Não consigo gostar da minha enteada

Bem, tudo começou quando o conheci. Ele era um cara perfeito, nossa fazia tudo por mim. Ele tem uma filha, que na época tinha 3 anos, eu gostava dela, fazia alguns gostos dela quando nos encontrávamos, até aí tudo ótimo. Quando com 3 meses de namoro noivamos. Assim que tomamos essa atitude disse logo a ele que não queria a filha dele morando com a gente. Porque? Porque eu não conseguiria ser uma mãe para ela e quando um casal tem um filho, 90% da tarefa é da mãe e eu não queria isso para mim. Conversamos e ficamos de acordo que ela não moraria com a gente. Em janeiro desse ano, subimos ao altar, porém não foi da forma que eu queria. Bruno já tinha sido casado no civil, antes de se envolver com a mãe da filha dele (sim, ele foi casado duas vezes antes de mim). Então, em dezembro quando fomos marcar o civil veio a primeira bomba, ainda faltava mais um processo (demorado) para a separação deles, fiquei arrasada, porque eu não sabia que ele ainda estava “casado” com a primeira esposa. E faltava menos de um mês para o religioso e tudo já estava pago e INFELIZMENTE tive que casar assim mesmo. Na primeira semana de casados já senti uma diferença muito grande na nossa relação, e em menos de um mês de casados já me sentia infeliz, e foi quando descobri que estava grávida. Entrei em choque total, não queria ser mãe e ainda mais tão cedo. A filha dele mora em cima da nossa casa com minha sogra, porém ela vem para cá quando o pai dela chega do trabalho, a cada dia que passava eu sentia mais raiva dela, nojo, tudo nela me irritava. O andar, a fala (de garota mimada), enfim tudo. Eu achava que fosse da gravidez, até porque pesquisei e várias pessoas passavam pelo o mesmo que eu. Ela tem 4 anos, minha bebê tem 2 meses e gente eu não consigo gostar da menina. Quando ela vem para cá eu fico num mal humor terrível, eu não consigo aceitá-la convivendo comigo, ela é muito mimada pelo meu marido e pela minha sogra e ela é uma menina muito inteligente, e cria situações desagradáveis. Meu marido sabe desde o começo o que eu sinto, jamais pedi a ele que escolhece entre a filha ou eu e nunca vou pedir e sinceramente eu não to conseguindo mais suportar essa situação, to querendo me separar faz um tempo (não temos nem 1 ano de casados). Fora outras coisas que me chateiam, pois meu marido está desleixado com nosso casamento e eu sei que não é por causa da filha. Gente eu daria tudo para gostar dessa criança mas eu não consigo. E não quero causar nenhum mal a ela e por isso to quase decidida em me separar. É isso!

Etiquetas
odeio enteada
5 1 votar
Avaliar Desabafo
24 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Kris.angel
4 years ago

Se achas que não dá mais.então separa te mesmo, ou dá um tempo a esse casamento para poderes pensar melhor. Se a decisão for o fim..então que seja, quando não se está bem, muda-se para não piorar.

Juan
4 years ago

Oi, tenho uma namorada, e agora estamos morando juntos, ele implica com minha filha toda hora, não dá atenção a ele, e ficareclamando das coisas que ela faz.o mais engraçado de tudo é que minha namora que pede para eu pegar minha filha para dormir em nossa casa nos fins de semana! Eu fico confuso, magoado e não sei como agir!

Lua
4 years ago

Eu entendo, e muito bem, o que você está passando.. Quando comecei a ficar com o meu marido não dei importância ao fato de ele ter uma filha pois eu não estava querendo nada sério. No começo eu até me dava bem com ela, brincava um pouquinho, embora eu nunca tivesse muita afinidade com crianças; eu nunca quis ter filhos, nunca senti o desejo de ser mãe. Enfim, quando ao fim de 1 ano de namoro eu percebi que o amava e que queria continuar com ele, porém não queria a criança conosco. Terminei o namoro, eu não poderia pedir para ele escolher entre mim e a filha. Ele terminou me convencendo. Casamos. E, assim como você, ela vem todos os dias à nossa casa porque moramos no mesmo quintal, mas não consigo gostar dela, é muito mimada, teimosa e às vezes muito mal educada. Tento me controlar ao máximo porque meu marido é muito bom para mim, sou muito feliz com ele. Ele fez vasectomia para não ter mais filhos, por decisão própria, não fui eu que pedi,mas eu me sinto incomodada. O que eu quero dizer a você é que pense bastante, você vai deixar o homem que você ama por causa de uma criança que daqui a pouco vai crescer. Sei que é muito difícil, foi difícil para mim, chorei muito por pensar em deixar o homem mais doce do mundo por causa de uma criança. Mas o amor tudo suporta.

CARLA
3 years ago

Bom, só quem passa pela situação entende e talvez tenha o direito de comentar…

Passo por isso a mais de 5 anos e sei bem o que é ter um marido sem atitude, a ex ser uma pessoa totalmente sem caráter e começar a ficar confusa com tudo. A gente perde o tesão, a paciência e tudo mais…

Minha enteada é uma folgada, que idolatra a mãe, mesmo sendo abusada emocionalmente por ela, a moça já com 18 anos, não quer trabalhar nem estudar, e faz o maior drama, tentei ajudar, mas ela finge ser uma coisa conosco, mas longe é beeem diferente, conta tudo da nossa vida, principalmente da minha para a ex dele. Ela é apática e sem atitude também, acho que finge. Meu marido a vida toda foi extorquido pela ex, em tudo o que tinha, e cedeu a inúmeras chantagens. Resultado: passaram anos e somente agora estamos tentando construir alguma coisa, mas ele não tem grana e eu estou no limite.

Conselho: Saia dessa enquanto é tempo. Ele sempre vai priorizar a filha, passar a mão na cabeça e quando não fizer isso, a ex dará um jeito de causar problemas, com isso a raiva vai aumentando, o sentimento diminuindo e aí já viu…

Não tem mulher que aguente sem sofrer (mesmo que não confesse…fuja!

Julia
3 years ago

Nossa, sua história é muito parecida com a minha. Estava Qui pesquisando no Google se é normal eu ter esses sentimentos citados por uma garotinha de 4 anos ( a minha enteada ) e estou vendo que isso acontece bastante, inclusive com você!
A diferença é que eu tenho um bom convívio com ele, na verdade ele não sabe que não consigo nem olhar na cara da menina!
Não sei explicar .. no início eu gostava, mas peguei um ranço .. coisa de louco isso ..
De 15/15 dias ele busca ela são os piores dias da minha vida, o pior é disfarçar para o meu marido que está tudo bem ..
Eu estou numa guerra interior queria muito ajuda ..

Samantha
3 years ago

Odiava tanto o meu enteado que larguei do pai numa velocidade que até estranhei como foi possível. A ex era uma folgada e o filho mimado, o pai bunda mole permissivo e culpado (pobre tb, a pensão acabou com ele). Você não é obrigada a amar ou gostar desta criança, porem terá de se afastar dele tb!

Nayara Almeida
2 years ago

Meu casamento está quase chegando ao fim por conta da minha entiada, não tenho com quem conversar sobre isso esse ano ela veio não só passar uns dias, mas sim, morar conosco conheço ela desde de que tinha 3 anos, mas depois que tive meu filho não aguento nem olhar para ela, agora ela tem 12 e meu filho 7, como vou viver 24h com uma pessoa que eu não suporto? Meu marido é um bom homem e no momento está sem opção pois a mãe da menina para completar ficou louca de verdade mesmo. toma remédio controlado e tudo já tentou matar a mãe e a menina. Meu Deus como eu queria tirar esse sentimento de dentro de mim, já orei muito não consigo, não sei o que vai acontecer pois todos os dias é uma batalha espiritual para mim essa convivência espero que se esse for o fim que todos fiquem bem pois tenho um filho e não quero mal para o filho de ninguém e como várias mulheres aqui falaram só quem passa pela situação sabe o que sente o conflito interno que não nos deixa sorrir, dormir, e ficar bem
Obrigada pela oportunidade de falará sobre isso

fatima
2 years ago

nossa gente estou lendo relatos a 2 dias e fico pensando que se um dia eu me separar jamais o pai da minha filha vai levar ela para conviver com outra pessoa o que fazer com tanto odio que culpa tem essas crianças eu passo por isso tambem mas e diferente eu gosto da minha entiada e não faço isso para manter o pai dela comigo faço por ela tenten trasnformar esse odio em amor ela tem 10 anos quando conhecir o pai dela ela tinha 3 anos o pai não conviveu com ela ela e completamente carente de amor e carinho a mãe e uma loca sem noçao eu e ele temos uma filha de 4 anos e elas brigam muito ela e muito desorganizada eu reclamo muito mas e para que ela aprenda ela mora comnosco játem 1 ano e as veses me estresso e peço para ele levar ela de volta para mãe mas quando penço que la ela passa fome e que ninguém não está nem ai para ela eu não deixo e coisa de crianca brigar mas eu não quero ver ela sofrer como não desejo para minha filha

Rayssa
2 years ago

Varios desses relatos me indentificam.
Estou em um relacionamento há cinco anos,eu e meu esposo já tínhamos filhos. Ambos havia acabado de se separar,eu com filho de dois anos e ele com uma filha de cinco anos,no começo a relação entre nós e os meninos era super tranquilo e nos dávamos super bem,até a ex dele perceber que estava perdendo a filha para nos, a ex dele sempre foi apaixonada pelo meu marido e nunca aceitou a separação ,com o passar do tempo ela foi manipulando a filha,tornando a menina insurportável,proibindo a filha de conviver com a gente. Depois de três anos de namoro nos casamos,a menina mas revoltada já não queria que o pai não há buscasse mas,pelo meu alívio. Após algum tempo ela voltou às visitas e toda vez que vinha,ela mentia e inventava algo para mãe quando chegava em casa. Mas graças a Deus meu marido sabe separar as coisas e sabe que é invesao da filha e da ex. Agora estou grávida,e tenho ranço da menina,não suporto mas ela,tentei muito ,mas hoje com tudo que vivi já não dá mas,aqui nesse espaço não dá para relatar muito ,mas vocês devem imaginar a tortura que é ter uma enteada atormentando em casa,hj ela aprendeu a fazer chantagem emocional,pois acredito que esteja com medo de perder a atenção do pai dela,por causa do bebê.

Carmem
2 years ago

Também não consigo gostar dos meus enteandos.por falta de um tenho 2 que são absurdamente chatos,mimados,nojento. a presença deles parecem pesadelos .Não aguento nem olhar na cara deles .cancelo qualquer tipo de viagem se me falar que eles vão junto

Gisele
2 years ago

No meu caso a filha do meu esposo tem 15 anos é uma chata, mimada finge sempre que está passando mal ,a maioria das vezes não quer ir para escola ,chega cedo da escola ,en fim.
Nós davamos muito bem porque ela vivia com a mãe lá em Minas e nem queria saber do Pai era uma maravilha ,só que ano passado eu descobri que estava grávida ganhei meu bebê esse ano até aí TD bem ela ficou um tempão sumida aí quando o bebê nasceu ela resolveu aparecer até aí tranquilo só que ela começou a ficar muito agarrada ao meu filho começou, a falar de testamento ,começou a ter outras conversas e além de tudo ela está fazendo formação de professores que dar aula para o meu filho mais eu não consigo gostar dela fora que ela tem problema de ansiedade ,insônia ela toma um monte de remédio eu e meu esposo brigamos direto por causa dela parece que ela veio para me perturbar.
Quero me separar do meu esposo porque ele passa muita mão na cabeça dela ,só que fico com medo porque meu bebê é muito novinho só tem 8 meses e não confio essa garota com meu filho ela acha que é mãe dele TD nela me irrita e meu esposo só concorda com ela .
Toda quarta até sábado ela fica aqui esse carma kk mais o meu mal humor muda quando ela está aqui .
Não gosto mesmo dela .

Tatiane
2 years ago

Estou num grande dilema, meu Marido é sensacional, porém tem uma filha que vai fazer 16 anos agora em dezembro. Eu estou com ele a 10 anos e nunca gostei da filha dele, antes eu dava indícios de não gostar dela, mas agora sou bem direta e falo para ele. A menina é folgada, mentirosa, e tirando isso não se esforça em nada para me cativar. Quem cria a filha dele são os pais dele, pois a mãe dela engravidou muito cedo e disse que não tinha condições, mas os pais dele são extremamente encostados, usam a menina como desculpa para estorquir meu marido, não trabalham, não são aposentados e tudo quem banca é meu marido, é uma situação que me ennoja. Meu marido não dá luxo para eles, mas só de saber que ele que tem que arcar com tudo encomoda. Aí vem outra questão, os pais dele moram num sítio em Nazaré Paulista e todos os dias levam e buscam a menina na escola de um bairro em Guarulhos devido a distância e hoje conversando com meu marido perguntei para ele se já pensou sobre a faculdade da filha dele, pois ela quer fazer veterinária, aí ele me disse que procura não pensar porque tem muitos fatores, e um deles seria onde ela iria morar para ficar mais perto da cidade. Amigos, ela longe já afeta meu casamento, pois se eu faço alguma crítica ele briga comigo, mesmo eu tendo razão. Tenho certeza que se ela vir morar em casa nós vamos romper, pois tenho certeza que vou me incomodar de forma absurda. O que vocês me aconselham?

Anna
1 year ago

Meu deus como.isso é.horrivel não suporto a minha enteada tbm
Ainda mas qe meu esposo defende muito ela
É eu fala do cá o dizer qe sou loka eu sei..
Mas ela é fingida só tm 9 anos mas uma cara de fingida e coitadinha
Da um jeito de mudar Qualqer situação
E Gent por favor ants qe vocês falam e só uma criança
Gent a criança de 1 ano ela já sab como chamar sua atenção
Ela.sab qe se chorar fazer birra você vai dar colo ou algo qe.ela qeira
As criança hoje são muito espertas

As pessoas falam muito mal de madrasta mas não sabem do qe enteados são capaz
E pior ..ninguém acredita em você soment na criança

Bruna
1 year ago

Eu nunca amei meu marido, gosto dele, ele é uma boa pessoa. No começo não queria nada com ele depois de um tempo fomos morar juntos hoje me arrependo piamente pois não suporto meu marido e o filho, que vem aos finais de semana para minha casa mas me estressa na verdade toda a situação me estressa quero mesmo é me livrar de todos e e viver só com o meu filho que vai chegar..

Isa
1 year ago

Olha achei que eu tinha problema mas vejo que não sou só eu.
Tenho uma entiada de 5 anos, quando conheci meu noivo ela tinha 2 anos e ele não tinha contato nenhum com ela, e ele odiava a mãe dela porque quando namoravam, ela parou de tomar anticoncepcional escondido dele e engravidou com intuito de segurar já que o relacionamento deles estava fadado.
De um ano para cá ,meus sogros que mora em outra cidade pega ela toda semana para ficar com eles, às vezes ela fica mais de semana lá na casa deles.
Esse feriado fomos visita-los e a menina estava lá, hoje ela está com 5 anos, e daí meus sogros fica forçando meu noivo ter um bom relacionamento com a menina.
Além deles ficarem bajulando ela, ela
e uma criança teimosa e daquele tamanho já é fofoqueirinha, ninguém corrige ela.
Não desejo mal, porém não consigo gostar dela.

Ines
1 year ago

Olá, também passo por essas dificuldades eu moro com o meu namorado a 10 anos ele foi pai sem querer tinha 18 anos a miúda agora tem 12 anos e já acumulei tanta coisa como por exemplo no dia de aniversário não saber se vem cá para casa se não, faço um bolo e convido a avó para jantar e ela passa a noite toda com as mãos na cara, ela vem quando apetece, o pai nada faz nada diz e eu aturo isto, ando cansada não sei se quando chego do trabalho ela está ou não e não suporto ir com a criança para lado nenhum, tenho um sentimento de magia, não consigo gostar dela e estou a perder toda a vontade de estar presente na vida deles!
Não sei o que fazer porque no fundo ela vem só quando lhe apetece, mas vivo numa constante angústia em relação a tudo isto.

Ju
1 year ago

Olá, eu passo por isso também. E achei que fosse só eu capaz de odiar uma criança de 6 anos que nunca me fez nada. Chego a pensar que meu coração é ruim, que sou uma péssima pessoa. Quando conheci meu marido a menina tinha 2 anos e era tudo normal, eu brincava com ela, comprava presentes, não me importava quando ela passava os finais de semana na nossa casa. Mas depois, quando a mãe dela começou a impor que ela fosse para lá de 15 em 15 dias, as coisas foram mudando. A ex do meu marido manda nele até hoje, ele faz tudo que ela impõe. Já paga uma pensão de mil reais por mês e agora está tendo mais gastos de 15 em 15 dias, porque ele quer agradar a filha e faz todas as vontades dela. Sem contar que não moramos na mesma cidade, então ainda tem o gasto com a gasolina. Eu sei que a criança não tem culpa de nada, ela é uma vítima dessa história, porém eu não consigo tirar esse sentimento de dentro de mim. Peguei birra, ranço da criança. E meu marido já percebeu isso, e ele fica triste, magoado disse que machuca ele. Eu não sei mais o que faço, porque eu o amo, mas não da para continuar nessa situação.

Maria
1 year ago

Nossa, Eu entendo perfeitamente, meu marido tem uma filha de 02 anos e aff ela vem pouco em casa mais o pouco que vem me irrita, me deixa nervosa, me faz perder o dia a noite, ela nunca me fez nada mas só o nome dela me deixa super irritada, queria tirar esse sentimento de dentro de mim, mas ainda não consegui, ela me irrita de mais, aff, tem horas que a gente está de boa, nada para fazer se curtindo, ai mãeliga que a menina precisa de alguma coisa, ele tem que ir, aff me mata de odio é um sentimento que eu não queria que ela existisse, não é ciumes dele, até mesmo porque ele não é um pai presente para ela, pega a cada um ou dois meses e tal, mas o pouco que vê ou pega já me mata

betha
11 months ago

gente eu reparei que não é só eu que tenho problemas com a enteada. na verdade meu problema é diferente mei esposo hoje foi meu primeiro namorado,terminamos por que ele me traiu e com essa “fulana”teve uma filha,quando voltei com ele ,a menina estava com 1 ano e 3 meses, então eu conversei com ele e disse que queria criar ela como se fosse minha,no começo ok, mais um “belo” dia eu falei para ela parar de mexer nas minhas coisas com um tom altetado,e ele disse para mim parar de gritar por qie não era mãe dela,dai a nossa relação (eu e ela) desandou fui pegando ranço da criança e parei de me importa, hoje ela tem 4 anos e não consigo gostar dela eu e ele temos uma bebé de 8 meses agora e a menina quer viver grudada na minha filha e isso me irrita, a voz dela me estressa ela é teimosa toda hora tenho que ficar falando para ela larga minha filha. e ela só responde (Já sei).e estressa também meu marido preferir ela do que a nossa filha jápensei em jogar tudo para o ar.

Márcia
8 months ago

Vou seguir seu conselho, estou em uma situação parecida com a sua, mas sou nova, estou me formando tenho uma vida toda pela frente.
Tenho mas é que focar em mim, pois não tem futuro.

Renata
7 months ago

Fico aliviada de não ser só eu. Gostaria de gostar da minha enteada de 6 anos, mas não suporto ela. Gostaria de saber se alguém já teve essa experiência e se melhora com o passar dos anos. Pq tenho medo de piorar e acabar com meu relacionamento com o pai futuramente. Se piorar quero que seja logo.

Renata
7 months ago
Reply to  betha

Mesma história minha. Idêntica.
Se não fosse a pandemia tinha caído fora.

Denise
6 months ago

Tenho o mesmo problema, me sinto um monstro. Casamos e nos dois temos filhos da mesma idade 5 anos, meu filho mora com a gente se dá bem com ele, mas eu não consigo gostar da filha dele, está ficando cada dia mais dificil, ele quer que eu trate igual flha e eu não consigo, não aguento mais viver assim, me sinto muito mal precisava de ajuda para lidar com isso, não trato mal, cuido, mas não consigo brincar, beijar abraçar,.

Antonia
4 months ago

Estou na mesma situação,a mãe da minha enteada foi para o Rio de janeiro e casou-se.Levou a menina por 40 dias mas a devolveu dizendo que a mesma estava acabando com seu casamento. Meu marido está com a guarda e ela morando. Com a gente há seis meses. Tenho três filhos, inclusive um com 8 anos, a mesma idade dela,Ela SEMPRE foi mimada pelas avós, aprontava, mentia,manipulava situações e o mesmo está fazendo aqui em casa.. A educação dela é muito diferente da que eu ofereço aos meus filhos. Meu marido tem dó dela por ter sido devolvida pela mãe e cede aos seus desejos,tem dó dela quando aplico castigos (o mesmo que faço com meus filhos), Fico sem saber o que fazer. Ele passa o dia todo fora e eu fico com a menina, não posso educa-la como meus filhos, mas não posso aceitar a falta de valores e caráter que ela trouxe consigo, Nisso eu não sinto prazer em abraça-la, ou cuidar mesmo, Estou perdida. Amo meu marido, mas até quando e como suportar ou superar isso? não queria ter esse sentimento, mas,

Botão Voltar ao topo