Minha Relação fracassou?

Eu era solteiro e conheci uma mulher no meu trabalho, ela já era casada e mãe de uma filha de 2 anos. Começamos a sair e nos apegar, ela se apaixonou por mim e fui na onda, mas no fundo acho que eu só estava com empolgação de início por ser novidade. Alguns meses depois ela engravidou, se separou do marido e quis uma vida comigo, aceitei pois mesmo assustado, queria dar o melhor para meu filho que ia nascer, só que junto veio a filha. Hoje moramos nós 4( eu, meu filho, ela e a filha) numa casa, só que não consigo aceitar muito essa menina e minha relação tem esfriado cada vez mais, não sinto mais tesão. Só que por outro lado tenho medo de separar e prejudicar a minha relação com meu filho que precisa de mim e eu preciso dele. Sinto que minha relação fracassou por eu ter me juntado com alguém que não amo por conta de um filho. O que eu faço?

Ler
Me separei porque o casamento estava com problemas mas voltei

10 Comentários

  1. Primeiro um Exame de DNA no filho, para sair da Ingenuidade de que ela morava com o Marido e transando só contigo. A tua incomodação talvez seja porque o ex dela esteja na posição que tu querias: sem precisar sustentar a filha porque a ex formou nova família e está regresso ao mundo dos solteiros!

  2. Mas gente tem que pensar um pouco, você achou que ela ao se casar contigo iria abandonar a filha do primeiro casamento? Não vai, nunca! E outra, você fez o que é certo, se o filho é realmente seu, tem sim que casar e tentar uma vida a dois por causa da criança. É a responsabilidade dos dois, perceba que ela era casada e tinha filho e você mesmo assim investiu, então, é só consequência por sua falta de pensar né, você achou que ela iria engravidar e jogar para o marido hahahaha se ela traiu porque já não estava feliz com ele, e acreditou que você seria um marido melhor . tenso hein, as vezes, na empolgação você pedia para ela se separar. É duro.

  3. Esse é o primeiro relato que comento, fiquei bastante irritado com esse desabafo, você sabia que ela era casada e tinha uma filha, você ajudou na destruição do relacionamento anterior,não estou passando pano para ela, mas ao ver que você quis despejar todas as suas frustrações na criança me gerou revolta. Se você fosse o marido traído e ela quisesse voltar com o relacionamento estando grávida de outro, eu compreenderia sua frustração, mas nesse caso já sabia da existência dela, queria que além de traidora, ela também abandonasse a própria filha? Creio que você curte mulher casada, e quando passou para o posto de marido, perdeu o tesão.
    Frustrante e cansativo.

  4. vc é uma pessoa egoísta e ruim, ela é filha, jamais ela vai largar a filha por causa de um homem (sendo uma pessoa decente), engraçado, você quer que ela largue a filha mas o filho que tiveram você quer que ela cuide, amigo: a gente não pode querer para os outros o que não gostariamos que fizessem conosco, você gostaria que ela largasse o seu filho? certamente que não! quando você se envolveu com ela, ela tinha uma familia: o marido e a filha, quando você chegou, a filha já estava lá, respeite a menina, que também deve sofrer por ver os pais separados, existe ex marido, ex mulher, mas não existe ex filho (a), filho é para sempre, fico enojada quando vejo desabafos desse tipo, em saber que existe gente egoísta a esse nivel

  5. Sugiro que você faça um exame de DNA, para avaliar se essa criança é de fato o seu filho, pois uma mulher casada que mantém relação extra conjugal, nunca será uma opção confiável, mesmo que você faça parte da história do chifre que ela deu no marido. Ela estava tão desinteressada no seu casamento anterior, que não adotou o mínimo cuidado utilizando métodos anticonceptivos, pois qualquer pessoa com o mínimo de respeito próprio, não se permitiria engravidar em condições tão errada e o que para mim foi uma forma dela ter forçado a barra para você a assumir, assim como a bagagem que ela iria trazer nas costas. Quando se assume uma mulher com um filho de outra relação, mesmo a mulher trabalhando, é inevitável que muitos gastos dessa criança acabe respingando na sua direção, assim como responsabilidades e é por esse motivo, que tem pensar muito bem, antes de assumir uma pessoa nessas condições. É evidente que se você não está conseguindo se sentir bem resolvido com essa mulher, a melhor alternativa é a separação. Não adianta você forçar a barra em se doar para algo que não mais funciona, ainda mais porque já não mais existe química.

  6. Cara, acho que você veio para receber conselho e não pedrada. Entenda que você se envolveu com uma mulher que já era casada com uma filha. A mulher depositou as fichas em você e se separou buscando em você um bom marido e acabou engravidando. Você fez sua parte e assumiu. Mas você cometeu três erros de cálculo no caminho: Foi logo engravidar ela sem conhecer melhor, não pesou o fato dela estar casada com filha, e não dialogaram quanto a uso de metodo anti contraceptivo. Agora, que tudo já aconteceu não adianta vir aqui pedir um milagre. Ou você se separa mandando a real para ela, ou conversa com ela o que esta sentindo (o que vai dar em separação) ou engole seco e procura aceitar a menina na sua vida, pois não existe ex filha. Isso serve de lição para você e outros não entrarem em familias alheias por tesão. Mas antes de tudo faça o DNA, bem colocado pelo OBSERVADOR. Se não for seu já cai fora sem conversa e cuida do seu filho.

  7. Vc tem razão, ninguém é obrigado a aceitar filho de ninguém. Melhor pular fora desse relacionamento logo, porque essa mulher que traiu o marido merece ser mãe solteira de dois filhos diferentes como punição.

  8. A relação não fracassou, você fracassou por se envolver com uma mulher casada. Com tantas mulheres decentes, foi se envolver justamente com uma imunda que traía o marido. O mais irônico é que agora o marido é você, espero que aprenda alguma coisa com isso. E sim, se você se separar seu filho vai sofrer muito, crianças criadas por mães solteiras tem maior propensão a serem usuárias de drogas e se envolverem em crimes. E se ela voltar com o ex marido, como acha que seu filho vai ser tratado? Como um lixo, no mínimo.

    Nunca se envolva com mulher casada, mulher casada para homem solteiro tem pinto, a bíblia já dizia isso a 2 mil anos.

  9. Minha mãe se casou com meu pai e já trouxe uma filha de outro casamento, lembro dos conflitos, ela não aceitava meu pai, não aceitou meu nascimento e fazia questão de lembrar que eu tinha vindo acabar com a vida dela, pois, desde meu nascimento, teve que dividir tudo comigo, antes era só dela. Ela foi uma adolescente rebelde, mas aos poucos foi nos aceitando e meu pai a ela, no final da vida, meu pai por diversas vezes disse que amava ela igual as filhas.
    Essa criança deve ter uma revolta, mas não é hora de bater de frente e sim de criar laços, ela pode ser sua amiga.
    Tem filhos adotivos mais amorosos que os biológicos.
    Se você não ama essa mulher, não aconselho a ficar casado, nem pelo filho, mas se for pela criança que está desgastando sua vida, se esforce para aceitar, afinal é uma criança que não entende muito bem da vida e você pode ser um pai. Veja também que você ocupou o lugar do pai dela, não é fácil um dia ter o pai substituído por outro e ainda mais a mãe tendo o papel de adúltera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar