Sou bi mas tenho medo de me assumir

Sei que alguns vão dizer que “ah ser bi hoje em dia é comum” coisa do tipo, mas para minha família é o fim dos tempos.
Tenho 18 anos e venho de longa data sentindo um peso dentro de mim.
Tenho uma ótima relação com minha família (pai mãe e irmão), mas não sei se eles estão preparados para me aceitar do jeito que sou.
Estou cansado de esconder isso, não aguento mais, e a cada dia mais parece que estou ao ponto de explodir.
Me assumi para 3 amigos meus, mas sinto que isso não é o suficiente, quero poder ser quem eu sou na frente dos meus pais e irmão até mesmo na frente de outros amigos que tenho.
Mas tenho medo que eles me olhem de outro jeito, me exclua das coisas aí não sei.
Estou escrevendo isso aqui chorando, é uma grande pressão dentro de mim falando conta e outra parte falando não conta é arriscado de mais.
Ah para piorar gosto de um amigo e não sei o que faço, já pensei em contar mas não quero perder a amizade dele, a gente já é amigos há 4 anos e não quero acabar com essa amizade, mas também não aguento mais, não sei o que faço, estou tão confuso, com medo.
E isso me acarretou vários problemas, venho tendo crises de ansiedades maiores e até pensamentos fútil.
Estou desabafando aqui para ver se melhoro um pouco, mas obg por perder um pouco do seu tempo comigo.

Ler
Sou bissexual e minha mãe não aceita
Etiquetas
assumir bissexual

6 Comentários

  1. Penso que você está superdimensionando o seu problema e antecipando situações que nem ocorreram. Você neste momento está namorando alguém do seu mesmo sexo? Se não está por qual motivo você quer abrir a sua intimidade para os seus familiares. Quando se assume posições na vida, sempre terá que contar com os riscos de haver consequências. portanto, ninguém melhor do que você pode intuir qual seria a resposta comportamental dos seus pais, para a verdade que você deseja expor. Se você os considera fechados e intransigentes, para essa questão, sugiro você ter sua autonomia financeira, seu espaço para viver, para poder assumir as rédeas da sua vida, para não ser obrigado a ouvir o que não está afins e se sentir mal com essa situação. Você não merece menos do qua felicidade e ser respeitado pelas suas escolhas e por ser quem você é, portanto, se isso não ocorrer até mesmo com as pessoas com as quais você divide a sua intimidade, você precisa encontrar seus próprios espaços para ser fiel aos seus próprios sentimentos e desejos. Se o meu filho se declarasse bi, com certeza iria respeitá-lo e em absolutamente em nada iria modificar o meu amor por ele,, mas apenas não iria solicitar para que ele não trouxesse pessoas para transar na minha casa, sendo um adulto, pois se quer ter uma vida de adulto, tem que assumir as próprias contas e ter o seu próprio espaço para viver.

  2. retificação apenas iria solicitar para ele para que NÃO trouxesse pessoas para transar na minha casa. .. Desculpe-me mas esse site, não tem a opção editar texto. kk

  3. Não entendo a necessidade de dizer para a família que seja homo ou bissexual. Sou homo e vou fazer 54 anos sem a minha família saber. Penso que devemos ser felizes do jeito que somos, só aconselho se fores namorar mulher revelares à ela, já que estará começando uma relação contigo.

  4. Jovem, pensa em como sua família irá aceitar. Tenho uma filha que revelou ser homossexual, fiquei triste, abalada com o futuro dela, são maltratados, excluídos. Ela não contou para ninguém, só para mim. Mas não deixei de ama-lá, porém não gosto de falar sobre isso. Tenho medo da reação das pessoas. Se você achar que sua família vai aceitar, conta e fica tranquilo. Caso contrário, guarde esse segredo e peça para Deus ajudá-lo a contar no momento certo ou nunca contar e ficar tranquilo da mesma forma. Eu preferia que minha filha fosse bi, do que homo. Acredite que você não deixará de ser amado. Estude muito muito e tenha sua independência financeira. Isso facilitará um pouco as coisas para você. Quem sabe faz algum concurso público! Boa sorte. Deus te ama!

  5. Oi, esqueci de falar: você não deve criar expectativas com seu amigo, a não ser que ele seja bi ou homossexual.
    Tenta fazer terapia, existem faculdades que disponibilizam o serviço de graça, caso você não possa pagar ou não queira pagar. Procura perto da sua casa.
    Boa noite. Deus te ama, nunca esqueça disso!

  6. Eu tbm não tenho coragem de viver minha homossexualidade, e isto é muito ruim, meu medo é maior do que a coragem, me sinto um covarde. Por isso entendo você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar