Não consigo esquecer uma pessoa que me machucou demais

Me apaixonei perdidamente por um homem casado. Na época era virgem, tinha 26 anos, não tinha vivido nada e, apesar de saber que era errado, quis me dar o direito de viver isso, pois sempre sonhei em ter minha primeira vez com um homem que eu amasse, queria que fosse especial. De início, não contei para ele que estava apaixonada, mas numa briga eu acabei falando tudo que sentia e ele continuou me procurando, ainda quis ficar comigo. Depois de um ano juntos, a esposa dele pediu o divórcio, não teve nada a ver comigo, ela nunca ficou sabendo, inclusive ela já está com outro homem. Enfim, achei que ele fosse ficar comigo, ele me falava coisas que dava a entender que ele queria me namorar, mas me disse que precisava primeiro arrumar a vida dele, se divorciar no papel. Eu falei que esperava o tempo que fosse preciso, mas eu percebi que ele estava muito estranho, me evitando, me tratando mal. Enfim, acabamos nos afastando, mas eu tinha a certeza que ele ainda me procuraria. Ocorre que 4 meses depois dele se separar da esposa, descobri que ele estava namorando outra mulher também há 4 meses e ela foi morar na casa dele. Descobri da pior forma possível, pois ele me jurou que não tinha outra todas as vezes em que eu perguntei. Detalhe, ele alugou uma casa quase do lado da minha. Eu estou sofrendo tanto, é uma dor que não passa. Eu sei que eu errei, mas ele sabia que eu o amava e ainda o amo, eu nunca fiz nada para prejudicá-lo, sempre fui boa para ele, ele foi o primeiro homem da minha vida e o único até agora. Tá muito difícil seguir em frente, não consigo me interessar por ninguém. Eu entendo ele ter seguido a vida dele, ninguém é obrigado a ficar com ninguém, ele se apaixonou por ela, isso acontece. Mas o que ainda dói é pensar que eu não tive importância nenhuma para ele, se ele tivesse pelo menos me contado a verdade, sido honesto comigo. Dói muito também ele ter ido morar com ela quase do lado da minha casa, ele sabia que eu ia descobrir e ia sofrer com isso, e ele não se importou. O pior é que eu tenho vergonha de contar isso para as pessoas próximas a mim e fico sofrendo calada, não posso desabafar com ninguém. Isso está me matando.

Etiquetas
não consigo esquecer
0 0 votar
Avaliar Desabafo
4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Anônimo
1 year ago

Nada que começa num erro,pode dar certo.Sair com um cara que você sabia era casado..independente de como estava o casamento dele,você foi sacana com a outra mulher.Aliás,uma mulher de 26 anos ,independente de ter experiência sexual ou não,já tem maturidade o suficiente para saber de muita coisa.Você apenas experimentou na carne,como dói ser enganada,assim como fizeram com a ex-esposa dele.Tentar assumir papel de vítima é bem hipócrita e patético da sua parte.Use a experiência como base de crescimento.Parte para outra,e tenta esquecer o cara,se mude,se puder.Ele só quis “comer uma virgem”,e depois que matou a vontade,perdeu a graça para ele.
Bemvinda ao mundo real.

manuela
1 year ago

”apesar de saber que era errado,quis me dar o direito de viver isso, pois sempre sonhei em ter minha primeira vez com um homem que eu amasse,queria que fosse especial.” E não pensou que ele também deveria amá-la? Sim, porque o amor no coração de um homem via de regra vem junto com o respeito por ela. Não esquece é a isso, ao fato de ter nivelado por baixo nas suas escolhas mediante as suas ilusões. Agora responsabilize-se pela sua parte nisso porque era uma mulher de 26 e não uma garotinha de 15, nada deve ter sido à força (não foi, você diz que desejou se permitir a vivenciar sexo), e você sabia que ele era comprometido. E assim admita que ‘se’ iludiu em tudo nisso, em sexo, em amor e ‘pessoa adequada’. Não, você não o ‘ama’ ou, se insiste, poderia (deveria) rever o seu Conceito da palavra Amor. Porque ‘amar’ a um canalha casado que anda de ‘namoros’ por aí o fim-do-fim da rosca enferrujada, não acha? Site de MADA (mulheres que amam demais anônimas) pode acender luzes em muitas coisas na sua vida. Há reuniões virtuais, inclusive. Inteire-se da proposta. E por favor largue dessa pretensa sofrencia meio eivada de culpinhas e de vitimizações. Tudo ocorria bem debaixo dos seus olhos que, pela sua própria vontade, foram cegados ‘a tempo de dar tempo’ de ceder você às suas ilusões. Mas. tudo, tudo pode nos servir de aprendizado de vida se assim o permitirmos.

Autora
1 year ago

Eu escrevi esse desabafo há 7 meses, mas só agora foi postado. Vocês todos estão certos. Agradeço os comentários, mas hoje não preciso mais deles, pois estou muito feliz, a vida voltou a sorrir para mim. Parece que aquele lixo precisava sair da minha vida para ela voltar a andar. E voltou. Estou namorando há dois meses com um rapaz maravilhoso, estamos apaixonados e jáfazemos planos para o futuro. Comprei um apartamento lindo e vou mudar agora no início do ano. E ainda estou a um passo de ser chamada em um concurso que passei. Realmente eu tive um livramento quando ele saiu da minha vida. Tenho pena da mulher que hoje está com ele, pois com certeza vai ser outra que ele irá enganar. Mas isso não é um problema meu. Dele não quero nem notícias mais.

Nina
1 year ago

Nossa, quase chorei quando li seu desabafo. Passo por algo semelhante, não consigo esquecer uma pessoa que também só me faz sofrer. No final li seu comentário dizendo que conseguiu e como tudo melhorou em sua vida! Muito obrigada, isso me dá muita motivação e esperança que também vou conseguir!

Botão Voltar ao topo