Me sentindo triste e desmotivada

A verdade é que me sinto triste, desanimada, desmotivada, não tenho ninguém, ninguém é por mim, sempre estão desconfiando de mim, as pessoas sempre encontram algo para que eu me sinta triste, depressiva, pôr para baixo.
Eu só tenho meus pais que por sinal reclamam muito de mim por ser assim, por não ter ânimo, consegui um trabalho só que acho que as coisas pioraram, saí de lá, sou tímida, queria proteção, me sinto insegura. sozinha, não tenho namorado, não tenho marido, não tenho amigos.
Sou introvertida e as pessoas desse mundo nunca entendem isso, sempre acabam por desconfiar de mim, sem procurar saber quem eu sou, que pessoa eu sou.
Vou completar 27 anos agora em dezembro, esse período de fim de ano para mim é sempre uma tristeza, desânimo, gostaria de estar diferente.
Nunca namorei sério, vejo a minha vida passar e nada acontecer nem profissionalmente, nem pessoalmente e nem afetivamente.

16 Comentários

  • milva 23 de dezembro de 2012

    É nornal nessa época do ano que algumas pessoas ou grande parte delas, fiquem mais emotivas. Refletem sobre o ano que se acaba, e pensam no que virá. Temem, sentem-se inseguras, algo apreensivas, etc.
    É normal.
    Infelizmente há aqui um mero Calendário, que o Comércio logo aproveita e faz de tudo um brilho intenso, a modo de mais vender.
    Importanto, portanto, que saibamos que há uma locomotiva empurrando a todos para compras, festas, todos muito efusivamente alegres, etc.
    Mas… a locomotiva são os lucros, amiguinha.
    Isso compreendido, compreende-se o ambiente em que ficamos ionseridos por dias e dias, e os mais afoitos se entregam às festanças.
    Mas como todos, no dia seguinte acordam nas mesmas camas, com as mesmas micoses de unhas, com as mesmas contas a pagar, com as crianças precisando do pediatra e com o chefe reclamando do trabalho…
    Ora, ora. Porque não levar esses dia de festejo, então, com mais serenidade e comedimento?
    Portanto, você tem opções e há espaço para elas. Se pretende levar a tudo com mais calma, tem esse direito. E se as pessoas a compreende, ótimo, você se alegra e segue adiante; e se não, ótimo també,!, você se alegra e do mesmo modo seguie adiante.
    Querida, quanto aos mais, por sentir-se um pouco desanimada, etc., talvez fosse bom visitar o seu médico de confiança, relatar a ele o que aqui postou e paralelamente talvez pedir a indicação de uma psiicóloga para ajuda-la a lidar com as suas emoções até que possa mais estabilizá-las e lapidá-las.
    Você é uma excelente moça! Vale a pena investir nisso, querida.
    Verá que será bom ir vendo a tristeza ir embora aos poucos, descobrindo em você todas as qualidades que agora, equivocadamente, pensa não possuir.
    Mas um novo olhar, creia, a fará mudar de idéia, querida.
    Promete qaue o fará? Espero que sim e que aqui venha a postar logo mais o quanto foi bom fazer esse pequeno esforço inicial em favor de si mesma, querida!

    Resposta
  • Frida 23 de dezembro de 2012

    Querida, procure um terapeuta o mais rápido possível.
    Vc esta com a auto estima muito baixa e isso pode evoluir para um quadro de depressão severo.

    Força! Vc é jovem demais para desistir assim da vida. Tenho certeza q vai conseguir encontrar sua força interior.

    Abraços

    Resposta
  • Cassio 23 de dezembro de 2012

    Não dê ouvidos a quelfica dizendo que você está em depressão crônica, baixa auto -estima e bla bla bla. Isso você ja sabe e deixou bem claro quando postou aqui. Você está certíssima em dizer o que sente e esses positivistas dão esses conselhinhos com frases feitras porque não estão na tua pele. Faça o que achar melhor. O que te dará algum alívio nesse quadro e peça a Deus para que isso pase um dia. Só posso dar essa dica porque só vc e Deus que entendem o que está acontecendo na sua vida.
    Sucesso e boa sorte.

    Resposta
  • milva 23 de dezembro de 2012

    Caríssimo Cássio,
    Deus não faz o trabalho que designado deixou para a humanidade. É bíblico, já que mencionou Deus, que seja honrado o Médico. Quem das Escrituras leu, a isso também deve ter lido; pois lá está.
    Abraços fraternos!

    Resposta
  • Lohanna 23 de dezembro de 2012

    Eu também sou assim , ainda mais agora que meus irmãos estão indo para a a praia e só eu vou ficar vai meus irmão meu cunhado , e tipo ninguém percebeu que eu quero e fica jogando na cara, se for conversa com eles é sobre a praia, e eu não estou mais aguentando, estou desanimada, não consigo me abrir com ninguém e estou entrando em depressão, e nem consigo nem fica perto que me da dores!!!!

    Resposta
  • Frida 23 de dezembro de 2012

    Ah sim Cássio, estás certíssimo. Nao procures ajuda não, viu autora. Senta e espera deus ajuda-la.
    Me poupe!

    E depois ainda vem dizer sobre frases feitas . Quer frase mais feita q essa”peça a Deus para q isso paSSe um dia” ?

    Autora, procure ajuda de um profissional. Podes estar com algum problema hormonal.
    Desejo de todo meu coração q melhores!
    Beijis!

    Resposta
  • karine 24 de dezembro de 2012

    cara é o seguinte, nao interessa como voce está saia vá pra uma balada, enche a cara. depois vai pra casa de taxi por favor e dorme no outro dia voce acorda vai estar com uma ressaca horrível, toma um cafe bem forte dorme o resto do dia e de noite saia de novo, mas nao pra encher a cara e sim para fazer amizade, ligue para seus antios amigos marque uma janta com eles em algum lugar. isso vai te fazer bem.
    OBS: se nao quiser nao precisa beber, mas eu ja me senti assim e a bebida me ajudou muito;

    Resposta
  • miranda 24 de dezembro de 2012

    Karine,
    Mau conselho, desculpe dizer. Bebida aí funciona só como anestésico das emoções, não resolve nada, pode virar hábito pela ilusão do alívio e no outro dia o problema ainda está lá. E a ressaca também!…
    E além do mais, homem bêbado já é trágico de feio, mulher então nem se fala!

    Resposta
  • Carol OC 27 de dezembro de 2012

    Pelo pouco que li, percebi que você é uma pessoa muito sozinha. E isso pode levar à depressão, à falta de motivação, de ânimo de viver. Meu bem, quem você acha que é o culpado por todo esse seu sofrimento? Você mesma!
    Pare e pense. Será que não é você mesma quem afasta as pessoas de si? Muitas pessoas tendem a culpar os outros por suas vidas infelizes quando, na verdade, o maior culpado são elas mesmas!
    Não é tão difícil assim de arranjar um namorado ou de fazer amigos novos. Quem sabe se você sair mais, perder um pouco mais a timidez, se abrir para as pessoas, tomar a iniciativa de conversar com as pessoas, tudo isso pode mudar! Se você está se sentindo com baixa auto estima, procure fazer alguma atividade que te faça bem. Estude, vá pra academia, compre roupas novas, se arrume, saia de casa, viaje… Você vai ver que tudo é só uma questão de mudar o seu estilo de vida!
    Se você se tornar uma pessoa feliz, com certeza vai atrair coisas boas ao seu redor. Se continuar nessa depressão, se achando incapaz, só vai atrair mais tristeza e falta de motivação. E mulher nenhuma é atraente quando está triste consigo mesma. :-)

    Resposta
  • Luiz 31 de dezembro de 2012

    Há sempre uma pessoa que nos completa e da forças para sermos felizes. Mas você prescisa sair para procurar! Não é algo fácil de encontrar (pelo menos um amor verdadeiro) mas pode ter certeza que encontrará a felicidade se buscá-la. Não adianta você fica ai triste sentindo pena de si mesma levante e lute pois Deus está com você.

    Resposta
  • anônima 16 de janeiro de 2013

    Gente, obrigada pelos comentários! :) De certa maneira, me ajudou sim. Obrigada pela atenção :) Sei que essas coisas são fatos que eu tenho que aprender a lidar com esses, coisas que parecem que quando mais eu mexo na minha vida, mais ela se complica. Estou mais assim creio que para repensar mais a vida diante de uns fatos que aconteceram e que não gostaria que tivesse acontecido, só que infelizmente não se determina de quem vai gostar ou não, isso acontece, mas vou superar.

    Resposta
  • gisa 24 de janeiro de 2013

    olha de vez em quando me sinto assim, minha vida esta muito ruim so uma adolescente tenho15 anos e meus pais acabaram de se separar eu não quero isso mas eles não me ouvem,não estou conseguino comer nada há dias que não como nada,eu não tenhu amigas so muito difício de ganha amizades as pessoas não gostam de mim me acham metida mas eu não so eu quero faze amizades mas não consigo minha mãe não conversa comigo e eu tambem queria ajuda ela acha que so ela tem problemas e que eu não tenhu

    Resposta
  • anônima 1 de fevereiro de 2013

    Oi gisa, gostaria de te ajudar, você é muito nova, não deve ficar assim, entendo o seu caso perfeitamente, passei e passo ainda por uma situação parecida, ah e não deixe de se alimentar, espero que já tenha feito isso, senão poderá lhe trazer problemas, me identifico em relação a amizades, eu também tenho dificuldades assim parecidas, qualquer coisa estamos aqui para ajudar :)

    Resposta
  • s 1 de agosto de 2013

    Gisa,
    Sugiro que se embrenhe pela sempre nossa amiga, a Literatura. Busque bons títulos de bons autores, os clássicos preferivelmente, pois há muita coisa ruim ultimamente nas estantes. Seus professores certamente terão prazer em sugerir!
    Verá como as coisas se amplificam se apenas se der a essa oportunidade!

    Resposta
  • Little Girl Blue 26 de abril de 2019

    ME sinto assim também frustada, desanimada comecei a faculdade mais não me sinto motivada para estudar… nunca namorei serio, pois sempre acreditei que nunca alguém iria se interessar por mim, agora que encontrei uma pessoa minha mãe não aceita, e me faz eu me sentir uma idiota por gostar dele, trabalho com a minha irmã mais tenho a sensação de que não faço nada certo, parece que minha vida é ciclo infinito de que nada da certo.

    Resposta
  • Sozinha 18 de agosto de 2019

    Eu sou tão introvertida que quando saiu de casa choro, não gosto de ir pra escola,não gosto de ir ao supermercado,não gosto de sair do meu quarto, e as vezes é bom a gente se curar disso antes de procurar un racionamiento,eu por exemplo, tenho um namorado e me sinto extremamente insuficiente…. Tento falar com minha mãe sobre isso, sobre oque eu me tornei…. Semana passada ela me mandou sair pra comprar umas coisas e eu disse “se vcs me amassem não pediriam pra eu sair de casa”… e falei sobre o quanto eu me sentia triste ao chegar em casa. “Drama”

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *