Amo minha esposa mas não a vejo como minha companheira mais

Amo minha esposa, estamos juntos desde novinhos. já temos 10 anos juntos, sendo 7 morando juntos.
Acontece que depois que começamos a morar juntos ela foi passando a ter um comportamento de menina ao invés de amadurecer.
Ela cuida da casa, cuida de nós e eu trabalho. Valorizo todo o trabalho doméstico que ela faz e por isso divido o meu salário com ela de igual para igual.
O problema é que ela não age como uma mulher mas sim como criança.
Eu digo: se cuide, faça uma dieta. Ela só engorda mais e isso me incomoda demais. Eu já falei com ela isso abertamente várias vezes mas nunca tem efeito.
Eu digo: estude, não fique dependente de mim sempre pois isso é ruim para você. Mas ela não procura nada para fazer, nem uma profissão nem nada.
Quando é o dia do pagamento ela logo pega a parte que divido com ela e gasta tudo em poucos dias, eu guardo o meu e tento juntar mas acaba que tenho que gastar ao longo do mês com pequenas coisas para nossa casa e nunca consigo evoluir financeiramente.
Ela já está tendo problemas de saúde pelo sedentarismo e comer em excesso, mesmo assim não muda.
Só vai ao médico/nutricionista se eu ficar em cima.
Eu sinto como se tivesse uma filha.
Já relatei todas essas insatisfações para ela diversas vezes mas nada nunca muda.
Me esforço para não cometer injustiça mas acho que estou sozinho, sem alguém para dividir os desafios e crescimentos da vida.

4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Luann
5 days ago

Ta reclamando de barriga cheia! Sério que você quer que ela vá para uma academia conhecer caras jovens e arrumar um emprego com chefes de status maiores que o seu? Te garanto que isso sim seria uma dor de cabeça muito maior para você.

Observador
5 days ago

Concordo com o Luan, isto é, ele deu resposta igual na postagem anterior. Realmente relataram igual com uma outra abordagem!

Ana Julia
4 days ago

Entendo a situação a qual você se colocou, a sua esposa se acomodou, a tal ponto que não tem interesse algum em mudar a sua atual realidade, tornando-se a sua total dependente e é frustrante saber que todos os seus esforços financeiros, estão apenas servindo para pagar as contas da casa e a mesada da sua esposa que gasta com futilidades. Enquanto você está tendo uma visão do seu futuro, sem conseguir construir patrimônio, a sua esposa só vive o presente, mas e no dia que você tiver uma dor de barriga ou perder o seu emprego, pois hoje em dia é muito factível de ocorrer, quem irá te apoiar? Se ela a menos utilizasse a sua mesada para investir em formações para iniciar um plano de carreira, faria até algum sentido você oferecer parte do seu salário, mas você já entendeu que com ela não funciona dessa maneira. Vc precisa ter uma conversa muito séria com a sua esposa, reorganizar os orçamentos domésticos, estudar uma forma de deixar uma reserva para tentarem construir um patrimônio, dividir entre vocês dois um saldo para poder realizar gastos pessoais e se ela vir com polêmicas, insista na questão dela procurar uma atividade remunerada. A sua vida só irá atrasar de não ocorrer mudanças e talvez nesse caso seja melhor repensar esse casamento. Como você imagina que as 55 milhões de mães solteiras brasileiras, se viram no Brasil para manter os seus filhos? A maioria trabalha fora e ainda cuida da casa e a sua ainda tem um marido para ajudá-la.

Isabela
3 days ago

Realmente é frustrante estar com alguém que não tem planos e ainda te atrapalha de crescer financeiramente… Algumas mulheres depois de um tempo que se casam ficam também desleixadas com a própria aparência… e acham que o marido tem que aturar e se manter fiel… com tanta mulher bonita, bem cuidada e que trabalha se oferecendo por aí… Deus que me perdoe mas se nesse caso o cara larga e arruma outra eu até entendo o cara… acho que uma mulher que fica nessa situação: não trabalha, não estuda, não se cuida etc ela está procurando destruir o casamento dela… esse negócio de mulher ficar em casa, só cuidando de casa e filho já passou… os 2 tem que trabalhar, ter que ficar pedindo dinheiro a homem é triste, e se separar vai ficar complicado para ela porque depende do seu dinheiro… como ela vai se sustentar? E tem que se cuidar também… uma coisa é quando a idade chega, aí tudo bem “na saúde e na doença” agora quando a pessoa não é velha e fica relaxada porque quer é falta de vergonha mesmo