Casamento conturbado

Olá, tenho 20 anos e sou casada há 9 meses, porém estou num casamento muito conturbado. Meu marido é bem jovem, também e mais novo do que eu. Ele tem 17 anos! Quando nos conhecemos ele sempre foi um doce de pessoa, companheiro, fiel, amigo, protetor, ele é tudo de bom! Porém quando a gente casou parece que ele mudou, começou a ficar chato para mim, me humilha na frente de certas pessoas, claro que eu não fico para trás pois sou uma pessoa muito explosiva, qualquer coisa que me incomode eu me irrito e já saio brigando. Porém ao me conhecer ele já sabia de todos os defeitos meus, e mesmo assim quis continuar e disse que me amava e tudo que ele queria era me fazer a pessoa mais feliz! Depois de ter presenciado muitas brigas minhas entre família e desastres amorosos meus. Amo ele muito mas ele está pensando muito nele e não mais em mim. Como sou mais velha quero obrigá-lo a me respeitar. Mas ultimamente não estamos mais dando certo, porém falo em separação ele chora e não deixa eu ir embora, eu sei que ele me ama, só que quase não aguento mais essas encrencas. Quando casei logo engravidei, porem acabei perdendo meu bebé quando faltava uma semana para completar o terceiro mês de gestação. Isso mexeu muito comigo e ainda mexe, nosso filho não se formou! Brigamos muito e queria procurar um tratamento para poder ser menos stressada, preciso organizar meus problemas em minha mente, não estou conseguindo, preciso de ajuda! Nos amamos muito porém se continuarmos assim não chegaremos a completar um ano juntos!

0 0 votar
Avaliar Desabafo
3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
safirinha
6 years ago

Não insista em filhos agora. Deus sabe o que faz. Ele não tem maturidade para ser pai e nem esposo. Aliás reconheça que ele é de fato pouco mais que uma criança, tendo 17 anos.

Viviane
2 years ago

Realmente é bem complicado
Estou junto do meu marido há 9 anos, desde os meus 15, e depois que casamos tudo piorou, e hoje, em dois dias irei embora para outro estado tentar recomeçar minha vida, eu dei um tempo depois de várias discussões diarias, não nos aguentávamos mais, e quando eu quis voltar eu percebia que ele não queria, então depois de um mês na casa dos meus pais decidi ir embora, quando ele soube, diz que não é para eu ir, que é para voltarmos.
Enfim, creio que devemos pensar bem antes de nos juntarmos com alguém, para depois não acabar conhecendo o lado horrível do companheiro (a).
É muito complicado e tecnicamente estou em desespero pois já vendi minhas coisas e comprei as passagens, aí agora surgem as pessoas dizendo que vou estragar minha vida, que sou louca, que não devo fazer isso. Isto me deixa louca, me faz pensar que vou acabar com a minha vida. Mas vou tentar. Pois motivos não me faltaram para tomar esta decisão. Agora?
Foco, fé e coragem

Júlia
1 year ago

Sinto muito pelo bebê, mas creio que teve um porquê para ele não vir. Pode ser que você não veja por quê está muito apaixonada, mas seu marido ainda é um adolescente, ainda não tem muita maturidade e pelo o que você disse, pelas ações dele, ainda tem a mente de garoto, pense se vale a pena aguentar isso, você não pode se prender a ele, por que tem medo de ”magoar” ele. Ele precisa de um tempo para crescer mentalmente.

Botão Voltar ao topo