Problemas de Infidelidade

A beira do casamento e apaixonada por outro.

Sou noiva a 4 anos e estou com meu noivo a 7. Já estamos preparados para casar, com data marcada e tudo pronto. Porém, surgiu uma pessoa na minha vida, colega de trabalho , com o dobro da minha idade. E como eu já vinha passando por alguns altos e baixos no relacionamento, com algumas brigas e desentendimentos, acabei por dar lugar para que essa outra pessoa se aproximasse de mim. E foi ficando cada vez pior, eu cada vez mais envolvida com a pessoa, porém não tivemos contacto físico, só troca de mensagens e conversas todos os dias. E cada dia que passa, minha situação vai piorando e eu já não sou a mesma coisa com meu noivo. Por um lado fica o medo de perder uma pessoa que já está comigo a tempos, de destruir todo um sonho que foi “sonhado” junto, tudo o que já construímos (coisas materiais) e de magoa-lo e ve-lo sofrer e depois me arrepender e for tarde, porém por outro fica a vontade de viver o que deixei de viver pois comecei a namorar novinha e não aproveitei nada, e a vontade de viver essa paixão que está tomando conta de mim. Me ajudem, não sei o que fazer. Obrigada

16 Comentários

  1. Há um ano atrás eu fiz o que vc está pensando em fazer, desistir do meu noivo por estar passando exatamente o que vc descreveu, exatamente mesmo. Vou t falar isso do fundo do meu coração, não desista de viver o que vc já construiu por sete anos. Não faça isso. Eu quebrei minha cara feio. E o que mais dói é saber que hoje eu colho o q plantei. Paguei caro por isso. Cuidado com a sua decisão.

  2. Olha, sete anos não são sete dias. Por mais que nunca vamos conhecer tudo a respeito de uma pessoa, vc conhece ,melhor no seu namorado do que esse colega de trabalho que entrou na sua vida recentemente. Os sentimentos as vezes nos traem, vc teve uma ‘fraqueza’

  3. Olha, sete anos não são sete dias. Eu sei que nunca vamos conhecer tudo a respeito de uma pessoa, mas vc conhece melhor o seu namorado do que esse colega de trabalho que entrou na sua vida recentemente. Os sentimentos as vezes nos traem, vc teve uma ‘fraqueza’ por seu colega de trabalho pois seu relacionamento n estava bem. Nao se martirize por isso, vc é humana, isso acontece.

  4. Só não troque uma vida por um momento. Se afaste desse colega de trabalho e procure se encontrar novamente no seu relacionamento. Não precisa se sentir a pior pessoa do mundo, isso so piora as coisas, ngm é de ferro. NAO DEIXE O DESEJO TE DOMINAR, SERÁ SO UM MOMENTO E DPS VC VAI SOFRER. PASSADO É PASSADO, NÃO DA PRA TER UM RELACIONAMENTO DE ADOLESCENTE AGORA, ESSA FASE PASSOU. SEJA MADURA

  5. Decisão difícil. Sabe a paixão nos cega e você acaba não enxergando o que realmente é importante na sua vida. Não deixaria o meu noivo, mas também não o engane. Caso escolha viver esta paixão, seja sincera com a pessoa que esteve contigo durante 7 anos.

  6. Oi! posso te dizer que atração física e paixonites você vai ter por toda a tua vida. A diferença se chama amadurecimento. A paixão cega, mas dura pouco. Sabe você da idolatrando o seu colega, não o conhece como namorado ou noivo. Sua situação é difícil, espero que consiga resistir, pois você tem 99,9% de quebrar a cara e depois não tem volta.

  7. eu entendo q qnd a relaçao desgasta isso pode acontecer pq ja aconteceu comigo eu era casada e me apaixonei pelo meu medico só pq nas consultas ele era mt simpatico comigo e pior eu ja era casada e mãe de 4 f mais eu n tive nenhum encontro e nem contato,apenas resolvi falar p o dr e ele me aconselhou q isso acontece mt entre mulheres cm o medico pela carencia falta de atenção do marid e passou.

  8. Vai quebrar a cara como eu quebrei,Faz isto não ,é paixão,coisa passageira.Eu era casada,eu e meu marido brigavamos muito,ai apareceu um filho de uma puta,falando que tava apaixonado por mim, eu cai feito um patinho.Separei do meu marido,ele ficou sabendo que era por isto.Depois de quatro meses separada e namorando com este cafageste, e gigolo.Ele disse que não me queria mais.

  9. E depois ainda deve a cara de pau de falar que a gente não namorou só ficou.Tava querendo era dinheiro emprestado pra comprar moto.Ele ia me dar o golpe,como eu não emprestei e nem tinha dinheiro pra emprestar ele me deu foi o pé no traseiro.Arrependi amargamente de ter deixado meu marido.Meu ex-marido casou novamente.O arrependimento é uma dor insuportável.Não tem volta.Sofro as consequencias

  10. Essa historia de “ate que a morte nos separe”nao existe mais, ou melhor so existiu enquanto a mulher dependia finnanceiramente do marido e a sociedade era estremamente machista, e cruel fazer duas pessoas jurar e acreditar que vao ser fieis um ao outro ate a moreren.

  11. Lendo os comentários aqui, vejo que a “moral” das mulheres em relação à traição se resume às consequências de uma escolha errada. Ou seja, se pudessem prever um resultado positivo da traição, trairiam sempre e sempre trocariam de homens. Mulheres são egoístas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar