Casamento esfriou e eu trai

Sou casada há 4 anos, estamos juntos há 6, faz tempo que nosso casamento esfriou, passo muito tempo sozinha pois ele trabalha o período que estou em casa e quando ele está em casa eu estou trabalhando, fazemos pouquíssimo sexo uma vez no mês, as vezes mais, da minha parte não tem mais atração, isso foi fazendo eu olhar para outras pessoas com outros olhos.
Só que nunca tinha pensado em trair, até que me aproximei de uma pessoa do meu trabalho, conversava comigo, parece que preencheu um lugar vazio e então eu acabei traindo meu marido com ele por 2 meses, mas, meu deus que culpa enorme, meu marido é muito bom para mim, me ajuda em tudo que pode, ele não merece isso, estou decidida a parar com isso e nunca mais fazer esse tipo de coisa, mas como? Devo contar? Eu sei que se contar ele não vai me perdoar.

4 Comentários

  1. Se você tiver o minimo de caráter, vai se separar. Se o cara é bom e você não tem tesão por ele, o melhor a fazer é viver sua vida e deixar ele ser feliz. Afinal tem sim, boas pessoas por ai!

  2. Que situação dificil.
    não é o primeiro caso, nem será o ultimo caso igual a esses então galera vamos julgar menos e ajudar mais!
    o sentimento de culpa é realmente gigante
    Agora basta você se decidir quer recuperar teu casamento? quer separar e seguir tua vida?
    não demore tomar essa decisão, pois quanto mais demorar, mais difícil vai ser

  3. Não é justo – e você sabe disso – que ele deposite todas as qualidades que possui em um relacionamento onde já não é respeitado pela companheira. Tentar mantê-lo juntos há si em uma situação assim é uma demonstração enorme de egoísmo, por tanto, não é apenas uma questão de certo ou errado mas sim de consequências. Imagine como será para ele descobrir tudo, o peso que isso trará no resto da vida dele. Apesar da dor inevitável, a verdade deve vir a tona por você, o quanto antes. Ele não irá se recuperar 100% do golpe, pois será uma apunhalada fatal, mas com certeza ele será mais seletivo no próximo relacionamento, e ele merece a chance de tomar essa escolha. Já você, vale o mesmo, ficará com a experiência e o peso da culpa, mas é preciso deixar tudo isso vir a tona, por mais negativo que pareça. Só assim ambos se transformarão no processo e seguirão adiante. Talvez você se torne uma pessoa melhor, mais empática e justa. Talvez ele se torne um homem amargo que vai deixar de ser considerado “bom”. Essas são algumas das consequências que escolhas como a sua trazem. Mas é preciso suportar e aceitar, é parte da vida. A verdade prevalesse, não tem como fugir.

  4. Conte para ele, ele tem todo o direito de saber e decidir se quer continuar ou não!
    Pense, e se fosse com você?

    O resto o tempo se encarrega de resolver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar