Me sinto muito excluído

Entrei recentemente na faculdade, e como a maioria, já fui idealizando que aquela seria a melhor época da minha vida, festas amigos etc.
Infelizmente não tem sido bem isso o que tem acontecido, não posso dizer que não fiz amigos lá porque eu fiz, mas não me sinto enturmado, eles não fazem a menor questão da minha presença naquele lugar, me sinto que só andam com eles porque eu insisto.

Eles não fazem muita questão de me incluir na conversa, vivem dizendo que mandam mensagens uns para os outros mas para mim nada, esse fim de semana mesmo eles foram jogar poker e nem me chamaram.
Toda essa situação tem me deixado muito deprimido, já pensei em ir procurar um psicóloga. Porque será que eles não me fazem sentir parte da turma? Vejo todos os meus outros amigos vivendo felizes essa experiência universitária e só eu que não, nunca tive problema algum em me enturmar, espero que essa situação toda passe logo, porque estou vivendo um caos psicológico graças a isso, tenho medo de nunca mais voltar a ser como eu era antes.

48 comentários em “Me sinto muito excluído

  • Lyn 19 de junho de 2013

    Eu passei toda a minha vida assim e cheguei numa conclusão: as pessoas que eu considero meio chatas tem muitos amigos, sempre são chamadas pra sair e etc. Se você foge de certos padrões de personalidade automaticamente não será chamado pra nada. O jeito então é: ou você se molda pra ficar mais parecido com eles, pode criar um novo grupo ao invés de entrar num pronto ou pode ficar na sua.

    Resposta
  • s 20 de junho de 2013

    Se você se matriculou num curso superior para ampliar o seu circulo de amizades, esqueceu-se do principal: formar-se alí numa carreira.
    É claro que pode usufruir dos grupos que porventura vier a frequentar, mas isso seria apenas uma talvez alegre consequencia de estar frequentando a faculdade. Portanto, talvez devesse focar não nisso, mas no curso em si e o restante talvez visse naturalmente, quando não mais estivesse tão ansioso quanto a isso.
    A sua ansiedade talvez esteja afastando as pessoas.

    Resposta
  • Ricardo Cesar dealernet 2 de julho de 2013

    Estude muito, seja o melhor ou um dos melhores que logo as coisas começarão a mudar. Tente

    Resposta
  • Wagner 10 de julho de 2013

    Olá.

    Já passei por isso. Quando entrei na faculdade, não me enturmei com a minha primeira turma. Não gostei de ninguém, ninguém conversava comigo.

    Aí depois de 1 ano, na metade do meu curso, eu desanimei totalmente e tranquei meu curso. Foi a melhor coisa que eu fiz. Depois de 1 ano, eu voltei e a minha nova turma era tudo o que eu queria. Fiz várias amizades, conheci quase a sala inteira.

    Então o problema não é você e sim a sua atual turma que é um porre e você não combinou com ela. Acho que você deveria fazer o mesmo que eu fiz. Talvez dê certo, como deu comigo.

    Resposta
    • Aleh 1 de abril de 2018

      Verdade. Eu tive azar de não seguir na minha primeira turma que era super esforçada e atenciosa tanto com colegas quanto com o estudo. Essa que agora peguei até se esforça com os estudos mas formaram uma “panelinha” e fica complicado ainda mais por ser a mais velha da sala.

  • Rafael Thales 27 de agosto de 2013

    Cara, tenho 20 anos, estou passando pela mesmíssima situação..já estou fazendo consultas com uma psicóloga.

    Resposta
    • Bruno 9 de abril de 2016

      E esta sentindo melhora?

  • Ana Maria 4 de setembro de 2014

    Eu entendo todas estas questões na minha sala no começo
    do curso fiz alguns amigos porém as pessoas que havia criado
    vinculo saiu da faculdade e isso foi dificil porque as famosas panelinhas Ja estavam criadas e hoje em dia eu levo a faculdade com um pensamento terminar o curso levar alguma amizade pra vida toda não está na minha lista,porque todas as vezes que tem que formar grupos sinto excluida

    Resposta
    • Trevoso 24 de junho de 2019

      Toma no cu de vocês Jesus Cristo é o caminho

  • Sofi 22 de fevereiro de 2015

    eu tambem me sinto excluida so que eu tenho 9 anos e e em um jogo chamdo kogama sempre que vou em um mapa famoso de kawaii fico excluida me sinto deprimida e muito triste porque ninguem fala comigo

    Resposta
    • Mirtes nunes 16 de fevereiro de 2019

      Tenho sofrido também com isso vamos trocar idéia

  • katy 4 de março de 2015

    estou na faculdade a um mes e infelizmente falei algo com um aluno e ele nao gostou, ele e o queridinho da turma e estou pensando em tranca o curso e fazer em outro lugar, masi sera uma decepção muito grande pra minha mae e eu nao gostaria disso, porem ja estou me sentindo muito mal e nem sei como tentar me relacionar la me. sei que a culpa e minha mais nem sei oq fazer pra muda essa situação!!!

    Resposta
    • Cláudio 5 de setembro de 2017

      Olha eu sou também bastante excluida do meu grupinho na escola, mas eu gostaria de te dar um comselho: deixa de orgulho e pede desculpa pra ele, não perde uma amizade por pesteira eu mesma ja perdi e não vai ser fácil voltar atrás

  • Nyly 22 de março de 2015

    Passando pela mesma situação, não sei o que fazer..
    :(

    Resposta
    • ROLA MANSA 14 de novembro de 2018

      leia a biblia irmão, deux lhe ama. #HETEROEHJESUS

  • Mariana 27 de agosto de 2015

    Boa noite me sinto excluída no meu serviço trabalho há 2 anos durante um ano eu me sentia importante é capaz de executar algumas tarefas em meu serviço sempre tinha idéias novas me sentia bem assim eu mudei de função antes também era reconhecida agora faz um ano que entrou uma colega comigo que está se destacando muito bem nessa área eu passei a ser deixada de lado até pelo meus gestores minha auto estima está muito baixa.

    Resposta
  • jonas 27 de agosto de 2015

    Comentário: tambem me sinto excluido por todos “invisivel” nao ligo muito p isso mas as veses e orrivel vc olhar a sua volta e as pessoas te ignorando…

    Resposta
  • Rebeca 12 de setembro de 2015

    Me sinto escluida de muitas coisas de atividades,brincadeiras e em trabalhos em grupos na escola tem vezes que eu falto so pra mim nao ver acara de ninguem pq ninguem gosta de mim e eu sou muito sozinha eu sou tenho 2 amigas e mas ninguem

    Resposta
    • Mirtes nunes 16 de fevereiro de 2019

      Meu filho adolecente passa por isso em todis lugares uma judiação acho q é pirq e crente

  • lais 20 de novembro de 2015

    Gente n se sintam excluídas deus ama vcs nunca vão le deixar …. o mundo pode te esquecer mais deus ama vcs

    Resposta
  • alex 27 de março de 2016

    Ué, vc já é feliz e não sabe, vc está na faculdade. Eu disse FACULDADE, privilegio negado a muitos.

    Resposta
  • Leh 11 de abril de 2016

    Isso meio que aconteceu comigo. Tenho um pouco de dificuldade de fazer amigos, e quando entrei na faculdade, tentei me enturmar com um pessoal, mas na realidade não me sentia a vontade, me sentia excluída e totalmente fora dos assuntos deles. O que eu fiz? Mudei de grupo de amigos e foi a melhor coisa que eu fiz, com pessoas com quem eu realmente me identificava e me sentia bem. Tente olhar ao redor e ver pessoas com quem você possa se identificar mais.

    Resposta
    • Davidd 6 de março de 2018

      Vou tentar isso..parece uma ótima solução

  • tatiana 5 de setembro de 2016

    querido,esse povo não vale nada.não se faz isso com ninguém.se eles fossem pessoas bacanas,não faziam isso com você.tire isso da sua cabeça senão você pode sofrer mais.pelo jeito,você e´muito carente de amizades,de carinho e compreensão.meu amor,de todo o coração,não fique achando que só você passa por isso.eu também passo mas não me deixo abater.já sofri isso em vários lugares,na escola,nas igrejas que eu ia,no condomínio onde mora,etc.se você,dentro do seu coraçãozinho está sentindo vontade de procurar um médico,é bom demais.trabalhe sua cabeça com ela e depois desencane.

    Resposta
    • Viviane 18 de maio de 2017

      Tatiana, vc falou tudo! Não se faz isso com uma pessoa. É muito egoísmo, falta de humanidade, de empatia. Sentimento de rejeição e doloroso. Também sinto isso no trabalho e na faculdade onde estudei. Hoje em dia me desencanto e vivo a solidão, essa aí não me rejeita.

    • Mirtes nunes 16 de fevereiro de 2019

      Igual comigo e meu filho
      Meu filho tá sozinho num mundo tão grande ninguém gista de nós
      Devia existir um lugar publico e seguro pra ter encontro da amizade

  • OM 6 de novembro de 2016

    Te entendo, uma tristeza!!

    Resposta
  • Alice 16 de maio de 2017

    Apesar de fazer 4 anos da sua postagem, também me sinto assim na faculdade. Não me encaixo no grupo que ando atualmente, sou de outra cidade, eles sempre combinam rolê e eu não posso ir. Quando se encontram, ficam comentando assuntos íntimos e eu me sinto excluída. Comecei a andar com outras pessoas da minha sala que têm mais a ver comigo… Isso tem ajudado um pouco.

    Resposta
  • Rita 3 de junho de 2017

    Estou passando por isso e acredito q a minha questão se resume ao fato de eu ser a única mulher numa turma de homens num curso q normalmente tem mais homens q mulheres. No entanto, acho q se fosse o inverso, as mulheres não fariam o mesmo de excluir o cara do grupo, portanto, acho mesmo q os caras da minha turma q são um bando de imbecis machistas. Ta sendo difícil e bate um desanimo forte as vezes, mas eu tento perseverar e focar no curso em si, q eu adoro e suei muito pra entrar na universidade q agora estou. Eu me odiaria pro resto da vida se largasse o curso por causa de um bando de idiotas.

    Resposta
  • Eleonora 6 de junho de 2017

    Acontece isso comigo também, eu saí de uma faculdade mais cara onde eu cursava o período noturno e o pessoal era mais legal e lá apesar dos pesares eu tinha uma turma…agora estou numa faculdade popular onde as pessoas são pobres e metidas a bestas e que só me procuram em época de prova…me sinto usada sabe.

    Resposta
  • Raylma 2 de setembro de 2017

    Me sinto excluída entresposta minhas amigas ?por que quando estou no meio fico quieta no meu canto, não sou de falar muito, não sou daquelas garotas que gosta de ficar fazendo zebras com ninguém ? só falo com quem fala comigo . Mais quando ela estão conversando ou rindo eu fico só olhando quando ninguém me nota eu veio embora??? não gosto de tá em algumes lugar que não me querem por perto??

    Resposta
  • Cláudio 5 de setembro de 2017

    Meu Deus, você falou exatamente tudo que eu sinto, mas às vezes acho que é só eu no mundo que me sinto tão excluida de todos, e o pior de tudo que é que acho que tenho outro tipo de problema porque nao me sinto a vontade com qualquer pessoa as vezes é mais fácil ser eu mesmo com uma pessoa do que com outra

    Resposta
  • Lia 7 de setembro de 2017

    Passei por isso também, foram 6 anos de faculdade me sentindo invisível, acho q até foi por isso q demorei p/ me formar…faltava muuuito só pq não tinha ânimo p/ ver aquele Zé povinho q só se falavam entre eles e me deixavam de fora em tudo. Meu tormento era na hora de almocar, pois o curso era o dia todo, qse sempre almoçava sozinha. No último ano, passei p/ o período noturno. O ruim era qdo a aula acabava e eu tinha q andar um bom pedaço p/ pegar o ônibus….todo mundo tinha carro, já tinha até pedido carona p/ algumas pessoas, mas sempre inventavam q iam p/ outro lado…..chorei horrores as escondidas por me sentir excluída, mas tudo isso passou! Hj estou c/ meu diploma há 10 anos e acho q sou “mais resistente a exclusão” hehehe acho q tudo q vem na vida é p/ aprender algo. O q aprendi é q não se deve desistir dos seus projetos por causa de outras pessoas. É muito difícil, mas tente ser forte, pensar nas coisas boas q tem na sua vida e o principal: nada é para sempre, tudo passa, as coisas boas e as RUINS TAMBÉM. Pense nisso.

    Resposta
  • Michelle 4 de outubro de 2017

    sinto isso desde de criança ate hoje no tenho um amigo de verdade que eu possa contar. Sou filha unica, unica neta e unica e unica sobrinha, nao tive pai presente, mãe é mãe ne não contamos tudo. Tenho vergonha de contar tudo para o meu namorado pq a vida dele é totalmente diferente.. sempre com a casa cheia, pais sempre presente, ele sai pra jogar bola, joga video game e eu não tenho nenhum robin(sei la como escreve). Ele fala se ele tem que ficar o tempo todo comigo e nao pode se divertir :/ ai penso: “claro que pode, pelo menos vc tem amigos/colegas”. Minha mae fala que é acostumar mesmo e ser feliz sozinha, fazer coisas sozinha. So no momento, se não vou chorar .

    Resposta
  • Raeslan 18 de março de 2018

    Cara eu sou pré adolecente e estou sendo excluído do meu grupo de colegas VI que eles deram uma festa e n me convidaram e estou muito triste com com isso estou começando a perceber que eu sempre vou ser o excluído eu tento do máximo de mim para ser legal arrancar um sorriso das pessoas mas elas continuam me excluindo eu n sei oq fazer estou na bed como dizem e n intendo porque fazer isso com as pessoas.

    Resposta
  • Yuki 29 de abril de 2018

    Me sinto assim também, eu sempre fui aquela aluna fantasma que ninguém sequer sabe o nome,excluída e antissocial, teve um tempo em que eu até a achar que eu era invisível ou algo do tipo, eu sempre achei que a onde eu chegasse criaria muros enormes envolta de mim, meu geito e personalidade sempre me incomidaram.E sempre que tentava ir atrás de novas amizades eu sentia como se eu estivesse obrigando eles a falarem comigo,nas rodinhas até jogavam na minha cara que nem lembravam que estava presente.Minha esperança é que na universidade isso mude:)

    Resposta
  • Anônimo 30 de agosto de 2018

    Escuto uma música nas horas vagas, leio, jogo no celular, na dúvida procuro informações na secretaria, professor, diretor(a) pra não ter que ficar perguntando essa gentalha, lancho sozinho, entro e saio da faculdade sozinho e mando interiormente todo mundo que me olha de lado tomar no cú. É assim que estou há quase 5 anos, quase terminando a faculdade de Direito.
    Sabe o que observo? É que aquelas comversas dos amiguinhos é maioria conversa fiada(namorado que traiu, festa não sei de onde, e blablabla). Você na verdade não é pessoa de falar desnecessariamente e sim o necessário. Eu sou assim

    Resposta
  • Isaac 22 de novembro de 2018

    Eu já fui excluído de jogos de futebol, não deixavam eu soltar pipa, mulheres se levantam quando eu me sento ao lado delas, não me convidavam para os jogos de truco, sofri bullying na escola e no trabalho, meu irmão brigava comigo direto, lá em casa só chamavam o meu irmão pra sair e quando eu estava junto só ficavam me xingando. Resultado: hoje eu faço questão de estar sozinho, não quero mais ter amigos. Penso em um dia ganhar na loteria para nunca mais trabalhar e morar sozinho em um sítio bem longe de vizinhos, pois eu odeio todo mundo.
    Em relação às mulheres, vou continuar me encontrando com garotas de programa para fazer sexo, e quando eu tiver bastante dinheiro vou comer uma diferente por dia.

    Resposta
    • Isaac 22 de novembro de 2018

      Corrigindo: Os vizinhos só chamavam o meu irmão para brincar. Quanto aos meus pais, sempre gostei deles.

  • Analu 26 de novembro de 2018

    Sinto tudo isso que vcs disseram. Tô na metade do curso e minha sala é formada por uma turma pequena. Apesar de ter ficado quem sempre esteve desde o 1º ano e a turma ser “unida” eles são entre eles, tem um grupo de rolês deles. As vezes não ligo, mas quando paro pra pensar é realzão triste ver que vc ja ta na metade do curso e não conseguir criar intimidade com ninguém. Fora isso aquele problema de ter dificuldades em me enturmar, tentei psicóloga, mas nao deu certo. Sinto que entrei num labirinto sem saída sabe? Porque minha cidade também é toda formada por grupinhos e classes, tenho vontade de abandonar tudo e sair por ai, mas que jeito..

    Resposta
  • Anonimo(a) 11 de dezembro de 2018

    Cara a vida as vezes e uma droga mesmo. Passo pela mesma situação… E além de excluída também sou invisível pra todo mundo. Os professores não lembram de mim, nem se interessam em saber meu nome ou se estou na aula; o grupo que eu ando nem presta atenção no que eu falo, como se eu realmente não estivesse ali e nem tivesse voz… É tipo um inferno diário. Outro dia eu fui comprar um lanche na cantina e a atendente simplesmente esqueceu meu pedido e foi atender os outros.
    O que dói mais é ouvir aquelas malditas frases: “Ah esqueci de você!”, “Esqueci que você estava aqui!”, “Esqueci que você existe!”.
    E quando o grupo sai sem avisar pra onde como se eu nem estivesse lá? É uma sensação horrível ao perceber que aqueles que você gosta não se importam tanto…

    Resposta
  • BEATRIZ 22 de dezembro de 2018

    Eu me sinto excluída da minha família,sempre descubro que fizeram almoço entre eles e fico de fora todo Natal passo sozinha,perdi meu filho há 2 meses e me sinto mais excluída ainda viajar pra passar o Natal e me deixaram sozinha com minha filha tô sem apoio e querendo morrer

    Resposta
    • Alexia Rosa 1 de fevereiro de 2019

      Procure uma psicóloga URGENTE! O que você está passando é muito difícil, pra dizer o mínimo, e você precisa de um apoio… encontre uma com boas referências mesmo que tenha que pagar mais caro. Lembre-se que por pior que seja essa fase, ela vai passar! Tudo passa. E você vai conseguir se recuperar logo logo, acredite.

  • Adriana 3 de fevereiro de 2019

    Tens medo de nunca mais ser como eras antes? E deves de ter medo mesmo, pois passei por isso ao cursar a minha faculdade toda e acabou me acarretando em problemas psicológicos! Cheguei a transferir de uma IES para outra, e até que a situação melhorou, mas pouco, pois os novos colegas apenas foram mais receptivos para comigo, no entanto, nenhum deles nunca quis sair comigo para os intervalos, sempre tinham uma desculpa, razão pela qual continuei a me sentir excluída, e na IES anterior, uma vez até ocorrera de uma guria que se dizia minha colega, convidar outra para ir a um barzinho no intervalo, sem convidar a mim também, me senti péssima e exatamente por causa disso, nos afastamos, pois eu disse à ela que fiquei chateada, que ela então não gostava de mim como dizia gostar, motivo pelo qual ela afastou-se mim, como se a errada fosse eu. Continuo no próximo comentário.

    Resposta
    • Adriana 3 de fevereiro de 2019

      Continuando: além disso, nessa mesma IES, uma outra guria uma vez que a toquei para lhe perguntar algo em sala de aula, me mandou retirar as mãos dela, dizendo “Tires suas mãos de mim, não me toques!!!”, me senti a pior pessoa da face da Terra, também nessa IES, grupinhos me zombavam, me provocavam, como se eu fosse uma idiota, sendo que todos eles eram bem caipiras e xucros, que se alguém teria de zombar de alguém, teria de ser eu a deles zombar e não eles de mim, pois me zombavam sem motivo algum, eu não podia nem falar em sala de aula, que sempre alguém ria, e isso é tão constrangedor de comentarmos com alguém, que estou postando esse comentário aqui, de forma anônima.

    • Adriana 3 de fevereiro de 2019

      Por fim: me senti bem melhor na IES para a qual transferi, porque fui bem mais aceita, quase todos os colegas das turmas, foram até bastante simpáticos para comigo, porém, mesmo assim, ainda me senti excluída até o final da faculdade, pois ninguém saia comigo para intervalo algum, contudo, acabou que nos últimos dois semestres, eu já nem me importei mais com isso, me acostumei a ser sozinha, e por incrível que pareça, até passei a gostar disso, a não mais fazer qualquer questão de ter algum colega para me fazer companhia nos intervalos, entretanto, que isso tudo me causou grande problema psicológico e emocional, com certeza causou, levei anos para superar. Nunca entendi a isso, pois nunca tratei mal a ninguém, sempre fui muito simpática para com todo mundo, também sempre cuidei de minha higiene.

  • ANONIMA 20 de fevereiro de 2019

    E o pior é que sempre acho que o problema sou eu.

    Resposta
  • anonimo 8 de março de 2019

    Força e erga a cabeça por mais q as coisas te machucam

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *