela começou a mudar comigo ficou mais fria e já não tinha tempo para mim depois de 4 anos nasceu a minha caçula e depois disso tudo piorou ainda mais. Não temos mais intimidade parecemos dois amigos em uma casa com duas crianças, fico muito triste por ver a que ponto chegou esse casamento. Quero ser feliz quero poder amar e ser correspondido mas não posso abandonar minhas filhas por isso estou preso nesse casamento.

7 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Observador
6 days ago

Há tese que diz que casar cedo é pular a juventude e, nessa faixa dos 30/40 é reflexiva mesmo, como se o futuro vislumbrado já venhas vivendo! Talvez a separação seja a saída e a situação de vocês Não é ímpar! Nunca deixarão de se amar, afinal, primeiro amor recíproco por excelência marcante e é o tipo de separação que acredito quando dizem que a amizade continua!

Ber
5 days ago

Procure dialogar com ela sobre isso, se ela não der bola e mostrar que não esta se importando o conselho que lhe dou é “Separe-se”, pois na situação que seu relacionamento se encontra esta encaminhando para uma futura traição ou por parte sua ou por parte dela, pois já parou para pensar se ela também esta pensando o mesmo de você?

chiva
5 days ago

Separação conjugal não implica em abandono dos filhos, mesmo porque o pai tem o seu direito legal de visita e também de guarda compartilhada. Na minha opinião é bem pior para as crianças crescerem em um lar, vendo o seu pai infeliz, que infelizmente está sendo rejeitado sexualmente pela parceira, que está representando um falso papel dentro desse casamento, apenas para ser um bom modelo para essas crianças, mas até quando irá conseguir segurar esse relacionamento de mentiras, que já não mais se justifica na sua essência e até quando você irá se permitir se sentir frustrado, tendo o seu amor próprio dizimado, a sua masculinidade engavetada, para viver quase como um eunuco, apenas para fazer de conta que ainda tem um casamento? Vá ser feliz, organize-se para dar um novo sentido para o seu futuro. As crianças se adaptam com o tempo às mudanças de rotina. Quantos profissionais passam dias sem visitar os filhos, por ter que viajar e as crianças da mesma forma não acabam tendo que se acostumar a esses intervalos, sem a sua presença? Uma argola no dedo, não muda nada no desenvolvimento emocional dos seus filhos, mas sim a atenção de qualidade que você oferece à eles quando tem a oportunidade de estarem juntos.

MOACIR
5 days ago

Falar em separação como muitos aqui, é muito fácil! Imagine separar e com isso separar também dos filhos! Aí ela arruma um Ricardão e os filhos vão CHAMAR de “papai”!

Ton
4 days ago

6 – pode parecer loucura… mas mulheres normalmente não valorizam os esforços dos homens… há no subconsciente uma ideia de que “é a obrigação do homem fazer isso”. Então não fique opilado se isso estiver acontecendo com vc.
7 – não sei se vocês tem o costume de brigar ou se colocarem em conflitos… não percam a calma e temperança em qualquer discussão com sua esposa (e filhos)… calma e elegância… essas são as palavras chaves… por mais que ela brigue e rode a baiana… depois vem arrependida… mulheres podem mudar de opinião toda hora… não serão criticadas por isso… homens que mudam de opinião com constância são vistos como fracos… homens devem ser resolutos. (Tínhamos brigas homéricas e eu sempre levava a pior falava coisas e depois se arrependia… agora quando ela briga só digo “querida não vamos resolver nada agora em razão do estado de ânimos… depois conversamos e vamos nos entender… é normal você ouvir um tem que ser agora… e é só olhar com calma nos olhos dela e dizer não meu amor não tem, mas vamos conversar sim… e segue o baile… a partir desse ponto ela fala com sua mão (não mostra a mão é só maneira de falar). Normalmente ela virá conversar bem mais de boa. Só não seja pau no cu e manipule as coisas… se fez algo não custa se desculpar numa boa quando vocês conversarem.

Ton
4 days ago

Cara… não escuta essa de separe-se como se não fosse nada.. casei jovem como você (eu com com 20 e ela com 19) quase nos divorciamos com 8 anos de casado.
1 – faça tudo silenciosamente; 2 – conversar não vai adiantar, você parecerá um mendigo pedindo sexo; 3 – vá cuidar de vc. Treine, faça dieta, coloque um shape legal. Mas faça na vera. Ela vai ficar com a pulga atrás da orelha; 4 – esteja mais ocupado com suas coisas. Coisas que gerem crescimento; 5 – não perca a postura em discussões; 6 – mantenha sempre um bom visual. Barba sempre feita, calos cortados e roupas adequadas para as ocasiões; 7 – faça elogios sinceros a ela pela roupa, cabelo, etc; 8 – sinta o cheiro dela… mesmo que ela estranhe diga que ela tem um cheiro bom (isso só funciona se for honesto e ela estiver ao menos banhada); 9 – mulheres querem estar com caras que outras mulheres querem estar e outros caras querem ser. Seja esse cara na mente dela. 10 – tente por pelo menos 1 ano essas sugestões. Se não funcionar separa… mas se houver amor vai funcionar.

Isa
1 day ago

Vc já conversou com ela? Primeiro tem que conversar com ela, expor o que está te deixando insatisfeito… eu entendo que depois de ter filhos a vida do casal já não é a mesma, muda… e tem que ter maturidade de entender que não vai ser para sempre um mar de rosas como no início… agora se ela não faz um esforço para melhorar aí você pode se separar…