Sou lésbica, com dificuldade de me assumir

Sou lésbica, tenho 18 anos e desde nova eu me sinto um pouco diferente.
Quando pequena, eu sentia atração pelas meninas bonitinhas que passavam por mim, sempre gostei de brincadeiras de moleques, como jogar futebol e etc…
Hoje em dia eu tenho muita dificuldade em me assumir, nem para os meus amigos mais próximos eu tenho coragem de falar.
Apesar de eu saber que as pessoas tem uma certa dúvida sobre a minha sexualidade, por causa da minha maneira de agir e de me vestir, nunca falaram sobre.
Não que eu seja masculina mas eu sou um pouco diferente.
Já me apaixonei por algumas de minhas amigas, e é muito ruim, pois tenho que disfarçar, eu sofro com isso, porque quero demonstrar que as posso fazer felizes. é horrível a sensação de querer abraçar alguém, querer beijar alguém e saber que isso está fora dos “padrões” da sociedade, que as pessoas vão falar algo ofensivo, ou até mesmo de que a pessoa não te corresponda e perca a amizade.
Eu estou carente, sinto que preciso desabafar, sinto que preciso de um amor, alguém que me entenda, que me ama do jeito que eu sou.
Quero uma namorada de qualquer jeito, quero fazê-la feliz, quero beijá-la e ser carinhosa, quero mimar, quero ser feliz ao lado de alguém como eu, sem preconceitos.

20 Comentários

  • Catarina 10 de janeiro de 2014

    Realmente é mto dsificil sua situação, procure se envolver com pessoas que pensem como vc . Certamente que vc vai encontrar barreiras pela opção sexual, mais nao deixe que isso impeça vc de ser feliz. Procere estar em ambientes diversos do seu cotidiano, apos 3 ou 4 conversas quem sabe vc descobre alguem especial.

    Resposta
  • Beatriz 9 de dezembro de 2014

    Espero que ajude:
    Eu tenho 13 anos e desde os 10 sei muito bem sobre minha sexualidades
    Se puder te ajudar: Procure perguntar para os seus pais “se eu fosse lésbica, o que achariam?” se a resposta for do tipo “nada contra” conte para eles. Se for negativa, disfarce e fale que foi curiosidade.
    Procure alguém que te entenda. qualquer coisa me mande um e-mail (biatauro_biatauro@hotmail.com)

    Resposta
  • Bruna 14 de abril de 2015

    Não sei se você vai ler,mas me sinto exatamente como você,entendo perfeitamente a sua situação. :(

    Resposta
  • eduarda 7 de junho de 2015

    Tenho 12 anos sou lesbica bom eu gosto disso minha mãe também e lesbica mas sei la tenho medo de contar para ela ela e a ativa da relação e ela e casada com uma outra mulher bom cheguei na mulher da minha mãe e contei ela ficou super feliz me apoio mas ta difícil conta para minha mãe OQ FAÇO

    Resposta
    • Lola 3 de novembro de 2016

      Sua mãe é lésbica? Bem melhor de contar, porque ela vai te entender melhor. Chega nela e fala que precisa conversa, e fala, ela vai entender, tenho certeza.

  • Luana 12 de setembro de 2015

    Tenho 12 anos e descobri que sou lésbica a alguns meses atras mas eu tenho dificuldade de falar isso para meu pais pois minha mãe é evangélica e meu pai é muito ignorante então ele pode me bater o que eu faço? (sem xingamentos pfv pq eu postei a mesma coisa no yahoo e tinha gente me xingando) e eu também queria cortar o cabelo e vestir roupas masculinas

    Resposta
    • Lola 3 de novembro de 2016

      Olha Luana, pode ser que voce não veja esse comentário. Mas..
      Tua situação é bem mais complicada por ter uma mãe evangélica, porque na MAIORIA das vezes elas não aceitam, e sobre ter o pai ignorante, é outra situação ainda mais complicada. Se por acaso voce fala isso pra eles hj, com certeza eles vão dizer que é uma fase ( essa frase me irrita mt) então, só fale quando voce se sentir segura. Se ele te bater, a dor vai passar e voce vai continuar sendo a mesma Luana, lésbica, com os mesmos comportamentos…

  • Diana 9 de abril de 2016

    Tenho 12 e sou lesbica
    Tenho medo de conta para minha mãe , pois tenho medo da reação dela,é de não saber como que ela vai reagir..Eu percebi isso Deis de criança, porque so gostava de jogar futebol e outras coisas que meninos fazem..
    E é difícil disfarçar quando alguma garota bonitinha passa por mim!!

    Resposta
  • Isabely mreira de lanes pereira 17 de setembro de 2016

    Tenho 12 anos e a alguns meses atras percebi que sou lesbica, pois uma de minhas professoras começou a me chamar atenção pelo seu jeito de ser ela tambem é lesbica e quero me declarar o que eu faço? Tambem gostaria de contar a minha mae mas tenho medo da reacao dela.

    Resposta
  • Amigo 24 de janeiro de 2017

    Normalmente a lésbica tem uma relativa “vantagem” em relação a nós homens, porque elogiar o corpo de outra mulher, sua postura e maneira de vestir, além de se cumprimentarem com beijos, possibilita estar mais a vontade para conversarem. Quanto a laços familiares, as mulheres tem uma certa “peculiaridade” digamos assim, que é a “concorrência”. Há uma tese na Psicologia, que diz que mães e filhas passariam a ter divergências quando a mãe vê que a filha adolescente está num período da vida que não voltará mais para ela que está envelhecida, muitas vezes com rugas, celulite, tendo que tingir os cabelos. Entre irmãs, seria a questão da vaidade: a que tenha mais beleza – visibilidade, se vista melhor. Mas a vida é feita de opções: tenham objetivos na vida, sejam mulheres independentes, como se diz “dona do seu nariz”. Lembrem-se que a decisão, sobre sexualidade, que virão a tomar em seu devido tempo, de nada difere do que nossos pais, outrora fizeram: deixaram famílias (de origem) para serem família/casal. Se o relacionamento conjugal que vierem a ter, não for aceito, lembrem-se que a decisão de não visitá-los, será pelo não reconhecimento deles da Felicidade de vocês. Felicidades e Sucesso, a vocês.

    Resposta
  • Ariane 20 de março de 2017

    Pior sou eu que sou casada com homem mas morro de vontade de sair com mulher . Rs

    Resposta
  • fernanda 4 de maio de 2017

    é difícil mas não é impossível vc se relacionar positivamente. Se abra q as oportunidades vão se abrir pra vc. busque sua felicidade. Eu sou feliz com a minha escolha. lute e acredite! Boa sorte!

    Resposta
  • Mulher 3 de setembro de 2017

    M apaixonei perdidamente…queria esquecer a pessoa d sp

    Resposta
    • Mulher 3 de setembro de 2017

      Eu queria algm p mm…
      Eu queria q uma gostasse d mm

  • duda 16 de outubro de 2017

    bem eu tenho 16 anos e tambem passo por isso tenho amigos gays e algumas amigas lesbicas mais tenho medo de me assumir creio que minha mãe desconfia , uns dois amigos meu descofiam,mais não sei não tenho coragem de me assumir e cansei de fingir ser alguem que não sou por conta da opinião dos outros por que para todos os meus amigos eu sou hetera e horrivel isso

    Resposta
    • Lety 3 de novembro de 2017

      Pois é, é muito paia por que eles ficam achando que você pode ficar com ele e tals e ficam mandando cantadas , é muito ruim ainda mais sabendo que vc não pode dizer nada pq ñ é assumida, ai dá uma raiva, mas enfin né….

  • Anonima 20 de janeiro de 2018

    Gente sabe …tenho 15 anos,já fiquei com alguns garotos..mais não sinto atração por nenhum deles,quando me beijam quero que acabe logo aquilo…as vezes olho para mulheres e vem pensamentos na minha mente…um tipo se atração.. .Mais não me aceito assim…ou não sei se deveria me aceita e assumiu.. .oque faço?

    Resposta
    • Bianca 21 de julho de 2018

      Me sinto exatamente como você, é horrível, me passa algum contato pra conversarmos?

  • Mila 7 de maio de 2018

    Tenho 23 anos e aceito minha bissexualidade desde os 15. Infelizmente ainda não consigo falar com meus pais sobre meu relacionamento com uma mulher, já que ambos são preconceituosos e dependo deles financeiramente. Torço para poder em breve viver esse relacionamento livre dos julgamentos e sem precisar esconder o que sinto.

    Resposta
  • Mary 7 de novembro de 2018

    Sou casada a 6 anos com um homem maravilhoso, e tenho uma filha de 4 anos, sou bissexual, mas me apaixonei por uma mulher transgênero. Gostaria de me separar e casar com ela, mas não consigo pois dependo dele por causa da minha filha, apesar deu também trabalhar. Minha mãe não me apoia na separação, tenho medo de trocar o certo pelo duvidoso e fazer todos sofrerem. Então penso em viver calada com meus sentimentos e emoções, mas amo muito ela a 3 anos, mas só fui correspondida a 3 meses. Não sei o que fazer?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *