Sou casada e apaixonada por um amor antigo e somos evangélicos

Sou casada há 10 anos, tenho um filho de 9 anos, somos evangélicos, tudo ia bem até eu reencontrar um homem pelo qual fui extremamente apaixonada aos 17 anos, agora 17 anos depois o reencontrei pelas redes sociais, ele está divorciado, nos falamos há 7 meses diariamente, não falei que sou casada, meu marido é excelente, mas esse cara mexe profundamente comigo, ele mora a 400 km da minha cidade, creio que por isso ainda não traí o meu marido. Sou evangélica, não bebo, não fumo, sou graduada, tenho uma vida financeira estável. Ele é católico fervoroso, mas bebe, fuma, fala palavrão, não estudou, não sei o que me atrai tanto a esse homem, foi um erro ter reiniciado contato com ele, já tentei não manter mais contato, não sei o que fazer é mais forte que eu.

0 0 votar
Avaliar Desabafo
7 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
anye
4 years ago

como a senhora mesmo afirmou acima “não sei o que me atrai nele..” talvez seja simplesmente pelo fato que há 17 anos vocês nada tiveram, é a sensação do “como teria sido”. mas como a senhora mesmo falou né, és casada, tem um filho e seu marido é excelente. o único conselho que posso te dar é AFASTE-SE! por você ser evangélica, o inimigo, as circunstâncias, (como a senhora quiser chamar) fez com que você o reencontra-se e a “curiosidade” está tomando conta da senhora.. não dê lugar a essa sensação, porque com certeza irá se arrepender se prosseguir. melhor seria, afastar-se, cortar definitivamente todas os contatos, para depois nÃO ser tarde demais. a biblia diz: “se o teu olho direito te escandalizar, arranque-o, porque é melhor que percas um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.” (mateus 5.29)
coloque-se no lugar de seu marido também, e se ele fizesse isso com vc, como iria agir? toda ação há uma consequencia, seja ela boa ou ruim. Ore a Deus, peça que ele tire isso de vc, pois isso não provem dele.
Fique na paz.

Regina
4 years ago

Amiga a paixão é algo que a gente não controla mas nossas ações sim.
Pela descrição você está apaixonada por esse cara e pelo que vocês poderiam ter sido juntos mas como você mesma disse nenhuma característica dele te atrai portanto é uma paixão avassaladora mas não amor.
Você construiu uma vida e uma família com seu marido que você mesma disse que é um cara excelente. Será que vai valer a pena uma aventura por uma vida?
Creio que não.
Eu sei bem o que você está passando porque também sou evangélica e casada e também me apaixonei por outra pessoa depois de 3 anos de casada, e foi alucinante eu queria me entregar a essa paixão de todas as maneiras possíveis mas entrei no meu quarto e chorei pedindo ao Senhor que me ajudasse.
Ele me ajudou, mas isso não quer dizer que não estou suscetível a uma nova paixão de novo.
O importante é que eu construí uma vida com meu marido e não quero que uma aventura destrua isso tudo.
Hj estou com 6 de casamento nem metade do que você tem com seu marido e não quero perder isso, creio que você também não queira.
Se quiser conversar me responde.
Acredite sei bem o que você está passando mas não vale a pena. Beijos

Maria
4 years ago

Minha querida, você é evangélica respeito muito isso, eu sou católica e passo pela mesma situação, talvez pior, veja minha história nesse mesmo site, “ meu amor me procurou depois de 25 anos´´, hoje estou no dilema, pois meu amor disse para eu se decidir e perguntou quanto tempo preciso.
Tenho tudo no meu casamento financeiramente, temos uma firma, a qual eu administro tbem, alem de trabalhar fora. Tenho o mesmo medo seu, será que não vamos se arrepender? Que Deus nos ilumine muito. Já pedi, chorei a Deus, mas não consegui resposta ainda.

Edu
4 years ago

Não sabe o que esse cara tem? É simples, esse cara não tem nada, ele é só a grama do vizinho mais verdinha. Não fosse ele, seria outro, pois o que você procura na verdade é fugir da rotina e obrigações chatas de uma vida de casada. Pura sacanagem.

Gabriel
4 years ago

Nao olhe para trás, siga em frente, você tem uma família abençoada não vale apena você por isso em risco, investe mais no seu casamento, e tenha essa paixão como uma parte boa do seu passado e que agora você está vivendo o melhor que Deus preparou para você.

Thiago
11 months ago

Amiga e irmã de fé. Todos sabemos que pecar é uma opção. O que você deve pensar é em não pecar, porém você tem de ter reponsabilidade pela decisão que você tomar. Não cabe arrependimento. Eu não acredito em amor e uma cabana. Com o tempo, a falta de recursos destrói qualquer paixão e tudo começa a ficar feio e sem graça. Pense bem. Você é dona de sua felciidade. Não culpe o mundo. Não culpe Deus. A escolha é sua.

Pau Grande
22 days ago

É tanta vagaba que se diz santa que é melhor ficar sozinho mesmo. Nossa, mesmo o marido sendo otimo essa “coitada”quer dar para o outro. Pena do seu marido, que M de mulher ele arrumou para vida dele.

Botão Voltar ao topo