Briguei com o meu namorado e ele finge que nada aconteceu

Briguei com o meu namorado segunda e ele acabou falando coisas que me deixou muito magoada fazendo até comparações, estávamos sem se falar até hoje quando me ligou perguntando se não queria que me buscasse porque vai resolver algo perto de minha casa.
Ele não ligou para saber se eu estava bem ou para pedir desculpas, mas sim para eu ir para lá e claro! Não vou. O que eu devo fazer?

0 0 votar
Avaliar Desabafo
6 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Luann
1 month ago

Não aceite menos do que você merece! Existem milhares de homens aí que numa briga jamais iriam apelar pela comparação e baixar sua autoestima! Sugiro que seja firme e termine, porque aposto 1000 reais que nas próximas brigas ele continuará fazendo isso porque homem com mau caráter é igual disco arranhado, uma hora pede desculpas e depois volta a tudo que era antes!

Isabela
1 month ago

Se ele não te pede desculpas é porque n se importa em te magoar, como o amigo falou não aceite menos do que você merece

ana julia
1 month ago

Vc não informou o motivo das divergências, logo fica bem complicado avaliar a situação escutando apenas a sua versão dos fatos. Vc disse que ele a ofendeu, que fez comparações, enfim será que você não foi a única que quis ser escutada ou ser a detentora de todas as verdades, como foi a sua postura para tratar as diferenças e o que antecedeu ao momento que você se sentiu ofendida? Tudo indica que ele está tentando não mais sustentar essa discussão, ou seja, ele está procurando uma forma de virar a página, mas se para você o seu ressentimento não foi digerido, nesse caso, tente encontrar a oportunidade para alinhar um diálogo. Diga a ele que esse encontro existirá para vocês conversarem e aproveite muito bem esse momento, para você ditar os seus termos, mas com objetivade, postura firme e séria, para ele entender que você não aceita ser desrespeitada e que não haverá uma segunda oportunidade para a relacão, se ocorrer novamente. Por outro lado, vale a pena uma reflexão para saber até onde não foi sua picuinha e se da sua parte também não fomentou um clima errado. De qualquer forma, relacionamento, que você não se faz respeitar, a tendência do parceiro (a) será sempre de tentar passar a borracha e fazer cara de lua para o que aconteceu de véspera.

Juju
1 month ago

Conselho que dou : FOGE!
Já lidei com pessoa assim é um inferno. São pessoas extremamente egoístas que aprontam, trazem caos e nunca se arrependem. Ele sabe que fez errado, mas está te testando seus limites para se sentir menos culpado e assim vai tentar ser legal com você. Mas depois volta ao ciclo.

Não aceite falar com ele e nem fale “quero minhas desculpas”, poos ele é capaz de falar da boca para fora, mas se arrepender é outra historiaA pessoa tem que ser capaz sozinha de ver que fez algo muito errado, de arrepender e lhe pedir desculpas.

Por experiência própria fuja desse desse tipo de relacionamento! É tóxico, vai te sugar e vai te deprimir

Camila
1 month ago

Sobre todas as coisas o que deve guardar é o coração, pense bem se vale a pena se humilhar, e qerer migalhas, Deus te ama e tem o melhor para você, um matrimônio saudável, alg que te ame e te respeita bjs

Shingeki
11 days ago

Acho sinceramente que depende muito da situação, muitas vezes em discussões nos falamos coisas sem pensar e achamos que estamos certos. Não estou dizendo que você deve aceitar ser desrespeitada ou xingada. Só estou dizendo que talvez ele tenha achado melhor deixar o assunto morrer. Tipo esquece isso ou deixa para lá, pedir desculpas sempre é difícil. Pois uma parte sempre espera que o outro se desculpe. E o outro pode pensar porque deveria me desculpar quando eu estou certo, já pensou que ele pode estar esperando você se desculpar também? Geralmente as mulheres e os homens são muito orgulhosos para admitir que estavam errados. Mas acho que você deve repensar suas prioridades se ele te magoou muito ou te humilhou de alguma forma vocês deveriam ter uma conversa franca. Dependendo das palavras que ele usou nessa discussão pode até ser preciso terminar.